menu
Partilhar

Cadela prenha com respiração ofegante - Causas e o que fazer

 
Por Maria Besteiros, Auxiliar técnica veterinária. 1 julho 2022
Cadela prenha com respiração ofegante - Causas e o que fazer

Ver fichas de  Cachorros

A gestação das cadelas é uma etapa que costuma causar várias dúvidas entre os tutores, já que não se trata somente de garantir seu bem-estar. Os filhotes que crescem em seu interior também necessitam de nossos cuidados. Não poder ver os filhotes para saber como estão evoluindo é uma fonte de preocupação.

Para evitar sustos a recomendação é sempre procurar um veterinário para realizar acompanhamento adequado e, também, para identificar sinais de alarme. Um deles pode ser a mudança na respiração. Sua cadela prenha está com a respiração ofegante? Te explicamos as causas e o que fazer nesta situação neste artigo do PeritoAnimal.

Minha cadela prenha está com a respiração ofegante

Em primeiro lugar, temos que saber que os cachorros quando sentem calor ficam ofegantes como uma forma de regular sua temperatura, já que não podem fazer da mesma forma que nós através da sudorese. Ofegar é a forma que encontram para trocar o ar quente do interior do seu organismo com o ar mais fresco do exterior.

Logicamente, este mecanismo fisiológico terá dificuldades quando as temperaturas atmosféricas estejam elevadas ou o cachorro apresente alguma situação que interfira na respiração. Por exemplo, a respiração é mais difícil nas raças braquicefálicas por sua constituição anatômica ou aqueles que possuem algum problema cardíaco ou pulmonar.

Um cadela grávida também pode ter mais dificuldades. Por isso devemos limitar sua exposição ao calor e não permitir que se canse muito com exercícios físicos. Caso contrário, poderia chegar a ter a perigosa insolação. Mas, se sua cadela prenha tem a respiração ofegante e você acredita que seja devido ao calor ou esforço, leve-a para um local fresco, ofereça água e a mantenha tranquila. Com essas medidas deve ser suficiente para que, em alguns minutos, a respiração se regularize. Se você perceber que a cadela continua muito ofegante ou apresenta algum outro sintoma, procure um veterinário imediatamente.

Cadela prenha com respiração ofegante - Causas e o que fazer - Minha cadela prenha está com a respiração ofegante

Sinal de dor

Uma respiração ofegante nem sempre é um sinal de calor. Às vezes, a ofegação nos indica alguma dor, que nem sempre é fácil de localizar. Em algumas ocasiões ocorre que, ao acariciar nossa cadela, percebemos suspiros, algum gemido ou movimento para evitar o contato em algum determinado ponto. Também podemos ver se levou algum golpe ou machucado. Mas em algumas situações não percebemos nenhuma lesão ou dor e a respiração ofegante é o único sinal diferente que percebemos.

Se é o caso de sua cadela que, de repente, começa a respirar ofegando muito, você pode examiná-la apalpando todo o corpo com cuidado para buscar algum ponto de dor. Olhe nos ouvidos e entre os dedos para ver se encontra algum corpo estranho. Se assegure de tocar bem o corpo por debaixo dos pelos para procurar algum nódulo ou sinal de inflamação.

Perceba também se existem outros sintomas, como febre, perda de apetite, redução de movimentos, etc. Dependendo do que encontre terá que procurar ou não o veterinário. Por outro lado, a visita a este profissional será obrigatória se a cadela respira ofegando e não localizamos a procedência da dor ou mal-estar.

Como identificar se a cadela está em trabalho de parto?

A dúvida mais frequente entre os tutores de cadelas gestantes é quando será o grande dia, ou seja, quais são os sintomas do trabalho de parto. Precisamente, uma respiração acelerada pode ser sinal que a cadela está tendo contrações, que são os movimentos realizados pelo útero para facilitar a saída dos filhotes. Antes é normal que tenha o apetite diminuído, busque um lugar perfeito para fazer seu ninho, arranhe o chão, etc., ainda que esses comportamentos possam passar despercebidos.

Se claramente a respiração ofegante se relaciona com o início do parto, nosso papel deve ser deixá-la o mais tranquila possível e somente observar se está indo tudo bem. Em algumas horas toda a família deve estar tranquila e descansando. Somente se você perceber que a cadela prenha fica com a respiração ofegante, não nasce nenhum filhote mesmo com seus esforços, elimina alguma secreção esverdeada ou sangue, etc., você deve intervir, levando-a imediatamente ao veterinário e seguindo suas instruções.

Se deseja saber mais sobre o parto de uma cadela, o processo, a duração e as possíveis complicações, não perca nosso artigo Quanto tempo demora o parto de uma cadela?

Cadela prenha com respiração ofegante - Causas e o que fazer - Como identificar se a cadela está em trabalho de parto?

Eclâmpsia canina

Infelizmente, existe um motivo grave em que uma cadela prenha possa estar com a respiração ofegante. Se trata de uma doença conhecida pelo nome de eclâmpsia. É mais comum que ocorra em fêmeas que já pariram e que se encontram no período de lactação, mas também pode ser diagnosticada nas cadelas durante a gestação.

É uma hipocalcemia, ou seja, devido a uma deficiência de cálcio e, além da respiração acelerada, podemos ver a cadela muito inquieta, com sacolejos, descoordenação, febre, hipersalivação, etc. A eclâmpsia é uma urgência veterinária. A cadela deve receber assistência imediatamente. Se, durante a doença e tratamento os filhotes nascerem, o veterinário prescreverá uma alimentação artificial até que a cadela se recupere.

E agora que você já sabe as causas e o que fazer em caso de uma cadela prenha com a respiração ofegante, talvez possa se interessar por este outro artigo em que te contamos quais são os problemas no parto de cadelas.

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cadela prenha com respiração ofegante - Causas e o que fazer, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas de gestação.

Bibliografia
  • Carlson y Giffin. 2002. Manual práctico de veterinaria canina. Madrid. Editorial el Drac.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Cadela prenha com respiração ofegante - Causas e o que fazer
1 de 3
Cadela prenha com respiração ofegante - Causas e o que fazer

Voltar ao topo da página