Partilhar

Insuficiência renal em cães - Sintomas e tratamento

Insuficiência renal em cães - Sintomas e tratamento

Ver fichas de  Cachorros

Quando falamos de insuficiência renal em cães - sintomas e tratamento, nos referimos a uma doença que pode afetar um ou ambos os rins e que provoca alterações em seu funcionamento. Essas alterações podem se manifestar de forma aguda, isto é, súbita ou crônica, quando o sistema renal se degenera progressivamente.

Neste artigo do PeritoAnimal descreveremos as causas desta insuficiência, a sintomatologia que ela produz e que se pode observar no cachorro, bem como o tratamento veterinário mais adequado para manter uma boa qualidade de vida o mais rápido possível. Continue lendo e descubra como saber se seu cão tem insuficiência renal.

Insuficiência renal em cães: o que é?

Os rins são responsáveis por filtrar o sangue e, assim, eliminar as substâncias residuais através da urina. Quando há uma falha neste sistema, algo que pode acontecer por várias razões, o corpo tentará compensá-la, de maneira que não observaremos sintomas até que o dano já esteja muito avançado. Assim, a insuficiência renal em cães pode se manifestar de forma aguda ou crônica. Os sintomas mais comuns, polidipsia (aumento da ingestão de água) e poliúria (aumento da micção), ocorrerão em ambos os casos. A diferença é que na manifestação de insuficiência renal aguda em cães os sintomas se manifestarão subitamente, causando um quadro clínico sério. Na crônica, os sintomas se mantêm ao longo de meses, nos quais os rins se deterioram até não aguentarem mais, o que afeta todo o organismo e acaba causando a morte do animal.

Insuficiência renal em cachorro idoso

A insuficiência renal em cães com mais de 10 anos tem uma incidência considerável, enquanto que é mais rara a sua ocorrência em cachorros jovens. Nos animais mais velhos, é possível que o sintoma observado seja o cachorro começar a urinar em casa. Por trás dessa incontinência pode haver um aumento na eliminação da urina, porque o rim não está funcionando bem. A doença renal nos cachorros idosos é uma consequência da idade. Às vezes, é um problema cardíaco que acaba afetando os rins. É importante que os cães, a partir dos 7 anos, sejam levados pelo menos uma vez por ano ao veterinário para realizar uma checagem completa, através da qual será possível detectar precocemente essas doenças.

Insuficiência renal em cachorros jovens

Quando a doença renal ocorre em cachorros jovens, pode ser um efeito de alguma outra patologia, que também pode ocorrer em qualquer idade. Por exemplo, a insuficiência renal em cães com leishmânia ocorre porque esta doença parasitária prejudica os rins. Há também outras causas possíveis, como uma infecção, como a leptospirose, envenenamento, obstrução urinária ou insolação. Outras vezes, o comprometimento renal ocorre como efeito colateral de alguns fármacos. Nestes casos, a causa primária do dano deve ser tratada.

Sintomas da insuficiência renal em cães

Os sintomas de insuficiência renal em cães são:

  • Poliúria: como já dissemos, o cachorro urinar em excesso é um dos sintomas mais comuns da doença renal, mas também pode ocorrer de o cachorro parar de urinar (anúria);
  • Polidipsia: para compensar a eliminação de líquidos, o cão bebe mais água;
  • Vômitos e diarreia: algumas vezes até com hemorragia;
  • Cegueira;
  • Desidratação;
  • Emagrecimento: mal aspecto, má condição corporal e fraqueza muscular;
  • Anorexia;
  • Úlceras: na cavidade bucal e mal odor;
  • Ascite: acumulação de líquido no abdômen e edemas (líquido nas extremidades);
  • Estado de choque e, nas últimas fases, coma.

Em resumo, todos esses sintomas de insuficiência renal em cães são produzidos pelos efeitos do mau funcionamento do sistema renal e tem influência em todo o organismo. Se você notar qualquer um desses sintomas, leve o seu pet ao veterinário o mais rápido possível.

A doença renal em cães pode ser diagnosticada com exames de urina e sangue. No primeiro caso, o valor da densidade da urina é importante, porque o animal doente não irá concentrá-la. No exame de sangue são verificados parâmetros que permitem conhecer a função renal, como a creatinina e a ureia. Também estabelece se há anemia ou não e parâmetros importantes como fósforo ou albumina também são avaliados. Atualmente, o SDMA também começou a ser medido, um biomarcador que permite determinar se existe ou não insuficiência renal antes da creatinina, que também é afetada por outros parâmetros, como a massa muscular. O diagnóstico precoce é essencial para determinar o tratamento. Também é conveniente medir a pressão arterial e raios-x ou ultra-sonografias abdominais podem ser feitas.

Saiba mais sobre: Creatinina alta em cães - Sintomas, causas e tratamento

Insuficiência renal em cães: tratamento

Nos casos em que a insuficiência renal em cães se apresenta de maneira aguda, é essencial o tratamento veterinário intensivo, que geralmente inclui admissão e fluidoterapia, além de medicamentos que estabilizam o animal e controlam os sintomas.

Em casos crônicos, o tratamento da doença renal em cachorro geralmente inclui os seguintes pontos:

Alimentação para cachorros com insuficiência renal

No mercado encontramos rações e latas formuladas especialmente para o cuidado do sistema renal. É importante que a comida seja nutritiva e tenha proteínas de alta qualidade. Além disso, se a comida for molhada, aumentamos o consumo de água, o que é muito necessário para esses animais. E se você preferir uma dieta natural, você pode fazer uma dieta caseira para a insuficiência renal do cachorro.

Hidratação

Devemos nos certificar de que o cachorro bebe água adequadamente. O veterinário deve avaliar a necessidade de administrar soro, seja por via oral, subcutânea ou intravenosa. Para favorecer o conforto do cachorro, deve dar a ele mais oportunidades de urinar, se a frequência da micção aumentar.

Remédio para insuficiência renal em cães

Para controlar a sintomatologia: são aqueles que podem ser usados para tratar os sintomas secundários da doença, como por exemplo, aqueles que são administrados para controlar o vômito.

Medicamentos para manutenção: são aqueles que são prescritos para promover a qualidade de vida do animal. Sobre alguns deles existem evidências científicas que provam que são eficazes no prolongamento da vida de cães doentes, como os IECA.

Acompanhamento veterinário

É conveniente repetir os testes duas ou mais vezes por ano, dependendo da evolução da doença. Além disso, um controle veterinário intensivo permite tratar os sintomas que surgem assim que eles aparecem, o que resultará em uma melhor qualidade de vida.

Insuficiência renal em cães - Sintomas e tratamento - Insuficiência renal em cães: tratamento

A insuficiência renal em cães tem cura?

A insuficiência renal aguda em cães tem cura, embora seja possível que lesões não recuperáveis tenham ocorrido. Dependendo da sua extensão, elas terão mais ou menos consequências para a vida futura do cachorro. Os casos crônicos são incuráveis e progressivos, de modo que o tratamento prescrito só será capaz de controlar a sintomatologia e tentar manter a qualidade de vida do cachorro pelo máximo de tempo possível. Este será o objetivo dos tratamentos que discutimos.

Cachorro com insuficiência renal: qual a expectativa de vida?

Os veterinários classificam a insuficiência renal em cães em vários estágios, dependendo de sua gravidade. Quanto mais amena a fase em que o cachorro é diagnosticado, maior será, em geral, a expectativa de vida, uma vez que essas fases correspondem aos momentos iniciais da doença, em que uma intervenção precoce favorece o aumento da expectativa de vida. Essa classificação distingue quatro estágios, sendo o I o mais leve e o IV o mais grave. Nos dois últimos, aparecerão sintomas que complicam o quadro e, portanto, agravam o prognóstico. Nestes casos, a expectativa de vida do cachorro com insuficiência renal pode ser de apenas alguns meses. Assim, ao decidir os tratamentos, devemos levar em conta não apenas a quantidade de vida, mas, preferencialmente, sua qualidade.

Leia também: Como saber se o meu cachorro está cego

Insuficiência renal em cães - Sintomas e tratamento - Cachorro com insuficiência renal: qual a expectativa de vida?

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Insuficiência renal em cães - Sintomas e tratamento, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Doenças degenerativas.

Escrever comentário sobre Insuficiência renal em cães - Sintomas e tratamento

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Vera
Excelente conteúdo!

Insuficiência renal em cães - Sintomas e tratamento
1 de 3
Insuficiência renal em cães - Sintomas e tratamento

Voltar ao topo da página