Partilhar

Como saber se o meu cachorro está cego

Por Aline Kitamura Prata, Estudante de Medicina Veterinária. 24 janeiro 2018
Como saber se o meu cachorro está cego

Ver fichas de  Cachorros

A visão é extremamente importante para nós, seres humanos, e por isso somos compelidos a pensar que o sentido da visão é o mais importante também para os cães. Porém, para os cães os sentidos do faro e da audição são muito mais importantes, sendo que a visão acaba em segundo plano.

Sendo assim, cães cegos podem se adaptar muito bem ao seu ambiente se o tutor adquirir certos cuidados e sempre procurando pensar no bem-estar animal para que ele tenha uma vida confortável e sem dor. Como o órgão da visão é extremamente sensível qualquer alteração nos olhos deve ser muito bem avaliada por um médico veterinário, de preferência um especialista em oftalmologia veterinária.

Todavia, sinais graduais de cegueira podem ser percebidos pelo tutor quando o cão apresentar olhos tornando-se brancos ou azuis. Então, veja agora, no PeritoAnimal, como saber se o seu cachorro está cego e se tem cura.

Também lhe pode interessar: Cuidados com cães cegos

Cachorro ficando com olho azul

Quando cachorros começam a apresentar cegueira, isto pode ter vários motivos. Pode ser desde um sinal normal de que o cão está atingindo idade avançada, e pode ser ainda, uma causa e consequência de doenças mais graves, que levaram o cão a ficar cego, como por exemplo, falha nos rins na doença renal crônica, que ocasiona uma deficiência no metabolismo do animal ou em uma doença degenerativa, em ambas a cegueira é uma consequência que não há como evitar. Como as causas que levam o cachorro a ficar cego podem ser bastante distintas, o ideal é uma boa avaliação veterinária, pois doenças sistêmicas, ou seja, aquelas que atacam o sistema como um todo do cão, como Erliquiose (a famosa doença do carrapato), Babesiose, Toxoplasmose, Leptospirose, Leishmaniose e outras, podem causar a cegueira.

Os olhos são responsáveis por, além de captar a imagem e transmiti-la ao cérebro, controlar a passagem de luz, e outros segmentos oculares importantíssimos têm como função o controle da pressão intraocular, onde uma leve alteração na pressão ocular pode danificar os olhos, às vezes, permanentemente, deixando o animal cego.

Quando o cachorro está ficando com o olho azul, não necessariamente é um indício de que ele está cego, porém se nada for feito, a cegueira pode ser uma consequência final e irreversível. Este azulamento dos olhos ou qualquer outra alteração de cor, indica uma inflamação em uma das camadas do olho (anatomicamente chamada de túnica vascular) e recebe o nome de uveíte. Pode ser causada por infecções bacterianas, virais, traumas que não precisam ser apenas traumas oculares, porém de qualquer gênero, e até problemas na produção de lágrimas o que leva ao ressecamento da córnea e a posterior inflamação do olho. Nestes casos, a visão é levemente afetada visto que pode ocorrer em apenas 1 dos olhos, porém, eliminando-se a causa da inflamação, o cachorro tem grande chance de não ficar com sequelas. Devido a isso, o acompanhamento veterinário é extremamente importante.

Olho do cachorro ficando branco

Quando os olhos do cachorro estão ficando brancos, significa que o cão possa estar com uma doença chamada catarata, muito comum para nós humanos. Na catarata, o cachorro não fica cego da noite para o dia, ou de forma súbita, e sim, de forma gradual e lenta, sendo que a brancura dos olhos também é gradual. A princípio, muitas vezes o tutor pode não perceber, ou ver apenas uma leve e fina camada branca e opaca, de aspecto leite pastoso nos olhos do animal e nestes casos o animal não está completamente cego apesar de ter parte da visão comprometida, até que níveis mais avançados da doença deixam o olho do cão totalmente branco, e aí sim, verifica-se que o cão está completamente cego.

Da mesma forma que a inflamação, esta doença pode ocorrer em apenas 1 dos olhos, ou nos 2, e ao contrário do que se pensa, a catarata não causa dor excruciante ao animal, porém pode incomodar. Além disso, há diversos tipos da doença e deve-se obter uma boa avaliação veterinária por um especialista oftalmologista, pois dependendo do tipo de catarata, a cegueira é reversível. Não passe nenhum medicamento ou colírio por conta própria, muito menos colírios de uso humano no seu cachorro, pois você pode piorar o problema.

Cães das raças Golden Retriever, Schnauzer, Yorkshire terrier e Cocker Spaniel são os mais propensos a desenvolverem Catarata. E, também pode acometer gatos. Para saber mais sobre Cataratas nos gatos - sintomas e tratamento o PeritoAnimal preparou outro artigo para você.

Igualmente propensos a desenvolverem catarata são os cães acometidos com diabetes mellitus, doença de Cushing e hipertensão.

Como saber se o meu cachorro está cego - Olho do cachorro ficando branco

Cachorros que nascem cegos

Algumas vezes, o cãozinho pode ser cego de nascença por uma má formação e o filhote acaba por nascer sem os órgãos da visão. Também pode acontecer de o problema estar nas células que captam as imagens nos olhos e nestes casos, o filhote aparenta estar normal, inclusive com a coloração dos olhos aparentemente normal, o que pode dificultar para que o tutor perceba, pois filhotes que já nascem cegos se adaptam melhor às condições que os cercam, já que o faro e a audição serão muito bem desenvolvidos.

Os motivos para que o cachorro nasça cego podem ser os mais diversos como más condições do parto ou dificuldade em parir, desnutrição e verminoses da mãe, doenças hereditárias como diabetes, ou doenças contagiosas, além do mais, também há a questão da crueldade humana.

Como saber se o cachorro é cego

Para saber se o cachorro é cego de um dos olhos, ou dos 2 olhos, parcial ou totalmente, temos algumas dicas para você. Se estiver suspeitando, observe o comportamento do seu animal.

Dentre algumas alterações de comportamento que o seu animal pode apresentar, que permitem saber se o cachorro é cego, estão:

  • O cachorro esbarra em móveis ou objetos algumas vezes ou constantemente.
  • O cachorro erra saltos que costumava fazer com facilidade.
  • O cachorro evita sair e explorar ambientes aos quais não está acostumado.
  • O cachorro constantemente esfrega os olhos e pisca.
  • Olhos embaçados, inflamados ou com alteração na cor.
  • Olhos lacrimejantes e com secreção. Algumas raças de cães são mais propensas a soltarem mais lágrimas, porém secreção em excesso e purulenta não é normal.

Se observar algumas destas alterações, leve o seu animal para uma consulta com um especialista em oftalmologia para uma melhor avaliação do problema.

Cachorro cego tem cura

Após o diagnóstico, para saber se o seu cachorro cego tem cura, converse com o seu médico veterinário, pois dependerá do grau de cegueira e qual a doença que levou o cachorro a adquirir esta condição. Como em seres humanos, a Catarata, por exemplo, pode ser operada dependendo do estágio de desenvolvimento em que se encontra, e o cão pode ter o retorno da visão.

Porém, caso a cegueira seja irreversível, não quer dizer que seja o fim do mundo, pois cães se adaptam muito bem, principalmente se a perda da visão tiver sido de forma gradual. Quanto mais velhinho o cachorro, mais difícil pode ser para se ele adaptar, e possivelmente algumas alterações na rotina do cão e do tutor poderão ser necessárias, sempre preservando e pensando no bem-estar animal.

Como saber se o meu cachorro está cego - Cachorro cego tem cura

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Como saber se o meu cachorro está cego, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas oculares.

Escrever comentário sobre Como saber se o meu cachorro está cego

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
Laís D' Ávila
Olá, adotei um chow chow a pouco tempo, foi resgatado das ruas e cuidado por uma pessoa que depois o colocou para adoção, notei que ela lacrimeija muito, porém a secreção parece incolor, os olhos parecem ter um reflexo azul quando e olhado de perto, será que devo me preocupar? ela tambem forma "remelas" esta não muito amarelas, o que mais me preocupa são as lagrimas e o reflexo azulado (não notavél de longe)
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Laís! Sem ver o seu cachorro não conseguimos passar nenhum diagnóstico. No entanto, recomendamos que você busque ajuda de um médico veterinário de confiança, principalmente por se tratar de um cachorro recém adotado, para eliminar qualquer possibilidade de doença.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
LUIZ ANTONIO DE MELO
Minha pet tem 6 anos e tem diabetes , esta ficando cega
olhos azuis, tem como reverter ?
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Luiz! A sua pet deve ser acompanhado por um médico veterinário de confiança. Alem disso, apenas ele poderá analisar o seu animal e passar os cuidados necessários.
De qualquer maneira, caso a cegueira seja irreversível, não quer dizer que é o fim do mundo, pois cães se adaptam muito bem. Quanto mais velhinha for a cachorra, mais difícil pode ser para se ele adaptar, e possivelmente algumas alterações na sua rotina e da sua cachorra poderão ser necessárias, sempre preservando e pensando no bem-estar animal.

Como saber se o meu cachorro está cego
1 de 3
Como saber se o meu cachorro está cego

Voltar ao topo da página