menu
Partilhar

Meu cachorro tem respiração curta e rápida - Causas e o que fazer

 
Por Maria Besteiros, Auxiliar técnica veterinária. Atualizado: 1 agosto 2023
Meu cachorro tem respiração curta e rápida - Causas e o que fazer

Ver fichas de  Cachorros

Um cachorro com respiração curta e rápida é normal se o cão acabou de fazer exercício intenso ou se está com calor. Nesse sentido, o animal fica ofegante para recuperar a temperatura corporal, o que é um processo fisiológico. No entanto, a respiração acelerada também pode ter uma origem patológica, como explicaremos neste artigo do PeritoAnimal.

Problemas cardíacos, pulmonares, intoxicações, insolações ou situações como desidratação ou choque estão por trás de uma respiração rápida e ou pesada. Todas essas coisas requerem assistência veterinária. Continue lendo para saber por que seu cachorro tem respiração curta e rápida, bem como o que fazer a respeito.

Também lhe pode interessar: Gato respirando rápido: causas e o que fazer

Por que meu cachorro tem respiração curta e rápida? - Causas

Se o cachorro está com respiração curta e rápida e respirando com dificuldade, a primeira coisa a fazer é averiguar a situação. A respiração normal do cão oscila entre 10 e 30 respirações por minuto. Uma frequência maior pode ser um sinal de alerta, a menos que essa respiração seja devida ao fato de o cão ter acabado de fazer exercício ou estar com muito calor. Nesses casos, a respiração mais rápida seria fisiológica e não indicaria, a princípio, nenhum problema de saúde.

Em contrapartida, o que notaremos é que, dependendo da causa, além do cachorro estar com respiração curta e rápida, outros sintomas podem aparecer. Mas, em alguns casos, esse aumento da frequência respiratória não é acompanhado por outros sinais clínicos, porque se deve a:

  • Febre: a febre pode aparecer nos estágios iniciais de diferentes doenças, portanto, nem sempre podemos detectar outros sintomas;
  • Dor: em relação à dor, nem sempre sua origem é evidente. Por exemplo, pode haver uma fratura que não notamos;
  • Ansiedade: a ansiedade e o estresse em cães também podem se manifestar com uma respiração mais acelerada.

Por isso, se o cachorro tem muito acelerada e não é algo fisiológico, devemos levá-lo ao veterinário para que este profissional, após examiná-lo, determine a razão por trás da sua respiração alterada e possa prosseguir com o tratamento adequado. A seguir, repassamos as causas mais comuns que podem explicar o aparecimento deste tipo de respiração.

Meu cachorro tem respiração curta e rápida - Causas e o que fazer - Por que meu cachorro tem respiração curta e rápida? - Causas

Meu cachorro tem a respiração muito rápida e está abatido

Às vezes, notamos que nosso cão está com uma respiração curta e rápida, se cansa com o mínimo esforço físico, está deprimido ou menos ativo, apresenta acessos de tosse, não come ou come menos do que o normal, perde peso, acumula líquido em diferentes partes do corpo, etc. Nos casos mais graves, as mucosas ficam azuladas e o cão pode até mesmo perder a consciência. Esses dados apontam para um problema de origem cardíaca, como a chamada insuficiência cardíaca congestiva, que afeta o funcionamento do coração.

Ao repercutir na circulação sanguínea por todo o corpo, acabam ocorrendo sintomas como os que mencionamos. Essa doença requer tratamento veterinário. Não tem cura, mas pode-se oferecer ao cão uma boa qualidade de vida com dieta e medicamentos.

Por outro lado, a insuficiência cardíaca pode ser a causa do derrame pleural, que é um acúmulo de soro ou sangue no tórax. É uma situação extremamente grave que compromete a respiração canina e, por isso, é uma emergência veterinária.

Se você suspeitar que seu cão tem problemas cardíacos, pode consultar este outro artigo sobre 5 sintomas de doenças cardíacas em cães.

Cachorro com respiração ofegante e tremendo

Se um cachorro está com respiração curta, rápida, está tremendo, salivando excessivamente, vomitando, etc., pode estar sofrendo de uma intoxicação. Há muitos produtos que podem envenenar um cão, como detergentes, inseticidas, medicamentos, alguns alimentos, raticidas ou plantas.

A intensidade dos sintomas dependerá da quantidade da substância tóxica com a qual o cão entrou em contato, seu tamanho ou a substância em questão. Em todo caso, se suspeitarmos que o cão está intoxicado, devemos levá-lo imediatamente ao veterinário. Além disso, aqui explicamos como tratar um cão intoxicado.

Por outro lado, as picadas de insetos também podem desencadear um choque anafilático com aumento da frequência respiratória. São emergências veterinárias.

Meu cachorro tem respiração curta e rápida - Causas e o que fazer - Cachorro com respiração ofegante e tremendo

Outras causas para um cachorro com respiração curta e rápida

Por fim, vamos rever outras razões pelas quais podemos perceber que o cachorro com respiração curta e rápida dormindo ou acordado:

  • Pneumonia: também pode provocar febre, secreção nasal, tosse ou, nos casos mais graves, uma coloração azulada das mucosas devido à falta de oxigênio. Se este quadro se mantiver, a respiração pode ficar comprometida ao ponto de provocar um colapso. A pneumonia deve ser tratada pelo veterinário. Pode ser causada pela presença de vírus, bactérias, fungos ou até mesmo parasitas, daí a necessidade de um bom diagnóstico para acertar o tratamento. Afeta mais animais já debilitados, de idade avançada ou ainda com sistema imunológico frágil, como os filhotes;
  • Golpe de calor: é outra causa grave de aceleração da respiração. Deve-se a um aumento da temperatura corporal que, se não for corrigido, pode ser fatal. Outros sintomas incluem saliva espessa, mucosas muito vermelhas ou diarreia com sangue. É uma emergência veterinária;
  • Desidratação: ocorre quando se perde mais líquidos do que se repõe. A frequência respiratória aumenta e observaremos os olhos afundados, a boca seca ou as gengivas pegajosas. É necessário procurar assistência veterinária e estabilizar o cachorro com a administração de fluidos por via intravenosa;
  • Choque: é produzido por hemorragias, problemas cardíacos, reações alérgicas, desidratação grave, intoxicações ou infecções generalizadas. Aumenta a frequência respiratória e representa um risco para a vida do cachorro. Nas fases finais do choque, a respiração diminui. É imprescindível procurar o veterinário e mesmo assim o prognóstico será reservado.
Meu cachorro tem respiração curta e rápida - Causas e o que fazer - Outras causas para um cachorro com respiração curta e rápida

O que acontece quando um cachorro tem dificuldade para respirar?

É um sinal preocupante um cão estar com dificuldades para respirar. Embora existam raças de cães que, por natureza, tenham mais problemas respiratórios, como bulldogs ou boxers, é um sintoma que não deve ser ignorado. Portanto, diante de qualquer anomalia, recomendamos que você leve seu animal de estimação ao veterinário.

Para mais informações, discutimos este assunto com mais detalhes neste outro artigo do PeritoAnimal sobre "cachorro com dificuldade de respirar, o que fazer?".

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Meu cachorro tem respiração curta e rápida - Causas e o que fazer, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Outros problemas de saúde.

Bibliografia
  • Carlson y Giffin. (2002). Manual práctico de veterinaria canina. Madrid. Editorial el Drac.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Meu cachorro tem respiração curta e rápida - Causas e o que fazer
1 de 4
Meu cachorro tem respiração curta e rápida - Causas e o que fazer

Voltar ao topo da página