menu
Partilhar

Cachorro com tremedeira e sem comer - Causas e tratamentos

 
Por Cristina Pascual, Veterinária. 10 maio 2023
Cachorro com tremedeira e sem comer - Causas e tratamentos

Ver fichas de  Cachorros

O tremor e a falta total de apetite são dois dos sinais clínicos que podem aparecer associados a numerosos transtornos em cães. Geralmente, são sintomas que aparecem de forma repentina, como consequência de uma alteração pontual no organismo canino. Nestes casos, conhecer a causa concreta que origina o tremor e a ausência de apetite será fundamental para poder estabelecer um tratamento específico e conseguir reverter esses sintomas.

Se o cachorro está com tremedeira e sem comer, continue lendo este artigo do PeritoAnimal, no qual falaremos sobre as causas que podem provocar esses sintomas em cães e seus possíveis tratamentos.

Hipotermia

Um cachorro com tremedeira pode ter como causa a hipotermia, que é a diminuição da temperatura corporal abaixo dos limites fisiológicos. Ela ocorre quando a quantidade de calor perdida é superior à quantidade de calor produzida pelo próprio organismo, o que pode se dar quando há uma perda excessiva de calor ou quando sua produção pelo corpo diminui.

Geralmente, a hipotermia aparece associada a:

  • Temperatura ambiente muito fria: é especialmente frequente em filhotes, pois têm menor capacidade de termorregulação;
  • Causas patológicas: como hipotireoidismo, estágios terminais de doenças, choque, sepse e lesões do sistema nervoso central que afetam o centro regulador da temperatura.

Em qualquer caso, quando ocorre uma diminuição da temperatura corporal, o organismo responde aumentando a produção endógena de calor. Entre outras medidas, o corpo responde provocando tremores, que permitem aumentar a atividade muscular e gerar calor. Em estágios iniciais da hipotermia, é normal que o animal aumente a ingestão de alimentos, uma vez que o centro da fome é estimulado no sistema nervoso central. No entanto, em estágios mais avançados, a hipotermia produz uma depressão generalizada do sistema nervoso, com diminuição de consciência e perda de apetite.

Para reverter a hipotermia, é indispensável identificar a causa motivadora e tomar alguma providência sobre ela. Se há uma causa patológica, será necessário instaurar um tratamento específico para ela. No entanto, se a causa for a baixa temperatura ambiente, será necessário fornecer calor e evitar a perda de mais temperatura. Para isso, podemos:

  • Colocar uma fonte de calor: você pode colocar uma bolsa térmica de sementes junto ao tronco do animal ou aplicar ar quente com um secador. Também pode aquecer um pano seco no micro-ondas e cobrir seu cachorro com ele. Não é recomendável usar cobertores elétricos, pois frequentemente causam queimaduras na pele dos cães;
  • Fornecer um caldo quente: quando a temperatura tiver subido ligeiramente e seu cão tiver recuperado o apetite, você pode oferecer um caldo quente de frango ou carne (sem sal) para ajudá-lo a recuperar a temperatura corporal.

A seguir, fornecemos mais informações sobre a hipotermia em cachorros: causas, sintomas e tratamento.

Dor

Se você está se perguntando "por que meu cachorro está tremendo?", saiba que a dor é uma causa muito comum para tremor em cães. Os episódios de tremores devido à dor estão geralmente associados a:

  • Problemas ortopédicos,como artrite e artrose;
  • Causas gastrointestinais, que causam dor abdominal intensa: é o que se conhece como "quadro de abdome agudo". Ocorre em casos de obstruções intestinais, pancreatite, piometra, etc.

Nesses casos, a própria dor também costuma causar perda de apetite, então é comum que os animais parem de comer durante esses episódios dolorosos.

Para reverter esses sinais clínicos de um cachorro com tremedeira e sem comer, será necessário identificar o que está provocando o quadro de dor no animal e instituir um tratamento específico. Além disso, será necessário administrar uma boa terapia analgésica com anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) e/ou opioides, dependendo da intensidade da dor.

Confira o artigo do PeritoAnimal sobre os 5 sinais de dor no cachorro.

Febre

Anteriormente explicamos o motivo pelo qual a hipotermia pode causar tremores, mas você irá se surpreender ao saber que, embora pareça algo paradoxal, a febre também pode causar este sinal clínico.

Quando um cão está em um quadro febril, o hipotálamo, que é um centro regulador que age mantendo a temperatura em uma faixa normal, é reajustado para uma temperatura superior devido à ação de moléculas chamadas citocinas pirogênicas.

Quando o hipotálamo é reajustado, o organismo aciona mecanismos para produzir calor endógeno e aumentar a temperatura corporal. É por isso que, durante a primeira fase da síndrome febril (fase de aumento da temperatura), é comum que os cães tenham calafrios e encontremos o cachorro com tremedeiras.

Além disso, é comum que, durante o quadro febril, os cães percam o apetite e parem de comer e beber. Na verdade, é normal que, nesses casos, os cuidadores recorram ao seu veterinário de confiança alegando que "meu cachorro não quer comer, beber água e treme".

Para reduzir a temperatura corporal durante os processos febris, deve-se:

  • Administrar medicamentos antipiréticos: geralmente anti-inflamatórios não esteroides (AINEs). Nunca devem ser administrados medicamentos de uso humano (como ibuprofeno ou paracetamol), pois são altamente tóxicos para cães;
  • Colocar panos ou compressas úmidas: em áreas com pouco pelo, como virilhas, axilas, abdômen e orelhas. Nunca se deve umedecer os panos com água excessivamente fria, pois o objetivo não é reduzir a temperatura drasticamente, mas sim paulatinamente.

Além disso, será necessário identificar a causa primária que está originando o quadro febril para poder instaurar um tratamento específico para ela.

Cachorro com tremedeira e sem comer - Causas e tratamentos - Febre

Anemia

Você está se perguntando "por que meu cachorro não para de tremer e não quer comer"? Se sim, saiba que a anemia é outra das possíveis causas que podem provocar um quadro de tremor e falta de apetite em cães.

A anemia consiste na diminuição do número de glóbulos vermelhos presentes no sangue circulante. Segundo sua origem, as anemias podem ser classificadas em três grandes grupos:

  • Anemias hemorrágicas: por perda de sangue;
  • Anemias hemolíticas: por destruição de glóbulos vermelhos;
  • Anemias hipoproliferativas: por menor produção de glóbulos vermelhos.

A deficiência de glóbulos vermelhos no sangue circulante implica um menor aporte de oxigênio aos tecidos, dando lugar a um quadro clínico caracterizado por sinais como palidez de mucosas, intolerância à atividade física, fraqueza, taquicardia e respiração acelerada. Além disso, é comum aparecerem outros sintomas, como falta de apetite e o cachorro com tremedeira.

As causas que podem gerar um quadro de anemia em cães são muito variadas e incluem doenças infecciosas, doenças parasitárias, intoxicações, doenças imuno-mediadas, tumores, etc. Identificar sua origem será fundamental para elaborar um protocolo terapêutico adequado e específico que permita reverter o quadro de anemia.

Damos mais informações sobre anemia em cães: causas, sintomas e tratamento no seguinte post do PeritoAnimal.

Cachorro com tremedeira e sem comer - Causas e tratamentos - Anemia

Hipoglicemia

A hipoglicemia é outro diagnóstico diferencial que devemos considerar quando um cão está tremendo e não quer comer. Definida como a diminuição dos níveis de glicose no sangue, a hipoglicemia, na espécie canina, é uma condição que pode ocorrer como resultado de um manejo inadequado da insulina em cães diabéticos, excesso de exercício, doenças como a Síndrome de Addison ou tumores como o insulinoma.

Em casos de hipoglicemia leve ou moderada, é comum que os cães fiquem ansiosos e tenham um aumento de apetite. No entanto, em casos graves de hipoglicemia, ocorre um quadro de depressão, com desorientação, perda de apetite, tremores e até convulsões.

Em geral, a hipoglicemia é uma emergência que requer uma intervenção rápida. Em caso de hipoglicemia, um alimento muito doce (como geleia ou mel) deve ser aplicado nas gengivas do animal, a fim de que o açúcar seja absorvido diretamente pela mucosa oral e, portanto, aumente os níveis de glicose no sangue rapidamente.

De qualquer forma, em caso de um episódio como esse, observando o cachorro com tremedeira e sem comer, é importante buscar atendimento veterinário o mais rápido possível para identificar a causa da hipoglicemia e tratá-la de forma específica.

Não deixe de ler o seguinte artigo para mais informações sobre a hipoglicemia em cães: causas, sintomas e tratamento.

Causas psicológicas ou emocionais

O tremor em cães também pode ser causado por motivos psicológicos ou emocionais, como, por exemplo:

  • Traumas: geralmente devido ao abandono ou maus-tratos em fases anteriores de sua vida;
  • Fobias: a barulhos altos, veículos, pessoas, etc.;
  • Ansiedade: como, por exemplo, a ansiedade por separação;
  • Situações estressantes: um exemplo típico são as visitas ao veterinário.

Em geral, essas causas psicológicas provocam emoções de medo e nervosismo nos cães e produzem mudanças em seu comportamento. Nestes casos, é comum que os cães busquem a proteção de seus cuidadores, se escondam, tremam ou mesmo fiquem imóveis. Além disso, quando os animais estão expostos a situações estressantes de forma permanente, é frequente mostrarem pouco interesse pela comida e deixem de comer.

Se você acredita que o o cachorro está com tremedeira e sem comer devido a algo psicológico ou emocional, o mais recomendável é recorrer a um especialista em comportamento canino que possa ajudar a identificar a causa do problema e dar orientações sobre as possíveis soluções.

Compreender a causa que origina o medo ou a ansiedade em seu cão, acompanhá-lo quando necessário e fornecer a segurança que ele precisa, sem dúvida, serão as chaves mais importantes para solucionar qualquer um desses problemas.

Cachorro com tremedeira e sem comer - Causas e tratamentos - Causas psicológicas ou emocionais

Agora que você já sabe as possíveis causas e tratamentos para um cachorro com tremedeira e sem comer, não perca o vídeo a seguir sobre cachorros que ficam muito ofegantes.

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cachorro com tremedeira e sem comer - Causas e tratamentos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Outros problemas de saúde.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Cachorro com tremedeira e sem comer - Causas e tratamentos
1 de 4
Cachorro com tremedeira e sem comer - Causas e tratamentos

Voltar ao topo da página