Partilhar

Tranquilizantes naturais para gatos

Por Nelson Ferreira, Redator do Perito Animal. Atualizado: 6 novembro 2018
Tranquilizantes naturais para gatos

Ver fichas de  Gatos

As terapias naturais e os remédios caseiros encontram-se atualmente no auge, não só no âmbito da saúde humana, como também na medicina veterinária e isto deve-se a uma necessidade de tratar os nossos pets de uma forma que respeite o seu organismo.

São vários os transtornos que podem responder positivamente à aplicação de remédios naturais, assim sendo, é importante que estas ferramentas terapêuticas sejam consideradas sempre como a primeira linha de tratamento.

Se quer cuidar do seu felino de uma forma natural e segura, neste artigo do PeritoAnimal vamos falar sobre os tranquilizantes naturais para gatos.

Também lhe pode interessar: Como reduzir o estresse em gatos

Os gatos e o estresse

Já alguma vez observou como o seu gato se esfrega contra as esquinas, os móveis, o sofá e inclusivamente as suas pernas? Este ato liberta feromônios, umas substâncias que apenas o gato detecta e que além de participarem no cio também conferem ao seu gato uma sensação de controlo e domínio sobre o meio envolvente, algo que podemos ver na sua reação à erva do gato por exemplo.

O gato é um animal que precisa de controlar o seu meio envolvente para se sentir bem, assim sendo, qualquer alteração que se produza nesse entorno pode ser desconfortável e pode inclusivamente criar-lhe estresse e nervosismo.

Um gato pode entrar em um estado de ansiedade e estresse diante de diversas situações como por exemplo as seguintes:

  • Visita ao veterinário
  • Convivência com uma novo pet
  • Ruídos fortes
  • Viagens
  • Mudanças

O estresse é uma ameaça para a sua saúde sobretudo quando este se torna crônico, portanto estamos perante uma situação que deve ser tratada de forma prioritária.

Tranquilizantes naturais para gatos - Os gatos e o estresse

Vantagens dos tranquilizantes naturais para gatos

Geralmente a ansiedade provocada por um estado de estresse é tratada com uns fármacos denominados benzodiazepínicos, estes são muito eficazes mas também apresentam numerosos efeitos colaterais, além disso, o seu uso continuado pode causar dependência e tolerância, o que significa a necessidade de aumentar a dose de forma progressiva.

Outros fármacos que podem ser usados em casos severos e cuja margem terapêutica é muito mais limitada que o dos benzodiazepínicos são os barbitúricos, causando problemas semelhantes aos que foram mencionados anteriormente.

Por outro lado, se inicialmente administramos ao nosso gato tranquilizantes naturais, não só evitaremos que apareça o estresse crônico, como também diminuímos os sintomas associados à sua ansiedade de uma forma segura para o seu organismo.

Os melhores tranquilizantes naturais para gatos

Veja em seguida que opções naturais tem à sua disposição para tratar a ansiedade o estresse do seu pet:

  • Valeriana: A valeriana é uma planta que também pode ser administrada a cachorros e tem um ligeiro efeito sedativo além de atuar como relaxante muscular. Não será difícil que o gato aceite esta planta uma vez que os gatos se sentem atraídos pelo seu cheiro, no entanto, a valeriana inicialmente pode causar um estado de euforia, portanto a melhor opção é optar por um complemento nutricional específico para gatos que combine a valeriana com outros extratos vegetais.

  • Erva-cidreira: Estamos diante de outra planta medicinal apta para o gato que é muito eficaz para combater os estados de estresse e nervosismo. Recomendamos a sua administração especialmente nos dias anteriores a um evento estressante, como por exemplo os fogos ou uma viagem. Pode encontrá-la também em forma de complemento nutricional apto para gatos.

  • Spray de feromônios: Atualmente podemos encontrar uma cópia sintética dos feromônios faciais do gato, que são aqueles que liberta quando se esfrega contra diversos objetos. A aplicação destes feromônios devolve ao gato a sensação de controlo e domínio sobre o seu meio ambiente e acalma rapidamente a sua ansiedade.

  • Fava-de-santo-inácio: Trata-se de um remédio homeopático muito útil e eficaz para a ansiedade, além disso, é completamente inócua e não apresenta nenhum tipo de interação. Recomendamos que se utilize 15 CH e se administre 3 vezes por dia 5 grãos diluídos em 5 mililitros de água.

  • Flores de Bach: As flores de bach atuam de forma semelhante à homeopatia e tal como esta não apresentam nenhum tipo de efeito adverso nem contraindicação. Para situações de estresse e ansiedade súbitas recomendamos que escolha Rescue Remedy, uma mistura de diversos extratos florais especificamente desenhada para melhorar rapidamente a ansiedade, no entanto, outros fatores florais que pode usar para este caso são Rock Rose ou Cherry Plum.

  • Hidrossol de lavanda: O hidrossol é um produto que se obtém através de um óleo essencial, mas ao contrário do óleo essencial, é muito mais seguro para o seu gato. Em casos de estresse pode esfregar o seu gato com hidrossol de lavanda aproximadamente 2 vezes por dia. A lavanda é um sedativo suave e muito eficaz.
Tranquilizantes naturais para gatos - Os melhores tranquilizantes naturais para gatos

Como usar os tranquilizantes naturais para gatos?

Recomendamos-lhe que antes de aplicar alguns dos remédios mostrados anteriormente consulte o veterinário. Apesar de as flores de Bach e a homeopatia serem inócuas, as plantas medicinais contêm princípios ativos que podem ser contra-indicados para o estado de saúde do seu gato ou então interagirem com algum outro fármaco.

Além disso, o veterinário pode aconselhar você sobre o remédio mais adequado para o seu gato, uma vez que é muito importante individualizar cada situação, mais ainda quando queremos usar terapias naturais.

Tranquilizantes naturais para gatos - Como usar os tranquilizantes naturais para gatos?

Se deseja ler mais artigos parecidos a Tranquilizantes naturais para gatos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas de comportamento.

Escrever comentário sobre Tranquilizantes naturais para gatos

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
30 comentários
Gabrielle Quezia
Olá.
Eu tenho um gatinho de 10/11 meses castrado, ele era caseiro até 4,5 dias atrás agora ele não para de miar querendo rua. Oq eu faço ? É muito incomodo, para mim e para os vizinhos. Tem uma gatinha aqui que está no ciu ela vem aqui atrás dele, mas como se ele é castrado???? Ta insuportável alguém me ajuda estou desesperada
Ana Paula
Boa Tarde
Tenho 4 gatos machos, um de 8 anos, um de 7 anos e dois irmãos de 1 ano e meio. De um tempo p cá um dos irmãos está muito agressivo, principalmente com o gatinho de 7 anos, impedindo ele de andar pela casa e até mesmo de chegar nas caixinhas de areia! Os 4 são castrados desde novinhos!
Não sei o q fazer p que um dos gatinhos mais novos fique mais calmo, e pare de implicar com os outros!
A sua avaliação:
Leticia
Baunilha: passar essência de baunilha nos gatos, especialmente se há dois ou mais brigando, acalma muito! Em cachorro o efeito é ligeramente menor ao que me disseram.
Música: isso realmente acalma os gatos! Eu coloco música clássica e, principalmente, música com cuencas (os meus dormem na hora com as de cristal). Eis un exemplo: https://youtu.be/cjlFZ_DDDUQ
Josianne
O meu gato come pano (tecido, tapetes) e "chupa" a cauda. Disseram que é "síndrome de pica". Esses calmantes naturais também servem pra isso? Ou tem que ser outro tipo de medicação?
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Josiane! Você pode ver mais informações sobre a síndrome de pica e alguns tratamento, nesse artigo: https://www.peritoanimal.com.br/por-que-os-gatos-mamam-no-cobertor-22293.html
De qualquer maneira, o mais indicado é buscar ajuda de um médico veterinário de confiança.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
Siomara lucia s santosss
Tenho uma gatinha ela tem 6 anos ela e castrada todos dia ela chora d dores morde o corpo e a calda e muito stressada levei para o veterinario diagnostico que ela esta com hiperestesia felina passou cabapentina nao esta resolvendo nada .
Ana Paula de Paiva
Minha gata tem 14 anos e grita o dia e a noite toda como se estivesse no cio, ela é castrada . Moro em condomínio e meus vizinhos já estão reclamando. O que posso fazer para ela acalmar uma vez que acho ser por conta da velhice pois ela esta bem de saude?
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Ana Paula! Você já tentou as dicas do artigo?
Ana Paula de Paiva
Ainda nao mas vou tentar.
Maria Cecilia Santos
gostaria de saber como cortar as únhas as minhas gatas ,elas me mordem e me arranhã, e gritão,não consigo cortar as únhas,me ajúdem por favor.
A sua avaliação:
Carla
Boa noite! Tenho uma gatinha de um ano e agora adotei um filhote, nos 3 primeiros dias foi difícil a aceitação, mas depois ela já estava brincando e lambendo ele.. Estavam se dando super bem. Mas uma semana depois da adocao ela está com febre, levamos ao veterinário e foi diagnosticado estresse emocional, e agora o que faço?! Não quero devolver o gatinho, porém não quer ver minha gatinha zuada.
Me ajudem por favor, estou desesperada.
Obrigada. Carla
Pamella
Minha gata castrada não para quieta e mia a noite inteira. Me ajudem
Administrador PeritoAnimal
Oi Pamella! Dê uma olhada nas informações desse artigo: https://www.peritoanimal.com.br/gato-me-acorda-de-madrugada-porque-22572.html
Claudinea
Como posso dar erva cidreira pra filhote de gato?

Tranquilizantes naturais para gatos
1 de 4
Tranquilizantes naturais para gatos

Voltar ao topo da página