Partilhar

Meu cachorro não me obedece, o que fazer?

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 11 fevereiro 2019
Meu cachorro não me obedece, o que fazer?

Ver fichas de  Cachorros

Embora pareça estranho, deparamo-nos com uma pergunta muito comum. Muitos donos desesperam com os seus pets porque acham que eles os ignoram ou não lhes obedecem de propósito. Mas deve saber que isto não é bem assim.

A grande maioria das vezes o problema reside numa má comunicação ou no fato do processo de adestramento não ter sido feito de forma adequada.

Se o seu cachorro não lhe obedece e quer saber o que fazer, neste artigo do PeritoAnimal vamos lhe explicar tudo o que deve saber e fazer.

Também lhe pode interessar: Meu gato me morde e arranha, o que fazer?

Por que o seu cachorro não lhe obedece?

Pegue num papel e caneta e resposta às seguintes perguntas:

  • Como é a relação com o seu cachorro? Ter um pet não é apenas dar-lhe um teto, comida e levá-lo ao parque. Um cachorro faz parte da sua vida e da sua família. Se não tem intenção de criar um vínculo afetivo é normal que o seu cachorro não lhe preste atenção. Você será apenas mais um humano.
  • Que linguagem usa com o seu cachorro? Muitas vezes não nos damos conta, mas a nossa linguagem corporal e as ordens que damos ao nosso cachorro são contraditórias. Quase de certeza que o seu cachorro quer fazer o que você está pedindo, o problema é que não entende o que você está dizendo.
  • Preparou-se antes de adestrar o seu cachorro? Talvez você esteja indo muito rápido no adestramento, ou talvez esteja indo muito devagar. Ou talvez você esteja premiando um comportamento negativo, acredite que é muito comum acontecer.

Um cachorro não é um ser humano: pensa diferente, comporta-se de forma diferente e sente de forma diferente. Antes de decidir adotar um cachorro deve ter muito claro que educação precisa e o que vai fazer se não sair tudo na perfeição. Tal como levaria o seu filho a um médico ou psicólogo se tivesse problemas de comportamento graves, deve fazer o mesmo com o seu cachorro, a pessoa indicada para resolver um problema de comportamento é o etólogo.

Coisas que deve saber sobre o comportamento do cachorro:

Como é o seu comportamento? Você se aborrece se o seu cachorro faz algo mal? Grita com ele? É compreensível que em algum momento o seu cachorro possa frustá-lo, mas não deve perder a paciência. Aborrecendo-se ou gritando com ele apenas conseguirá afastar o seu cachorro de si. Além disso, estudos recentes demonstraram a baixa eficácia da dominância contra o reforço positivo.

Pensa que o seu cachorro é uma máquina? Um cachorro é um animal, às vezes parece que nos esquecemos disso. Você pode estar 10 minutos a olhar para uma janela, mas não percebe que o seu cachorro precise de cheirar algo. Uma coisa é a obediência e outra é que o animal careça de liberdade. Deixe-o passear como merece e precisa.

Faz exercício suficiente? Passa demasiado tempo sozinho? Se o seu pet está aborrecido ou não faz o exercício que precisa é normal que destrua coisas. Por muito que o repreenda, não vai resolver nada. Por isso, é muito importante que antes de adotar um cachorro tenha claras quais são as suas necessidades e que depois as cumpra.

Em resumo: não pode esperar que o seu cachorro se porte bem se não cumpre com as suas necessidades básicas ou o priva de certa liberdade. Um cachorro que lhe obedece é aquele que vem até si porque perdeu horas no seu adestramento, porque utilizou o reforço positivo ao invés do castigo. Uma boa relação baseada em premiar o cachorro fará com que lhe obedeça muito mais e por iniciativa própria.

Meu cachorro não me obedece, o que fazer? - Por que o seu cachorro não lhe obedece?

O que fazer se o meu cachorro não me obedecer?

No ponto anterior vimos várias das causas que podem ter desencadeado esta situação. Agora vamos propor que reveja alguns aspetos da vida do seu cachorro:

  • A paciência é fundamental. Os resultados não chegam de um momento para o outro. De fato, lembre-se que a base da relação com o seu cachorro deve ser o carinho entre você e ele. Alguns cães são mais inteligentes que outros, por esse motivo uns demoram mais a compreender o que espera deles.
  • Recupere o vínculo afetivo: Imagine isto como uma crise de casal, passe tempo com o seu pet, acaricie-o, dê passeios longos com ele, brinque com ele. Desfrute de tempo com o seu cachorro e não o tente forçar, permita que se comporte de forma natural.

Para o seu pet, você é o centro do seu universo, demonstre-lhe que o quer e que se sente bem ao seu lado.

O nome do seu cachorro: um erro muito comum é que o cachorro tenha relacionado o seu nome com algo mau. Porquê? Porque cada vez que faz algo mal, você chama-o e repreende-o. Aí está o erro. Relaciona a palavra "não" ou a repreensão, ao fato de ter feito algo mal. Não precisa de dizer o nome dele, apenas com a palavra "não" e o seu tom de voz, ele entenderá perfeitamente.

Para recuperar a relação positiva com o seu nome faça o seguinte:

  1. Um bom e longo passeio.
  2. Quando chegar a casa, o seu pet deita-se na sua cama.
  3. Aproxime-se dele, mas de maneira a que não o veja diretamente.
  4. Diga o seu nome.
  5. Se olhar para você, premei-o.
  6. Comece com guloseimas (mas sem excessos) e depois passe a carícias. O seu nome deve estar sempre relacionado a algo agradável.

Responder cada vez que o chama: tal como acontece com o nome, é possível que o seu pet tenha relacionado de forma negativa esta ordem.

Para conseguir que ele venha cada vez que o chamar, deve fazer um exercício muito simples. Comece a praticar em casa, mais para a frente pode fazê-lo na rua. Para começar escolha um cômodo calmo e que esteja em silêncio e faça o seguinte exercício:

  1. Relacione uma palavra adequada à ordem. Por exemplo, "vem" ou "aqui". Não utilize apenas o seu nome para fazer isso. O nome é a ordem para prestar atenção.
  2. Vá para longe e dê-lhe a ordem.
  3. Se vier, dê-lhe um abraço e uma guloseima.
  4. É possível que nas primeiras vezes o seu cachorro não vá até si, é normal. Não está entendendo o que você está pedindo. Neste caso, use uma guia. Dê a ordem e faça com que se aproxime. Depois, reforce esse comportamento.

É muito importante que as sessões de adestramento sejam curtas. Nunca mais de 15 minutos. Assim será mais divertido para o cachorro e para si.

A repetição do exercício é o que vai fazer com que aprenda. Quando já o fizer bem em casa, deve tentar fazê-lo na rua. Siga as seguintes regras.

  • Faça o exercício depois de ter dado o passeio, nunca antes.
  • Comece sempre com a guia.
  • Não faça o exercício no mesmo sítio. Quanto mais variar nos lugares, mais reforçada ficará a ordem.

Como vê, fazer o seu cachorro não o ignorar e obedecer é muito simples. Todos os exercícios que lhe mostramos estão baseados no reforço positivo. Se a isto unir o carinho e a paciência, conseguirá que o seu cachorro aprenda quase qualquer coisa.

Meu cachorro não me obedece, o que fazer? - O que fazer se o meu cachorro não me obedecer?

Se deseja ler mais artigos parecidos a Meu cachorro não me obedece, o que fazer?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas de comportamento.

Escrever comentário sobre Meu cachorro não me obedece, o que fazer?

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
7 comentários
Alexandra
Meu cachorro tem 04 anos e é adotado, fica comigo o dia todo dentro de casa, guando chega a noite não consigo por ele para fora , o que eu faço?
A sua avaliação:
luiza
como fazer para treinar seu cachoro fazer ele sentar,dar a patinha...
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Luiza! Temos dois artigos que podem te ajudar, confira: https://www.peritoanimal.com.br/como-ensinar-o-cachorro-a-dar-a-pata-20501.html
https://www.peritoanimal.com.br/ensinar-o-meu-cachorro-a-sentar-passo-a-passo-20507.html
É importante que você tenha paciência e seja constante, além disso, utilizar sempre o reforço positivo.
A equipe do PeritoAnimal deseja boa sorte!
Roseli
Bom dia meu bebê tem 6 meses, não consigo fazer nada próximo a ele pq pula em tudo estraga muitas coisas o que posso fazer pra evitar os pulos?
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Roseli! Nosso artigo sobre como acalmar um cachorro agitado pode te ajudar: https://www.peritoanimal.com.br/como-acalmar-um-cachorro-muito-agitado-21608.html
No entanto, se esse comportamento permanecer, o mais indicado é buscar ajuda de um profissional especialista em comportamento canino.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
A sua avaliação:
Bárbara
Meu cachorro é um fila brasileiro com dois anos e 50 quilos, é muito grande e ninguém consegue controlá-lo quando está solto no jardim; fica pulando na gente, mesmo que só querendo brincar, e não obedece a comandos como o de "fica", muito raramente o de "senta", além de não conseguirmos usar o truque de petiscos por ele pular para agarrá-lo antes de conseguirmos falar qualquer coisa e nos derruba se necessário para consegui-lo. Como posso fazer para deixá-lo mais obediente e controlado?
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Bárbara! Você já tentou as dicas do artigo?
Bárbara
Já sim, o problema é que ele é grande e forte demais e, mesmo com as dicas, ele não tem controle para "ficar" enquanto o chamamos. Se por acaso ele está afastado e tentamos o vem, ele não tem paciência alguma e pula em nós, desobedecendo até mesmo os "pare" que falamos. Guloseimas e petiscos não adiantam também porque ele sabe da força que tem e tenta pegá-los de nós antes que possamos tentar outras coisas.
Jéssica
Minha cachorrinha tem apenas 2 meses mas é de porte grande ,ela morde muito mesmo quando brigamos com ela ,ela acaba tirando sangue da gente com as mordidas e acabou me mordendo seriamente (Ela tem brinquedos para morder) Gostaria de saber oque posso fazer?
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Jéssica! Esse artigo pode te ajudar a entender se é normal que o seu filhote de cachorro morda tanto e também algumas dicas para evitar esse comportamento: https://www.peritoanimal.com.br/e-normal-que-o-meu-filhote-de-cachorro-morda-tanto-21626.html
No entanto, se essa prática permanecer, recomendamos que você busque ajuda de um médico veterinário de confiança.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
marcia
meu cachorro nao come so tomou um pouco de leite esta fraco o que pode ser ele perdeu peso e ontem para ca nao quer se alimentar pode se que tenha comido algo com veneno o que faser moro no interior veterinario aqui e dificil
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Marcia! Este artigo pode te ajudar: https://www.peritoanimal.com.br/o-meu-cachorro-nao-quer-comer-racao-2620.html
No entanto, o mais indicado é buscar ajuda de um médico veterinário.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
A sua avaliação:
Betania
Bom dia! Porque meu cachorro pula desesperadamente sem parar quando solto e não para de saltar e deitar nas pernas da gente. Ele é de porte grande é um vira lata. Crio desde bebê. Já está ficando perigoso, principalmente com os netinhos. Obrigada.
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Betania! Temos um artigo que pode ajudar pois explica como evitar que o cachorro pule nas pessoas: https://www.peritoanimal.com.br/como-evitar-que-o-cachorro-pule-nas-pessoas-6607.html

Meu cachorro não me obedece, o que fazer?
1 de 3
Meu cachorro não me obedece, o que fazer?

Voltar ao topo da página