menu
Partilhar

Como cuidar da saúde do meu cachorro?

 
Por iNetPet. Atualizado: 24 agosto 2021
Como cuidar da saúde do meu cachorro?

Ver fichas de  Cachorros

Viver com um cachorro não se trata apenas de alimentá-lo e levá-lo para passear. Cuidar de sua saúde é essencial para manter sua qualidade de vida. Isso não significa apenas levá-lo ao veterinário quando ele mostra sinais de alguma doença. Também é necessário fazer check-ups regulares conforme prescrito pelo veterinário, cuidar da desparasitação interna e externa, aplicar as vacinas necessárias ou, dependendo das características do cachorro, levá-lo para tosar.

Neste artigo do PeritoAnimal, em colaboração com a iNetPet, revisamos as chaves de como cuidar da saúde de seu cachorro.

A alimentação

A saúde de um cachorro começa pelo que ele come. É por isso que devemos reservar um tempo para comparar diferentes opções, ler calmamente as listas de ingredientes e ter certeza sobre como é feita a ração que escolhemos, se decidirmos comprá-la. Nosso principal guia deve ser a qualidade, e não o preço.

Para cuidar bem da saúde dos cachorros, eles precisam de uma dieta baseada em proteína animal de carne ou peixe. Isso pode ser complementado com uma proporção menor de cereais, leguminosas, vegetais ou frutas. O alimento deve ser adaptado ao estágio de vida do cão, deve ser dado nas quantidades certas para evitar problemas de obesidade e sempre na mesma hora do dia.

Quanto ao tipo de alimentação escolhida, isso dependerá de muitos fatores. A melhor comida é sempre caseira, pois garante que o animal coma alimentos naturais, frescos e com a proporção perfeita de umidade. Entretanto, isto requer algum conhecimento a fim de estabelecer uma dieta balanceada, por isso recomendamos que converse com um veterinário. Se você optar por alimentar seu cão com ração, é essencial, como já dissemos, selecionar uma de qualidade.

Descubra alguns alimentos saudáveis para cães neste outro artigo.

A importância da desparasitação

Os cachorros podem ser afetados por uma variedade de parasitas. Existem parasitas externos, tais como pulgas, carrapatos ou mosquitos, ou parasitas internos, tais como vermes que podem se alojar no trato digestivo, no coração ou nos pulmões. É por isso que o veterinário, dependendo das características de nosso cão, seu local de residência e seu modo de vida, estabelecerá o horário de desparasitação mais apropriado para manter os parasitas afastados dele durante todo o ano.

Deve-se ter em mente que os parasitas não são apenas um incômodo para o cachorro, mas também podem transmitir doenças graves como babesiose, filariose ou leishmaniose. Além disso, muitos parasitas podem afetar outros animais no lar e até mesmo pessoas. Daí a importância de desparasitar o cachorro desde filhote e durante toda a sua vida.

Neste outro artigo, falamos sobre a frequência com que se deve desparasitar um cachorro.

As vacinas para cachorros

Outro importante pilar da saúde de um cachorro é a vacinação. As vacinas estimulam o sistema imunológico do cão a construir defesas que o protegerão de doenças altamente contagiosas e potencialmente fatais, tais como parvovírus. As vacinas são especialmente importantes se nosso cachorro é filhote, mas não devemos esquecer que a vacinação deve ser repetida periodicamente para garantir que a proteção seja mantida durante toda a vida. Consulte o calendário de vacinas para cachorros para mais informações.

Nem todas as vacinas devem ser dadas todos os anos da vida de um cão, mas seu veterinário lhe dirá quais vacinas são essenciais e com que frequência elas devem ser dadas. Além disso, em muitos lugares é obrigatória a vacinação contra a raiva uma vez por ano.

A higiene básica do cachorro

A limpeza das patas, olhos, ouvidos e dentes ou o corte das unhas deve ser feito com a regularidade que nosso amigo peludo necessita, de acordo com suas características. O mesmo se aplica à escovação e ao banho. A manutenção de uma higiene adequada e de uma pelagem em ótimo estado evitará o desenvolvimento de diferentes patologias, tais como a dermatite canina.

Assim como é recomendada a escovação frequente, especialmente durante a época de troca de pelo, deve-se ter cuidado com o banho, pois uma lavagem excessiva ou o uso de produtos inadequados pode ser contraproducente. Também é essencial que, se banharmos nosso cão em casa, nos certifiquemos de deixá-lo completamente seco, caso contrário a umidade pode causar problemas de pele. Por garantia, podemos decidir ir a uma Pet shop para tosar o cachorro. Eles também poderão nos aconselhar sobre os produtos e acessórios mais adequados para a higiene de nosso cão.

Os check-ups periódicos no veterinário

Se você quer saber como cuidar de um cachorro da melhor forma possível, saiba que desenvolver o hábito de levar o cachorro periodicamente ao veterinário é bastante positivo porque nos permitirá detectar a presença de parasitas externos ou diferentes patologias, tais como tumores, infecções oculares e auditivas ou mesmo anemia, se notarmos que as membranas mucosas estão pálidas. Mas também é aconselhável levar nosso cão à clínica veterinária para um check-up pelo menos uma vez por ano, precisamente para a detecção precoce de patologias ou para confirmar que ele está em boa saúde.

Estes controles são especialmente importantes em cães com mais de sete anos de idade, pois o envelhecimento está frequentemente associado ao aparecimento de doenças como câncer, artrose ou insuficiência renal ou cardíaca. Detectá-las o mais cedo possível ajuda muito a manter a qualidade de vida de nosso companheiro peludo.

O bem-estar psicológico

Cuidar e manter a saúde de um cachorro também significa prestar atenção ao seu bem-estar psicológico. Proporcionar exercícios, estímulos, educação, companheirismo e carinho são os fundamentos de um cachorro feliz, e é por isso que não devemos negligenciar estes aspectos, mesmo que tenhamos que buscar a ajuda de profissionais de comportamento canino.

A organização para cuidar melhor de um cachorro

Como podemos ver, há múltiplos fatores envolvidos no cuidado com a saúde de nosso cachorro. Desparasitação, tosador, check-ups veterinários e até mesmo adestramento são alguns dos diversos elementos que devem ser atendidos, daí a utilidade de recorrer a novas tecnologias, tais como aplicativos de celular, que podem nos ajudar a organizar todo o cronograma de atendimento.

Um desses aplicativos é o iNetPet, que não só nos permite ter todas as informações relativas à saúde e ao cuidado de nosso cachorro em um único lugar e acessível de qualquer lugar, não importa para onde viajemos, mas também dá aos profissionais que trabalham com animais a opção de se comunicarem uns com os outros, o que pode ser muito útil.

Por exemplo, se após uma sessão no tosador descobrirmos que nosso cachorro apresenta sinais clínicos compatíveis com uma reação alérgica, o veterinário, através do aplicativo, tem a possibilidade de entrar em contato diretamente com a Pet shop para pedir as informações necessárias sobre os produtos que utilizou. O app também permite a comunicação entre profissionais e cuidadores em tempo real, o que contribuirá para o bem-estar de nosso cão.

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Como cuidar da saúde do meu cachorro?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Prevenção.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Como cuidar da saúde do meu cachorro?
Como cuidar da saúde do meu cachorro?

Voltar ao topo da página