Partilhar

Como reduzir o estresse em gatos

Por Nelson Ferreira, Redator do Perito Animal. Atualizado: 8 novembro 2018
Como reduzir o estresse em gatos

Ver fichas de  Gatos

Apesar de o estresse ser um mecanismo adaptativo cuja finalidade é garantir a sobrevivência diante de situações de perigo, pode também ser um patologia com graves repercussões tanto físicas como comportamentais.

O gato é um animal especialmente susceptível ao estresse patológico, uma vez que se caracteriza por necessitar de exercer um controlo total sobre o seu entorno, isto implica que o estresse pode dar-se de forma reiterada até virar algo que surge diante da mais pequena mudança no seu meio envolvente, como por exemplo, as visitas ou a alteração do lugar dos móveis.

O estresse requer uma resposta imediata com a finalidade de evitar qualquer complicação, e assim sendo, neste artigo do Perito Animal explicamos-lhe como reduzir o estresse do seu gato.

Também lhe pode interessar: 10 sinais de estresse em cães

O estresse em gatos

O estresse é um mecanismo absolutamente necessário, por exemplo, se um gato sofre de estresse durante uma mudança isso o deixa em alerta e permite que ele se possa adaptar ao seu novo meio envolvente, quando um gato sofre de estresse quando outro animal mostra agressividade faz com que ele possa fugir, nestas situações, não é necessária nenhuma intervenção, visto que o estresse obedece a uma situação que verdadeiramente requer esta resposta adaptativa.

Nos casos que mencionamos o estresse dá-se por um período curto que não supõe nenhuma ameaça, o problema vem quando o gato demonstra estresse de forma cotidiana e diante de situações do dia a dia.

O estresse sofrido produz alterações nocivas no organismo, que vão desde a diminuição na resposta do sistema imunológico até às mudanças de comportamento, então é quando devemos agira rapidamente se não queremos que a saúde do nosso gato se veja afetada de forma significativa.

É importante conhecer os sintomas principais do estresse no gato para poder advertir esta situação com a maior antecipação possível.

Como reduzir o estresse em gatos - O estresse em gatos

Visita ao veterinário

Um gato estressado pode apresentar múltiplos problemas de saúde, desde doenças infecciosas até alopecia, alergias e diversos transtornos cutâneos. Assim sendo, é imprescindível que um veterinário avalie o estado de saúde do gato para iniciar um tratamento farmacológico naqueles casos em que seja necessário.

Outro motivo importante para acudir inicialmente ao veterinário é que o estresse possa ser causado por uma doença física e é importante descartar que esta seja a causa subjacente.

Como reduzir o estresse em gatos - Visita ao veterinário

Cuide da alimentação do seu gato

Entre os múltiplos alimentos equilibrados para gatos que podemos encontrar atualmente alguns são específicos para apoiar a nutrição em épocas de estresse.

Um organismo estressado tem necessidades nutricionais ligeiramente diferentes e precisa de uma maior energia para poder fazer frente ao estado de alerta que o estresse provoca, portanto, é muito recomendável mudar a alimentação do gato para que esta seja uma ajuda no tratamento do estresse e que permita, junto com outros recursos, uma boa recuperação.

Obviamente, qualquer mudança de alimentação do gato deve ser feita de forma paulatina para evitar complicações digestivas.

Como reduzir o estresse em gatos - Cuide da alimentação do seu gato

Observar os demais animais de casa

O seu gato convive com outros animais? Isto pode agravar o estresse e inclusivamente ser o causador do mesmo. Para determinar como influenciam os outros animais da casa no estresse do gato é necessário observar o comportamento dos mesmos, e também o comportamento do gato quando está junto com eles.

Se detectamos que a companhia dos outros animais agrava o estresse do felino será necessário manter os animais separados por um tempo até que o gato se encontre mais recuperado. Também pode ser necessário trabalhar sobre o comportamento dos outros pets.

Como reduzir o estresse em gatos - Observar os demais animais de casa

Passe tempo com o seu gato

Para reduzir o estresse do seu gato deve encontrar um espaço tranquilo para estar com o seu gato durante um bom tempo, todos os dias. Durante este período fale com ele com voz doce, dê-lhe todo o seu afeto e brinque com ele, sempre observando qualquer comportamento agressivo que possa ter, uma vez que estes não devem ser permitidos.

Brincar com o seu gato dá-lhe uma ferramenta excelente para gerir o estresse, uma vez que o melhor remédio diante desta condição é manter o gato ativo como uma forma de canalizar o estado de alerta que o seu organismo tem.

Como reduzir o estresse em gatos - Passe tempo com o seu gato

Tratamento com terapias naturais

O estresse é uma condição que responde especialmente bem às terapias naturais e isto dá-nos a oportunidade de melhorar a qualidade de vida do nosso gato de uma forma completamente respeitosa com o seu organismo.

Podemos optar por dar ao nosso gato diversos tranquilizantes naturais, como por exemplos as feromonas, que permitem que o gato sinta o meio envolvente sob o seu controlo e território. Outras opções igualmente adequadas são as flores de Bach e a homeopatia.

Para aplicar com sucesso estas terapias naturais recomendamos-lhe que o faço com a supervisão de um veterinário holístico.

Como reduzir o estresse em gatos - Tratamento com terapias naturais

Se deseja ler mais artigos parecidos a Como reduzir o estresse em gatos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas de comportamento.

Escrever comentário sobre Como reduzir o estresse em gatos

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
mafisa
estresse faz o gato deixar de fazer xixi?
Maria das gracas
Meu gato persa, ficou com a língua roxa e o céu da boca na cor vermelho arroxeado depois que fez um toza. Já levamos ao veterinário, mas até agora não obtivemos melhora. Preciso de ajuda. Muito agradecida.
.

Como reduzir o estresse em gatos
1 de 7
Como reduzir o estresse em gatos

Voltar ao topo da página