Partilhar

Remédios caseiros para dermatite canina

 
Por Giselly Corrêa. 23 abril 2019
Remédios caseiros para dermatite canina

Ver fichas de  Cachorros

A dermatite é a inflamação da pele produzida, na maioria das vezes, por uma reação alérgica. Em geral, o tratamento veterinário se baseia no uso de um shampoo para dermatite em função do tipo e, em alguns casos, medicação. De forma complementar, podemos aplicar alguns remédios caseiros para dermatite em cachorro que nos ajudam a acelerar o processo de cura, e acima de tudo, aliviar a coceira que essa condição produz.

Neste artigo do PeritoAnimal compartilhamos um guia completo com remédios caseiros para canina, tanto para tratar a dermatite atópica caninacomo para aliviar os sintomas de outros tipos que mencionaremos a seguir. Naturalmente, é necessário consultar um especialista antes para confirmar que não há nenhum risco.

Cuidados antes de aplicar os remédios para dermatite canina

Antes de mencionar os remédios naturais para dermatite em cachorros, devemos ressaltar a importância de ir ao veterinário para confirmar que o animal sofre de dermatite, determinar de que tipo e estabelecer um tratamento. De forma complementar, os produtos que compartilhamos são remédios que aliviam consideravelmente os sintomas mais comuns da dermatite, como a coceira, a irritação e possíveis feridas.

Sintomas de dermatite canina

Para conhecer os tipos de dermatite canina e averiguar com qual tipo seu amigo peludo está sofrendo, confira nosso artigo. Assim, os principais sintomas da maioria das dermatites em cachorros são os seguintes:

  • Coceira e arranhar excessivo que pode inclusive fazer o animal se morder.
  • Feridas e crostas na pele devido à coceira.
  • Pele avermelhada e irritada.
  • Áreas sem pelo.
  • Inflamação da pele.
  • Nos casos mais graves, úlceras.

Cuidados essenciais no tratamento da dermatite em cachorros

Uma vez confirmado que o animal sofre de dermatite, recomendamos considerar as seguintes medidas:

  • Use luvas para aplicar qualquer produto, especialmente se houver feridas, pois elas podem se infeccionar.
  • Utilize gazes estéreis novas para cada aplicação.
  • Matenha uma higiene correta da casa e dos utensílios que vai utilizar.
  • Tente descobrir qual alérgeno está produzindo a reação alérgica para evitá-lo.

Dado que a dermatite atópica, seborréica e de contato são as mais comuns, os remédios são pensados principalmente para tratar esses tipos, no entanto, em cada um deles explicamos suas propriedades e usos, para que possam ser aplicados em outros casos.

Remédios caseiros para dermatite canina - Cuidados antes de aplicar os remédios para dermatite canina

Óleos naturais para a dermatite atópica canina

No tratamento caseiro para dermatite atópica, os óleos naturais ajudam a hidratar a pele danificada, seca ou delicada, reparando, tonificando e devolvendo a ela a suavidade e maciez que tinha antes. Por isso, a seguir compartilhamos os mais recomendados para a dermatite atópica em cachorros.

Óleo de amêndoas

Um dos óleos naturais mais eficazes para tratar a dermatite canina é o de amêndoas, graças às suas propriedades anti-inflamatórias e cicatrizantes. Por isso, é especialmente indicado para tratar todos os tipos de problemas cutâneos, como eczemas ou irritações produzidas pela dermatite atópica ou as feridas causadas por coceira excessiva. Para usar esse remédio, basta umedecer uma gaze estéril com o óleo e esfregar com suavidade na área afetada, evitando que o cachorro se lamba depois.

Óleo de borragem

Essa planta medicinal é dermoprotetora, por isso seu uso externo na versão em óleo ou preparando um cataplasma com as folhas ajuda a reduzir a coceira e a inflamação, e a aliviar os sintomas gerais da dermatite atópica em cachorros. Basta aplicar com uma gaze o óleo sobre as partes danificadas e deixar agir por 5-10 minutos.

O óleo pode ser encontrado em fitoterapeutas ou lojas especializadas em produtos naturais, mas se você não encontrar, há ainda a opção do cataplasma. Para prepará-lo, você terá apenas que cortar e ferver um punhado de folhas, deixar esfriar e aplicar a solução durante 5 minutos.

Óleo de limão

O limão é uma fruta que surpreende pela quantidade de benefícios que possui. Além de seu valor nutricional, caracterizado por uma grande quantidade de vitaminas, destaca-se por suas propriedades antioxidantes, depurativas, carminativas, digestivas e, as que realmente nos interessam, por ser antisséptico, antibacteriano, analgésico, cicatrizante e hidratante. O limão é um remédio caseiro para a dermatite atópica em cachorros quase perfeito. Mas por que "quase"? Porque seu intenso odor faz parte da lista de odores que os cachorros detestam. Por este motivo recomendamos alternar esse remédio com outros menos "incômodos".

São várias as formas de utilizar o limão como remédio para aliviar a dermatite, mas o óleo é uma das mais eficazes. Se não conseguir encontrar o óleo de limão, você pode prepará-lo em casa, fazendo uma infusão com a casca. É tão simples quanto retirar a casca, colocá-la em uma sacola plástica com vedação, cheia até a metade de azeite de oliva, fechar a sacola e aquecer em banho maria durante duas horas em fogo baixo. Passado esse tempo, deixe descansar e utilize o óleo para massagear as áreas afetadas.

Para potenciar seus efeitos dermoprotetores e cicatrizantes, podemos adicionar uma gota de óleo de árvore de chá ao óleo de limão. Nesse caso, é muito importante vigiar o animal para que não lamba a solução. Por outro lado, a infusão de limão também é aconselhada para lavar as partes danificadas da pele.

Óleo de alecrim

O alecrim, assim como o limão, tem tantas propriedades e benefícios, bem como formas de uso, que podemos empregá-lo para infinitas doenças. Se você cozinha para seu cachorro e prepara uma dieta caseira e natural, o alecrim é uma das espécies mais recomendadas para condimentar as receitas. Comece a usá-lo!

O alecrim é um excelente tônico natural para a pele, possui propriedades anti-inflamatórias, antisépticas e dermoprotetoras, por isso se popularizou como um dos remédios caseiros mais eficazes para tratar a dermatite em cachorros e em humanos. Em geral, o óleo de alecrim é utilizado para realizar massagens nas áreas danificadas a fim de aliviar a coceira e reduzir a inflamação, mas a verdade é que também podemos utilizar a infusão de alecrim para realizar lavagens e, inclusive, preparar outros remédios. Tanto para a dermatite seborreica canina como para a atópica, recomenda-se misturar o óleo de alecrim com outros óleos, como o de amêndoas, inclusive o de oliva, já que assim é possível regenerar e hidratar muito mais a pele.

Óleo de coco

Embora o óleo de coco tenha ganhado uma popularidade especial na área de costéticos, a verdade é que seus usos vão muito além disso, dado que podemos usá-lo para cozinha e elaborar remédios naturais contra diversas doenças. Entre elas, encontram-se os problemas cutâneos como a dermatite, a sarna, a micose, irritações, pele seca ou infecções. Dessa forma,podemos aplicar o óleo de coco diretamente sobre a pele danificada e deixar que aja, já que possui propiedades antissépticas, hidratantes, calmantes e antibacterianas.

Posso misturar os óleos naturais para tratar a dermatite canina?

Sim! Todos os óleos naturais podem ser misturado, desde que não sejam óleos essenciais, e sim naturais e vegetais, já que devemos ter em mente que os óleos naturais são muito mais hidratantes, calmantes e regeneradores, além de não serem prejudiciais se ingeridos pelos cachorros através das lambidas. Os óleos essenciais, se ingeridos, são tóxicos, e é por isso que incentivamos sempre o preparo dos óleos em casa.

Remédios caseiros para dermatite canina - Óleos naturais para a dermatite atópica canina

Como tratar dermatite canina com aveia: propriedades e usos

A aveia é um cereal altamente benéfico para a saúde geral dos cachorros e humanos, devido ao seu elevado valor nutricional[1] e potentes propriedades medicinais. Assim, é rica em vitaminas, sais minerais como o cálcio, o fósforo, o potássio e o magnésio, carboidratos e fibras, principalmente. Por tudo isso, inclui-la na dieta de seu cachorro trará grandes benefícios.

Focando nos remédios caseiros para dermatite para cachorros, a aveia é anti-inflamatória, emoliente, calmante e remineralizante, e por isso é indicada para aliviar a coceira e reduzir a inflamação. Para conseguir isso, recomenda-se optar pela farinha de aveia, que pode ser preparada em casa triturando finamente flocos de aveia. Quando conseguir, você pode preparar uma máscara natural mesclando duas colheradas de farinha com duas colheradas de chá de camomila e uma colher de chá de mel. Tanto a camomila como o mel são cicatrizantes e e calmantes, é por isso que se aconselha seu uso para esses casos. Depois, basta aplicar uma generosa camada sobre as áreas afetadas durante 15-20 minutos. A solução deve ser retirada cm um pano umedecido em água morna ou chá de camomila.

Banho de aveia para a dermatite atópica em cachorros

Outra forma muito eficaz de utilizar a aveia para aliviar a coceira e a irritação é preparando um banho com ela. Como? Muito simples. Basta adicionar um copo de farinha de aveia na banheira cheia até a metade com água morna e misturar bem. Uma vez que a aveia esteja dissolvida, introduza o cachorro com muito cuidado, acariciando-o o tempo todo para evitar que se estresse, acalmando-o e, se for necessário, premiando-o com suas guloseimas favoritas. Você precisa conseguir que o animal agente o máximo de tempo possível na banheira para que possa molhá-lo com a solução e aplicar suaves massagens sobre as partes afetadas.

Depois, enxágue-o bem e seque, evitando o secador.

Aloe vera para a dermatite em cachoross

O aloe vera é um dos remédios mais utilizados na medicina natural por seus incríveis resultados e baixo custo. Com foco nos remédios caseiros para dermatite canina, destacamos que sua aplicação tópica não é tóxica nem danosa para os cachorros, muito pelo contrário, é altamente benéfica para tratar problemas de dermatite em cachorros e outras reações alérgicas graças às suas propriedades hidratantes, tonificantes, cicatrizantes, desinfectantes, anti-inflamatórias e anti-fúngicas. É claro, é fundamental evitar que o animal o ingira, já que pode provocar transtornos digestivos.

A melhor forma de utilizar o aloe vera para a dermatite em cachorros é extraindo a polpa que fica no interior da folha e aplicá-la diretamente sobre a pele, fazendo uma massagem suave, duas vezes por semana.

Outros remédios caseiros para tratar a dermatite em cachorros

Embora os remédios naturais anteriores seja os mais eficazes e acessíveis, existem outras plantas medicinais com as quais podemos preparar soluções simples que aliviam os sintomas da dermatite canina, tão incômoda para eles.

Cinco-em-rama

Conhecida também como pata de galinha ou pé de Cristo, essa planta pode ser aplicada topicamente sobre as áreas afetadas pela dematite canina, irritadas ou com feridas devido à coceira em forma de óleo. É cicatrizante e anti-inflamatória, de maneira que se não encontrarmos seu óleo, podemos usar a raiz, basta ferver 30 gramas dela em um litro de água durante 10-15 minutos. Depois que o preparo está quente, é utilizado para realizar banhos.

Eupatória ou canabina

O uso mais difundido dessa planta é como purgante, para depurar e desintoxicar o organismo. No entanto, também é conhecida por suas propriedades cicatrizantes, antissépticas e antibióticas, sendo utilizada desde tempos imemoriais para o tratamento natural de problemas cutâneos, como infecções, herpes ou dermatite. Assim, para tratar a dermatite canina podemos elaborar uma infusão simples fervendo em um litro de água um punhado de folhas e lavando as áreas afetadas com a solução quando morna.

Este remédio caseiro para a dermatite em cachorros é indicado especialmente para os casos em que o quadro clínico piorou com a presença de bactérias oportunidades.

Mel

Este produto natural não é apenas útil para ser combinado com outros remédios aqui citados como também é um potente cicatrizante, hidratante e umectante por si só. Dessa forma, podemos aplicar uma camada de mel sobre a pele e deixar agir, evitando que o animal ingira.

Manteiga de karité

Um dos melhores remédios para a dermatite atópica e seborreica por suas propriedades nutritivas, hidratantes e regeneradoras. Deve-se aplicar uma camada generosa sobre a pele e deixá-la agir pelo tempo que o cachorro aguentar.

Leitura complementar: Alergia em cachorro - Sintomas e tratamento

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Remédios caseiros para dermatite canina, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Remédios caseiros.

Referências
  1. United States Department of Agriculture. National Nutrient Database for Standard Reference Legacy Release. Oat bran, raw.
Bibliografia
  • Cebrián, J. Diccionario de plantas medicinales. Editorial Integral. 2017.

Escrever comentário sobre Remédios caseiros para dermatite canina

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Remédios caseiros para dermatite canina
1 de 3
Remédios caseiros para dermatite canina

Voltar ao topo da página