Partilhar
Partilhar em:

As bolas de pelo em gatos

As bolas de pelo em gatos

Ver fichas de  Gatos

Uma das características mais comuns dos felinos é o seu nível de limpeza. É um animal que se limpa com muita frequência, que usa a caixa de areia e que não suporta que esteja suja. Por esses motivos, só devem tomar banho em ocasiões muito raras. No entanto, manter uma limpeza assim sem necessitar da nossa ajuda em nada tem o seu preço. As temidas bolas de pelo podem se tornar um problema de saúde muito grave se não forem expulsas, pelo que o animal necessita da nossa atenção e ajuda para evitar essa condição. Em PeritoAnimal, explicamos detalhadamente tudo o que necessita de saber sobre as bolas de pelo em gatos, para que possa ajudar o seu felino a permanecer saudável.

Por que o meu gato engole tanto pelo?

Os gatos passam muito tempo se limpando para manter o seu pelo limpo e em bom estado. Essa é uma tarefa que realizam facilmente graças à sua língua especial que conta com pequenas espinhas que permitem arrastar toda a pelagem que cai de forma eficaz. O problema é que o animal não consegue cuspir esse pelo depois de o arrastar com a língua, não tendo outra alternativa que não seja engoli-lo.

Quando a pelagem se acumula de forma excessiva no estômago do animal, ele mesmo fará um esforço para vomitar, jogando assim a bola de pelo para fora. No entanto, em alguns momentos pode não conseguir fazê-lo com êxito, pois a bola de pelo fica presa no intestino, produzindo prisão de ventre severa e impossibilitando a sua expulsão. É nesse momento que é importante apostar em remédios caseiros para promover a sua expulsão. Contudo, se o animal continuar sem conseguir expulsar a bola de pelo, deve ser levado ao veterinário com urgência.

O clima e a pelagem do gato

Embora o gato se limpe durante todo o ano, é na época de troca de pelo (primavera e outono) que ele perde mais pelagem. Assim, esses são os momentos em que existe um maior risco de que as bolas de pelo se tornem um problema.

Durante estas estações do ano, o tutor deve estar muito atento ao comportamento do seu gato, vigiar se come, se realiza suas necessidades normalmente e se se encontra animado. Da mesma forma, o tutor deve ajudar a evitar a acumulação de pelo no estômago do gato ao máximo, seguindo algumas sugestões que poderá ler nos passos seguintes. Mas como saber se existe uma bola de pelo que não pode ser expulsa? De seguida, apresentamos os sintomas dessa condição.

Sintomas das bolas de pelo presas

No geral, os gatos vomitam para expulsar as bolas de pelo para que elas não se tornem um problema. Isto pode ser feito através do consumo de determinadas plantas que produzem os efeitos desejados. Mas se vive em uma casa onde não há plantas, ou acostumou o animal a não morder as que existem, isso pode se tornar um problema.

Uma forma segura de permitir que o gato expulse as bolas de pelo sem riscos passa por adquirir uma planta conhecida como erva do gato, erva para gatos ou catnip que, além dos gatos gostarem muito, ajuda a fazer a limpeza intestinal que necessitam. No entanto, em algumas ocasiões, o animal simplesmente não consegue eliminar a bola de pelo porque a mesma está presa no seu intestino. Nesse caso, apresenta sintomas como:

  • Fraqueza e apatia
  • Vomitos frequentes
  • Regurgitações
  • Vômitos em que apenas expulsa líquido e comida, mas não pelo
  • Prisão de ventre

Se esse quadro de sintomas continuar por mais de dois dias, é imprescindível levar o gato ao veterinário para um exame físico e diagnóstico.

Prevenir as bolas de pelo

Embora a limpeza faça parte do comportamento natural dos gatos e não possa ou deva ser impedida, os tutores podem ajudar o animal a prevenir as bolas de pelo com eficácia, especialmente durante as fases de troca de pelo.

Para isso, é essencial escovar o gato diariamente, uma tarefa que ajudará a eliminar grande parte dos pelos que caem e impedir que sejam todos engolidos pelo gato. Recomendamos que inicie essa prática quando o gato ainda é pequeno. Se o seu pet já é adulto talvez demore um pouco mais a se acostumar, mas eventualmente se habituará pois gato se sente relaxado quando é escovado. Para essa tarefa, deverá adquirir uma escova especial adequada para o tipo de pelo do seu pet que pode encontrar em qualquer loja de animais.

Escovar o seu gato é essencial se ele possui pelo longo ou se é um felino de idade avançada, pois nessa fase o animal não conta com a mesma energia e não pode limpar-se de forma tão eficaz.

Ajudar o gato a expulsar as bolas de pelo

Se notar que o seu gato regurgita, está fraco ou vomita sem expulsar as bolas de pelo com sucesso, você deve dar uma ajuda. Além da erva dos gatos ou catnip que, como explicado anteriormente, é uma grande ajuda para o animal, também pode favorecer a expulsão com essas opções:

  • Passe um pouco de vaselina na pata do animal. Com a sua excelente capacidade de limpeza, em poucos minutos o gato estará se lambendo, retirando e engolindo a vaselina, que ajuda a facilitar a expulsão e diminui a prisão de ventre devido à gordura presente no produto.
  • Se não tem vaselina à mão, pode untar a sua pata com um pouco de manteiga ou malte, soluções igualmente eficazes.
  • A valeriana é outra das plantas que podemos ter à mão em casa para ajudar o gato a expulsar bolas de pelo de forma eficaz. Se o animal tiver essa necessidade, não vai hesitar em morder a planta para aliviar o seu mal estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a As bolas de pelo em gatos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Cuidados básicos.

Comentários (0)

Escrever comentário sobre As bolas de pelo em gatos

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

As bolas de pelo em gatos
1 de 5
As bolas de pelo em gatos