Partilhar

Ensinar o seu cachorro a não morder - Dicas e recomendações

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. 4 maio 2016
Ensinar o seu cachorro a não morder - Dicas e recomendações

Ver fichas de  Cachorros

Os filhotes de cachorros são animais ternos, dóceis e curiosos. Esta é uma fase muito importante da sua vida na qual devem aprender como se devem comportar dentro do núcleo familiar. Quanto mais cedo investigar os padrões que melhoram a sua convivência mas cedo vamos compreender o comportamento deste animal tão bonito e nobre.

Entre as coisas que deve aprender é importante ensinar o seu cachorro a não morder ou melhor, ensinar o seu cachorro como deve morder.

Neste artigo do PeritoAnimal vamos nos centrar nos problemas dos dentes do seu cachorro e vamos explicar porquê e como deve tratar esta situação.

Também lhe pode interessar: Brinquedos não recomendados para cachorros

Por que o nosso cachorro morde

Tal como o ser humano, o filhote nasce com dentes de leite que depois substitui por outros definitivos. Este processo costuma durar entre os 3 e os 9 meses de vida do animal e é durante este processo que o cachorro tem a necessidade de morder. Tratam-se de incômodos leves mas que por vezes lhes podem causar verdadeiras dores, dependerá de cada caso.

Além disso, o filhote de cachorro também pode morder por outros motivos associados ao seu comportamento natural e próprio da sua espécie. Por vezes, pode ser que a brincar nos morda um pouco as mãos, mas fique tranquilo que isso é normal, os cachorros fazem isto quando são filhotes.

Ensinar o seu cachorro a não morder - Dicas e recomendações - Por que o nosso cachorro morde

O processo de socialização como ferramenta principal

O cachorro deve começar o processo de socialização uma vez que receber as suas vacinas, pois é com o contato com outros cães de mais idade que aprenderá como se deve comportar em uma sociedade com outros cachorros e pessoas. A socialização é lenta mas trata-se, sem dúvida, de um processo muito importante na etapa de filhote uma vez que o seu futuro cachorro adulto vai se comportar de uma forma ou outra dependendo do que aprender agora.

Não tenha medo de relacionar o seu filhote de cachorro com outros de tamanho maior, o importante é que saiba de antemão que se trata de um cachorro simpático, amigável e que de certeza não o vai atacar. Continuar com um bom processo de socialização ajuda a que o nosso cachorro aprenda de outros cachorros sobre o comportamento animal, pois afinal quem pode ensinar melhor que eles?

Ensinar o seu cachorro a não morder - Dicas e recomendações - O processo de socialização como ferramenta principal

Ensinar o seu cachorro a morder adequadamente

Durante o processo de socialização e a falta de uma mãe natural devemos ser uma referência para o comportamento do nosso cachorro. Por este motivo, recomendamos que em casa tenha uma atitude relaxada e calma, que não brinque de forma brusca e utilize sempre o reforço positivo. Desta forma conseguiremos um cachorro saudável e feliz.

Para que o seu cachorro deixe de morder mãos, sapatos e outros elementos que encontrar em casa é fundamental ter vários brinquedos e mordedores para ele. Poderá encontrar à venda uma grande variedade de produtos com qualidades específicas.

  • É fundamental que o filhote relacione morder estes objetos de forma positiva e, para isso deverá felicitá-lo com entusiasmo cada vez que o encontrar mordendo algum dos seus brinquedos.
  • Se, pelo contrário, encontrarmos o nosso cachorro mordendo um móvel, nunca lhe deve dar bronca, pelo contrário: deve dizer "Não" embora a melhor opção seja, sem dúvida, aproximar dele um dos seus brinquedos para perceber que morder isso é o correto. Uma vez que voltar a morder os seus brinquedos deve premiá-lo.

Isto não se trata de um processo curto, dependendo da inteligência do filhote de cachorro, as repetições e a positividade na hora de o levar a cabo, o nosso cachorro relacionará mais cedo ou mais tarde o que é que tem ou não de morder. O mais importante é termos paciência e muito carinho para oferecer ao nosso novo pet.

Ensinar o seu cachorro a não morder - Dicas e recomendações - Ensinar o seu cachorro a morder adequadamente

Se deseja ler mais artigos parecidos a Ensinar o seu cachorro a não morder - Dicas e recomendações, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Educação básica.

Escrever comentário sobre Ensinar o seu cachorro a não morder - Dicas e recomendações

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Ana Carolina
Tenho um filhote de Pit bull de 3 meses, chegou pra mim com 49 dias. Desde que chegou, ela morde e pula em todos aqui. e desde sempre damos os comandos e ela não obedece.Hoje com 3 meses e mais de 8 kg ela ainda faz o mesmo tipo de brincadeira, porem com muito mais força, rasgou calças e vestidos no meu corpo. A postura não é de ataque, mas ela é forte demais para brincar assim. Nunca batemos ou castigamos ela, somente comandos básicos, porem, não funcionam. Estamos com medo dela ficar agressiva quando mais velha e nos atacar. O que posso fazer ? Me ajuda por favor, não quero me desfazer da minha bichinha. Desde já, obrigada.
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Ana Carolina! Leia este nosso artigo com dicas para adestrar um pitbull: https://www.peritoanimal.com.br/dicas-para-adestrar-um-pitbull-20500.html. Uma vez que o pitbull é uma raça com um porte muito forte, se você vir que não está conseguindo sozinha adestrar o seu cachorro, deve consultar um adestrador profissional que a possa ajudar. As aulas de adestramento são sempre um excelente investimento! Procure um profissional certificado e que utilize métodos de adestramento positivos.

Ensinar o seu cachorro a não morder - Dicas e recomendações
1 de 4
Ensinar o seu cachorro a não morder - Dicas e recomendações

Voltar ao topo da página