Partilhar

5 sinais de dor no cachorro

Por Nelson Ferreira, Redator do Perito Animal. Atualizado: 15 janeiro 2020
5 sinais de dor no cachorro

Ver fichas de  Cachorros

Quando nossos melhores amigos começam a apresentar um comportamento estranho, nos preocupamos muito, pois eles podem estar sentindo algum tipo de dor ou passando por alguma situação desconfortável. Porém, como saber se o cachorro está com dor? Não reconhecer os sinais de alerta pode causar muito mal ao seu cão.

Apesar de o cachorro não possuir a capacidade de falar, eles têm muitas outras formas de comunicação, principalmente através do comportamento. É através do comportamento dos cães que eles conseguem expressar as suas emoções e em especial, a dor. É nosso dever, como cuidadores destes animais tão especiais, aprender a ler estas mensagens e detectar a tempo se algo está acontecendo ao nosso querido pet. Caso seja necessário, devemos recorrer ao veterinário.

Você quer saber o que dar para cachorro com dor? Quer cuidar dele da melhor forma possível? No Perito Animal, fizemos este artigo com várias dicas importantes sobre quais são os sinais de dor no cachorro. Além disso, você poderá melhorar o seu conhecimento sobre a saúde canina.

Também lhe pode interessar: Vaca doente - sinais de dor em bovinos

Sinais de dor no cachorro

Assim como nós humanos, os cães também demonstram que estão sentindo dor. Na maioria das vezes, o cachorro com dor passa a apresentar mudanças comportamentais, dificuldades de locomoção ou outros sintomas físicos.

É importante ficar sempre atento, pois alguns sintomas são sutis e podem passar despercebidos. Por isso, perante qualquer sinal que seu pet apresente, é importante perguntar ao veterinário para verificar se o comportamento pode ser um sintoma de dor. Em seguida, detalhamos os 5 sinais de dor no cachorro.

1. Respiração ofegante

Arquejar (respirar fundo) é um comportamento normal nos cães, especialmente naqueles dias de muito calor ou quando o passeio foi muito intenso. O arquejo é uma forma natural do organismo dos cães para esfriar o seu corpo e fazer com que diminua a sua temperatura corporal.

O problema é quando este arquejo excessivo não tem motivo aparente, o que pode ser um dos sinais de dor no cachorro. Se você perceber que o seu cachorro está respirando de forma anormal, pode ser um sinal claro de que ele não se sente bem, que está passando por um episódio de estresse ou medo devido a alguma dor. Também é possível que ele esteja sentindo muito calor ou sofrendo por alguma intoxicação.

2. Isolamento

Os cães se parecem muito mais com os seres humanos do que pensamos. Quando uma pessoa não se sente bem, é normal que ela se isole, mas existem pessoas que manifestam a sua dor através da agressividade. O mesmo acontece com os cães.

Se o seu cão está com alguma dor, ele vai apresentar um comportamento antissocial, deixando de te saludar quando chega em casa e evitando qualquer contato físico. Algumas vezes, ele até pode ficar agressivo. É importante levar em consideração sempre que o seu cachorro não está tentando magoar ninguém, nem sendo antipático, é apenas a sua forma de expressar que está sentindo dor e prefere não ser tocado.

5 sinais de dor no cachorro - 2. Isolamento

3. Lambidas excessivas

Assim como acontece com outras rotinas diárias, é natural que os cães sintam a necessidade de se limparem com frequência. De fato, eles gostam muito de se lamber e limpar. O que não é normal, é que estejam todo o dia fazendo isso de forma obsessiva.

Analise o comportamento do seu cão quanto a este tipo de comportamento quando ele se encontra totalmente saudável. Ele pode estar sentindo alguma dor e, para aliviá-la, começa a lamber partes do corpo que antes não lambia. Este é um comportamento que ele apresenta com a esperança de limpar e curar a ferida em questão, mesmo que seja interna. No entanto, se você observar que seu cachorro lambe compulsivamente uma ferida aberta, tenha cuidado, pode estar diante de uma dermatite acral por lambedura.

4. Sem apetite

O apetite ou, neste caso, a falta dele, pode ser outro dos sinais de dor no cachorro. Quem quer comer quando está doente? Esta é uma das reações primárias do organismo quando se tem alguma dor ou doença. Não se trata de o seu cachorro não ter vontade de comer, mas pode até ser doloroso caminhar até ao prato de comida. Nesse caso, tente aproximar a ração para perto da cama dele. Se mesmo assim ele passar muito tempo sem comer, o seu cão pode estar sofrendo de alguma doença que pode não ser necessariamente grave. Porém, é preciso fazer uma consulta com o veterinário. Algumas das doenças graves que os cães podem sofrer são: anorexia canina, problemas renais ou no fígado, infecções sistemáticas, doenças dentárias e até câncer.

5 sinais de dor no cachorro - 4. Sem apetite

5. Alterações gerais no comportamento

Se o seu pet nunca foi o típico cão de latir muito, nem um cão "calado", mas ultimamente late com muita frequência, ou está quase sempre mudo, ele pode estar avisando você que algo lhe dói. É muito importante conhecer o seu cão, as suas dinâmicas, personalidade, o que ele gosta ou não. Esta é a única forma em que o tutor poderá realizar as comparações adequadas para detectar se o seu melhor amigo está passando por alguma experiência incômoda, se tem uma ferida ou se sente dor.

Se você perceber que o seu cão está mancando, ou algo muito mais sutil como, por exemplo, não querer subir as escadas ou buscar a bolinha que tanto gosta, isso pode ser também um sinal corporal de dor. Outro sinal de dor pode ser demonstrado quando o cachorro mantém o lombo arqueado ou se encontra muito tenso.

Frequentemente, os cães que se sentem mal deitam de lado com as patas esticadas, ou donen de uma forma diferente da habitual. Existem vários sinais que podem indicar dor no cachorro. Cada comportamento diferente pode ser um aviso!

Cachorro com dor no corpo, o que pode ser?

Quando o cachorro está com dor no corpo, pode ser que ele esteja com algum tipo de fraqueza no organismo. Por isso, começam a apresentar alguns sinais, tais como:

  • Respiração ofegante;
  • Coluna arqueada e cabeça baixa;
  • Tremores pelo corpo;
  • Cachorro fica se esticando mais do que o normal;
  • Músculos contraídos;
  • Outras alterações físicas.

Meu cachorro grita de dor, o que pode ser?

Se o seu cão chega a gritar de dor, é porque está sofrendo muito. Nesses casos, o recomendado é procurar imediatamente um veterinário, antes que a dor possa piorar. Se o cachorro sente dor, ele apresenta algumas das mudanças comportamentais que indicamos antes.

Apenas o veterinário pode fazer ume exame físico do seu cachorro e determinar o que ele tem de errado, ou seja, a causa da dor. Caso você esteja esperando a consulta e queira identificar a origem da dor no cachorro mais rapidamente, recomendamos que você dê uma olhada no artigo sobre doenças mais comuns nos cachorros.

Sintomas de cachorro morrendo de velhice

Quando o cachorro chega na idade mais avançada, seu organismo funciona mais lentamente e a probabilidade de adoecer aumenta significativamente. Assim, quem cuida de cães idosos precisa ter uma atenção redobrada, pois eles nessa idade ficam mais fracos que o normal. Podemos destacar alguns sintomas que geralmente aparecem caso o cachorro idoso esteja perto da hora de partir:

  • Gengivas sem cor;
  • Respiração ofegante e dificuldades respiratórias;
  • Letargia;
  • Temperatura corporal baixa.
  • Ânsia de vômito;
  • Inquietação;
  • Salivação abundante;
  • Fraqueza.

Confira este artigo do PeritoAnimal para saber outros sintomas que o cachorro está morrendo ou assista o vídeo do canal sobre o tema:

O que dar para cachorro com dor?

Se, depois de todos esses sinais, você identificou comportamentos semelhantes no seu cachorro, é preciso buscar ajuda de um profissional. Assim como nós humanos não podemos nos auto-medicar, os animais também não podem ser medicados sem a orientação de um veterinário.

Outra recomendação importante é que não devemos dar medicamentos humanos para os pets nunca, pois isso pode prejudicar ainda mais a saúde do seu cachorrinho.

O que você pode fazer para aliviar a dor do cachorro até que ele seja consultado por um veterinário é fazer caminhadas mais curtas com ele, evitando que ele faça muito esforço. Outra dica é fazer fotos e filmar os comportamentos incomuns do seu cachorro para mostrar ao seu veterinário.

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a 5 sinais de dor no cachorro, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Prevenção.

Bibliografia
  • PET MD Vet Authored “How to Tell If a Dog Is in Pain and What You Can Do to Help”. Acessado em 5 de janeiro de 2020. Disponível em: https://www.petmd.com/dog/care/evr_dg_managing_pain_in_dogs

Vídeos de 5 sinais de dor no cachorro

1 de 3
Vídeos de 5 sinais de dor no cachorro

Escrever comentário sobre 5 sinais de dor no cachorro

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
5 comentários
Adriana Marques da Silva Oliveira
Meu cão entortou de uma hora pra outra. Dificuldade pra caminhar e grita de dor. Nao se alimenta e treme de dor. Comecei a dar antibiótico será q pode ajuda-lo?
A sua avaliação:
Miria lima melo
Nao come so bebe agua e vomita. Ta muito fraquinho ms ainda consegue andar
Ingrid
Minha cachorrinha está sem domar aqua e sem comer nada o que devo fazer?
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Ingrid! Você precisa consultar um médico veterinário. Este artigo pode ajudar: https://www.peritoanimal.com.br/meu-cachorro-nao-come-e-esta-triste-o-que-fazer-22498.html
A sua avaliação:
Sidnei Carlos Rodigues
muito bom todos os artigos que escrevem, muito obrigado nos ajuda muito com nossos amigos
A sua avaliação:
Matilde
Informações super interessantes!!!

5 sinais de dor no cachorro
1 de 3
5 sinais de dor no cachorro

Voltar ao topo da página