menu
Partilhar

5 sinais de que um gato está morrendo

Por Eduarda Piamore, Técnica em psicologia, educação e adestramento canino e felino. Atualizado: 23 novembro 2021
5 sinais de que um gato está morrendo

Ver fichas de  Gatos

A morte é um processo natural pelo qual passam todos os seres vivos. Muitas vezes pode ser difícil perceber que está chegando, especialmente nos gatos. Como você deve saber, os felinos somente demonstram sinais de dor e doenças.

Caso suspeite que o seu companheiro felino possa estar morrendo, recomendamos que leia este artigo sobre os 5 sinais de que um gato está morrendo. Destacamos, no entanto, queé muito importante consultar o veterinário o quanto antes para oferecer ao bichano um final digno, na medida do possível. Para saber mais sobre este processo, continue lendo este artigo de Perito Animal.

Também lhe pode interessar: 5 sintomas de que o cachorro está morrendo

1. Sua personalidade começa a mudar

Começamos esta lista com os 5 sinais de que seu gato está morrendo falando sobre a mudança na personalidade que ocorre no felino em sua última fase de vida. O acesso a cuidados de saúde e a uma alimentação balanceada, além de estímulos físicos e mentais, têm aumentado notavelmente a longevidade de nossos amigos felinos. Atualmente encontramos muitos felinos que chegam aos 17 ou até aos 20 anos de idade. Por essa razão, não é de se estranhar que surjam doenças que antes não eram notadas pelos tutores, como por exemplo a demência senil em gatos.

Um sinal que evidencia que o gato chegou à velhice é o início de transtornos comportamentais, geralmente relacionados com o seu estado de saúde. É comum que nestes casos eles fiquem irritadiços e iniciem episódios como a micção descontroladas ou fiquem especialmente deprimidos. Embora sejam sinais que não indiquem exclusivamente que o gato está morrendo, eles alertam para o fato de que algo está acontecendo com os bichanos.

5 sinais de que um gato está morrendo - 1. Sua personalidade começa a mudar

2. Para de se lamber

A perda dos hábitos de higiene em um gato é um claro sinal de que algo não vai bem para o felino. É certo que há gatos que dedicam mais tempo aos seus cuidados pessoais, mas a perda total deste comportamento indica que há algum problema e por isso é um dos sinais de que seu gato está morrendo.

Também incluímos nesse quesito o o abandono de outras prácticas, como parar de marcar território em passeios externos (se é um costume dele passear com guia, por exemplo), arranhar ou se esfregar em pessoa, móveis e objetos.

3. Sinais vitais se alteram

Os sinais de que seu gato está morrendo incluem também alterações de seus sinais vitais. É frequente se observar um ritmo cardíaco anormal, temperatura corporal excessivamente alta ou baixa e alterações na respiração.

Abaixo explicamos quais são os sinais vitais de um gato saudável [1]:

  • Frequência respiratória em gatos: entre 20 e 42 respirações por minuto (RPM).
  • Frequência cardíaca em gatos: entre 140 e 200 pulsações por minuto (PPM).
  • Temperatura corporal: entre 38ºC e 39ºC.
  • Tempo de enchimento capilar: Deve-se fazer pressão nas mucosas para ver quanto tempo demora para recuperar sua cor natural, por exemplo las mucosas da boca. O tempo de enchimento capilar de um gato deve ser inferior a dois segundos.

Diante de qualquer alteração dos sinais vitais do felino, você deve buscar imediatamente um centro veterinário, já que indica que a vida do animal está comprometida.

5 sinais de que um gato está morrendo - 3. Sinais vitais se alteram

4. Deixa de comer e começam a surgir problemas de saúde

Como já mencionamos, nem sempre é fácil identificar os sintomas de um gato doente, entretanto, o aparecimento de diarreia, convulsões, vômitos, sangue na urina ou se observamos que nosso companheiro peludo deixa de comer ou beber líquidos pode indicar que o gato está doente e pode ser um dos sinais de que seu gato está morrendo. Se o felino não aceita comida, mesmo que seja seu alimento favorito, como um petisco ou ração úmida, você está diante de uma emergência.

5. Fica se escondendo

Quando o gato vai morrer ele some? Esta é uma pergunta bastante comum entre tutores de gatos. Saiba que este comportamento também é comum em gatos que estão doentes ou com muito medo. Entretanto, um animal que está próximo da morte é vulnerável, portanto não é raro que muitos gatos em sua última fase de vida procurem um lugar isolado para morrer. Se você notar que o felino se refugia em algum lugar e não quer sair dali, pode ser um dos sinais de que seu gato está morrendo.

5 sinais de que um gato está morrendo - 5. Fica se escondendo

O que fazer quando o gato está morrendo?

Se algum destes sinais de que um gato está morrendo aparecer, a melhor coisa a fazer é entrar imediatamente em contato com um veterinário, pois ele ou ela é a única pessoa que realmente pode diagnosticar o que está errado com seu melhor amigo, seja uma real aproximação da morte ou uma doença que pode ser curada.

O especialista te orientará quanto à decisão a ser tomada. É importante entender que se o animal está sofrendo bastante e com muita dor, uma das possibilidades que o veterinário poderá apresentar é a eutanásia, com o objetivo de colocar fim ao sofrimento do felino.

O veterinário também pode te ajudar e orientar a fornecer os melhores cuidados para o seu companheiro felino nesta etapa final. Talvez você precise ajudá-lo a se alimentar, a beber ou até mesmo a defecar. Obviamente, também é essencial que você lhe ofereça todo o carinho e amor que puder.

5 sinais de que um gato está morrendo - O que fazer quando o gato está morrendo?

O que fazer quando um gato morre?

A morte de um animal de estimação é sempre um processo muito doloroso. Em meio a este turbilhão de sentimentos, deve-se considerar o que fazer com o corpo, uma decisão difícil para algumas pessoas.

Se o gato morreu no veterinário, o especialista provavelmente irá sugerir a cremação do corpo, seja com outros animais ou individualmente. Por outro lado, se o gato morreu em casa, você pode ir ao veterinário ou contatar diretamente uma funerária de animais de estimação, o que geralmente é uma opção mais barata. Você também pode optar por enterrar o corpo em um lugar que lhe seja especial.

A morte de um ente querido é sempre dolorosa, algo que muitas pessoas não entendem, especialmente as crianças. Portanto, não se sinta com culpa se precisar passar algum tempo de luto ou entrar em contato com um terapeuta pra lidar com a morte do seu amigo felino. Neste artigo falamos sobre como explicar a morte de um animal de estimação a uma criança. E neste outro texto, também falamos o passo a passo que pode te ajudar a superar a morte de um animal de estimação.

O importante é passar por esse momento de luto e, quando achar que estiver preparado ou preparada, e se tiver vontade de fazer isso, vá a um abrigo de animais para adotar um animal abandonado.

Faz mal enterrar gato no quintal?

Se você tiver espaço e quiser fazer isso, não há nenhuma proibição sobre o assunto, mas é preciso saber fazer isso corretamente para não colocar a saúde da sua família e nem da vizinhança em risco. Isso porque cadáveres podem contaminar o solo, por isso é necessário vedar o corpo devidamente com sacos plásticos resistentes, que você possa fechar hermeticamente. Além disso, você deve enterrar o corpo em uma cova bastante profunda. A opção de enterrar o felino em casa não é a mais recomendada.

As prefeituras contam com algum serviço de coleta gratuita do corpo?

Em algumas cidades, onde esse serviço existe, é cobrada uma taxa para recolher um animal morto, normalmente calculada a partir do peso do bicho. Esta é a melhor opção do que fazer com um gato que morreu.

Certos municípios também contam com cemitérios de animais, então procure saber de onde você mora existe essa possibilidade.

Pode jogar o corpo de um animal morto no rio, lago ou no mar?

Descartar corpos de animais em rios, lagos ou em solo comum é considerado um crime ambiental e fazer isso pode render uma multa, que varia de R$ 500 a R$ 13 mil, além de prisão de até quatro anos. Ao jogar um cadáver em um lago, por exemplo, além de provocar um problema de saúde pública, a contaminação da água pode colocar em perigo a vida de outros animais.

Agora que você já conheceu os principais sinais de que seu gato está morrendo, você também pode se interessar pelo vídeo a seguir em que tratamos sobre este mesmo tema:

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a 5 sinais de que um gato está morrendo, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Outros problemas de saúde.

Referências
  1. Tami Gabriella, Veterinaria y Etóloga, Constantes vitales en los gatos, Affinity 2016
Bibliografia
  • UFMG/Projeto Brumadinho. Meu animal de estimação morreu: o que fazer?. Disponível em: <http://projetobrumadinho.ufmg.br/materia/meu-animal-de-estimacao-morreu-o-que-fazer>. Acesso em 1 de novembro de 2021.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
A sua avaliação:
Jussilaine
Posso aliviar a dor de um gato morrendo?
A sua avaliação:
Marcela
Acho que meu gato está morrendo... muito triste.

5 sinais de que um gato está morrendo
1 de 5
5 sinais de que um gato está morrendo

Voltar ao topo da página