Partilhar

Como saber se o hamster está morrendo

 
Por Eduarda Piamore. 28 janeiro 2020
Como saber se o hamster está morrendo

Ver fichas de  Hamsters

Uma das coisas que você deve considerar antes de adotar um hamster é que sua expectativa de vida é muito menor do que a de outros animais de estimação, como cachorros, gatos, coelhos ou tartarugas. Esses pequenos roedores são muito sensíveis, adoecem com facilidade e muitas vezes sofrem bastante com as mudanças repentinas no ambiente.

Neste artigo do PeritoAnimal vamos explicar como saber se o hamster está morrendo e também quais as causas mais comuns. Sabemos que essas são questões difíceis pois ninguém gosta de pensar na possibilidade de perder um companheiro tão querido, mas essas informações são necessárias para saber como detectar desequilíbrios na saúde de seu roedor e saber como agir quando isso acontece.

Também lhe pode interessar: Porque os peixes de aquário morrem?

Quanto tempo vive um hamster

De maneira geral, a expectativa média de vida dos hamsters domésticos é de 2 a 3 anos. No entanto, para estimar com maior precisão quanto tempo vive um hamster é necessário considerar diferentes fatores internos e externos ao seu organismo, como por exemplo os seguintes:

  • O tipo de hamster que você decidiu adotar;
  • A alimentação e os cuidados que você fornece ao seu roedor;
  • O ambiente em que seu hamster vive e o enriquecimento de sua gaiola;
  • Sua atividade física e estimulação mental;
  • A higiene mantida em sua gaiola e na casa.

Como você pode ver, a longevidade do seu hamster depende não apenas dos fatores inerentes ao organismo, mas também das condições de vida que você fornece no ambiente e na rotina dele. Portanto, não se esqueça de cuidar bem dos seus roedores para desfrutar por mais tempo de sua companhia.

Como saber se o hamster está morrendo

Muitos tutores iniciantes se perguntam como saber se o hamster está morrem e como ele costa morrer. Como mencionamos, esses roedores são animais muito sensíveis e sua saúde pode ser facilmente afetada por microorganismos patogênicos, mudanças repentinas na rotina e no ambiente e adversidades climáticas, entre outros fatores. Portanto, existem várias causas que podem fazer um hamster morrer e, como cuidador, você deve sempre estar atentos para proporcionar condições que favorecem seu bem-estar.

Quando um hamster vive em um ambiente tranquilo, tem uma nutrição equilibrada, possui uma gaiola enriquecida para levar uma vida ativa e desfruta da companhia de seus donos, é mais provável que morra por causas naturais, ou seja, como consequência inevitável do processo de envelhecimento

No entanto, existem muitas doenças comuns nos hamsters que, se não receberem o tratamento adequado, podem causar uma morte precoce. Nesse sentido, uma dieta pobre também pode levar à morte de um hamster, pois as deficiências nutricionais enfraquecem o sistema imunológico do roedor, deixando-o mais exposto a todos os tipos de doenças. Da mesma forma, a falta de higiene da gaiola e do ambiente também favorece a proliferação de patógenos que colocam em risco a sobrevivência do roedor.

Também é importante mencionar que os hamsters são muito predispostos a desenvolver sintomas de estresse, pois precisam permanecer constantemente alertas ao seu ambiente para detectar qualquer possível ameaça à sua integridade e ter tempo de reagir rapidamente. É por isso que um ambiente negativo, com muito ruído ou excesso de estímulos, geralmente prejudica gravemente a saúde de um hamster.

Da mesma forma, a falta de um ambiente enriquecido, onde o roedor possa exercitar seu corpo e sua mente, tem um impacto negativo sobre sua saúde física e mental e pode levar à obesidade em hamsters e doenças associadas à ela, além de causar mudanças de comportamento e sintomas de depressão.

Por último (mas não menos importante), você deve ficar atento às mudanças climáticas repentinas, para evitar um quadro de hipotermia ou insolação nos hamsters, pois podem causar morte súbita. Portanto, recomendamos que você planeje bem a localização da gaiola do seu hamster em casa, evitando deixá-la exposta ao clima, às correntes de ar, à incidência direta da luz solar ou a outras adversidades climáticas.

5 sintomas de hamster morrendo

Alguns dos sintomas de hamster morrendo mais comuns são:

  1. Seu hamster não quer comer: a falta de apetite é um dos sintomas mais frequentes de doenças em hamsters. Um hamster moribundo não demonstrará interesse em consumir alimentos ou água potável e provavelmente terá uma rápida e acentuada perda de peso, além de sinais de desidratação.
  2. Não se movimenta e parece apático: a inatividade e apatia podem ser sintomas de doenças e estresse em hamsters. Mas, diferentemente de um roedor estressado, um hamster moribundo geralmente não consegue se mover ou tem muita dificuldade em reagir aos estímulos do ambiente.
  3. Dor: os hamsters doentes geralmente mostram sinais de dor e desconforto, como hipersensibilidade e recusa em serem manipulados ou tocados, inclusive por seus donos.
  4. Alterações de comportamento: o estado de dor e vulnerabilidade pode causar alterações comportamentais em hamsters, que podem se mostrar mais medrosos, agressivos ou nervosos do que o habitual.
  5. Seu hamster tem os sinais vitais alterados: quando um hamster vai morrer, seus sinais vitais são alterados. Sua respiração fica instável, seu batimento cardíaco parece mais lento e sua temperatura corporal fica mais baixa. O tempo de preenchimento capilar também aumenta em um hamster moribundo e as membranas mucosas geralmente levam mais de 2 segundos para recuperar sua cor normal. Em casos de intoxicação ou graves problemas de oxigenação, as membranas mucosas também podem ter uma cor anormal, sendo brancas ou azuladas.

Meu hamster está morrer, o que devo fazer?

Se você identificar sintomas anormais no comportamento ou aparência do seu hamster, a primeira coisa a fazer é levá-lo ao veterinário. Caso você já tenha repassado as informações sobre como saber se o hamster está morrendo e elas são correspondentes ao seu pet, o ideal é que você se prepare para acompanhar seu roedor na hora da morte e dar a ele alguma tranquilidade e segurança. Certamente, ver o seu hamster morrer afetará muito você, mas não se esqueça de que você precisa manter a calma para se despedir do seu companheiro e lhe dar amor nos últimos momentos de sua vida.

Não faça movimentos bruscos, não cause barulhos altos e evite manipular seu hamster. Simplesmente fique com ele e aja da maneira mais tranquila possível. Se você não se sentir preparado para enfrentar essa transição, não tenha vergonha de pedir ajuda a um membro da família ou amigo.

Como ajudar um hamster a morrer?

Ao perceber que seu hamster sofrem muito em seus últimos dias de vida, alguns tutores se perguntam se é possível ajudar um hamster a morrer de forma menos dolorosa. Nesse caso, estaríamos falando de uma eutanásia assistida, que só pode ser praticada de forma profissional e segura por um profissional devidamente treinado, ou seja, um veterinário.

Métodos caseiros jamais devem ser utilizados para ajudar seu hamster a morrer, pois não são seguros e seus efeitos podem ser muito adversos. Portanto, se você deseja aliviar a dor do seu parceiro, não hesite em consultar um veterinário especializado que possa orientá-lo a proporcionar o melhor conforto possível ao seu hamster durante os últimos dias de sua vida.

Como saber se meu hamster morreu

Quando seu hamster estiver morrendo, você perceberá que a respiração dele ficará mais agitada e entrecortada, e seu pulso começará a diminuir progressivamente até parar. Também é possível que seu roedor sinta tremores e sua mandíbula fique mais rígida que o normal.

Para saber se um hamster está morto, você precisará confirmar a ausência de sinais vitais e prestar atenção aos seguintes sinais:

  • Seu hamster não respira e não se move;
  • Relaxamento dos esfíncteres;
  • Ausência de pulso;
  • Tempo de preenchimento capilar nulo (as mucosas já não recuperam sua cor normal devido à ausência de oxigenação e fluxo sanguíneo).

Depois de confirmar a morte do seu hamster, você precisará ser consciente na hora de se despedir do corpo dele. Você nunca deve depositar o corpo no lixo, pois é muito perigoso, contaminante e pode causar o aparecimento de patógenos. Existem clínicas e hospitais veterinários que se oferecem para cuidar do corpo e até algumas que contam com um serviço de incineração. Você também pode considerar enterrar o corpo do seu hamster em um local que considere apropriado.

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Como saber se o hamster está morrendo, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Outros problemas de saúde.

Vídeos relacionados com Como saber se o hamster está morrendo

1 de 3
Vídeos relacionados com Como saber se o hamster está morrendo

Escrever comentário sobre Como saber se o hamster está morrendo

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Como saber se o hamster está morrendo
Como saber se o hamster está morrendo

Voltar ao topo da página