menu
Partilhar

Como saber se minha gatinha está em trabalho de parto?

 
Por Maria Besteiros. 14 julho 2021
Como saber se minha gatinha está em trabalho de parto?

Ver fichas de  Gatos

Se, como tutores de gatos, temos a oportunidade de conviver com uma gata que suspeitamos estar grávida, é importante que tenhamos os conhecimentos básicos necessários, não só sobre a gestação, mas também sobre como saber se uma gata está em trabalho de parto, uma vez que é um momento transcendental que devemos saber identificar, principalmente caso haja algum problema que requeira nossa intervenção e, até mesmo de uma eventual transferência para uma clínica veterinária.

Neste artigo do PeritoAnimal, fornecemos as chaves para que você possa identificá-lo corretamente. Como saber se minha gatinha está em trabalho de parto? Descubra a seguir!

Alguns dados sobre a gravidez das gatas

As gatas podem engravidar durante boa parte do ano, de janeiro-fevereiro até, aproximadamente, o mês de outubro. Em muitas, o cio será muito evidente e poderemos ouvi-las miar, quase a ponto de gritar, esfregar-se contra tudo e, em geral, ficam nervosas e inquietas.

Elas também têm uma ovulação induzida, o que significa que é durante a cópula com o macho que ocorre o estímulo para a saída do óvulo. Se ocorrer a fecundação, a gata gestará de três a cinco gatinhos durante aproximadamente dois meses. Em geral, durante a gravidez da gata, ela manterá sua vida normal e só perceberemos um aumento no tamanho da sua barriga. Claro, assim que tivermos conhecimento do seu estado ou quisermos confirmá-la, é aconselhável ir a um veterinário.

Além disso, devemos começar a alimentá-la com uma ração especial para filhotes menores de um ano, pois suas necessidades alimentares mudarão durante a gravidez. Após a gestação, chegará o momento do nascimento. Na próxima seção, veremos como saber se uma gata está em trabalho de parto.

Como saber se minha gatinha está em trabalho de parto? - Alguns dados sobre a gravidez das gatas

O momento do parto de uma gata

Perto do final dos dois meses aproximados de gestação, devemos esperar que o parto comece a qualquer momento. Se tivermos levado nossa gata a um check-up veterinário, é possível que este profissional tenha nos fornecido uma data provável de parto, embora devamos saber que a determinação desse dia não é uma ciência exata, por isso poderá adiantar ou atrasar alguns dias sem envolver qualquer patologia.

Durante os últimos dias, podemos notar que nossa gata fica mais tranquila e passa mais tempo descansando. Seus movimentos ficam mais pesados e ela pode começar a comer menos. Também é possível que vejamos uma gota de leite nas mamas. Não devemos manipulá-las. Quando finalmente chegar o dia, podemos saber se uma gata está em trabalho de parto prestando atenção em diferentes aspectos.

Sintomas de parto em uma gata:

  • A gata fica inquieta.
  • Observamos uma secreção marrom ou com sangue pela vulva.
  • Nossa gata lambe com frequência a região da vulva, o que pode indicar que existe secreção, como comentamos, embora não possamos vê-la.
  • A respiração pode ficar agitada, até com a boca aberta. Geralmente é um sinal que as contrações começaram, que são os movimentos que o útero realiza para trazer os filhotes para fora.
  • Às vezes, se olharmos para seu abdômen, poderemos até ver essas contrações.
  • O normal é que nossa gata tenha escolhido um lugar tranquilo e seguro para este momento. É o que se conhece como "fazer o ninho". Podemos colocar à sua disposição uma caixa de fácil acesso com toalhas ou absorventes, para que seja fácil de limpar, caso queira utilizá-la, embora não seja raro ela escolher outro lugar. Além disso, o parto geralmente ocorre à noite, então é provável que nos levantemos uma manhã e encontremos a nova família.

Estes indícios nos dão uma ideia de que nossa gata já começou o trabalho de parto. A seguir, descreveremos seu desenvolvimento normal.

O desenvolvimento do parto

Agora que já vimos como saber se uma gata está em trabalho de parto, uma vez que comece, é melhor que fiquemos em segundo plano, para intervir apenas se nossa ajuda for necessária, por exemplo se o parto for interrompido, acontece algum sangramento importante ou algum gatinho não respira.

O normal é que os pequenos nasçam embrulhados em sua bolsa, aproximadamente a cada 30 minutos. É a mamãe gata que se encarrega de rompê-la e ingeri-la junto com a placenta e o cordão umbilical, que ela mesma cortará nesse gesto. Observaremos, também, que ela imediatamente começa a lamber vigorosamente seus pequeninos, limpando-os, limpando suas narinas de possíveis secreções, estimulando sua respiração e incentivando-os a começar a mamar, com o qual aproveitarão o tão importante colostro.

Ao ingerir os restos do parto, o leito fica bem limpo, mesmo assim podemos colocar um absorvente novo e retirar os tecidos que estão manchados. Assim que a mãe e bebês estiverem calmos, podemos oferecer comida e, principalmente água para nossa gata. Devemos evitar manipular a família, mas temos que garantir que todos estejam perfeitamente bem.

Agora que você saber como identificar quando uma gata está em trabalho de parto, neste outro artigo você confere alguns conselhos sobre como cuidar de gatos filhotes.

Como saber se minha gatinha está em trabalho de parto? - O desenvolvimento do parto

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Como saber se minha gatinha está em trabalho de parto?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas de gestação.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Como saber se minha gatinha está em trabalho de parto?
1 de 3
Como saber se minha gatinha está em trabalho de parto?

Voltar ao topo da página