Partilhar

Gato vomitando amarelo: causas e tratamento

Por Eduarda Piamore. 27 junho 2019
Gato vomitando amarelo: causas e tratamento

Ver fichas de  Gatos

Muitos tutores ficam preocupados quando percebem que seus felinos estão vomitando um líquido ou uma espuma de cor verde ou amarelada. E essa preocupação é totalmente justificada pois, o vômito nos gatos pode acontecer com alguma frequência, mas não deve ser considerado normal. Se o seu gato vomitar amarelo, isso pode ser um sintoma de doenças, assim como um desequilíbrio nos hábitos alimentares.

Antes de prosseguir, devemos enfatizar a importância de visitar um veterinário para garantir o diagnóstico e aplicar ou não um tratamento. Se você quer saber quais as causas e tratamento para gato vomitando amarelo, continue lendo esse artigo do PeritoAnimal.

Gato vomitando amarelo: o que significa?

Quando um gato vomita amarelo, nada mais é do que um vômito de bile (ou fel), uma secreção produzida pelo fígado, que às vezes também pode ser verde ou marrom. Você está se perguntando "por que meu gato vomita líquido amarelo espumoso" ou "por que meu gato está vomitando e não come", é importante que você saiba que a bile é um fluido digestivo que fica armazenado na vesícula biliar. Sua ação é essencial para uma boa digestão, pois contém algumas enzimas que permitem emulsionar as gorduras ingeridas nos alimentos. Quando é necessário, durante o processo digestivo, a bile é expelida da vesícula em direção ao intestino delgado, onde sua ação é essencial para a correta assimilação das moléculas de gordura.

Gato vomitando amarelo: causas e tratamento - Gato vomitando amarelo: o que significa?

Gato vomitando amarelo: por que?

A bile ajuda a "empurrar" a comida por todo o trato digestivo. O organismo realiza uma série de movimentos naturais, involuntários e fisiológicos conhecidos como "peristaltismo". O vômito ocorre quando esses movimentos se invertem e expelem parte do bolo alimentar pela boca, em vez de levá-lo ao próximo estágio do sistema digestivo.

Esses movimentos antiperistálticos podem ser causados pelos mecanismos de defesa presentes no próprio trato digestivo, para tentar expelir as toxinas e purgar o organismo. No entanto, esta reação também pode ser causada por um impulso do sistema nervoso central.

Um gato vomitando pode ter diversas causas, desde transtornos alimentícios ou a formação das bolas de pelo em gatos no trato digestivo, até doenças gastrointestinais ou quadros de envenenamento no gato. No entanto, quando um gato vomita bile, esta gama de explicações é significativamente reduzida. A seguir, te contamos as principais causas que podem explicar por que seu gato vomita bile.

Gato vomitando amarelo: jejum prolongado

Quando um gato faz longos períodos de jejum, a bile e outros fluidos digestivos começam a se acumular no estômago, que não tem alimentos para serem digeridos. Esse acúmulo é extremamente agressivo para as mucosas gástricas, pois gera um efeito altamente corrosivo, que irrita e inflama as paredes do estômago.

Os mecanismos de defesa do trato digestivo "ativam" os movimentos antiperistálticos que causam vômitos, como forma de eliminar a bile e aliviar o desconforto estomacal. Normalmente, quando um gato vomita bile depois de passar longas horas sem comer, você verá o seu gato vomitando líquido amarelo espumoso ou algo verde, que não deve ser acompanhado de sangue ou muco.

Esse é o quadro mais favorável, pois pode ser facilmente revertido através de hábitos alimentares mais saudáveis. No entanto, não hesite em ir ao veterinário ao notar que seu gato vomitando amarelo. Na clínica, o profissional pode realizar os testes adequados para verificar o estado de saúde do seu pet e estabelecer um tratamento eficaz, bem como orientá-lo sobre a frequência e a quantidade de comida diária para gatos de acordo com as necessidades do seu bichano.

Gato vomitando amarelo: causas e tratamento - Gato vomitando amarelo: jejum prolongado

Gato vomitando amarelo: corpo estranho

Embora esses episódios tendam a ser mais frequentes em cachorros, os gatos também podem ingerir corpos estranhos e não-digeríveis, como brinquedos, utensílios domésticos, enfeites de roupas ou algum resíduo que possa ter escapado ao retirar o lixo ou que possa ter entrado em casa pela janela.

Inicialmente, o organismo interpreta que é um elemento de difícil digestão e aumenta a produção de fluidos digestivos. Portanto, a ingestão de corpos estranhos geralmente leva a um aumento na produção de bile, causando irritação da mucosa gástrica. Mais uma vez, o vômito aparece como uma maneira de expelir o corpo estranho e diminuir a concentração de bile dentro do estômago.

Além disso, é possível que ter um gato vomitando amarelo depois de um quadro de envenenamento. Se você desconfia que seu bichano tenha ingerido plantas tóxicas para gatos, pesticidas ou insecticidas, produtos de limpeza ou qualquer substância tóxica, é vital levá-lo imediatamente à clínica veterinária. No entanto, também recomendamos conhecer os primeiros socorros diante do envenenamento em um gato. Nos casos de intoxicação, também pode acontecer de você notar seu gato vomitando sangue.

Gato vomitando amarelo: parasitas

A desparasitação interna e externa deve ser feita periodicamente para garantir a boa saúde dos seus gatinhos. Se você adotou recentemente um filhote de gato ou um adulto, é essencial ir ao seu veterinário de confiança para atualizar o calendário de vacinação e desparasitações.

As infestações por parasitas internos podem fazer seu um gato vomitar amarelo, além de causar diarreia, dor abdominal e cansaço excessivo (ou letargia). Portanto, é importante respeitar a frequência de desparasitação e optar por produtos de ótima qualidade.

Gato vomitando amarelo: causas e tratamento - Gato vomitando amarelo: parasitas

Meu gato está vomitando amarelo: causas patológicas

Além das causas já mencionadas, um gato vomitando líquido amarelo pode ser sintoma de algumas doenças. Abaixo, resumimos as principais causas patológicas que podem fazer com que seu gato vomite esse líquido amarelo-esverdeado.

  • Problemas hepáticos: como o fígado é o órgão que produz a bile, qualquer disfunção hepática pode afetar a produção normal desse fluido digestivo. Quando problemas hepáticos levam à superprodução de bile, isso pode resultar em irritação e inflamação da mucosa gastrointestinal. Para aliviar este acúmulo e interromper o processo inflamatório das membranas mucosas, a bile será eliminada por meio de vômitos. O sinal mais característico de problemas no fígado é o amarelamento dos olhos e das membranas mucosas (ictericia). No entanto, este sintoma pode aparecer quando o dano hepático já está avançado, por isso você deve ficar atento às primeiras alterações na aparência e comportamento do seu gatinho, para permitir um diagnóstico precoce.
  • Pancreatite: a pancreatite em gatos (inflamação no pâncreas) é diagnosticada com bastante frequência em gatos domésticos. Um gato afetado pela pancreatite demonstrará perda de apetite e permanecerá longos períodos de jejum. Como já mencionamos, quando o estômago está vazio porque o indivíduo passou muitas horas sem comer, a bile se acumula e o vômito é provocado para aliviar a irritação das mucosas gástricas. A pancreatite em gatos também pode causar outros sintomas, como diarreia, inchaço e dor abdominal.
  • Doença inflamatória intestinal: as inflamações intestinais podem incluir uma grande variedade de doenças, como a colite em gatos. Quando não tratada adequadamente, esta doença geralmente causa vômitos frequentes acompanhados de bile, e diarreia com presença de sangue cru ou coagulado.

Gato vomitando amarelo: o que fazer?

Como já explicamos, a cor da bile não é exclusivamente amarela. Se você perceber seu gato vomitando espuma branca, gato vomitando líquido amarelo ou gato vomitando verde, o ideal é ir ao veterinário para descartar a possibilidade de qualquer doença.

Embora muitos gatos possam vomitar por ter passado muitas horas em jejum, o ideal é descartar qualquer outra causa e confirmar que seu pet está com o corpo bem equilibrado. Sempre que possível, recomenda-se colher uma amostra do vômito para levar ao veterinário e facilitar o diagnóstico. Além disso, não se esqueça de ficar atento se o seu bichano apresentou outros sintomas, como diarreia, perda de apetite, fadiga ou alterações no comportamento habitual.

Em casos de vômito em gato devido ao jejum prolongado, como o animal está com a mucosa gástrica irritada, você não deve oferecer grandes quantidades de alimento de uma só vez, nem dar guloseimas ou alimentos de difícil digestão. Você pode oferecer pequenas porções de arroz cozido com frango para manter o gato bem nutrido e hidratado, sem sobrecarregar seu sistema digestivo. Você também pode escolher o patê para gatos em lata gastrointestinal. No entanto, será essencial ter a orientação do veterinário para regular os hábitos alimentares do seu gatinho e evitar o jejum prolongado.

Gato vomitando amarelo: causas e tratamento - Gato vomitando amarelo: o que fazer?

Gato vomitando amarelo: como evitar?

Como de costume, a prevenção é a chave para evitar que um gato vomitando líquido amarelo espumoso e sofra de desequilíbrios em seu sistema digestivo. Para conservar a boa saúde do seu pet, é essencial estar ciente dos seguintes aspectos:

  • Medicina preventiva: faça visitas ao veterinário a cada 6 meses, respeite o cronograma de vacinação e desparasitações periódicas, e mantenha uma boa higiene bucal.
  • Nutrição equilibrada e bons hábitos alimentares: todos os gatos precisam de nutrição completa e equilibrada para se manter saudável, feliz e ativo. Além disso, devemos evitar maus hábitos alimentares, como deixar o gato longas horas sem comer. Se você tiver que passar muitas horas fora de casa, lembre-se de deixar comida suficiente para seu bichano consumir durante o dia. E, não esqueça de verificar se o animal foi alimentado durante sua ausência.
  • Bem-estar físico e mental: o equilíbrio entre corpo e mente é essencial para a saúde de todas as espécies. Um gato deve ser fisicamente e mentalmente estimulado para manter uma boa saúde e um comportamento equilibrado. Portanto, lembre-se de enriquecer o ambiente de seu bichano com brinquedos, arranhadores, labirintos e outros complementos que despertem a curiosidade e permitam exercitar o corpo e a mente.

Se você estiver interessado em enriquecer o ambiente do seu gato, veja nosso vídeo no YouTube sobre 4 brinquedos para gatos com rolo de papel:

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Gato vomitando amarelo: causas e tratamento, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Outros problemas de saúde.

Vídeos de Gato vomitando amarelo: causas e tratamento

1 de 3
Vídeos de Gato vomitando amarelo: causas e tratamento

Escrever comentário sobre Gato vomitando amarelo: causas e tratamento

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
O gato (MIMININO) , TAÍS REJANE ROSA GINESTE
Qual medicação ele está com sangue e cheiro forte nas fezes e muita ramela em um olho com infecção ele estava abandonado na rua e ele me adotou ele é muito meu amigo e ficou dengoso qeuq
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Taís! Temos um artigo sobre sangue nas fezes de gato que pode te ajudar: https://www.peritoanimal.com.br/sangue-nas-fezes-do-gato-causas-e-possiveis-doencas-21930.html
De qualquer forma, é extremamente importante que você busque ajuda de um médico veterinário de confiança o quanto antes e, mantenha o seu gato bem hidratado para que não piore o quadro clínico no animal.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!

Gato vomitando amarelo: causas e tratamento
1 de 5
Gato vomitando amarelo: causas e tratamento

Voltar ao topo da página