Partilhar

Coceira no cachorro - Causas e tratamento

Por Lucas Andrade, Biólogo. 1 agosto 2018
Coceira no cachorro - Causas e tratamento

Ver fichas de  Cachorros

Cães são conhecidos mundialmente como melhores amigo do ser humano. Por isso, nada mais justo que retribuirmos todo o carinho e amizade que eles tem por nós em forma de cuidado, garantindo sua saúde e bem-estar. Entre brincar, dormir e se alimentar, os cães tem o comportamento normal de se coçarem, porém, você deve prestar atenção se o seu cachorrinho está se coçando de forma exagerada, com muita frequência.

Não existe um remédio para coceira em cachorro específico, o tratamento dependerá do quadro clínico do animal, para que assim sejam receitados medicamentos mais precisos. Mas não se preocupe caso você esteja com um cachorro com coceira em casa, nós do Perito Animal trazemos esse artigo para te ajudar com informações sobre as principais causas e tratamentos de coceira em cachorro.

Também lhe pode interessar: Remédio para coceira no cachorro

Coceira de cachorro

Antes de te informar sobre as causas e tratamentos para coceiras em cachorro, você deve prestar atenção se seu cachorrinho está coçando mais que o normal. Algumas coçadas rápidas durante o dia são comportamentos normais dos cães, porém se a situação for um cão com coceiras com muita frequência, longas durações, e perda de pelo, você deve procurar ajuda de um médico veterinário para entender qual o tratamento deverá seguir.

Para conseguir cuidar de forma adequada do seu cão, nada melhor que se informar sobre as possíveis causas e tratamentos de coceira em cachorro, garantindo melhor segurança ao seu animal.

Estresse e Ansiedade

Algumas quadros psicológicos como estresse e ansiedade podem deixar seu cachorro com coceira excessiva. Além de coceira, esses quadros podem provocar outros comportamentos em seu cão, como:

  • Latir excessivamente
  • Lamber-se excessivamente
  • Tremer
  • Respiração ofegante
  • Esconder-se
  • Agitação
  • Destruir objetos

Estresse e ansiedade podem ser causados por diversas situações, como acúmulo de energia, falta de brincadeiras, ficar isolado por longos períodos, entre outros, e podem agravar em outras doenças. Por isso, é muito importante que você ajude o seu cachorro a lidar com essas situações. Muitos tutores se perguntam o que fazer caso seu cachorro esteja estressado e existem algumas atividades que você poderá fazer para tratar o seu cachorro:

  • Levar para passear
  • Brincar com brinquedos que o interessem
  • Conversas (pode parecer que não, mas essa atitude fortalece sua conexão com seu cachorro)
  • Garantir tranquilidade e e segurança no ambiente

Cachorro com coceira e feridas pode ser Sarna

A sarna é uma doença de pele causada por ácaros, e além de deixar seu cachorro com coceira e perda de pelos, pode provocar manchas vermelhas na barriga do cachorro. Os principais sintomas que a sarna provoca são:

  • Vermelhidão e inflamação da pele
  • Arranhar constante
  • Esfregar contra objetos e o solo em busca de alívio
  • Perda de apetite
  • Grande perda de peso
  • Perda e enfraquecimento do pelo com zonas completamente sem pelo
  • Escamas cutâneas
  • Feridas e bolhas na pele
  • Mau cheiro da pele
  • Pele seca, com crostas e grossa nas fases mais avançadas da sarna

Existem alguns fatores que podem deixar o seu cachorro mais propenso em contrair sarna, e estes incluem:

  • Falta de higiene (no ambiente e no cachorro)
  • Baixa imunidade
  • Alimentação de baixa qualidade
  • Contato constante com animais infectados

Caso o seu cachorrinho esteja com sarna, você deve levá-lo o mais rápido possível para seu médico veterinário, para que assim o diagnóstico seja feito de maneira precisa, e que seja prescrito o melhor tratamento ao seu animal. O tratamento que o médico veterinário pode indicar são medicamentos acaricidas, geralmente ivermectina, selamectina, moxidectina e milbemecina oxima. Também podem ser indicados analgésicos, anti-inflamatórios, produtos calmantes para a pele, e medicamentos para problemas secundário, como o clorexidina, que age como fungicida e bactericida, o que previne que os machucados causados pela coceira infeccionem.

Coceira no cachorro - Causas e tratamento - Cachorro com coceira e feridas pode ser Sarna

Cachorro se coçando muito pode ser alergia

Alergias são respostas do sistema imunológico à alguma substância que não deveria causar efeitos no animal. Essas substâncias podem ser pólen, ingredientes alimentares, ervas, sementes, saliva de carrapato, saliva de pulga, produtos químicos de limpeza, entre outros.

Os efeitos das alergias não se limitam em apenas deixar seu cachorro com coceira, os sintomas podem variar desde irritação na pele, até morte de seu animal. Além da coceira, alguns efeitos causados pelas alergias são:

  • Irritação da pele
  • Vermelhidão na pele
  • Acúmulo de cera nos ouvidos
  • Espirros frequentes
  • Vômito
  • Arroto
  • Diarreia
  • Perda de apetite

O tratamento que pode ser utilizado para a alergia pode variar de acordo com qual substância o cachorro é alérgico. Descobrir essas substância nem sempre é uma tarefa fácil, mas seu médico veterinário pode te dar algumas indicações pra abrandar os sintomas das alergias e garantir mais conforto ao seu animal. Podem ser utilizados alguns remédios anti-histamínicos orais, além de cremes, xampus, loções e medicamentos para eliminar a coceira do cachorro.

Piodermite canina

A piodermite é geralmente uma doença secundária, ou seja, é resultado de outras doenças do cachorro. Essa doença é causada principalmente por Staphylococcus pseudointermediusna, um micro-organismo encontrado normalmente na flora do cachorro. Porém quando o sistema imunológico do animal sofre alterações, esse micro-organismo prolifera de forma exagerada, o que acaba resultando na piodermite. As principais causas para essa doença são: Fungos, dermatite atópica, parasitas como ácaros, pulgas e carrapatos, doenças endócrinas (hipotireoidismo, hiperadrenocorticismo).

Além da provocar coceira no cachorro, os sintomas da piodermite podem incluir:

  • Áreas alopécias (zonas sem pelo)
  • Pelo de aspecto eriçado
  • Crostas
  • Descamação
  • Pápulas (pequenas bolinhas)
  • Pústulas (parecem espinhas)
  • Eritema (vermelhidão)

Para realizar o tratamento da piodermite, primeiro é necessário que haja tratamento da doença que esteja causando alteração no sistema imunológico do seu cachorro. Uma vez que essa doença já tenha sido encontrada e tratada, o médico veterinário poderá receitar xampus, géis, cremes e antibióticos para tratar exclusivamente dos sintomas da piodermite.

Pulgas

Pulgas são parasitas que comumente afetam os cães, sendo o primeiro palpite em casos de coceira em cachorro. Além da coceira intensa, o animal com pulgas pode apresentar outros sintomas como:

  • Inchaço ao redor da ferida
  • Comportamento de morder e lamber a pele

Os sintomas podem piorar caso o seu cachorro seja alérgico à picadas de pulga. Existem vários métodos para eliminar as pulgas do cachorro, como banhos constantes no animal com xampu anti-pulgas, utilização de pentes especiais para retirar as pulgas do pelo e utilização de medicamentos anti-pulgas, como por exemplo, o Bravecto.

Coceira no cachorro - Causas e tratamento - Pulgas

Dermatite

A dermatite é uma doença comum que atinge os cães, atrás apenas da alergia à picada de pulga. Esse quadro clínico pode ser causado por bactérias e fungos, mas também pode ser influenciada por distúrbios psicológicos e emocionais, genética, umidade, hipotireoidismo, entre outros. Além de coceira excessiva, cachorros com dermatite porem apresentar os seguintes sintomas:

  • Lamber constantemente o corpo: Esse comportamento faz com que a dermatite se espalhe para diferentes regiões do corpo do cachorro
  • Perda de pelo na região afetada
  • Pontos vermelhos na pele

Antes de realizar o tratamento da dermatite com medicamentos, você deve investigar qual substância está causando essa doença em seu cachorro, para que assim seja possível afastar seu animal da substância em questão. Seu médico veterinário poderá auxiliar nesse processo realizando exames de sangue para identificar quais substâncias estão causando dermatite em seu cão.

Caso não seja possível fazer essa prevenção no cachorro, você poderá recorrer ao tratamento com uso de medicamentos como anti-histamínicos, hidroxizina, difenidramina, clemastina, clorfeniramina, prednisolona, e metil prednisolona. Além disso, você também pode optar em utilizar tratamentos bactericidas e fungicidas, com a utilização de clorexidina, por exemplo.

Lembrando que a utilização de medicamentos precisa estar de acordo com o aval de seu médico veterinário.

Coceira no cachorro - Causas e tratamento - Dermatite

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Coceira no cachorro - Causas e tratamento, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas da pele.

Escrever comentário sobre Coceira no cachorro - Causas e tratamento

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Vanessa Fernandes do Nascimento
Se coça muito rolando e se esfregando na parede costantemente muita queda de pelo e mau cheiro o lugar da coseira fica sem pelo

Coceira no cachorro - Causas e tratamento
1 de 4
Coceira no cachorro - Causas e tratamento

Voltar ao topo da página