Partilhar

Remédio caseiro para acalmar gato

Remédio caseiro para acalmar gato

Ver fichas de  Gatos

Para quem tem um bichano, prestar atenção ao humor do pet não é bem uma novidade. No entanto, nos momentos de estresse, sejam eles por coisas pequenas como a visita de uma pessoa nova, ou mais traumáticas como uma viagem longa, saiba que existem diversos calmantes naturais para o seu gato que podem te auxiliar.

Nesse artigo do Perito Animal, vamos te explicar como fazer um remédio caseiro para acalmar o gato e te ajudar a entender como e quando você poderá utilizar esses calmantes a base de plantas. Continue lendo!

Também lhe pode interessar: Remédio caseiro para caspa de gato

Acalmar gato agitado

Antes de qualquer coisa, temos que entender que a origem do estresse é tão importante quanto qualquer medicamento que você ache necessário. Muitas vezes uma mudança de comportamento sua ou até mesmo na disposição dos móveis é suficiente.

Lembre-se de que na natureza, os gatos eram predadores de pequeno porte. Logo, eles não apenas tinham que se preocupar com a caça, como seus primos maiores os leões e tigres, como também tinham que se preocupar em não serem caçados. O estresse é uma reação do corpo que o deixa pronto para uma situação de perigo, ou seja, ele é uma resposta importante. O problema é quando o perigo é falso e toda essa energia não é gasta. O corpo irá redirecioná-la para outras coisas e poderá acabar fazendo mal para o seu pet.

É por isso que antes de tentar dar um tranquilizante para acalmar gato agitado, é mais fácil fazer com que ele se sinta seguro. Ofereça esconderijos pela casa, não obrigue o bichinho a se expor a pessoas que ele ainda não esteja acostumado e, principalmente, não brigue com ele. Uma resposta violenta pode deixar o bichano ainda mais acoado e piorar o quadro.

Mas é medo isolado ou estresse?

A agressividade vinda de qualquer pet não é uma resposta normal, da mesma forma que não seria normal se viesse de uma pessoa. No entanto, o tempo desse tipo de comportamento é chave para entender o que se passa na cabeça do seu gato.

Se você recebeu uma visita e o seu gato ficou arisco, agressivo e/ou se escondeu, o melhor que você tem a fazer é esperar o tempo dele. Ele só está receoso, não dê força a esse sentimento.

Contudo, se o comportamento estranho continuar mesmo depois da pessoa ter ido embora, isso pode ser um indicador de estresse. Medo contínuo, esse instinto de autoproteção, é o principal sintoma. A reação ao seu visitante pode ter sido apenas a ponta do iceberg. Será que você mudou o cheiro de algum produto de limpeza? Será que existem gatos novos na região? Você adotou outro pet? Essa visita teve alguma experiência traumática com o seu bichano anteriormente?

Ainda vale a pena tentar retirar de cena o elemento que está causando esse estresse todo. Mude o produto de limpeza, permita que o seu gato tenha um espaço em que ele possa se afastar de outros pets, tente associar o visitante a coisas boas oferecendo petiscos próprios e muito carinho um pouco antes da pessoa chegar (técnica de reforço positivo), deixando seu gato ainda mais tranquilo.

Calmante para gato estressado

Então você respeitou o tempo do seu gato, o afastou de coisas irritantes, mas o comportamento dele continua preocupante. Ele segue arisco, tem se lambido tanto que algumas áreas estão ficando carecas e passou a urinar fora da caixinha de areia. Nesse caso, você pode recorrer a calmantes naturais para gatos estressados para que assim ele esteja mais receptivo às mudanças. Associar esses remédios naturais com os objetos ou pessoas de quem ele tem medo pode ajudar a acabar com barreiras e afeiçoar o seu bichinho ao que antes o assustava.

Remédio caseiro para acalmar gato - Calmante para gato estressado

Gato estressado - tratamento caseiro

Confira algumas ervas e plantas que podem te ajudar a deixar seu gato mais calmo, um verdadeiro remédio caseiro:

Catnip ou Erva de Gato:

Provavelmente, a mais famosa dessa lista, a Erva de Gato funciona como uma droga psicoativa. Ela estimula as partes do cérebro responsáveis por regular emoções e causa tanto um efeito de euforia, quanto de calma, dependendo do organismo do seu pet. De qualquer forma, é um jeito excelente de retirar o foco do seu gato de algo estressante e permitir que ele se sinta mais relaxado. Você pode tanto expor o bichano diretamente às folhas moídas da planta, quanto colocá-las dentro de um brinquedo de pano. Mas atenção, o efeito não é de longa duração (e depois que ele passa, pode demorar algumas horas para funcionar novamente). E mais, estudos indicam que entre 20 e 30% dos gatos não apresentam qualquer reação à Erva de Gato.

Valeriana:

Considerada uma versão light da Erva de Gato, a Valeriana funciona da mesma forma, apenas com um efeito reduzido. Dentre as alternativas à Erva de Gato, é uma das poucas disponíveis no Brasil. Recomenda-se oferecer a Valeriana dentro de um brinquedo de pano ao seu gato.

Silver Vine:

Para quem quer investir um pouco mais, essa erva pode ser encontrada em sites no exterior. Ela não apenas afeta mais bichanos do que a Erva de Gato, como também tem um efeito maior e um pouco mais durador. A Silver Vine também é mais segura se for oferecida dentro de um brinquedo de pano ao seu bichano.

Camomila, Erva Cidreira e Flor de Bach:

Diversos relatos apontam para os benefícios dessas plantas para acalmar os gatos. No entanto, o mais seguro é administrá-las na forma de complementos alimentares ou extratos que você pode conseguir com o seu veterinário. Não é a versão mais natural que existe, mas ainda é um medicamento a base de plantas.

CUIDADO: jamais ofereça óleos essenciais ao seu gato sem qualquer prescrição. Eles podem causar sérios danos ao fígado do seu bichano.

Spray de Feromônios para Gatos:

A Erva de Gato funciona porque produz um composto chamado nepetalactona que se parece muito com feromônios felinos, hormônios liberados no ar para atrair possíveis parceiros. Dessa forma, uma opção mais artificial e direta é usar sprays de feromônios para estimular e distrair o seu pet.

Remédio caseiro para acalmar gato - Gato estressado - tratamento caseiro

Calmante para gatos - viajar

Como foi dito, nenhum dos remédios calmantes naturais apresenta efeitos de longa duração. O que fazer quando você precisar manter seu gato calmo por um longo período de tempo, como quando vocês vão viajar?

Lembre-se da chave para manter o nível de estresse baixo no seu gato: segurança.

Não adianta colocar o seu gato na caixa de transporte pela primeira vez no dia da viagem, jogar dentro um brinquedo com Erva de Gato e esperar que tudo vá dar certo!

Primeiro, acostume o seu bichano à caixa de transporte sempre oferecendo o brinquedo com as ervas calmantes ou os feromônios dentro dela. Transforme a caixa em um lugar seguro colocando-a em locais escondidos da casa. Nada de deixar no meio da sala! No dia da viagem, ofereça o calmante apenas no último instante possível antes de partir. Diminua os estímulos visuais deixando a caixa em local escondido ou a cobrindo com algum tecido.

Oferecer ao seu bichinho um lugar que ele ama, no qual ele possa se esconder e se sentir bem é o melhor que você pode fazer em uma situação crítica. Evite medicamentos tranquilizantes. Além dos efeitos colaterais, a desorientação que o medicamento causa pode ser um elemento a mais de estresse.

Com uma rotina de experiências positivas, seu gato estará preparado para enfrentar qualquer situação.

Remédio caseiro para acalmar gato - Calmante para gatos - viajar

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Remédio caseiro para acalmar gato, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Remédios caseiros.

Escrever comentário sobre Remédio caseiro para acalmar gato

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
4 comentários
A sua avaliação:
Beatriz Pereira
Boa tarde,

Como Floralista, recomendo sempre o uso de remédios florais para animais, que respondem de forma muito positiva e quase imediata. Há várias linhas de florais e muitas delas oferecem linhas específicas para animais.
IMPORTANTE 1: a dose deve ser de APENAS 02 (DUAS) GOTAS, quer na boca, quer na comida úmida, quer na comida seca, quer na água.
IMPORTANTE 2: preferencialmente, peça ao seu farmacêutico de confiança que avie o medicamento selecionado em glicerina, pois ainda que pequena, a dose de álcool pode causar vários problemas tanto físicos quanto comportamentais nos animais.
A sua avaliação:
Neuma
Essência de baunilha funciona mesmo
Valesca
Achei ótima a matéria, e vi o quanto preciso de ajuda/informações. Depois que nos mudamos, meu gato ficou um pouco arisco, ataca o outro gato sem parar e se lambe o tempo todo. E agora está caindo os pêlos em alguns lugares. E se lambe muito. Ele passa o dia deitado na laje, só desce pra comer. Não sabia que mudar de casa ia causar um transtorno tão grande pra ele. Muito triste. Não está mais como antes. Não sei oque fazer mais.
A sua avaliação:
Gabriella Tavares
Adorei a matéria, não sei se no caso das ervas isso pode se aplicar a gata do meu noivo, por favor me ajude, ela é ótima com humanos, mas terrível com outros animais, ela foi resgatada da rua, foi castrada e passa bem , na casa do meu noivo tem outro gato, um macho de 9 anos, um não aceita o outro, já tentamos socializa-lo da varias formas, mas a gata fica muito agressiva perto dele e ele em resposta tenta ataca-la, não temos condições $ de comprar o feliway difusor agora, mas precisamos fazer algo para ajuda-lo, pois se o gato está solto , a gata tem que ficar presa e vice e versa e isso não é vida, por favor me ajude!!
Margarete
Oi, Gabriella nao sou do perito animal, mas sei de uma dica.
Um amigo que é gateiro me ensinou a passar essência de baunilha nos gatinhos, diz ele que se cheiram e acham que são da msm família e se adaptam.
Vou ser sincera nunca usei, mas se vc quiser tentar, vai que dá certo né .
Bjs e espero ter ajudado
Beatriz Pereira
Olá Gabriella,

Há diversas linhas de remédios florais.
Cada país desenvolve localmente suas pesquisas sobre o assunto.
Algumas linhas oferecem fórmulas prontas tanto para humanos quanto para animais.
De acordo com a literatura específica, selecione a fórmula para o caso do seu bichinho.
Preferencialmente, peça ao seu farmacêutico de confiança que avie a fórmula selecionada em glicerina, para evitar o contato do seu animal com o álcool do brandy.
Pingue duas gotas do remédio floral selecionado em uma das possibilidades:
- direto na boca
- na comida úmida
- na comida seca
- na água -essa é a possibilidade que eu menos gosto e uso.
Eles responderam muito rapidamente, posso lhe garantir.

Remédio caseiro para acalmar gato
1 de 4
Remédio caseiro para acalmar gato

Voltar ao topo da página