Partilhar

Superar a morte de um animal de estimação

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 18 abril 2019
Superar a morte de um animal de estimação

Ter um cachorro, gato ou outro animal e proporcionar-lhe uma vida saudável é um ato que revela o amor, a amizade e a relação com os animais. É algo que todas as pessoas que têm ou tiveram um animal como membro da família sabem bem.

A dor, a tristeza e o luto são partes deste processo que nos lembram a fragilidade dos seres vivos, ainda assim, sabemos que acompanhar um cachorro, um gato ou inclusive uma cobaia nos seus últimos anos é um processo difícil e generoso no qual queremos devolver ao animal todas as alergias que nos ofereceu. Neste artigo do PeritoAnimal vamos tentá-lo ajudar para saber como superar a morte de um animal de estimação.

Também lhe pode interessar: Porque gatos trazem animais mortos?

Entender cada processo como único

O processo de superar a morte do seu pet pode variar muito dependendo das circunstâncias individuais de cada pet e família. Não é a mesma coisa uma morte natural que uma morte induzida, nem as famílias que acolhem o animal são as mesmos, nem o animal em si.

A morte de um animal de estimação pode ser superada, mas vai ser muito diferente em cada caso em concreto. Também não é igual a morte de um animal jovem e a morte de um animal idoso, a morte de um gato jovem podem der porque não conseguimos acompanhá-lo durante o tempo que deveria ter sido natural, mas a morte de um cachorro idoso envolve a dor de ter perdido um companheiro de viagem que durante muitos anos esteve consigo.

Ter estado presente no momento da morte do seu pet também pode mudar a evolução do seu luto. Independentemente disso, de seguida vamos lhe dar alguns conselhos que lhe ajudarão a superar este momento.

Saiba também como ajudar um cachorro a superar a morte de outro cachorro nesse artigo do PeritoAnimal.

Superar a morte de um animal de estimação - Entender cada processo como único

Como superar a morte do seu pet

Perante a morte de um animal de estimação é comum ter-se a sensação de que apenas se deve chorar por um ser humano, mas isto não é verdade. A relação com um animal pode ser muito profunda e da mesma forma deve ser feito um luto:

  • A melhor forma de fazer um luto é se permitir expressar tudo aquilo que sente, chore se quiser ou não expresse nada se não lhe apetecer. Mostrar como se sente é muito importante para gerir de forma saudável as suas emoções.
  • Expresse às pessoas de confiança como era a relação com o seu pet, o que lhe fez aprender, em que momentos estava consigo, como você gostava dele... O objetivo disto é poder expressar as suas emoções.
  • Quando for possível, deve entender que já não é preciso ter em sua casa os utensílios do seu cachorro ou gato. Deve ser capaz de os doar a outros cachorros ou animais que precisem como o caso de cães de refúgios. Mesmo que você não o queira fazer, é importante que o faça, deve entender e assimilar a nova situação e esta é uma boa forma de o fazer.
  • Pode ver quantas vezes quiser as fotografias que tem com o seu pet, por um lado isto ajuda a expressar o que sente e por outro a assimilar a situação, a fazer o luto e a entender que o seu animal partiu.
  • As crianças são especialmente sensíveis à morte de um pet, por isso deve tentar que eles também se expressem com liberdade, que possam sentir-se com direito a sentir tudo aquilo que sentem. Se com o tempo a atitude da criança não se tiver recuperado, talvez possa precisar de uma terapia de psicologia infantil.
  • Foi definido que o tempo de luto pelo falecimento de um animal não deve ser superior a um mês, caso contrário seria um luto patológico. Mas não tenha em conta este tempo, cada situação é diferente e pode ser que você demore mais tempo.
  • Se perante a morte do seu pet está sofrendo de ansiedade, insônia, apatia... Talvez você também precise de uma atenção especializada que o ajude.
  • Tente ser positivo e se lembrar dos momentos mais felizes a seu lado, fique com as melhores recordações que conseguir e tente sorrir sempre que pensar nele.
  • Pode tentar acabar com a dor do seu pet falecido oferecendo uma casa a um animal que ainda não tenha, o seu coração ficará repleto de amor e carinho mais uma vez.

Leia também o nosso artigo sobre o que fazer se o seu pet morreu.

Superar a morte de um animal de estimação - Como superar a morte do seu pet

Se deseja ler mais artigos parecidos a Superar a morte de um animal de estimação, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Escrever comentário sobre Superar a morte de um animal de estimação

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
44 comentários
A sua avaliação:
Adriana
Minha gatinha está muito mal . Meu coração tá partido😭😭
A sua avaliação:
Natalia feller
Boa Noite Eu perdi minha princesa EYCA e muito dificil lhe dar com a perda ,muita saudades , Ela era minha companheira de Todes as horas Eu so Chorleiter 😭😭😭
A sua avaliação:
NicolasOtilio
Eu sei bem como é,eu perdi minha porquinha da índia ontem,eu gostava muito dela,a dor foi ainda maior quando tive que pega-la pra poder enterrar o corpinho, doeu de mais
A sua avaliação:
NIX
eu perdi minha gata April em dezembro depois da minha formatura,eu achei que tivesse superado mais sinto muita falta dela nos eramos muito proximas faziamos tudo juntas ja que a adotei assim que ela nasceu, eu a vi crescer,brincar,correr, ate mesmo cazar o seu primeiro inseto,seus dentes de leite cairem,eu fiz terapia mas nada alivia a dor que eu sinto e o tamanho do vazio que eu sinto em meus coraçao desde que ela se foi.
alice
cara eu também sofro ja faz mais ou menos 1 ano minha vida desabou sobre uma parede que ela segurava sinto muita falta da minha beagle lucy mas se alguém sabe um bom jeito de eu aceitar a morte dela como uma coisa boa pq ela iria sofrer se tivesse sobrevivido ao ataque cardiaco peritoanimal me ajuda a aceitar a morte dela mas não como uma coisa boa , valeu pela ajuda
A sua avaliação:
Adriana
Perdi meu Mozzi 29/05/2020 com apenas 4 anos. Tô inconsolável 😭 😭Como superar essa dor? 😭 Pra sempre meu Mozão. ❤🐶
Natalia feller
Ola Eu sei que esta passando Eu perdi minha princesa EYCA E MUITO DURO E INSUPORTAVEL 😭😭😭
Mirian
Estou passando por isso nesse momento.
Depois de 3 dias de internação com problema renal, meu Charlie partiu. Ele nos trouxe tantas alegrias por 9 anos. Estou com coração em frangalhos.
A sua avaliação:
Camila Lima
Perdi meu cachorro ontem 21/05.
Levei para castra e o perdi, ficou na mesa de cirurgia. Estamos em uma tristeza profunda, tenho duas crianças que sofrem. Tenho a sensação que essa dor nunca vai passar, todo canto que olho me recordo dele era nosso companheiro tão manhoso se foi dessa forma eu não consigo aceitar.... Doki nosso amor de 4 patas.
MARIA
Oi Camila, aconteceu a mesma coisa comigo agora dia 18/05, por isso estou aqui, ela estava um ano e meio comigo, levei para castrar pensando no bem dela, ela estava boazinha aqui em casa e feliz, eu me senti tão culpada por ter levado, a veterinária me convenceu a castrar e ela teve uma convulsão e ataque cardíaco durante a cirurgia e naum aguentou, estou com tanta saudade, parece que esse sofrimento nunca vai acabar, eu naum tive nenhuma orientação pela veterinária, sobre exames, ou riscos de que poderia ter e que havia a opção da anestesia inalatória nestes casos, eu naum consigo aceitar também da forma que foi e que poderia ter sido evitada, estou pensando seriamente em abrir um processo contra a clinica, mais enfim meus pêsames pelo nosso pet. bjs
Camila Lima
Maria... Aqui fizemos os exames antes.
Descobri que ele estava com uma alteração no fígado, talvez se a veterinária tivesse avaliado melhor o pior não teria acontecido, estou aguardando o resultado na nedropisia para decidir tbm oque farei, preciso de uma resposta pois ele estava bem, inclusive hoje completaria 1 aninho ..
A sua avaliação:
Gabriella
Ontem minha gatinha Nolla morreu, ela tinha apenas 1 mês e estava feliz e se acostumando conosco, já que peguei ela numa noite muito fria dia 08/05. Por descuido nosso, ela acabou indo na janela e caiu do quarto andar que moramos, corri pra pegar, ela ainda estava viva, mas no hospital quando a medica tentava a deixar estável, os batimentos e a respiração foram diminuindo e ela morreu, o procedimento de ressuscitação feito duas vezes não adiantou, a hora dela tinha chegado. Desde então não paro de chorar, e me culpar pelo meu descuido, como tinha ela a pouco tempo não consegui equipar o apartamento para a segurança dela. É a primeira vez que sinto a dor da perda assim, e sinto tanto a saudade dela, era muito especial e hoje eu só fico com as lembranças, espero um dia entender o proposito de tudo isso :(
A sua avaliação:
Pimentinha
Ele se foi hoje com um atropelamento ele foi o meu primeiro gato chorei tanto que não como a 3 dias ele era o meu melhor amigo
A sua avaliação:
Chirlei Aparecida Paiva
Perdi minha gata Isis dia 15/05/2020 o cachorro do meu vizinho atacou ela, fiz o que pude pra ela sobreviver mas não consegui estamos sofrendo demais fazia apenas 3 semana que ela estava com a gente ....
A sua avaliação:
Kianny
Perdi minha cachorrinha Preta ela só tinha 2 anos de idade....ela teve 5 filhotes e morreu pq teve um doença causada pelo parto ....Nos deixando 5 filhotes recém nascidos para cuidar....só descansou quando meu pai disse q ia cuidar dos filhotes dela. Não paro de chorar uma hora 😭😭😭😭😭😭
Luan
a minha também morreu, mais so depois de 2 meses após o parto, eu sofrir demais e sofro ate hj

Superar a morte de um animal de estimação
1 de 3
Superar a morte de um animal de estimação

Voltar ao topo da página