menu
Partilhar

Cachorro muito cansado, o que fazer?

 
Por Carla Moreira, Médica veterinária. Atualizado: 1 agosto 2023
Cachorro muito cansado, o que fazer?

Ver fichas de  Cachorros

Cachorros são criaturas alegres e ativas por natureza. Adoram uma caminhada e uma corridinha pelo parque, bastando alguns minutos para recarregarem a energia. No entanto, com o passar do tempo, os cães idosos perdem o vigor e já não querem mais brincar o tempo todo. Mas como saber se o problema é apenas a senilidade ou se há algo errado com o amigo peludo?

Problemas cardíacos e respiratórios podem reduzir a tolerância dos cães ao exercício, que podem ficar relutantes até mesmo aos passeios na rua. Além disso, distúrbios endócrinos, como o hipotiroidismo, também podem reduzir o ânimo dos cachorros. Cães braquicefálicos podem apresentar cansaço logo no início das brincadeiras, devido à dificuldade respiratória resultante de seu focinho curto. Além desses problemas, outras causas podem reduzir o ânimo do peludo, preocupando os tutores. Se você se interessou pelo assunto e quer saber mais, não deixe de ler este artigo do PeritoAnimal, onde falaremos sobre o cachorro muito cansado, o que fazer? Boa leitura!

Também lhe pode interessar: Cachorro espirrando muito, o que pode ser?

É normal o cachorro ficar muito cansado e ofegante?

Ficar ofegante em dias quentes, principalmente depois de fazer exercícios físicos, é muito comum e normal nos cachorros. Na verdade, o que eles estão fazendo é a termorregulação, um processo fisiológico que consiste na regulação da temperatura corporal. Durante um exercício, a taxa metabólica se eleva, pois a necessidade energética para atender o corpo é maior. Então, parte das transformações bioquímicas dos nutrientes geram o trabalho da musculatura e parte gera calor, elevando a temperatura corporal final.

A termorregulação é fundamental para que ocorra a manutenção dos processos biológicos nos indivíduos e é relativamente constante, ocorrendo em cães mesmo com as instabilidades e variações da temperatura do ambiente. Cães praticamente não transpiram como os seres humanos, pois não possuem grandes quantidades de glândulas sudoríparas pelo corpo, tendo a presença das estruturas em menor quantidade e apenas na região dos coxins. A troca de calor com o meio ambiente é realizada, quase em sua totalidade, pela respiração, por isso o cão fica ofegante quando sente calor.

E se o cachorro ficar ofegante e cansado sem fazer exercícios? Isso é um sinal que pode indicar uma doença grave e que deve ser avaliada por um médico veterinário.

Meu cachorro está muito cansado e triste. O que pode ser?

Quando o cachorro fica muito quieto, parecendo triste, é sinal de que algo está errado no seu corpo. A intolerância ao exercício pode ser um indicativo de doença no coração, em conjunto com a falta de ar, tosse, mucosas arroxeadas, depressão, perda de peso e inapetência, o que deve ser avaliado o mais breve possível pelo médico veterinário.

Outra doença que causa cansaço é o hipotiroidismo, onde ocorre prejuízo na produção e na secreção dos hormônios tireoidianos, resultando em diminuição da taxa metabólica do animal. Sintomas como letargia, depressão mental, ganho de peso, falta de disposição para o exercício e intolerância ao frio também resultam da taxa metabólica reduzida. Fraqueza ou letargia ocorre em 20% dos cães, obesidade ocorre em 41% e modificações dermatológicas em 60% dos cães com a doença[1].

A senilidade também faz com o cachorro fique cansado e mais tempo quieto e sem vontade de brincar. Isso acontece porque seu corpo já não funciona mais com tanta eficiência, como na juventude, necessitando de mais tempo para se recuperar. O ideal é não forçar, deixá-lo descansar e não fazer exercícios pesados demais e no calor.

Doenças que causam anemia também podem causar cansaço e falta de ânimo nos peludos. Uma causa muito comum é a doença do carrapato, onde a bactéria responsável pela doença prejudica a produção de células sanguíneas pela medula óssea. Na anemia, as células sanguíneas vermelhas, chamadas de hemácias, que carregam o oxigênio, estão diminuídas, resultando em um transporte deficiente de oxigênio para os tecidos. Durante o exercício, ocorre uma maior demanda de nutrientes pelos músculos, o que não será suprido nos animais anêmicos.

Problemas respiratórios também são causadores de cansaço nos cachorros. Bronquite, asma, pneumonia e a traqueobronquite infecciosa canina são as causas mais comuns de problemas do sistema respiratório no cão, causando fadiga e desânimo. Alguns casos podem ser tão graves que o animal pode ficar até mesmo com as mucosas arroxeadas (cianótico) caso seja forçado a se exercitar.

Cães com focinhos curtos (braquicefálicos), como shi tzu, pug e bulldog, podem sofrer de síndrome braquicefálica, que são alterações no focinho que resultam em dificuldade para respirar. Esses cães estão mais predispostos a problemas como a hipertermia, que é o aquecimento exagerado do corpo, com aumento da temperatura corpórea, devido à troca de calor ineficiente por meio da respiração. Além do cansaço, esses animais apresentam respiração ruidosa, desmaios, roncos e cianose quando se exercitam. Quanto mais cedo o problema for diagnosticado, mais rápido será tratado, proporcionando mais qualidade de vida para o animal.

Neste outro artigo explicamos o que fazer se o cachorro estiver fazendo barulho de porco.

Cachorro muito cansado, o que fazer? - Meu cachorro está muito cansado e triste. O que pode ser?

Cachorro muito cansado, o que fazer?

Se o cachorro estiver muito cansado sem causa aparente, em primeiro lugar, o animal deve ser colocado em um local fresco e ventilado. Caso ele não se recupere em pouco tempo, deve ser levado imediatamente ao médico veterinário para avaliação. Algumas doenças podem necessitar de um suporte de oxigênio emergencial. Cães braquicefálicos não devem se exercitar de forma intensa e nem no sol, pois não conseguem trocar calor com o ambiente de forma eficiente, podendo gerar uma hipertermia corporal.

Deve ser oferecida água fresca para o cachorro cansado, pois isso o ajudará a se hidratar e reorganizar sua termorregulação. Um banho morno, quase frio também pode auxiliar o cãozinho a se refrescar, mas somente se o caso não for grave, o que demandará ajuda veterinária.

Agora que você viu as principais causas e o que fazer com um cachorro muito cansado, fique com o vídeo a seguir no qual explicamos as causas para termos um cachorro ofegando de maneira excessiva:

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cachorro muito cansado, o que fazer?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Outros problemas de saúde.

Referências
  1. Montanha, F. P., Lopes, A.P.S. Hipotiroidismo canino – Revisão. Revista Científica Eletrônica de Medicina Veterinária, 2011. Disponível em http://faef.revista.inf.br/imagens_arquivos/arquivos_destaque/1ozIVPK2Cm5WlLx_2013-6-27-15-34-43.pdf. Acesso em 28/02/2023.
Bibliografia
  • Rocha, N.C., Moraes, I.A. Termorregulação nos animais. Universidade Federal Fluminense, 2017. Disponível em http://fisiovet.uff.br/?s=Termorregula%C3%A7%C3%A3o+nos+Animais. Acesso em 28/02/2023.
  • Termorregulação animal: como os cães e gatos regulam a temperatura corporal. PortalVet. Disponível em https://portalvet.royalcanin.com.br/saude-e-nutricao/outros-assuntos/termorregulacao-animal-em-caes-e-gatos/. Acesso em 28/02/2023.
  • Abreu, C.B. et al. Cardiomiopatia dilatada em cães: revisão de literatura. Rev. Bras. Ci. Vet., 2019. Disponível em file:///C:/Users/alvar/Downloads/28232-Texto%20do%20Artigo-123145-1-10-20190920.pdf. Acesso em 28/02/2023.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Cachorro muito cansado, o que fazer?
1 de 2
Cachorro muito cansado, o que fazer?

Voltar ao topo da página