Partilhar

A mastite em gatas - Sintomas e tratamento

Por Nelson Ferreira, Redator do Perito Animal. 30 março 2017
A mastite em gatas - Sintomas e tratamento

Ver fichas de  Gatos

Poucas vezes se inunda uma casa com tanta ternura como naquelas em que uma gata dá à luz a sua ninhada e cuida dos seus filhotes. A lactância e atenção da mãe durante as primeiras três semanas será de grande importância para um adequado desenvolvimento dos gatinhos e uma atenção adequada à mãe por parte do proprietário será imprescindível para manter a gata em um bom estado de saúde, através dos cuidados necessários.

Depois do gravidez da gata podem acontecer certos problemas de saúde típicos destas etapa de pós parto e é importante que o proprietário esteja consciente sobre os mesmos para assim detectar qualquer transtorno o quanto antes, uma vez que um tratamento atempado é de vital importância para a recuperação da gata.

Neste artigo do Perito Animal falamos sobre os sintomas e tratamento da mastite em gatas.

Também lhe pode interessar: A mastite em cadelas - Sintomas e tratamento

O que é a mastite?

A mastite define-se como uma inflamação das glândulas mamárias, o número de glândulas afetadas pode varias em cada caso. Apesar de se tratar de um problema comum no pós-parto, pode aparecer por outros motivos.

A morte de algum gatinho, um desmame abrupto, a falta de higiene ou a própria sucção dos filhotes também são fatores que podem predispor o aparecimento da mastite.

Por vezes a mastite vai mais além de uma simples inflamação e comporta também infecção, neste caso, as bactérias que afetam mais comumente as gatas são a Escherichia Coli, Estafilococos, Estreptococos e Enterococos.

Geralmente a infecção inicia-se no mamilo e ascende até às glândulas mamárias, a mastite pode ir desde uma inflamação leve que apenas apresenta sintomas leves até uma infecção grave com gangrena (morte do tecido por falta de irrigação sanguínea).

Sintomas de mastite

Os sintomas de mastite em gatas são muito variáveis dependendo da gravidade da mesma, no entanto, desde os casos mais leves até aos mais graves agrupam-se os seguintes sinais:

  • A ninhada não ganha o peso adequado (estabelecido em 5% de aumento de peso depois de nascerem)
  • A gata não quer amamentar os seus filhotes
  • Inflamação moderada das glândulas, que aparecem duras, dolorosas e por vezes ulceradas
  • Formação de abcessos ou gangrena
  • Descargas mamárias hemorrágicas ou purulentas
  • Leite com aumento da viscosidade
  • Anorexia
  • Febre
  • Vômitos

Se observarmos alguns destes sintomas na nossa gata devemos ir ao veterinário urgentemente, uma vez que a mastite pode ser muito grave tanto para a mãe como para os filhotes.

A mastite em gatas - Sintomas e tratamento - Sintomas de mastite

Diagnóstico da mastite

Para diagnosticar a mastite o veterinário irá basear-se nos sintomas e no histórico completo da gata, no entanto também pode realizar vários dos seguintes exames de diagnóstico:

  • Citologia (estudo das células) da secreção mamária
  • Cultivo bacteriano do leite
  • Análise sanguínea onde poderá observar um aumento dos glóbulos brancos no caso de infecção e uma alteração nas plaquetas, caso exista gangrena.
A mastite em gatas - Sintomas e tratamento - Diagnóstico da mastite

Tratamento da mastite

Tratar adequadamente a mastite não supõe interromper a lactância dos filhotes, que deve ter uma duração mínima que oscile entre as 8 a 12 semanas, de fato, o desmame reserva-se unicamente para aqueles casos onde exista a formação de abcessos ou mastite gangrenosa.

Continuar com a amamentação favorecerá a drenagem das mamas, e apesar de o leite ser mais pobre e estar contaminado pelos antibióticos, isto não supõe perigo para os gatinhos.

O veterinário deverá escolher um antibiótico de amplo espetro para realizar o tratamento, sendo os mais habituais os seguintes:

  • Amoxicilina
  • Amoxicilina + Ácido Clavulânico
  • Cefalexina
  • Cefoxitina

O tratamento terá uma duração aproximada de 2-3 semanas e poderá ser feito em casa, à excepção daqueles casos em que existe uma infecção generalizada ou sépsis.

No caso de mastite com gangrena pode-se recorrer a uma intervenção cirúrgica para extirpar o tecido necrótico. O prognóstico é bom na maioria dos casos.

A mastite em gatas - Sintomas e tratamento - Tratamento da mastite

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a A mastite em gatas - Sintomas e tratamento, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas de gestação.

Escrever comentário sobre A mastite em gatas - Sintomas e tratamento

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
7 comentários
Eliel F. Gomes
Gostaria de saber : Após o tratamento de hiperplasia mamária que deixou a barriga da minha gata enorme, seguido de castração da Fêmea; as mamas e pele da barriga que ficaram flácidas após o tratamento da doença voltam naturalmente ao normal ou será necessário fazer alguma cirurgia de correção?
Amélia Penedo Rodrigues
Oi boa noite!!!
A minha gata aparentemente está com mastite vi alguns medicamentos como Amoxicilina + cravulânico, e qual seria a dosagem pra felinos???
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Amélia! Não conseguimos dar um diagnóstico sem ver a sua gata. O mais indicado, é buscar ajuda de um médico veterinário de confiança o mais rápido possível. A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
Fabiola
Estou cm mesmo problema cm minha gata....desmaiou,castrou,porém as mamas incharam muito e empedrou...como tratou a sua?
elias
se a gata arranhar um humano será passada alguma doença ao humano
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Elias! Tudo depende da profundidade do arranhão. Neste artigo do PeritoAnimal informamos algumas doenças que gatos podem transmitir a humanos: https://www.peritoanimal.com.br/doencas-que-os-gatos-de-rua-podem-transmitir-aos-humanos-21497.html
No entanto, o mais aconselhável sempre é buscar um médico.
Luana H
Minha gata esta com mastite mas nao teve filhotes. É normal? Esta com gangrena e as glandulas muito inchadas...
É normal ter mastite sem ter tido filhotes?
Paola Oriana
Estou com uma gata castrada há 3 dias, q está com o leite empedrado. Faço compressas de água quente mas gostaria de outra dica para secar o leite de uma vez. Alguma dica de remédio p secar o leite?
Márcia dos Santos da Silva
Bom dia! Minha gata está com peitos feridos, um filhote tá muito debilitado, eles estão com 38 dias.hoje percebi os peitos muito cheios. O que faço por favor!?
paulo edson
minha gata pariu a mais ou menos 45 dias e agora ela esta apresentando um quadro de desnutrição muito magra e quando cheira qualquer comida fica toda arrupiada e agora está a solta uma secreção gosmenta verde que não sei se é da vargina ou pelo anus....o q devo fazer
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Paulo! Pelo que você indica parece que a sua gata está com uma grave infeção e precisa de ser vista por um médico veterinário o quanto antes.

A mastite em gatas - Sintomas e tratamento
1 de 4
A mastite em gatas - Sintomas e tratamento

Voltar ao topo da página