Partilhar

Metronidazol para cachorro: doses, usos e efeitos colaterais

Metronidazol para cachorro: doses, usos e efeitos colaterais

Ver fichas de  Cachorros

O metronidazol para cachorros é um medicamento utilizado com relativa frequência na medicina veterinária. É um princípio ativo que também encontraremos na medicina humana. Mas, mesmo que você tenha este produto em seu armário de remédios, nunca deve administrá-lo ao cachorro por conta própria. Somente um veterinário pode prescrever este medicamento e determinar o protocolo de administração mais apropriado, após examinar e diagnosticar o cachorro.

Neste artigo do PeritoAnimal, vamos explicar detalhadamente sobre o metronidazol para cachorro, os usos que este medicamento possui, qual dose deve ser aplicada e os efeitos colaterais que pode ocorrer.

O que é o metronidazol?

O metronidazol é um antibiótico e antiprotozoário. Isso significa que seu uso é eficaz no combate a infecções causadas por bactérias anaeróbicas, que não precisam de oxigênio, e parasitas digestivos, como as giardias. Este medicamento também apresenta efeitos anti-inflamatórios no intestino.

Metronidazol para cachorros

Você já se perguntou se pode dar metronidazol para cachorro? Geralmente, os usos do metronidazol estão relacionados a infecções no sistema digestivo, mas ele também pode ser prescrito para infecções do sistema urogenital, boca, garganta ou lesões cutâneas. Acima de tudo, é comum administrar metronidazol em cachorros com diarreia, mas primeiro o veterinário deve examiná-lo, pois nem toda diarreia será resolvida com este medicamento.

Uma das causas da diarreia em cachorros são os parasitas, mas o metronidazol não costuma ser utilizado para desparasitar cachorros. Este produto é reservado para quando são encontradas giardias nas fezes ou quando há suspeitas de sua presença. Esses tipos de parasitas são mais frequentes em animais mais jovens. Por se tratar de um medicamento bastante seguro, o veterinário também pode prescrever o metronidazol para cachorro filhotes.

Outro tipo de diarreia tratada com metronidazol é a diarreia que se torna crônica, como aquelas que podem causar a doença inflamatória intestinal. Ocasionalmente, o metronidazol também pode ser prescrito em combinação com outros medicamentos.

Administração do metronidazol para cachorros

Você pode encontrar o metronidazol em diversas apresentações, o que facilitará sua administração, uma vez que isso permite ajustar a dose ao peso do cachorro e escolher a forma que ele vai aceitar mais facilmente. O veterinário escolherá entre os comprimidos de metronidazol, que podem ser divididos, para cachorros maiores, e o xarope ou suspensão de metronidazol para os menores ou filhotes. Em casa, você consegue administrar essas duas apresentações.

No entanto, em outros casos, o profissional pode optar pelo metronidazol em solução injetável. Este é geralmente reservado para casos mais graves, em que o medicamento é administrado por via intravenosa.

Metronidazol para cachorro: doses, usos e efeitos colaterais - Administração do metronidazol para cachorros

Doses de metronidazol para cachorros

A dose de metronidazol recomendada para administração oral é de 50mg/dia por kg de peso corporal, por um período mínimo de 5-7 dias. De qualquer forma, apenas o profissional pode prescrever a dosagem, a duração do tratamento e a posologia adequada, ou seja, quantas vezes o medicamento deve ser administrado por dia, uma vez que ele pode ser dividido em várias doses.

Por ser um antibiótico, é extremamente importante que, mesmo que o cachorro melhore logo, você não pare de administrar o metronidazol todos os dias, conforme indicado pelo veterinário. O objetivo, além da recuperação completa, é evitar que ocorram resistências bacterianas.

Efeitos colaterais do metronidazol para cachorros

O metronidazol é um medicamento que geralmente não causa efeitos colaterais, portanto, as reações adversas são incomuns. Quando elas ocorrem, as mais comuns são problemas gastrointestinais, como vômitos ou perda de apetite, letargia, fraqueza, distúrbios neurológicos e, menos provavelmente, alterações hepáticos.

A sintomatologia também pode aparecer se o cachorro receber uma dose inadequada do medicamento, a ponto de ficar intoxicado ou em tratamentos muito prolongados. Por isso é tão importante que você siga sempre as instruções do veterinário. Neste último caso, os sintomas incluem:

  • Descoordenação ao andar;
  • Postura inclinada da cabeça;
  • Desorientação;
  • Nistagmo, que são movimentos rápidos e involuntários dos olhos;
  • Tremores;
  • Convulsões;
  • Rigidez.

Qualquer sintoma como os mencionados acima é razão para consulta veterinária urgente. Não é recomendado administrar metronidazol para cachorros com problemas de fígado, e é necessário tomar um cuidado especial quando é utilizado em fêmeas gestantes ou lactantes. Somente o veterinário pode decidir sobre o uso deste medicamento.

Preço do metronidazol para cachorros

O preço do metronidazol vai depender da comercialização que foi prescrita. Em geral, medicamentos para uso humano, como o Flagyl, serão mais baratos que medicamentos veterinários, como o Metrobactin. Qual o veterinário vai prescrever, depende da legislação de cada país, no entanto, a tendência é que só possa prescrever medicamentos de uso veterinário.

Metronidazol para cachorro: doses, usos e efeitos colaterais - Preço do metronidazol para cachorros

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Metronidazol para cachorro: doses, usos e efeitos colaterais, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Medicamentos.

Vídeos de Metronidazol para cachorro: doses, usos e efeitos colaterais

1 de 3
Vídeos de Metronidazol para cachorro: doses, usos e efeitos colaterais

Escrever comentário sobre Metronidazol para cachorro: doses, usos e efeitos colaterais

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Iracema
Metronidazol para diarreia em cães?

Metronidazol para cachorro: doses, usos e efeitos colaterais
1 de 3
Metronidazol para cachorro: doses, usos e efeitos colaterais

Voltar ao topo da página