Partilhar

Calendário de vacinas para cachorros

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 3 janeiro 2018
Calendário de vacinas para cachorros

Ver fichas de  Cachorros

Como donos responsáveis de um cachorro devemos cumprir com o calendário das suas vacinas, pois assim conseguimos evitar uma grande quantidade de doenças graves. Muitas vezes não temos a certeza se uma vacina é realmente necessária ou não. Mas tudo se acaba por reduzir a quais são as vacinas obrigatórias na região em que vivemos.

Se vive no Brasil ou em Portugal e tem dúvidas quanto à vacinação do seu cachorro, continue lendo este artigo do PeritoAnimal no qual lhe vamos explicar o calendário de vacinas para cachorros.

Também lhe pode interessar: Nomes para periquitos

O que é uma vacina?

A vacina que o nosso veterinário administra ao nosso cachorro consiste na inoculação subcutânea de uma substância específica que contenha, segundo a doença que se procura prevenir, um micro-organismo atenuado, uma fracção de um vírus, etc. Ao tratar-se de um pequeno contato com a doença, o corpo cria uma reação de defesa que gera anti-corpos que servem de defesas específicas contra essa doença no caso desta ocorrer. Assim, o corpo conseguirá detetá-la rapidamente e terá meios próprios para a poder combater sem chegar a afetar o nosso cachorro. É com a vacinação adequada que o nosso animal de companhia adquire imunidade perante uma doença sem ter que sofrer dela e superá-la.

As vacinas só são realmente eficientes se a saúde do cachorro for boa, estiver desparasitado e o seu sistema imunológico for maduro. O tipo de vacinas que se devem administrar variam dependendo da zona geográfica em que estivermos. Por isso, é fundamental que nos informemos de quais são as necessárias e quando se devem administrar para preservar a saúde do nosso cão, uma vez que algumas destas doenças são mortais. Além disso, existem doenças como a raiva que são zoonese, ou seja, passam de animais para humanos e vice-versa, pelo que estas costumam ser obrigatórias em quase todos os locais.

Como vê, a vacinação é algo muito importante tanto para a saúde do nosso companheiro como para a nossa, além da obrigação por lei existente, por isso no PeritoAnimal recomendamos que dê sempre ao seu cachorro as vacinas anuais, pois sai muito mais caro o tratamento do que a prevenção de qualquer doença.

Calendário de vacinas para cachorros - O que é uma vacina?

Quando devo aplicar a primeira vacina no cachorro

Como referimos antes, um dos requisitos para que uma vacina faça realmente efeito, é que o sistema de defesas do cachorro seja maduro. Por isso, é muito importante saber quando podemos aplicar a primeira vacina a um cachorro e, isto será quando se considerar que já tem um sistema imunológico suficientemente maduro e apto para receber vacinas. Dizemos "suficientemente maduro" porque, de fato, o sistema imunológico dos cachorros atinge a sua plenitude apenas aos quatro meses, mas a verdade é que antes, o sistema já está suficientemente preparado para poder receber as primeiras vacinas.

No caso de um filhote de cachorro, a sua primeira vacina só deverá ser aplicada uma vez que este esteja desmamado, uma vez que enquanto estiver mamando está protegido de muitos possíveis problemas com todos os nutrientes que o leite materno tem e o seu sistema imunológico está se formando. Devemos consultar com o nosso veterinário de confiança qual é o momento ideal para começar a vacinação do nosso cachorro. Geralmente, a idade ótima de desmame é ao redor dos dois meses de vida e, a primeira vacina costuma ser administrada entre um mês e meio de vida e os dois meses, uma vez que muitas vezes desmama antes do tempo.

Além disso, é fundamental que o nosso cachorro não toque no solo da rua enquanto não tiver a sua primeira vacina e que esta faça efeito, nem entre em contato com outros cachorros que não sejam os seus irmãos, irmãs e progenitores. Isto porque o seu sistema de defesas ainda se está a formar e, por isso é mais fácil que contraiam doenças que seguramente serão fatais.

Por isso, o cachorro não poderá sair e ter contato com outros cachorros e objetos da rua até que a sua primeira vacina e as outras primeiras vacinas façam efeito. Isto será aos três meses e uma semana de idade. Aos três meses é quando se aplica a sua última vacina das primeiras vacinas e a semana extra é o tempo que precisa para assegurar a sua eficácia.

Calendário de vacinas para cachorros - Quando devo aplicar a primeira vacina no cachorro

Qual é o calendário de vacinas para cachorros

Tanto se se tratar das primeiras vacinas como se já forem as vacinas anuais durante o resto da vida do nosso cachorro, é aconselhável que as vacinas sejam administradas pela manhã.

Assim, se houver qualquer reação como às vezes também acontece com as pessoas, temos o dia todo para poder observar e tratar essa reação. Por sorte, tanto em pessoas como em cachorros costumam ser pouco frequentes e de pouca intensidade.

Sendo assim, este é o calendário básico de vacinas para cachorros:

  • Às 6 semanas: Primeira vacina.
  • Às 8 semanas: Polivalente.
  • Às 12 semanas: Dose de reforço da polivalente.
  • Às 16 semanas: Raiva.
  • Anualmente: Dose de reforço da polivalente e da Raiva
Calendário de vacinas para cachorros - Qual é o calendário de vacinas para cachorros

Mais informações que deve saber sobre as vacinas para cachorros

É importante saber que as vacinas mais comuns são a trivalente, a tetravalente e também a polivalente. A diferença é que a primeira agrupa as três doenças mais básicas, a segunda agrupa estas doenças e adiciona outra e, a terceira agrupa todas as anteriores e ainda mais uma doença.

A vacina trivalente geralmente contém as vacinas contra a cinomose canina, a hepatite infecciosa canina e a leptospirose. A vacina tetravalente contém o mesmo que a trivalente e adiciona-se a vacina contra a parvovirose canina. A vacina polivalente mais básica, além de levar tudo o que as anteriores contêm, também conta com a vacina contra a tosse dos cachorros e contra o coronavírus canino. Hoje em dia, também se incluem vacinas como as do herpesvírus canino, a babesiose ou piroplasmose e contra bordetella bronchiseptica e pasteurella multocida que são componentes bacterianos oportunistas na tosse canina.

Dependendo do centro veterinário, a zona geográfica na qual vivamos e a saúde geral do nosso cachorro, deverá optar por um tipo de vacinação ou outro. É recomendável que seja o veterinário a decidir se administra a trivalente, tetravalente ou polivalente baseando-se, sobretudo, na zona em que vivermos e no tipo de vida que seguirmos, por exemplo se viajamos muito e levamos o nosso cachorro conosco. O veterinário é a única pessoa que pode decidir o calendário de vacinação e o tipo que se adequa mais à saúde de cada cachorro, respeitando sempre as que forem de administração obrigatória.

A vacina da raiva no Brasil e em Portugal é obrigatória. Esta vacina em São Paulo é distribuída gratuitamente pela Prefeitura, por isso se você vive nesta região deverá procurar por postos permanentes que vacinam durante todo o ano.

No PeritoAnimal gostaríamos de lembrar da importância de ter animais de estimação de forma responsável. Lembre-se que ter a vacinação em dia é algo legalmente obrigatório, para além de ser uma prática ética e moral, uma vez que se trata da simples proteção dos nossos cachorros, da nossa saúde e da nossa família.

Calendário de vacinas para cachorros - Mais informações que deve saber sobre as vacinas para cachorros

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Calendário de vacinas para cachorros, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Vacinação.

Escrever comentário sobre Calendário de vacinas para cachorros

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
Valdirene Mendes do Amaral
Oi, você tem uma lista de vacinas obrigatórias?

Abraços,
Valdirene Mendes do Amaral
Shirlei Santos
Vou adotar uma gata com 4 meses, já está castrada, porém não vacinada, o que devo fazer,é a primeira vez que adoto um felino.
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Shirley! É muito importante que você escolha uma clínica para fazer o protocolo de vacinação e também para ter o contacto sempre por perto caso alguma coisa aconteça com ela. Parabéns pela adoção! Você será muito feliz com certeza, os gatos são seres incríveis!

Calendário de vacinas para cachorros
1 de 5
Calendário de vacinas para cachorros

Voltar ao topo da página