menu
Partilhar

Meu cachorro não quer comer e bebe muita água - Causas

 
Por Cristina Pascual, Veterinária. 14 julho 2022
Meu cachorro não quer comer e bebe muita água - Causas

Ver fichas de  Cachorros

O que dar para o cachorro quando ele não quer comer nada? A falta de apetite (que muitos chamam de "anorexia") e o aumento do consumo de água (conhecido como "polidipsia") são sinais clínicos que podem estar associados a diversas patologias caninas. Geralmente, esses sintomas aparecem em combinação com outras manifestações clínicas, que costumam ser de grande ajuda para orientar o diagnóstico da doença subjacente.

Se quiser saber por que seu cachorro não quer comer e bebe muita, recomendamos que você leia o seguinte artigo do PeritoAnimal, no qual descreveremos as principais causas patológicas que podem originar esse quadro em cachorros.

Também lhe pode interessar: Meu gato bebe muita água, é normal?

Doença renal crônica

A doença renal crônica (DRC) é a patologia renal mais comum em cachorros, e constitui a terceira causa de morte em cães idosos. Essa doença se caracteriza pelo aparecimento de uma lesão renal que causa a perda progressiva, permanente e irreversível da função do rim.

Essa disfunção faz com que:

  • Sejam acumuladas substâncias tóxicas no sangue: trata-se da uremia, que origina a anorexia, entre outros sinais clínicos.
  • Como mecanismo compensador, os néfrons (unidade funcional do rim) que sobrevivem aumentam a sua filtração, o que pressupõe um aumento na produção de urina. Para evitar a desidratação, os cachorros tentam compensar a maior produção de urina consumindo um maior volume de água.

Além da anorexia e da polidipsia, a DRC pode estar relacionada a outra grande variedade de sinais clínicos:

  • Depressão.
  • Perda de peso.
  • Vômitos e diarreia.
  • Desidratação.
  • Encefalopatia.
  • Estomatite urêmica.
  • Diátese hemorrágica.
  • Anemia.
  • Cegueira.
  • Alterações ósseas.

Infelizmente, não existe tratamento curativo, e por isso o manejo da doença se baseia unicamente na administração de um tratamento sintomático e nefroprotetor. Normalmente, são empregados medicamentos vasodilatadores IECAs e uma dieta renal (pobre em proteína, sódio e potássio, e rica em ácidos graxos, ômega 3, fibra solúvel e antioxidantes).

Não deixe de dar uma olhada no seguinte artigo do PeritoAnimal sobre insuficiência renal em cães, sintomas e tratamento.

Meu cachorro não quer comer e bebe muita água - Causas - Doença renal crônica

Síndrome de Addison ou hipoadrenocorticismo

A Síndrome de Addison é uma patologia endócrina que se caracteriza pela existência de um déficit dos hormônios produzidos pelo córtex adrenal, basicamente cortisol e aldosterona.

Nesses animais, é comum identificar perda de apetite, que evolui para anorexia completa, e aumento do consumo de água (polidipsia). Assim você verá que o cachorro não quer comer e vai beber muita água. Além disso, é comum observar outros sintomas, como:

  • Aumento do volume de urina (poliúria).
  • Debilidade, depressão e perda de peso.
  • Vômitos, diarreia e dor abdominal.
  • Hipotermia.
  • Tremores e ataques convulsivos.
  • Cegueira.

O manejo dessa doença requer um tratamento pela vida toda a base de glicocorticoides (hidrocortisona ou prednisona) e mineralocorticoides (fludrocortisona ou privalato de desoxicorticosterona). Contudo, cabe destacar que, embora não exista uma terapia específica para a Síndrome de Addison, o prognóstico desses pacientes é excelente se o tratamento descrito for seguido.

Meu cachorro não quer comer e bebe muita água - Causas - Síndrome de Addison ou hipoadrenocorticismo

Doenças hepáticas

Geralmente, os primeiros sinais que se observam nos cachorros com doença hepática são sinais inespecíficos, dentre os quais se encontram a anorexia e a polidipsia, além de outros, como depressão, poliúria, vômitos, diarreia, perda de peso, etc.

Após uma primeira fase de sintomas inespecíficos, costumam aparecer sinais sugestivos de uma doença hepática, como:

  • Icterícia: coloração amarelada das mucosas.
  • Ascite: acúmulo de líquido na cavidade abdominal.
  • Sinais neurológicas de encefalopatia hepática.
  • Tendência a hemorragias.
  • Cálculos urinários.

O tratamento das doenças hepáticas em cachorros varia em função da patologia concreta, podendo ser abordado de forma médica e/ou cirúrgica. Além disso, é comum serem administrados hepatoprotetores e antioxidantes, como o ácido ursodesoxicólico, a vitamina E ou a silimarina.

Meu cachorro não quer comer e bebe muita água - Causas - Doenças hepáticas

Hipercalcemia

A causa da hipercalcemia (aumento dos níveis de cálcio no sangue) pode estar associada a uma grande variedade de patologias, entre as quais se encontram:

  • Tumores: são a causa principal de hipercalcemia em cachorros, sendo os mais típicos o linfossarcoma, o adenocarcinoma de sacos anais e outros carcinomas. Dê uma olhada no seguinte artigo sobre os Tumores em cachorros: tipos, sintomas e tratamento.
  • Hiperparatiroidismo primário: causado por uma infecção direta nas glândulas paratireoides.
  • Hiperparatiroidismo renal: aparece em cachorros com Doença Renal Crônica.
  • Hiperparatiroidismo nutricional: como consequência de dietas muito ricas em carne (principalmente carne crua), ricas em fósforo e pobres em cálcio e vitamina D3. É cada vez mais frequente, devido às dietas BARF.
  • Intoxicações: por ingestão acidental de rodenticidas ou alguns medicamentos.

A hipercalcemia, além de anorexia e polidipsia, pode causar sintomas, como:

  • Poliúria: aumento do volume de urina.
  • Debilidade e letargia.
  • Vômitos.
  • Prisão de ventre.
  • Arritmias.
  • Convulsões.
  • Tremores musculares.

Já que não existe nenhum protocolo único e efetivo para todas as causas de hipercalcemia, torna-se necessário identificar a causa subjacente e instaurar uma terapia específica sempre que for possível. Caso não exista tratamento específico, deve ser instaurada uma terapia de suporte, com fluidoterapia, corticoides, diuréticos e bifosfonatos, para aumentar a excreção urinária de cálcio e evitar a reabsorção de cálcio nos ossos.

Meu cachorro não quer comer e bebe muita água - Causas - Hipercalcemia

Hipopotassemia o hipocalemia

A hipopotassemia consiste na diminuição dos níveis de potássio no sangue. Nos cachorros, costuma surgir como consequência de:

  • Perda renal de potássio: por doença renal crônica, acidose tubular, etc.
  • Perda gastrointestinal: como consequência de vômitos e/ou diarreias profusas, devido ao fato do conteúdo gastrointestinal ser rico em potássio.

Por isso, se um cachorro não quer comer e bebe muita água, ele pode estar sofrenco com a hipopotassemia. Além disso, é comum observar neles:

  • Poliúria: aumento do volume de urina.
  • Debilidade muscular generalizada.
  • Letargia e confusão.
  • Taquicardia.

O tratamento da hipopotassemia deve ser focado em:

  • Corrigir a doença subjacente que a origina.
  • Restabelecer os níveis de cálcio: seja via oral ou via parenteral, mediante fluidoterapia.
Meu cachorro não quer comer e bebe muita água - Causas - Hipopotassemia o hipocalemia

Piometra

Outra causa que pode provocar um quadro de anorexia e polidipsia em cadelas é a piometra, que constitui a patologia uterina mais frequente em cadelas que tenham alcançado a maturidade sexual. Em termos concretos, a piometra consiste em uma infecção purulenta do útero, ocasionada quando os níveis de progesterona são elevados, ou seja, nas semanas após o cio.

Além dos sintomas já mencionados, as cadelas com piometra costumam apresentar:

  • Secreções vaginais sanguinolentas ou purulentas: apesar disso, poderá ser observada descarga vaginal nas piometras abertas (aquelas em que o colo do útero permanece aberto), mas não nas piometras fechadas.
  • Febre.
  • Letargia e depressão.
  • Poliúria: aumento do volume de urina.
  • Vômitos e diarreia.
  • Dilatação abdominal.

Em casos severos ou na ausência de tratamento veterinário, podem chegar a aparecer complicações graves, como septicemia, toxemia, peritonite e insuficiência renal, as quais podem ter consequências fatais. Por isso, assim que a infecção for diagnosticada, é fundamental instaurar um tratamento, que será médico ou cirúrgico em função da gravidade do processo.

Agora que você sabe as diferentes causas que podem nos levar a ficar diante de um cachorro que não quer comer e bebendo muita água, não perca este outro artigo sobre piometra em cadelas.

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Meu cachorro não quer comer e bebe muita água - Causas, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Outros problemas de saúde.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Meu cachorro não quer comer e bebe muita água - Causas
1 de 6
Meu cachorro não quer comer e bebe muita água - Causas

Voltar ao topo da página