Partilhar

Tipos de vermes de cachorro - Sintomas e tratamentos

 
Por Maria Besteiros. 9 março 2020
Tipos de vermes de cachorro - Sintomas e tratamentos

Ver fichas de  Cachorros

Se existem parasitas que são conhecidos em cachorros, eles são os chamados vermes ou lombrigas. A maioria está associada ao sistema gastrointestinal mas, neste artigo do PeritoAnimal, além de falar sobre os diferentes tipos de vermes em cachorros que se alojam no sistema digestivo, mencionaremos aqueles que parasitam outros órgãos, como pulmões, coração ou olhos.

Lembramos a importância de seguir um calendário correto de desparasitação ao longo da vida do cachorro, pois esse tipo de parasita pode ser especialmente problemático no caso dos filhotes.

Vermes intestinais em cachorros

Entre os tipos de vermes em cachorros, destacam-se os que infectam o sistema digestivo. São muito comuns, ou seja, afetam uma alta porcentagem de cachorros e, além disso, algumas espécies também podem parasitar os seres humanos. Destacam-se os seguintes tipos:

  • Vermes chatos ou cestodos: o mais conhecido deste grupo é a tênia. Como o próprio nome indica, seu corpo é achatado e dividido em vários segmentos. Alguns podem ser vistos ao redor do ânus e na base da cauda, com aparência de pequenos grãos de arroz. Uma espécie chamada Dipylidium caninum é transmitida ao cachorro através de pulgas.
  • Vermes redondos ou nematodos: neste grupo, o mais importante é o chamado Toxocara canis, junto ao Toxascaris leonina. É um verme de aspecto semelhante a um espaguete, que às vezes pode ser detectado nas fezes ou no vômito. É um tipo de lombriga que é transmitida aos seres humanos através do contato com a terra contendo seus ovos. É típico o exemplo de crianças que contraem esses parasitas quando brincam com a terra e depois colocam as mãos na boca.
  • Vermes ganchudos: são os ancilostomídeos, assim chamados devido à forma de sua boca, com a qual se aderem às paredes intestinais e se alimento do sangue e dos tecidos. Também podem ser transmitidos para os humanos. Conseguem a penetrar no organismo através da pele.
  • Vermes chicote: são os tricocéfalos, como o Trichuris vulpis. Eles são chamados de vermes chicote devido à sua forma, com uma extremidade mais grossa que a outra. Se fixam nas paredes do intestino e se alimentam de sangue. Seus ovos são especialmente resistentes no ambiente, o que os torna difíceis de eliminar.

Para evitar esta situação, te recomendamos ler este outro artigo do PeritoAnimal sobre a desparasitação de cachorros.

Tipos de vermes de cachorro - Sintomas e tratamentos - Vermes intestinais em cachorros

Vermes pulmonares em cachorros

Além dos tipos mais conhecidos de lombrigas ou vermes intestinais, esses parasitas também podem ser encontrados nos pulmões.

Também é possível que os vermes do intestino, em seu ciclo dentro do organismo do cachorro, acabem nos pulmões; nesse caso, aparecem os sintomas respiratórios, além dos digestivos. Destaca-se o Angiostrongylus vasorum, que é transmitido por contato com lesmas e caracóis.

Para mais informações a respeito, te recomendamos este outro artigo sobre o que acontece se meu cachorro comer um caracol?, no qual você verá em mais detalhes por que é perigoso um cachorro comer uma lesma ou caracol.

Tipos de vermes de cachorro - Sintomas e tratamentos - Vermes pulmonares em cachorros

Vermes do coração em cachorros

Outra localização deste tipo de verme é o coração. A Dirofilaria immitis se destaca neste grupo, sendo transmitida através de picadas de mosquito. É uma doença em expansão, porque as mudanças climáticas aumentam as temperaturas em todo o mundo, o que oferece boas condições de vida para esses mosquitos, aumentando sua população e tornando o contágio mais provável.

Esses vermes vivem no ventrículo direito do coração e nas artérias pulmonares. Em grandes infecções, eles também são encontrados no átrio direito, veias cava e veias hepáticas.

Se você suspeita que seu cachorro pode ter vermes do coração, neste outro artigo encontrará mais informações sobre o verme do coração em cachorro - sintomas, tratamento e prevenção.

Vermes oculares em cachorros

Finalmente, um tipo de vermes em cachorros que talvez sejam mais desconhecidos, são os oculares. A Thelazia se localiza nos olhos. É transmitida por pequenas moscas típicas de árvores frutíferas, que se proliferam nos meses mais quentes.

Elas aproveitam as secreções oculares dos animais, e é assim que entram em contato com os cachorros e transmitem os parasitas a eles. Os seres humanos também podem ser afetados.

Sintomas de vermes em cachorros

Segundo os tipos de vermes, podemos observar diferentes sintomas. Estes são os que mais se destacam, agrupados por sistemas:

Sintomas de vermes intestinais em cachorros

Neste caso, a sintomatologia é causada pela ação dos parasitas sobre o sistema digestório. Os efeitos são, sobretudo, os seguintes:

A esse respeito, vale ressaltar que é normal que cachorro adultos tenham parasitas intestinais sem manifestar nenhum sintoma. Por outro lado, em filhotes e especialmente em infecções significativas, não é surpreendente que, além dos sintomas mencionados, estejam presentes:

Sintomas de vermes pulmonares em cachorros

Ao permanecer ou passar pelos pulmões, assim como acontece com alguns vermes intestinais, esses tipos de vermes desencadeiam sintomas respiratórios, como:

  • Tosse.
  • Náuseas.
  • Pneumonia.
  • Emagrecimento.
  • Intolerância ao exercício.
  • Problemas de coagulação.

No entanto, em alguns casos, os vermes pulmonares em cachorros também podem ser assintomáticos.

Sintomas de vermes cardíacos em cachorros

Ocupar o coração e suas vias de comunicação com os pulmões e o fígado pode ter repercussões muito sérias e até fatais nos cachorros afetados, especialmente nas infecções mais graves. Assim, esses cachorros podem apresentar:

Sintomas de vermes oculares em cachorros

Nos cachorros afetados por vermes oculares, você poderá notar:

  • Secreção ocular.
  • Conjuntivite.
  • Esfregam o olho por coceira.
  • Perda de pelos ao redor dos olhos.

Diante de qualquer um dos sintomas mencionados, não hesite em ir ao veterinário imediatamente.

Tipos de vermes de cachorro - Sintomas e tratamentos - Sintomas de vermes em cachorros

Tratamento para os diferentes tipos de vermes de cachorro

Todos os tipos de vermes de cachorro que mencionamos podem ser tratados por um veterinário. Portanto, se você suspeita que seu cachorro está sendo parasitado, deve ir ao consultório. O profissional realizará os exames adequados para detectar e identificar os parasitas presentes.

No caso dos vermes intestinais, pulmonares e oculares, existem medicamentos antiparasitários que, em uma ou mais doses, conseguem eliminar a infecção. Em lombrigas ou vermes cardíacos, o tratamento é um pouco mais complexo, porque se os vermes morrerem dentro do sistema circulatório, podem entupi-lo e causar a morte do cachorro. Portanto, o veterinário deve examinar cada caso específico e planejar um tratamento em diferentes fases, a fim de limitar os riscos para o cachorro.

Portanto, e levando em conta o potencial de contágio de alguns desses parasitas às pessoas, a melhor coisa que você pode fazer pelo seu cachorro é sem dúvidas estabelecer, desde as primeiras semanas de vida e de acordo com o conselho do veterinário, um cronograma correto de desparasitação que deve ser mantido ao longo de sua vida.

Tipos de vermes de cachorro - Sintomas e tratamentos - Tratamento para os diferentes tipos de vermes de cachorro

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Tipos de vermes de cachorro - Sintomas e tratamentos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Doenças parasitárias.

Bibliografia
  • Carlson y Giffin. (2002). Manual práctico de veterinaria canina. Madrid. Editorial el Drac.

Escrever comentário sobre Tipos de vermes de cachorro - Sintomas e tratamentos

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Tipos de vermes de cachorro - Sintomas e tratamentos
1 de 5
Tipos de vermes de cachorro - Sintomas e tratamentos

Voltar ao topo da página