Partilhar

Meu gato está vomitando e não come: causas e o que fazer

 
Meu gato está vomitando e não come: causas e o que fazer

Ver fichas de  Gatos

Problemas digestivos em gatos são uma preocupação constante para o tutor/a e para o/a médico/a veterinário. As doenças digestivas têm sinais e sintomas muito característicos, mas nem todas são tratadas da mesma forma, por isso é preciso alguma habilidade por parte da equipe veterinária para diagnosticar inteligentemente o que realmente está acontecendo.

Devemos lembrar que as causas de uma patologia digestiva são muito diversas, mas especificamente nos gatos existem certas referências que nos deixam pistas. Existem doenças em gatos que, embora não estejam intimamente relacionadas ao sistema digestivo, acabam tendo como consequência alguns sinais clínicos, como vômitos ou diarréia. Neste artigo do PeritoAnimal vamos explicar tudo sobre o vômito em felinos acompanhado de falta de apetite, suas causas e seus possíveis tratamentos de acordo com a patologia ou condição que os gerou. Continue lendo para descobrir - Meu gato está vomitando e não come: causas e o que fazer.

Também lhe pode interessar: Gato vomitando verde: causas e sintomas

Por que meu gato está vomitando e não come?

No momento em que um gato começa a sentir vômitos persistentes, há uma possibilidade muito alta de que ele comece a recusar comida. Se o animal não for medicado a tempo, o quadro clínico que pode vir a se apresentar será inapetente. O mau apetite a longo prazo deve ser evitado em qualquer animal, mas em gatos é muito delicado, pois pode causar sérios problemas hepáticos. Muitos fatores levam à perda do apetite (gradual ou abrupta) dos gatos, porém, o vômito será um sinal que ajudará o responsável a perceber que algo está errado e, na maioria dos casos, será o motivo da consulta.

Como mencionamos anteriormente, existem várias patologias em felinos que podem acabar produzindo vômito. O veterinário deve agir rapidamente para aliviar os sintomas que possam estar causando dor ou desconforto ao animal ou, no pior dos casos, deteriorando gradualmente sua saúde. Os exames complementares relevantes devem ser realizados e os resultados desses exames devem ser associados à clínica para alcançar um diagnóstico preciso no menor tempo possível.

As causas mais frequentes de vômitos e falta de apetite em gatos são as seguintes:

  • Dieta: muitas vezes os tutores vêm à clínica com a queixa de que o gatinho está vomitando ultimamente. Se o seu gato parece saudável e o vômito e a falta de apetite persistem, é mais provável que a condição esteja sendo causada por uma mudança na dieta ou por uma dieta inadequada. Se o seu gato não está sendo alimentado com alimentos processados e você está seguindo uma dieta BARF, note que as proteínas que seu gato precisa ingerir também devem ser aprovadas para o consumo humano. Muitos proprietários às vezes alimentam seus gatos com restos de matadouros (peles, cascos, bicos, penas, etc.). Esta prática resultará em vômitos persistentes e, devido tanto ao desconforto quanto à má nutrição, rejeição do alimento.
  • Frequência das refeições: nem todos os animais têm os mesmos hábitos alimentares e o tutor deve saber como seu filhote geralmente come. Se você alimentar o seu felino com uma porção substancial uma vez por dia, você deve supervisioná-lo para garantir que não está comendo muito rápido. Se você tiver vários gatos, você deve verificar se o pet que está vomitando e com falta de apetite acaba sua comida primeiro e vai comer a dos outros. A solução é simples: se existem vários gatos e um deles tem esse comportamento, eles devem ser alimentados em salas separadas. Se o seu gatinho está comendo uma quantidade significativa de alimentos muito rapidamente, divida as porções para evitar os vômitos que resultam de comer os alimentos abruptamente.
  • Corpos estranhos: Às vezes um corpo estranho pode bloquear o trato digestivo, causando vômitos em gatos. Devemos ter em conta o tipo de papilas gustativas que o gato tem, podendo engolir uma certa quantidade de pêlos ao se lavar. As bolas de pelo que se formam podem ser densas o suficiente para obstruir o trato digestivo e causar o vômito do gatinho.
  • Gastrite: é uma inflamação do estômago que pode estar associada tanto à ingestão de alimentos em mau estado como ao jejum prolongado. O tutor deve se certificar de que o gatinho recebe um alimento de qualidade que atenda a todas as exigências nutricionais do seu animal e que, é claro, não exista possibilidade de que ele esteja estragado. Caso você divida a ração para dar ao gato duas vezes ao dia, você deve ter cuidado com as horas, pois se o gato estiver acostumado a comer em determinados horários, a produção de ácidos gástricos aumentará, causando inflamação gástrica e vômitos se ele não for alimentado a tempo.
  • Pancreatite: o pâncreas produz enzimas necessárias à digestão, e quando esta função é comprometida, a qualidade de vida do felino diminui notavelmente. Um dos sinais característicos da pancreatite é o vômito persistente.
  • Parasitas: uma carga muito alta de parasitas gastrointestinais é também um sinal característico de vômito em gatos. Muitas vezes está associado a diarreia.
  • Neoplasias: Tumores em qualquer parte do aparelho digestivo resultarão em vômitos persistentes em gatos, devido à falha do órgão afetado em funcionar adequadamente.

Existem outras patologias que não estão intimamente associadas ao aparelho digestivo e que podem causar o vômito do gato e não comer, por exemplo:

Meu gato está vomitando e não come: causas e o que fazer - Por que meu gato está vomitando e não come?

Meu gato está vomitando e não come nem bebe

Tendo classificado as causas mais frequentes de vômitos e perda de apetite em gatos, podemos descrever um pouco as razões pelas quais o seu felino também não quer beber água.

Antes de mais nada, é importante esclarecer que, em condições normais, o gato doméstico não costuma beber água com muita freqüência. No entanto, isto está intimamente associado à sua dieta, pois se ele caça ou se tiver uma dieta úmida, ele beberá muito pouca água. As suas necessidades de hidratação aumentam se a sua dieta for baseada em alimentos concentrados e secos. Esta peculiaridade ocorre devido à origem do gato doméstico, que é feito para resistir à desidratação.

Se o seu gato não só pára de beber água, mas também sofre de vômitos persistentes e falta de apetite, é mais provável que esteja na presença de alguma doença sistêmica. O mesmo que acontece com falta de apetite e vômito, acontece com a falta de água - se o seu gato está vomitando ou experimentando outros sintomas desconfortáveis, há uma chance de ele parar de beber água. Isto pode ser devido a insuficiência renal, doença viral, etc.

O que eu posso fazer se meu gato não beber água?

Há uma série de razões para isso, e a primeira coisa que você deve fazer é encontrar algumas soluções se seu gato não estiver bebendo água e não estiver doente. Lembre-se que o estresse em gatos causa problemas de comportamento bastante marcados e a falta de ingestão de alimento ou água é um deles.

  • Troque a água constantemente - se ela for deixada na bacia da água por muito tempo, ela pode ficar suja ou atingir uma temperatura que seu gato não vai gostar. Você precisa refrescar constantemente a água na tigela para incentivar seu gato a beber normalmente.
  • Não mova a bacia da água: se seu gato está acostumado a ter a bacia em um espaço, a mudança pode significar que, devido ao estresse, ele não receberá a quantidade certa de água para suas necessidades.
  • Oferecer água fresca ou engarrafada: muitas vezes a água da torneira não atende às exigências higiênicas necessárias e pode ter um sabor ruim. Certifique-se de dar ao seu animal o melhor disponível para evitar que ele pare de beber água por razões insalubres.

Se todas essas medidas já estiverem em vigor em sua casa e a falta de ingestão de água do seu gato for acompanhada de outros sintomas como vômitos, você deve ir imediatamente ao seu veterinário para fazer os exames pertinentes, pois ele pode estar sofrendo de qualquer uma das doenças acima mencionadas.

Gato vomitando amarelo e não come

Há várias maneiras de se ter um diagnóstico presuntivo em casa para suspeitar o que pode estar acontecendo com o seu animal de estimação. Tendo já mencionado as causas mais comuns de gato vomitando e sem apetite, podemos usar certas ferramentas para nos aproximarmos de determinada condição. Uma dessas maneiras é prestar atenção à aparência de vômito. Se o alimento é digerido, se é apenas mastigado (regurgitado), se é líquido e a cor do líquido são fatores que nos podem dar pistas importantes sobre a patologia em curso.

Geralmente, a cor amarelada, em muitos casos esverdeada, do vômito felino está associada à bílis. Isto pode indicar que o paciente não come há muito tempo e que está vomitando bílis porque não há mais nada no estômago, no entanto, pancreatite e lesões hepáticas também estão associadas ao vômito biliar. Saiba mais sobre gato vomitando amarelo nesse artigo.

Meu gato está vomitando e não come: causas e o que fazer - Gato vomitando amarelo e não come

Gato vomitando espuma branca e não come

O jejum prolongado é a principal causa de vômito espumoso em gatos, pois a produção de gastrina e ácido clorídrico se acumula devido ao fato de p animal ter o estômago vazio, e para aliviar o desconforto que isso produz, é normal que o gato tenha tendência a vomitar. Ela também pode ser acompanhada por bílis ,e se o tutor deixar isso acontecer periodicamente, pode causar gastrite crônica no animal, diminuindo a qualidade de vida dele.

Gato vomitando e não come por estresse

Devemos considerar que nem sempre um gatinho tem falta de apetite devido a patologias. Muitas vezes o estresse é um gatilho para a inapetência felina, vômitos e falta de ingestão de água, portanto a primeira coisa que você terá que avaliar se o seu gato vomita e não quer comer é o ambiente dele. Mudanças repentinas no ambiente ou na rotina de um felino farão com que ele fique estressado e você verá mudanças tanto na ingestão de alimentos quanto na frequência dos movimentos intestinais e da micção. É claro que todas as patologias acima mencionadas são acompanhadas de inapetência, mas é importante manter o seu animal confortável a maior parte do tempo.

Descubra as coisas que mais estressam os gatos neste artigo e veja se alguma delas é a causa do problema.

Meu gato está vomitando e não come, o que fazer?

Se o sua gato perdeu o apetite de repente, há ferramentas que você pode usar enquanto entra em contato com o seu veterinário:

  • Aquecer a comida dele para realçar o cheiro é uma opção bastante viável. Os felinos tendem a responder ao cheiro dos alimentos.
  • Ofereça alimentos que não estejam normalmente na dieta, mas que você sabe que ele gosta e são adequados para gatos. Por exemplo, se o seu gato só come comida seca, oferecer comida enlatada é mais do que recomendado para diagnosticar se a falta de apetite é absoluta ou se ele está apenas com um apetite caprichoso.
  • Bater suavemente na tigela do alimento no chão muitas vezes atrairá seu animal de estimação, pois também aumenta o aroma do conteúdo e os tornará mais atraentes para comer.

Deve-se notar que estes são instrumentos utilizados única e exclusivamente quando a perda de interesse em alimentos e vômitos é devida a estresse ou fatores que não estão associados a doenças. Deve ser feito enquanto o veterinário vem para realizar seus cuidados. Evite dar remédios sem supervisão veterinária, pois você expõe a vida do seu animal.

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Meu gato está vomitando e não come: causas e o que fazer, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Outros problemas de saúde.

Bibliografia
  • Couto y Nelson (2014). Small animal internal medicine. Editorial Elsevier
  • Ettinger y Feldman (2010). Veterinary Internal Medicine.

Vídeos relacionados com Meu gato está vomitando e não come: causas e o que fazer

1 de 2
Vídeos relacionados com Meu gato está vomitando e não come: causas e o que fazer

Escrever comentário sobre Meu gato está vomitando e não come: causas e o que fazer

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Meu gato está vomitando e não come: causas e o que fazer
1 de 3
Meu gato está vomitando e não come: causas e o que fazer

Voltar ao topo da página