Problemas de comportamento

Por que meu cachorro lambe meu rosto?

 
Eduarda Piamore
Por Eduarda Piamore, Técnica em psicologia, educação e adestramento canino e felino. 9 fevereiro 2023
Por que meu cachorro lambe meu rosto?
Cachorros

Ver fichas de  Cachorros

Você já se perguntou por que os cachorros lambem o rosto dos donos ou tutores, como preferimos falar aqui no PeritoAnimal? Os cachorros usam principalmente a linguagem corporal para se comunicar com outros indivíduos e expressar suas emoções, inclusive o afeto que sentem por seus familiares. O "detalhe" é que algumas demonstrações de afeto caninas podem nos parecer estranhas ou inclusive pouco higiênicas, como as famosas "lambidas de amor".

Assim, muita gente se pergunta "por que meu cachorro lambe meu rosto?". Mesmo que este comportamento possa indicar um grande vínculo entre o cachorro e seu tutor, existem pessoas que não se sentem confortáveis com esta situação ou se preocupam com a possibilidade de entrar em contato com germes que podem causar doenças. Se você deseja entender por que seu cachorro lambe seu rosto e o que é possível fazer para evitar isso, continue lendo este artigo do PeritoAnimal.

Também lhe pode interessar: Por que meu cachorro lambe minhas mãos?

Índice

  1. Seu cachorro te lambe porque te ama
  2. Para chamar sua atenção
  3. Para se acalmar
  4. Estresse
  5. Traumas ou fobias

Seu cachorro te lambe porque te ama

Como dissemos, na maioria dos casos, o principal motivo que explica por que os cachorros lambem o rosto dos donos, as mãos ou os pés é para expressar seu afeto. Este comportamento é inerente à sua natureza e se remonta à uma conduta dos lobos, em especial dos filhotes, que está diretamente relacionado com a caça.

Em uma ninhada de lobos, os indivíduos adultos saem para caçar para obter alimentos e, muitas vezes, necessitam percorrer longas distâncias para encontrar as presas. Uma caçada tão longa supõe um enorme desgaste físico para os lobos e repor as energias se torna uma prioridade, já que sem forças nem energia são poucas as probabilidades de que consigam voltar para sua toca.

Quando a caça tem êxito, os lobos consomem a maior quantidade possível de alimentos, algo que é viável pois seu estômago pode se dilatar assombrosamente para atuar como uma espécie de reservatório de alimentos. Este comportamento representa um papel fundamental na alimentação dos lobos filhotes, já que as repetidas lambidas fazem com que os lobos adultos vomitem ou - melhor dizendo- regurgitem o excesso de comida que haviam "engolido" durante a caça e que estava armazenada no seu estômago para suas crias.

Agora, trazendo este comportamento para a realidade dos cachorros, que passaram por um longo processo de domesticação, podemos interpretar o "costume" de lamber o rosto de seus tutores como uma demonstração de respeito, afeto e também submissão. Quando falamos de submissão, nos referimos ao seu cachorro te lamber para buscar aprovação e inclusive demonstrar sua gratidão, porque te reconhece como o líder do seu grupo social, é sua referência e também o provedor de alimentos, recursos e cuidados fundamentais para seu bem-estar. Você é sua pessoa favorita!

O cachorro lambe a gente por aprendizagem adquirida

Esta interpretação ganha ainda mais força quando levarmos em conta que um dos primeiros contatos que a mãe tem com suas crias se dá através das lambidas. Tanto a loba como a cadela mãe lambem seus filhotes quase imediatamente após o parto para limpar e assegurar que estão vivos.

Durante toda a primeira infância dos filhotes, principalmente quando alcançam a idade do desmame, as lambidas das mães são fundamentais para transmitir-lhes tranquilidade e segurança, para ajudar os filhotes a urinar ou defecar, etc. Além disso, consideramos que para qualquer filhote o ato de lamber é fundamental para se alimentar e também para começar a descobrir o mundo que o rodeia.

Quando não se repete de forma exagerada ou obsessiva, este é um comportamento totalmente natural que os cachorros realizam com as pessoas que os fazem sentir felizes e seguros, em especial com seus tutores e familiares. Por esta razão, não se recomenda repreender muito menos castigar o cachorro para tentar inibí-lo porque, além de ir contra a natureza do cachorro, poderia chegar a prejudicar seriamente o vínculo com seu peludo.

Se você se preocupa com a possibilidade de contrair qualquer doença, a chave para uma boa prevenção não está em proibir que seu cachorro te lamba, mas sim oferecer todas as vacinas e as desparasitações necessárias para combater as doenças mais comuns nos cachorros e os parasitas internos e externos, bem como uma excelente higiene bucodental e uma alimentação compatível com suas necessidades nutricionais.

Isso porque se tanto seus cachorros como você estiverem saudáveis, os riscos que os microrganismos que vivem naturalmente em sua boca possam provocar uma doença são baixos. Mesmo assim, existem formas de reduzir a frequência deste comportamento que se baseiam em não reforçar e desviar a atenção do cachorro para outra atividade cada vez que ele tente te lamber (por exemplo, um jogo).

No artigo "Meu cachorro me lambe muito: Por que e o que fazer?", te explicamos melhor como conseguir fazer isso sem castigar ou repreender seu peludo.

Para chamar sua atenção

Outra razão que explica por que os cachorros lambem o rosto dos tutores é que a lambida é uma das coisas que os cachorros fazem frequentemente para chamar nossa atenção e, de fato, você vai perceber que dificilmente você pode ignorar seu cachorro enquanto te lambe, não é verdade? Se você se pergunta, por exemplo, "por que meu cachorro me acorda lambendo meu rosto?", a resposta mais provável é porque ele precisa de algo de você. A questão é que somente você poderá identificar por que seu cachorro precisa da sua atenção e o que ele está pedindo mediante suas insistentes lambidas.

Quase sempre o cachorro tratará de obter o "básico" para seu bem-estar físico e psicológico, ou seja, comida e água, passeios, jogos, carinho e companhia. No entanto, é possível que seu peludo esteja se sentindo mal e deseja chamar sua atenção para te pedir ajuda. Nestes casos, provavelmente identificará sinais de dor e outros sinais que um cachorro está doente, bem como alterações no seu comportamento (por exemplo, seu cachorro pode se mostrar mais nervoso que o habitual ou, ao contrário, ter certa letargia). Aqui a solução é levá-lo rapidamente ao veterinário para avaliar seu estado de saúde e a necessidade de iniciar um tratamento específico.

Por que meu cachorro lambe meu rosto? - Para chamar sua atenção

Para se acalmar

As lambidas são um dos principais sinais para se acalmar que os cachorros usam em uma infinidade de situações que produz neles incômodo, medo, ansiedade, estresse, etc. Os cachorros as utilizam para se comunicar entre si, mas também com outros animais e com as pessoas, e geralmente o fazem com o propósito de apaziguar uma situação que eles entendem como desfavorável ou potencialmente perigosa (por exemplo, uma disputa ou briga com outro cachorro ou com seu tutor).

Um cachorro pode combinar dois ou mais sinais calmantes para expressar o que deseja ao seu interlocutor e a mensagem, em geral, é "não quero me meter em problemas" ou "isto me faz sentir incômodo/nervoso, por favor, não faça mais". Como, lamentavelmente, muito tutores não possuem conhecimentos básicos sobre a linguagem corporal dos cachorros e seus códigos de comunicação, terminam realizando gestos ou ações que são estressantes para seus cachorros, o que inclusive supõe uma espécie de "desafio" no idioma canino.

Por exemplo:

  • Se insiste em abraçar seu cachorro
  • Se o olhar fixamente nos olhos
  • Se o repreende de forma errada

Provavelmente verá como usará uma variedade de sinais calmantes para te dizer que não teve a intenção de te aborrecer e que não gostaria de ter um conflito contigo. Nestes contextos, verá como seu cão pode lamber o nariz ou começará a lamber suas mãos ou o rosto, enquanto mantém a cabeça baixa e as orelhas para trás, e todos estes são, precisamente, sinais calmantes para tentar que você se tranquilize.

Por isso, se você se questiona por que os cachorros lambem o rosto dos tutores, em primeiro lugar, vale a pena estudar um pouco a linguagem corporal dos cachorros para melhorar a comunicação com seu peludo e saber identificar rapidamente os sinais calmantes. Também é importante revisar seu comportamento e as técnicas que utiliza para educar seu peludo, evitando o emprego inadequado das repreensões e outros métodos inapropriados e pouco seguros, como os castigos físicos e confinamento, dando preferência para o reforço positivo para estimular sua aprendizagem.

Estresse

Os sinais de calma que vimos anteriormente também se intensificam quando um cachorro se encontra em um ambiente estressante ou experimenta uma série de situações estressantes. Mas além de uma falha na comunicação com seus tutores, existem muitas outras fontes de estresse que podem alterar o comportamento de um cachorro. Por exemplo, mudanças repentinas em seu ambiente e/ou rotina, uma mudança de casa, a exposição frequente a estímulos excessivos (ruídos muito fortes, por exemplo), um estilo de vida sedentário com baixa atividade física, um ambiente pouco enriquecido e inclusive problemas de saúde.

Neste caso, é importante que saiba reconhecer os principais sintomas de estresse em cachorros e, ao identificá-los no peludo, recomendamos que o primeiro passo seja consultar um veterinário para descartar qualquer causa patológica. Uma vez descartada qualquer doença subjacente, deveria avaliar a frequência e a duração dos passeios e investir no enriquecimento ambiental para seu cachorro.

Além disso, se o seu cachorro está tendo dificuldade em se adaptar na sua nova casa e mostra um comportamento muito ansioso ou nervoso, pode consultar um veterinário sobre as vantagens e desvantagens do uso de feromônios sintéticos (lembrando que não estão indicados para todos os cachorros, por isso a necessidade de avaliar seu uso com um profissional capacitado). Outra alternativa mais segura poderiam ser os remédios naturais para aliviar o estresse nos cachorros, embora sempre se recomenda consultar um veterinário sobre a segurança do seu uso.

Por que meu cachorro lambe meu rosto? - Estresse

Traumas ou fobias

Assim, chegamos à quinta causa que explica por que os cachorros lambem o rosto dos donos. Quando um cachorro passou por uma série de experiências negativas, principalmente as que envolven abandono e diferentes tipos de mal tratos, são muitas as probabilidades de que chegue a desenvolver um trauma ou inclusive uma fobia. Embora sejam transtornos diferentes que se manifestam através de diferentes sinais, em ambos os casos vemos uma forte tendência a realização de estereotipias, ou seja, à repetição incessante ou obsessiva de certos comportamentos inerentes ao comportamento dos cachorros, como o ato de se lamber ou lamber seus tutores.

Se você adotou recentemente um cachorro e percebe esse padrão de comportamento obsessivo, é provável que seu novo companheiro tenha sido vítima de violência física e/ou emocional. No entanto, existem outras possíveis causas como uma socialização deficiente (ou nula), o estresse crônico, o sedentarismo combinado com uma baixa estimulação mental, e um confinamento prolongado.

Nestes casos, a melhor forma de começar a ajudar seu peludo é recorrer a um veterinário especialista em etologia canina ou um adestrador canino com experiência neste tipo de caso. Grande parte dos cachorros com fobias ou traumas deverão passar por várias sessões de modificação de comportamento e até poderão precisar ser "reeducados" e "ressocializados" para superar a insegurança, recuperar sua confiança e aprender a se expressar através de condutas saudáveis.

Este é um processo longo em que seu cachorro precisará mais do que nunca contar com sua paciência e afeto. Não desista dele! Porque com certeza ele não desistiria de você!

Agora que você já sabe por que o cachorro lambe a gente e, especialmente, por que os cachorros lambem o rosto dos tutores, não perca o vídeo a seguir no qual também falamos sobre isso:

Se deseja ler mais artigos parecidos a Por que meu cachorro lambe meu rosto?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas de comportamento.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 de 3
Por que meu cachorro lambe meu rosto?