menu
Partilhar

Cachorro com refluxo: sintomas, causas e tratamento

 
Por Laura García Ortiz, Veterinária especializada em medicina felina. 18 março 2021
Cachorro com refluxo: sintomas, causas e tratamento

Ver fichas de  Cachorros

Você já deve ter sentido alguma vez na vida um gosto ácido ou amargo abaixo da garganta ou mesmo uma sensação de queimação próxima ao peito. E até mesmo pode ter regurgitado. E os cachorros também passam por situações semelhantes.

O refluxo ou refluxo gastroesofágico ocorre quando o esfíncter esofágico externo permite o retorno do conteúdo dos órgãos mais distais anatomicamente: o estômago e a primeira porção do intestino delgado (duodeno). Portanto, não apenas o ácido gástrico pode retornar, mas também outras substâncias que causam mais danos e lesões ao revestimento do esôfago. É um processo que pode ser muito incômodo e até doloroso para nossos cachorros, que também correm o risco de desenvolver pneumonia por aspiração.

Continue lendo este artigo do PeritoAnimal para entender melhor o que acontece com um cachorro com refluxo: sintomas, causas e tratamento.

O que é o refluxo em cachorros

O refluxo em cachorros consiste no retorno do fluxo do estômago ou intestino delgado para o esôfago (ácido gástrico, pepsina, tripsina, bicarbonato e sais biliares), que causa irritação e danos ao revestimento do esôfago e pode causar esofagite (inflamação do esôfago) mais ou menos grave, chegando a causar muita dor. A esofagite leve ocorre quando apenas o ácido gástrico retorna, e a esofagite grave ocorre quando todos os componentes retornam.

O refluxo gastroesofágico ocorre quando a cárdia, esfíncter estomacal que conecta o esôfago com o estômago e impede que o conteúdo retorne, permite a passagem reversa do conteúdo estomacal para o esôfago, causando esse refluxo. Às vezes, ele pode chegar até a boca e é neste momento que normalmente notamos nosso cachorro com refluxo.

Refluxo em cachorros recém-nascidos

Cachorros filhotes correm maior risco de refluxo porque seu esfíncter ainda não se desenvolveu por completo e, por isso, é mais suscetível a permitir que o conteúdo retorne.

O que causa refluxo em cachorro

As causas que podem nos levar a termos um cachorro com refluxo, são:

  • Vômitos crônicos devido à passagem frequente do conteúdo alimentar com ácido gástrico e os produtos da digestão, que corroem o esôfago e podem induzir o retorno do conteúdo, afetando o esfíncter.
  • Hérnia de hiato, que ocorre quando uma parte do estômago entra na cavidade torácica através do diafragma. Essa condição torna mais fácil o retorno do conteúdo do estômago para o esôfago devido à disfunção do esfíncter.
  • Redução da pressão do esfíncter esofágico caudal induzida por anestesia. Ocorre principalmente quando o cachorro se posiciona em decúbito dorsal (com a boca para cima), se o jejum anterior à cirurgia não foi respeitado e devido aos efeitos de medicamentos anestésicos.
  • Esofagite ou inflamação do revestimento do esôfago. Geralmente é acompanhada de refluxo, pois a inflamação dificulta a correta funcionalidade do esfíncter, permitindo que o conteúdo retorne. Uma coisa induz à outra.
  • Gastrite ou inflamação e irritação da parede do estômago. Essa alteração atinge o esfíncter, o que permite que seu conteúdo retorne em direção ao esôfago.
  • Obesidade: é considerada um fator de risco em um cachorro com refluxo, principalmente devido à pressão da gordura sobre os órgãos e porque a própria gordura altera a funcionalidade do esfíncter. O mesmo aconteceria quando um cachorro é alimentado com uma dieta rica em gordura.
Cachorro com refluxo: sintomas, causas e tratamento - O que causa refluxo em cachorro

Sintomas do refluxo em cachorros

O refluxo gastroesofágico em cachorros, como já mencionamos, pode levar à esofagite, observando-se os seguintes sinais clínicos nestes animais:

  • Vômitos ou regurgitação.
  • Salivação excessiva.
  • Lambidas frequentes.
  • Dor ao engolir (odinofagia).
  • Extensão da cabeça e pescoço ao engolir.
  • Relutância a comer.
  • Perda de peso.
  • Depressão.
  • Apatia.
  • Febre em casos de esofagite grave.

Em algumas ocasiões, esse conteúdo na deglutição pode entrar nos pulmões e causar pneumonia por aspiração. Nesses casos, o cachorro também apresentará tosse e respiração ruidosa (ruídos pulmonares).

Cachorro com refluxo: sintomas, causas e tratamento - Sintomas do refluxo em cachorros

Como confirmar que temos um cachorro com refluxo?

O diagnóstico de um cachorro com refluxo costuma ser identificado diante de suspeita. Assim, o diagnóstico diferencial do refluxo deve incluir:

  • Hérnia de hiato.
  • Estenose esofágica.
  • Esofagite.

As radiografias não auxiliam no diagnóstico, pois geralmente não refletem nenhuma alteração do esôfago. A endoscopia no cachorro é o melhor método diagnóstico para avaliar o estado do esôfago e a gravidade da esofagite.

O procedimento que permite o diagnóstico definitivo do relaxamento do esfíncter, mas que a grande maioria dos cachorros não tolera, é a medição contínua da pressão do esfíncter esofágico caudal e do pH intraluminal ao longo de um dia inteiro.

O que fazer quando o cachorro está com refluxo? - Tratamento

As dietas ricas em gordura favorecem o relaxamento do esfíncter esofágico caudal e retardam o esvaziamento gástrico, razão pela qual a ingestão diária de gordura deve ser reduzida em cachorros com refluxo para evitá-lo.

Por outro lado, o tratamento médico para um cachorro com refluxo, inclui:

  • Sucralfato para proteger a mucosa esofágica danificada e promover sua cura.
  • Inibidores da secreção gástrica (cimetidina, ranitidina, famotidina) para reduzir a quantidade de refluxo.
  • Inibidor da bomba de prótons (omeprazol) para reduzir de forma mais eficaz a secreção e o refluxo.
  • Procinéticos (metoclopramida).

Se o cachorro desenvolveu esofagite severa e não quer comer, um tubo de gastrostomia deve ser colocado para fornecer alimentação parenteral sem passar pelo o esôfago danificado e manter o animal nutrido e hidratado.

Remédios caseiros para o cachorro com refluxo

É importante ressaltar que não existem remédios caseiros para um cachorro com refluxo além de uma dieta adequada, portanto, quando esse problema ocorrer, o cachorro deve ser levado ao veterinário para iniciar o tratamento e impedir que o dano ao esôfago se agrave. Reforçamos que única forma de aliviar o refluxo em cachorros é seguindo os conselhos de um profissional após descobrir sua causa.

Prognóstico do refluxo em cachorros

Se o tratamento médico for seguido e suas causas resolvidas, o prognóstico para refluxo gastroesofágico em cachorros costuma ser bom.

Cachorro com refluxo: sintomas, causas e tratamento - O que fazer quando o cachorro está com refluxo? - Tratamento

Como evitar o refluxo em cachorros?

É possível evitar que tenhamos um cachorro com refluxo, desde que o animal siga uma alimentação correta, pratique exercícios e tenha hábitos de vida saudáveis em geral. Como vimos, a obesidade está entre suas principais causas, por isso é muito importante manter o cachorro em seu peso ideal. Naturalmente, também será importante ir ao veterinário para check-ups de rotina e para verificar se sua saúde está em boas condições.

E falando em uma boa alimentação, quantas vezes um cachorro deve comer por dia? Não perca o vídeo abaixo para saber a resposta:

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cachorro com refluxo: sintomas, causas e tratamento, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas intestinais.

Bibliografia
  • E. J. Hall, J.W. Simpson, D.A. Williams. (2009). Manual de gastroenterología en pequeños animales, 2º edición. BSAVA, Ediciones S.
  • L.E. Thomas. Reflujo ácido en perros: síntomas y tratamientos (2019). Disponível em: <https://misanimales.com/reflujo-acido-perros-sintomas-tratamientos/>. Acesso em 16 de março de 2021.
  • Z. Balsameda. (2020). Reflujo gastroesofágico en perros. Disponível em: <https://soyunperro.com/reflujo-gastroesofagico-en-perros/>. Acesso em 16 de março de 2021.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Cachorro com refluxo: sintomas, causas e tratamento
1 de 4
Cachorro com refluxo: sintomas, causas e tratamento

Voltar ao topo da página