Partilhar

Prisão de ventre em cachorro: causas, sintomas e tratamento

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 17 outubro 2019
Prisão de ventre em cachorro: causas, sintomas e tratamento

Ver fichas de  Cachorros

Decidir acolher um cachorro em sua casa não implica apenas aceitar uma grande responsabilidade, como também receber afeto, companhia e presença diariamente, uma vez que um cachorro se converte em um leal e fiel amigo.

Em troca, eles precisam apenas de atenção suficiente para cobrir todas as necessidades físicas, psicológicas e sociais, por isso é importante que você observe o seu pet e saiba identificar aqueles sinais que indicam que algo não está bem.

Os transtornos do trânsito intestinal nos cachorros são comuns, por isso neste artigo do PeritoAnimal vamos explicar tudo sobre a prisão de ventre em cachorro, quais são as possíveis causas, os seus sintomas e os melhores tratamentos.

Cachorro com prisão de ventre: causas

A prisão de ventre é uma situação na qual a evacuação de fezes não é possível ou na qual ocorre uma diminuição da mesma, podendo verificar que o pet defeca fezes pequenas, duras e escuras e que o faz com dificuldade ou até dor.

A prisão de ventre em cachorros pode indicar uma alimentação desequilibrada ou falta de exercício físico, mas também pode ser a manifestação de transtornos patológicos graves, como por exemplo tumores que obstruem o trato digestivo.

É possível distinguir três principais causas de prisão de ventre em cachorro:

  • A prisão de ventre em cães ocorre por uma obstrução parcial ou completa do trato digestivo;
  • A prisão de ventre é causada por anomalias que se encontram fora do cólon mas que também contribuem para a obstrução do trato digestivo;
  • Não é possível evacuar as fezes devido a patologias neuromusculares ou outros transtornos como a hipercalcemia ou o hipotireoidismo.

Qualquer cachorro pode ser afetado, no entanto, a prisão de ventre em cachorro ocorre com maior frequência em cães idosos, devido às mudanças fisiológicas que o seu organismo sofre e à redução da atividade física diária.

Cachorro com prisão de ventre: sintomas

Se o seu pet sofre de prisão de ventre, pode manifestá-lo através dos seguintes sinais:

  • Carência da evacuação de fezes;
  • Fezes menores, escuras e duras;
  • Fezes com presença de muco ou sangue;
  • O cachorro permanece na posição de evacuação mas é incapaz de defecar;
  • Sinais de dor durante a defecação;
  • Abdômen inchado;
  • Perda de apetite;
  • Perda de peso;
  • Vômitos.

Como vamos ver de seguida, alguns destes sintomas devem ser interpretados como sinais de alerta e precisam de atenção veterinário imediata.

Prisão de ventre em cachorro: causas, sintomas e tratamento - Cachorro com prisão de ventre: sintomas

Sinais de alerta para cachorro com prisão de ventre

Você deve buscar ajuda de um médico veterinário urgente caso observe no seu pet algumas das seguintes situações:

  • A prisão de ventre não se resolve em 1 ou 2 dias;
  • A prisão de ventre em cachorro termina em 1 ou 2 dias mas repete-se constantemente;
  • O cachorro apresenta perda de apetite, vômitos ou letargia.

Qualquer uma das situações mencionadas anteriormente pode indicar um grave problema de saúde, por isso, a atenção médica é imprescindível.

O que dar para cachorro com prisão de ventre?

Existem várias medidas de higiene e de dieta que podem ser muito úteis para tratar a prisão de ventre em cães, por exemplo:

  • Vegetais de folha verde moídos: adicionar à alimentação habitual 1 colher de chá por cada 4 quilos de peso corporal, 1 ou 2 vezes por dia. Isto aumenta rapidamente a ingestão de fibra.
  • Conserva de abóbora: a abóbora é um remédio natural que contém grandes proporções de água e fibra, você deve adicionar à alimentação 1 colher de chá por cada 4 quilos de peso corporal, 1 ou 2 vezes por dia.
  • Fibra de coco: administrar 1 colher de chá por cada 4 quilos de peso corporal, 1 ou 2 vezes por dia.
  • Vinagre de maçã orgânico: favorece a digestão e o adequado trânsito intestinal, administrar meia colher de chá por cada 4 quilos de peso corporal, 1 vez por dia.
  • Suco de aloe vera puro: o suco do aloe também é altamente benéfico para o seu pet e será suficiente administrar meia colher de chá por cada 4 quilos de peso corporal, 1 vez por dia.
  • Azeite de oliva: enriquecer a comida do seu cachorro com azeite de oliva é uma forma simples de aliviar a prisão de ventre, além disso deixará a comida mais apetitosa.
  • Mais água: é fundamental que o cachorro ingira mais água. Você pode colocar um segundo recipiente de água em outro lugar de casa.
  • Exercício físico diário: os cachorros devem realizar exercício físico diário, o qual deve ser adaptado às caraterísticas individuais, idade e limitações físicas do pet.

Esta informação é meramente orientativa, lembre-se que o veterinário é a única pessoa capacitada para recomendar um tratamento preciso.

Tratamento para cachorro com prisão de ventre

Antes de saber como estimular o cachorro a fazer fezes é importante ter em conta vários aspectos, por exemplo, nunca dê laxante para cachorro, uma vez que os laxantes para consumo humano podem não ser adequados para o organismo dos cães. Além disso, muitas destas substâncias aumentam a motilidade uma vez que atuam por contato, irritando as paredes intestinais, o que poderia ser incômodo para o cachorro.

Você também não deve aplicar nenhum enema, pois poderia machucar o reto do animal e causar desiquilíbrios na flora bacteriana.

Apenas o veterinário pode decidir se o seu cachorro deve ser submetido a um tratamento farmacológico e, neste caso, pode-se optar por fármacos pro-cinéticos, que atuam melhorando todos os processos do trato digestivo e que são menos agressivos que os laxantes.

Da mesma forma, o veterinário determinará a necessidade de prescrever probióticos se considerar que a prisão de ventre se deve a anomalias na flora intestinal.

Prevenir a prisão de ventre em cachorro

Melhor prevenir do que remediar, não é mesmo? Por isso, é importante que você ofereça ao seu cachorros os recursos suficientes para evitar alterações no seu trânsito intestinal.

Para prevenir a prisão de ventre em cachorros é importante que o tutor tenha em conta os seguintes conselhos:

  • É essencial que a alimentação se baseie em ração seca (contém mais fibra), mas que esta ingestão se equilibre com comida úmida, uma vez que contém mais quantidades de água;
  • Se o seu cachorro está medicado, consulte o seu veterinário. Alguns fármacos como os antiácidos, anti-histamínicos ou os diuréticos podem causar prisão de ventre;
  • Se o seu cachorro precisa de tomar um complemento nutricional com ferro, consulte antes o seu veterinário, uma vez que o ferro pode causar prisão de ventre;
  • Se recomenda que seu cachorro faça exercício físico diariamente.

Cuidados gerais com cachorro

Se você adotou um cachorro e quer proporcionar-lhe os melhores cuidados, recomendamos que consulte os seguintes artigos para manter a saúde dele em perfeito estado e para evitar que desenvolva condições como a prisão de ventre:

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Prisão de ventre em cachorro: causas, sintomas e tratamento, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas intestinais.

Vídeos relacionados com Prisão de ventre em cachorro: causas, sintomas e tratamento

1 de 3
Vídeos relacionados com Prisão de ventre em cachorro: causas, sintomas e tratamento

Escrever comentário sobre Prisão de ventre em cachorro: causas, sintomas e tratamento

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
35 comentários
A sua avaliação:
Roseli
Olá minha cachorrinha shirtzu não consegui vacuar o que será que aconteceu com ela
Administrador PeritoAnimal
Oi! Apenas um veterinário pode fazer um exame físico do seu pet para chegar a um diagnóstico e recomendar o tratamento adequado para o caso. Recomendamos que você consulte um profissional o quanto antes.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
A sua avaliação:
Silvana Tancredo
Meu cão começou a na querer evacuar é sangrar o ânus porq isso está acontecendo
Administrador PeritoAnimal
Oi! Apenas um veterinário pode fazer um exame físico do seu pet para chegar a um diagnóstico e recomendar o tratamento adequado para o caso. Recomendamos que você consulte um profissional o quanto antes.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
A sua avaliação:
roberta soares
ola, minha cachorrinha treme as vezes, dorme muito, chora quando faz coco e o coco sai empedrado, n come direito (come comida normal)
Nídia do Carmo (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi! Apenas um veterinário pode fazer um exame físico do seu pet para chegar a um diagnóstico e recomendar o tratamento adequado para o caso. Recomendamos que você consulte um profissional o quanto antes.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
A sua avaliação:
Solange Montagna
Oi . Castro Meu cachorro e ele não está fazendo cocô e normal
Nídia do Carmo (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi! Apenas um veterinário pode fazer um exame físico do seu pet para chegar a um diagnóstico e recomendar o tratamento adequado para o caso. Recomendamos que você consulte um profissional o quanto antes.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
A sua avaliação:
Kennety Prata
Minha cachorra de raça Shih Tzu tem apenas 4 meses, há alguns dias ela não tá comseguindo fazer cocô, e há dois dias, como ela tá acumulando muitaa fezes, ela tá as vômitando pela boca (isso mesmo, vômitando fezes pela boca), já levei no veterinário, me passaram uns remédios pra imunidade e algumas outras coisas, mas até agora não resolveu minha situação. Estou gastando muito sem ter, já fiz até vaquinha on line pra ajudá-la, mas poucas pessoas ajudaram. Estou muito preocupado.
Se alguém puder me ajudar com os gastos, ficarej muito grato. :(, esse é meu whats: (95) 981075822
A sua avaliação:
MAGALI APARECIDA OLIVA
Minha sobrinha tem uma lavrador com 10anos, parou de fazer cocô, fica na posição geme faz força e nao sai. Está tomando lactuliv e óleo mineral e nada. Foi feito até lavagem mas saiu pouca coisa. Estamos sem saber oque fazer
A sua avaliação:
Regiane
Bom dia. Tenho um velhinho de 11 anos, No domingo ele vomitou muito toda ração que havia comido, e de lá pra cá não come mais nada, só bebê muita água e vomita em seguida aquela babá branca porque o estômago está vazio, e tenta fazer cocô e não consegue..tá fraquinho. Ontem consegui dar dramim pra ver se parava o vômito, mas até agora está ruim...ele chora e fica na posição de evacuar, mas não consegue...me ajudem... Pensei em fazer arroz com frango pra ver se ele consegue comer algo..
A sua avaliação:
Luciene
Cuido de uma cachorra de rua há 6 anos, dá pra ver que ela já está idosa. O problema é que ela não gosta de ração e só quer comer comida, mas se não tiver carne, ela não come. Percebi que ela está com prisão de ventre. Desconfio que é pela idade e pela falta de fibra que tem na ração. Mas, o que eu faço se ela não gosta de ração?
A sua avaliação:
munik
estou com uma filhote de lhasa apso ela tem 40 dias n concegue fazer coco so fica deitadinha com dor e treme muitodei leite dei mentruz e nada
Luísa Savala
Oi Munik! Você deve levar a sua cachorrinha em um médico veterinário de confiança o mais rápido possível. Por se tratar de um filhote de cachorro é mais frágil e precisa de cuidados imediatos.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
A sua avaliação:
Simone Gomes
Bom dia! Fiz uma sopa de inhame cenoura beterraba e abóbora e músculo ,meu cachorro está com pressão de ventre posso dá essa sopa para ele

Prisão de ventre em cachorro: causas, sintomas e tratamento
1 de 2
Prisão de ventre em cachorro: causas, sintomas e tratamento

Voltar ao topo da página