menu
Partilhar

Problemas gastrointestinais em cães - Causas, sintomas e tratamentos

 
Por Equipe editorial do PeritoAnimal. 18 setembro 2021
Problemas gastrointestinais em cães - Causas, sintomas e tratamentos

Ver fichas de  Cachorros

Não é raro que os cães sofram, de forma pontual, de algum problema digestivo. O vômito, fezes soltas ou um dia inteiro sem defecar são situações que podem ser desencadeadas pelo estresse, a ingestão de qualquer coisa indesejável ou uma grande mudança em sua rotina. Em geral, estas situações se resolvem espontaneamente sem a necessidade de visitar o veterinário. Entretanto, em outros momentos, a sintomatologia não diminui ou se torna mais complicada.

Neste artigo do PeritoAnimal vamos rever as causas e sintomas dos mais comuns problemas gastrointestinais em cães, bem como explicar os tratamentos que, neste caso, o veterinário terá que prescrever.

 

Também lhe pode interessar: Causas de vômito em cães

Causas dos problemas gastrointestinais em cães

Problemas digestivos em cachorros podem ser causados por diferentes fatores. Destacamos a seguir alguns deles:

  • Alimentação inadequada: estamos nos referindo tanto à ingestão de lixo ou substâncias não digeríveis quanto a uma mudança repentina na dieta ou ao consumo de alimentos que são prejudiciais aos cães.
  • Estresse: situações que perturbam a rotina do cachorro, tais como uma visita ao veterinário, podem ter consequências digestivas.
  • Doenças infecciosas: Algumas doenças afetam principalmente o sistema digestivo. Este grupo inclui, por exemplo, a temida parvovirose, uma doença viral muito grave e potencialmente fatal, particularmente em filhotes de cachorro.
  • Parasitas intestinais: Uma série de diferentes espécies de vermes que parasitam o trato digestivo podem causar distúrbios mais ou menos graves no trato digestivo.
  • Obstruções totais ou parciais: a ingestão de um objeto ou o surgimento de um tumor, entre outras causas, pode obstruir total ou parcialmente alguma parte do sistema digestivo.
  • Intolerâncias alimentares: a intolerância é às vezes referida como sinônimo de alergia, mas a verdade é que as intolerâncias não envolvem o sistema imunológico. Eles causam distúrbios digestivos, por exemplo, o leite é um dos alimentos que muitos cães adultos não toleram. Deve-se notar que em uma alergia alimentar o sinal clínico característico é a coceira e não um problema digestivo.
  • Dilatação por torção do estômago: Esta é uma emergência na qual o estômago do cão incha e pode girar em seu eixo. O veterinário deve ser consultado imediatamente.
  • Má absorção intestinal: quando o cão é incapaz de aproveitar os nutrientes do alimento que come, o resultado é uma má condição geral, bem como distúrbios digestivos.
  • Doenças crônicas: insuficiência renal ou hepática ou diabetes causam, entre outros sinais clínicos, problemas digestivos, como vômitos ou diarréia.

Sintomas de problemas gastrointestinais em cães

Dependendo da causa, o cachorro afetado pode apresentar diferentes sinais clínicos, agudos ou crônicos, de maior ou menor intensidade. Os sintomas de problemas gastrointestinais em cães, são:

  • Náuseas ou vômitos: podem ser espumosos, conter alimentos não digeridos, sangue, etc.
  • Regurgitações.
  • Fezes moles ou diarreia: com sangue, gordurosa, muco, parasitas, etc., mas também prisão de ventre.
  • Perda do apetite ou, ao contrário, fome voraz e também mudanças na ingestão de água.
  • Dor ou inchaço abdominal
  • Inchaço e flatulência
  • Má condição geral: com perda de peso, deterioração do pelo, fraqueza, apatia, etc.
  • Desidratação.
  • Não se deve esquecer que as alterações dermatológicas, especialmente a coceira, são o sinal clínico típico da alergia alimentar.

Tratamento para os problemas gastrointestinais em cães

Como já assinalamos, vômitos ocasionais, um dia sem querer comer ou um ou outro cocô mole, especialmente se estamos falando de um cão adulto saudável que esteve sob estresse, comeu algo do lixo ou se está muito quente, não significa necessariamente que esteja sofrendo de uma patologia. Por outro lado, se o cão não está melhorando, está piorando, é um filhote ou um cachorro idoso, já foi diagnosticado com uma doença ou suspeitamos que está sofrendo de uma patologia específica, devemos ir ao veterinário.

O tratamento, naturalmente, dependerá da determinação da causa por um veterinário. Para isso, é necessário examinar nosso cachorro, realizar anamnese e todos os testes relevantes para descobrir do que se trata. Os testes mais comuns são análises coprológicas, análises de sangue e urina, radiografias abdominais ou ultra-sonografias e endoscopia. Fluidoterapia, antibióticos, antieméticos, desparasitantes, intervenção cirúrgica ou uma dieta especial estão entre os tratamentos que o veterinário pode prescrever para recuperar um cachorro com problemas gastrointestinais.

A alimentação dos cachorros com problemas gastrointestinais

Além do tratamento farmacológico ou veterinário decidido pelo profissional, dependendo da causa do problema digestivo de nosso cachorro, a alimentação será um pilar fundamental para sua recuperação. Primeiro, porque um estômago em processo de recuperação pode ter problemas para administrar o que era, até agora, a dieta habitual do cão.

Por outro lado, cães com intolerância alimentar podem precisar, para toda a vida, de uma dieta especificamente formulada para cuidar de seu sistema digestivo. Finalmente, quando uma alergia alimentar é diagnosticada, a recomendação é oferecer ao cão o que se chama uma dieta de eliminação. Ela é composta de ingredientes limitados e novos, idealmente aqueles que ele nunca comeu antes. O objetivo é evitar aqueles que causam a reação alérgica.

Nestes casos, sempre seguindo as instruções do veterinário, pode ser oferecida ao cão uma receita de ração natural, que é aquela livre de corantes e conservantes artificiais. Há uma grande diversidade de rações, de diferentes marcas. O ideal é que você peça recomendações a um veterinário e também aos profissionais que trabalham em Pet shops para você saber qual ração é mais adequada para o seu melhor amigo de quatro patas.

Agora que você já sabe tudo sobre os problemas gastrointestinais em cães, seus sintomas e tratamentos possíveis, talvez você possa se interessar pelo vídeo a seguir em que listamos 8 frutas que são benéficas para os cachorros:

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Problemas gastrointestinais em cães - Causas, sintomas e tratamentos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas intestinais.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Problemas gastrointestinais em cães - Causas, sintomas e tratamentos
Problemas gastrointestinais em cães - Causas, sintomas e tratamentos

Voltar ao topo da página