Partilhar

A hepatite em cães - Sintomas e tratamento

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. 27 abril 2016
A hepatite em cães - Sintomas e tratamento

Ver fichas de  Cachorros

Adotar um cachorro é sinônimo de adquirir uma grande responsabilidade com o nosso pet, uma vez que devemos ser conscientes da importância de lhe oferecer tudo o que precisa. Quando falamos especificamente da saúde física do nosso cachorro, temos de saber que são poucas as doenças exclusivas do ser humano, pois tal como nós, o nosso cachorro também pode sofrer de hepatite.

Hepatite é um termo que provém das palavras gregas "hepar" (fígado) e "itis" (inflamação) e, por isso indica uma situação patológica na qual o fígado está inflamado, no entanto, a inflamação hepática pode ocorrer por diferentes causas, o que nos ajudará a distinguir os diferentes tipos de hepatite.

Neste artigo do PeritoAnimal damos-lhe a informação completa sobre esta condição e indicamos-lhe os sintomas e o tratamento da hepatite em cães.

Como ocorre a hepatite canina

A anatomia dos cachorros não é tão diferente da dos humanos e aqueles órgãos vitais para nós também são importantes para o nosso pet, como é o caso do fígado. O fígado é imprescindível para o equilíbrio orgânico do nosso cachorro, uma vez que intervém no metabolismo, procura a adequada eliminação dos diferentes tóxicos, armazena energia, sintetiza proteínas, produz a bílis e participa na assimilação dos nutrientes.

A hepatite canina ocorre devido a uma inflamação do fígado, que pode estar originada por uma má alimentação ou por uma exposição repetida a diferentes tóxicos, o que afeta progressivamente o fígado e pode chegar a causar um dano crônico.

Quando o dano hepático afeta as funções deste importante órgão podemos observar sinais graves que indicam um mau funcionamento não apenas do fígado, mas de todo o organismo.

A hepatite em cães - Sintomas e tratamento - Como ocorre a hepatite canina

Tipos de hepatite canina

A hepatite em cachorros pode ter diferentes causas e dependendo da origem da mesma estaremos perante um tipo de hepatite ou outro:

  • Hepatite comum: É aquela que causa uma inflamação hepática pela exposição do organismo a tóxicos e medicamentos que são capazes de causar danos no fígado. Os sintomas ocorrem quando o dano gerado é grave.
  • Hepatite autoimune: Ocorre por uma reação do próprio sistema imunitário do cachorro que ataca os hepatócitos (células do fígado) pois confunde-os com agentes patogênicos. Este tipo de hepatite também se conhece como doença hepática autoimune.
  • Hepatite infecciosa: A inflamação do fígado é provocada pela adenovírus canino tipo I, trata-se de uma doença viral e aguda que se contagia através da urina, água contaminada ou objetos contaminados. Afeta sobretudo os cachorros com menos de 1 ano e a duração da doença costuma oscilar entre 5-7 dias, antes de haver uma melhoria. Esta doença também se conhece como hepatite de Rubarth.

A hepatite infecciosa costuma ter um bom prognóstico sempre que o cachorro apresente uma forma sobreaguda, neste caso, pode morrer em poucas horas, no caso da hepatite comum ou autoimune o prognóstico dependerá de cada caso embora as lesões se tornem crônicas.

A hepatite em cães - Sintomas e tratamento - Tipos de hepatite canina

Sintomas da hepatite canina

É bom lembrar que em qualquer caso estamos perante uma inflamação do fígado, pelo que independentemente da causa, os sintomas da hepatite em cães são os seguintes:

  • Sede excessiva
  • Icterícia (coloração amarela nos olhos e mucosas)
  • Sangue nas mucosas
  • Dor abdominal que pode levar a imobilidade
  • Febre
  • Convulsões por insuficiência hepática
  • Perda de apetite
  • Aumento da secreção nasal e ocular
  • Vômitos
  • Edema subcutâneo

Um cachorro com hepatite não tem que apresentar todos estes sintomas, pelo que perante qualquer sinal que indique uma possível hepatite devemos ir de imediato ao veterinário com ele.

A hepatite em cães - Sintomas e tratamento - Sintomas da hepatite canina

Tratamento da hepatite canina

O tratamento da hepatite em cães dependerá do fator que tiver causado a condição.

  • Na hepatite comum o tratamento será sintomático, mas também deverá cumprir com o objetivo de modular aqueles fatores que causaram o dano hepático.
  • Na hepatite autoimune o tratamento também será sintomático, embora o veterinário avalie a possível prescrição de um medicamento imunomodulador que atue especificamente sobre o sistema de defesas prevenindo o dano hepático.
  • No caso da hepatite infecciosa ou viral, o tratamento também é sintomático uma vez que não existe cura, podem-se utilizar antibióticos para controlar infecções secundárias, soluções isotônicas para prevenir a desidratação, protetores hepáticos e uma dieta hipoproteica.

É o veterinário que deverá indicar uma dieta hipoproteica, embora esta seja benéfica nos três casos de hepatite, uma vez que perante a presença abundante de proteínas o fígado fica sobrecarregado. Lembre-se que apenas o veterinário é o profissional capacitado para prescrever qualquer tipo de tratamento ao seu cachorro.

A hepatite em cães - Sintomas e tratamento - Tratamento da hepatite canina

Prevenção da hepatite em cães

Prevenir a hepatite comum e autoimune é importante para que o nosso cachorro possa desfrutar de uma boa saúde e da máxima qualidade de vida, para isso devemos dar-lhe uma alimentação equilibrada que cubra todas as suas necessidades nutricionais, o afeto suficiente e o exercício suficiente ao ar livre, tudo isso contribuirá para que o seu organismo se possa manter mais facilmente em equilíbrio.

No caso da hepatite infecciosa, a vacinação é a ferramenta mais eficiente da prevenção, contamos com várias opções:

  • Soro polivalente: Previne a curto prazo e recomenda-se quando ainda não tenha sido possível o início do programa de vacinação.
  • Vacina com vírus inativado: São precisas duas doses e o período de proteção varia entre os 6 e os 9 meses.
  • Vacina com vírus atenuado: Apenas é precisa uma dose e a proteção é tão eficaz como duradoura.

Consulte com o seu veterinário, uma vez que será ele que lhe indicará que tipo de intervenção é a mais adequada para o seu cachorro.

A hepatite em cães - Sintomas e tratamento - Prevenção da hepatite em cães

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a A hepatite em cães - Sintomas e tratamento, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Outros problemas de saúde.

Escrever comentário sobre A hepatite em cães - Sintomas e tratamento

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
8 comentários
A sua avaliação:
Suelena
Eu quero um medicação para cura à Epatiti canina de minha cachorra
Rosimari Kubiaki
Minha cachorrinha de pancreátite, ficou internada 1semana.
Trouxe para casa. Ainda está prostrada.
Verifiquei possível hepatite. Minha pergunta.
Tenho uma gata.Pode transferir para Ela. TB!?
Aguardo retorno
Gratidão
Rosana
Oi bom dia meu cachorro está prostado desde o dia 18 não come fica o tempo todo lambendo o pipi .. Á quase um ano atraz teve hepatite .. tem como tratar em casa . Nem late mais ele é muito agitado e tá quieto Dimais tá vomitando tbm tá vomitando com cheiro muito forte nas fezes . Desde já muito obrigada
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Rosana! Sem examinar o seu cachorro e fazer as devidas provas complementares é impossível dizer qual o diagnóstico para aconselhar um tratamento. Você deve consultar o seu médico veterinário de confiança.
Adelino mendes de jesus filho
Minha cadela estácomproblemasde epatite o que devo fazer?
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Adelino! Foi o médico veterinário que diagnosticou o problema no fígado? Você deve seguir o tratamento prescrito por ele.
Daniela
Ola,minha husky perdeu peso rapidamente e esta dando acumulos de liquido acido no abdômen tambem esta ficando prostada,nao se alimenta sera que pode ser hepatiti ela esta internada maos ainda nao foi diagnosticado nada😑
Danny
Adorei o artigo, muito bem explicado.
maritania silva
quro saber se posso curar meu gato em casa com medicaçao e qual antibiotico eu posso dar a ele ele ta com a boca alaranjada e emagrecendo mas ele se alimenta bem eu estou dano a ele complexo b nao sei se é bom
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Maritania Silva! A perda de peso e as mucosas orais alaranjadas podem ser sinais de alguma doença que seu gato tenha, como por exemplo lipidose hepática. É muito importante que você o leve ao veterinário para que ele lhe faça um exame físico e exames complementares, como análises sanguíneas para verificar as enzimas hepáticas. Só dessa forma se chegará a um diagnóstico definitivo e se poderá definir o melhor tratamento. Rápidas melhoras para ele!
Elizangela de Abreu Basilio
O melhor artigo que achei, com uma linguagem bem direta e simples!
Nelson Ferreira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Elizangela, muito obrigado pelo seu comentário. Ficamos muito contentes pode saber que o nosso artigo lhe foi útil.

A hepatite em cães - Sintomas e tratamento
1 de 7
A hepatite em cães - Sintomas e tratamento

Voltar ao topo da página