Partilhar

Por que um cachorro ataca outro? - Causas e soluções

 
Por Ricardo Luis Bruno Cazeaux, Veterinário e etólogo. Atualizado: 9 fevereiro 2021
Por que um cachorro ataca outro? - Causas e soluções

Ver fichas de  Cachorros

Como disse Konrad Lorenz, zoólogo e etólogo austríaco, a agressão em si é apenas mais um impulso que um indivíduo apresenta e o ajuda a sobreviver. No entanto, o fato de um cachorro ser agressivo com outro cão é um problema grave que gera uma má qualidade de vida e um estado de angústia ao seu tutor. Consequentemente, quando temos cachorros agressivos isso deve ser considerado um transtorno de comportamento.

Está na genética do cachorro, especialmente se for macho, atacar outro animal da mesma espécie quando desconhecido, principalmente se o outro peludo for macho também. Também está na genética dos cães alcançar uma posição hierárquica dentro do seu grupo social através da agressividade, por isso a briga de cachorro é tão comum.

No entanto, tudo isso pode ser controlado e educado. Com esta realidade em mente, pode-se vislumbrar claramente a importância da criação positiva por parte do tutor de um cachorro, que deve ser dada a um filhote desde o início ou ao cão adulto recém adotado. Se você quer saber mais, não perca este artigo do PeritoAnimal sobre por que um cachorro ataca outro? - causas e soluções.

Também lhe pode interessar: Porque minha cadela ataca minha outra cadela?

Por que um cachorro ataca outro

A agressividade canina dirigida a outros cães é uma alteração do comportamento muito comum nesses e outros animais. Há três principais origens que explicam por que um cachorro ataca outro:

  • A genética: por um lado, a genética desempenha um papel muito importante, pois está incorporada nos cães o conceito da agressividade para com os congêneres estranhos ao seu grupo social.
  • Má socialização: por outro lado, uma má socialização e/ou o manejo inadequado do seu tutor, principalmente em seus primeiros meses de vida, é praticamente a principal causa que explica um cachorro rosnando, agressivo e agitado ao ver outros cães.
  • A raça: é importante ressaltar que as características de cada raça canina também influenciam nesse tipo de agressividade, já que a agressividade herdada de um Rottweiler ou de um Pit bull não é a mesma que um Yorkshire terrier ou um Chihuahua.

No entanto, embora algumas raças de cães sejam por natureza mais dominantes que outras, o verdadeiro problema de por que um cachorro ataca outro está na educação dada a ele.

Uma vez que a alteração comportamental apareça e seja corretamente diagnosticada, deve ser tratada em conjunto com um profissional da saúde animal, pois este tipo de transtorno pode gerar lesões a terceiros, por isso deve ser tratado com responsabilidade.

Por que um cachorro ataca outro? - Causas e soluções - Por que um cachorro ataca outro

Por que um cachorro ataca meu outro cão

Essa é uma situação diferente da anterior em muitos sentidos, pois neste caso a agressividade não está dirigida a um congênere estranho ao grupo social do indivíduo em questão, mas, pelo contrário, é dirigida a um membro do grupo. Este fato muda totalmente a visão que se deve ter da situação.

Na genética de um cachorro, especialmente se for macho e não for castrado, o conceito de hierarquia social dentro de um grupo é incorporado e a única maneira que os cães conhecem para escalar hierarquicamente dentro do seu grupo social é através da agressividade. Embora esse comportamento herdado esteja mais arraigado entre os caninos do sexo masculino, também existe uma necessidade de posicionamento hierárquico entre as fêmeas dentro do seu grupo social e esse posicionamento também é alcançado através da agressividade.

Nos cães domésticos que convivem em um mesmo lar, com os mesmos tutores com os quais geram vínculos afetivos, que têm que compartilhar seus recursos como água, comida, lugares de descanso, etc., é bem possível que em algum momento busquem sua posição social através da agressividade, o que explica o por que um cachorro ataca outro mesmo quando vivem juntos.

Desta forma, se seu cachorro ataca o próprio filhote, se o filhote ataca seu outro cão ou ambos são adultos e um cachorro ataca o outro, é muito provável que ele faça isso para estabelecer sua posição hierárquica, sejam machos ou fêmeas.

O que fazer se meu cachorro sempre fica agressivo com outros cães?

Após compreender as bases biológicas que explicam por que um cachorro ataca outro, seja um desconhecido ou mesmo um cachorro do mesmo grupo social, você deve se perguntar: como acalmar um cachorro bravo? O que fazer quando dois cachorros se estranham? O que fazer quando meu cachorro fica muito agressivo com os outros cães?

Independentemente do tratamento farmacológico e/ou cirúrgico correspondente indicado pelo profissional de saúde animal de acordo com cada caso em particular, sempre é necessário realizar uma terapia de modificação do comportamento, sendo fundamental para o sucesso de tal terapia a participação ativa do tutor ou tutores do animal e não devem deixar a solução do problema somente nas mãos de terceiros.

Quando temos cachorros agressivos, duas situações distintas devem ser identificadas. A primeira é quando o cão já exibe agressividade para com seus congêneres e, a segunda, quando o animal é filhote e ainda não começou a apresentar esse comportamento.

Agressividade em cães adultos

Se o cachorro é adulto, nosso melhor conselho é que você o leve a um etólogo, educador canino ou adestrador com experiência, para que possa avaliar o animal e encontrar as melhores técnicas de modificação de comportamento para seu caso, sempre com reforço positivo.

Para as sessões de modificação de comportamento, será necessária que seu tutor ou tutores também participem, e não apenas o profissional ou profissionais de saúde e comportamento animal.

Agressividade em cachorros filhotes

A segunda situação seria o ideal, pois se baseia na criação do filhote canino, evitando que os comportamentos herdados de agressividade sejam manifestados e estabelecidos. Consegue-se isso socializando o filhote com outros cães, inibindo o comportamento agressivo quando começa a ser manifestado nas primeiras vezes e com a ajuda do reforço positivo.

Em resumo, prestando atenção em algo tão conhecido como genética e ambiente. Sabe-se que a genética própria de um indivíduo o condiciona em aproximadamente 30% do seu comportamento, ou seja, o ambiente o condicionará em 70%. Isso significa que independente da carga genética de agressividade que um cão traz consigo, se for criado corretamente por seu tutor, esse animal não exibirá um comportamento agressivo para com seus congêneres ao longo de sua vida.

E agora que você já sabe por que um cachorro ataca outro e o que fazer para acalmar um cachorro muito agressivo, talvez você se interesse por este outro artigo em que explicamos os motivos que levam um cachorro morder seu tutor e o que fazer.

Por que um cachorro ataca outro? - Causas e soluções - O que fazer se meu cachorro sempre fica agressivo com outros cães?

Se deseja ler mais artigos parecidos a Por que um cachorro ataca outro? - Causas e soluções, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas de comportamento.

Bibliografia
  • Konrad Lorenz. (1985). Consideraciones sobre las conductas animal y humana. Ed. Planeta-Agostini.
  • Konrad Lorenz. (1976). Biología del comportamiento. Raíces instintivas de la agresión, el miedo y la libertad. Ed. Siglo XXI editores.
  • Konrad Lorenz. (1972). Sobre la agresión: El pretendido mal. Ed. Siglo XXI editores.
  • Ricardo Bruno. (2007). Bienestar Animal, Zoonosis y Comportamiento canino y felino. Estudio del curso TACA (Terapia Asistida con Animales) realizado en la Facultad de C. Veterinarias de la Universidad de Buenos Aires.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Por que um cachorro ataca outro? - Causas e soluções
1 de 3
Por que um cachorro ataca outro? - Causas e soluções

Voltar ao topo da página