Partilhar

Como brincar com gatos

 
Por Aline Nunes. Atualizado: 20 março 2019
Como brincar com gatos

Ver fichas de  Gatos

O jogo é uma atividade fundamental para o gato e disso depende uma constituição física saudável, bem como um estado emocional positivo. Se você observar o felino limpar-se excessivamente, comer compulsivamente ou dormir mais de 18 horas por dia, pode considerar que ele sofre um problema relacionado ao estresse, e poderá ajudar a canalizar uma rotina positiva de jogos e interação.

Além disso, é comum que os gatos domésticos tenham uma limitada conduta de caça, o que é inato em sua espécie, e que geralmente provoca frustração ou mudança de comportamento, o que é mostrado como um ataque direto nas mãos ou tornozelos do tutor.

Neste artigo do PeritoAnimal, te explicaremos como brincar com gatos para você saber tudo sobre brinquedos recomendados, o comportamento felino relacionado ao jogo e à caça e também dar ideias e dicas para melhorar a qualidade de vida do seu pet. Comece a anotar!

Também lhe pode interessar: O laser é bom para brincar com os gatos?

Brincar com gatos: por que é tão importante

O estilo de vida influencia significativamente no comportamento e bem-estar do felino. Ainda que os gatos possam dormir entre 12 e 18 horas por dia, é importante observar que o seu nível de atividade é bastante intenso quando estão acordados. Isso se vê reduzido em muitas ocasiões, quando se trata de gatos domésticos que moram em um lar sem acesso ao exterior.

Nestes casos, os felinos não podem realizar o comportamento de caça, o que na natureza levaria até seis horas de atividade física diária para cobrir as necessidades nutricionais do bichano. Isso se traduz em gatos entediados, gatos com excesso de peso, ou que apenas caçam pequenos insetos ou brinquedos.

Além disso, este problema é agravado quando o cuidador não pode interpretar corretamente a língua felina e considera que o gato está pedindo comida quando, na verdade, está buscando interação social e jogo. Ao brincar com gatos, a qualidade de vida melhora, o bem-estar e o relacionamento com o tutor, e evitam-se vários problemas já mencionados, como o excesso de peso e o estresse. Por esse motivo, é tão importante brincar com um gato.

Como brincar com gatos - Brincar com gatos: por que é tão importante

Como brincar com gatos

Os gatos são animais curiosos que precisam vivenciar novas experiências para se sentirem estimulados e é importante enfatizar que eles nem sempre usam brinquedos predeterminados como uma forma exclusiva de entretenimento. Um gato pode brincar com plantas, caixas, catnip e até mesmo com o surgimento de um novo objeto em casa que irá despertar curiosidade e desafiar os seus sentidos.

No entanto, quando se trata de brincar com gatos, é aconselhável utilizar brinquedos para evitar possíveis arranhões e mordidas, já que o jogo está bastante relacionado ao comportamento de caça. Então, que brinquedos escolher para brincar com um gato e motivá-lo de maneira positiva?

Brinquedos para gatos que simulam a caça

Os brinquedos para gatos de caça costumam ser os mais recomendados e pode-se destacar a varinha para gatos ou uma vara de brinquedo, que tenha penas ou bichos de pelúcia no final. Geralmente é o brinquedo mais apreciado pelos gatos, embora cada um tenha as suas próprias preferências. Encontramos, ainda dentro desta categoria, os camundongos de pelúcia ou os brinquedos interativos que se movem sozinhos, como o brinquedo borboleta para gatos, muitos deles também emitem ruído.

Brinquedos para gatos que estimulam a inteligência

Também podemos utilizar brinquedos para gatos de inteligência, como os circuitos com bolas para gato, o kong e outros brinquedos semelhantes que atuam como dispensadores de alimentos. Em geral, esses brinquedos combinam estimulação física e mental, porém, não incluem o cuidador como participante do jogo.

Se você busca uma opção mais econômica e ecológica, descubra também como fazer brinquedos para gatos e como fazer brinquedos para gatos com material reciclável nesses artigos do PeritoAnimal.

Como brincar com gatos - Como brincar com gatos

6 Jogos com gatos

Independente da idade, a conduta de jogo é fundamental e necessária para qualquer gato, por isso, é aconselhável dedicar um tempo de qualidade ao lado do seu felino para que promova a conduta natural do jogo, especialmente se combinado com comportamento de caça. Como tutor, você deve se esforçar para conhecer as preferências do gato e as atividades que promovam a natureza felina.

Aqui estão 6 brincadeiras para gatos:

Varinha para gatos

Geralmente, esse é o jogo mais atraente para um gato, já que o rápido movimento da vara capta a atenção dos felinos, que são muito mais sensíveis ao movimento. Se você não tem este brinquedo, pode usar qualquer um que tenha por perto, movendo-o de forma constante.

Brincar de esconde-esconde com o gato

Você pensa que os cachorros são os únicos que sabem como brincar de esconde-esconde com os seres humanos? Esconda-se atrás de uma porta e chame o seu gato para procurar por você. Após encontrá-lo, elogie-o efusivamente e recompense-o, ainda que seja com um pouco de comida. Você sempre pode usar as mesmas palavras para associá-las a essa atividade. Por exemplo, "Garfield, onde estou?"

Exercícios de propriocepção

Para esta atividade não precisa muito e, em troca, permite que o seu gato estimule o equilíbrio, o tato e o sentido da visão. Eles são especialmente populares em cachorros, mas também podem ser excelentes em gatos. Além disso, ajudam o gato a ganhar autoconfiança. Você só precisa colocar em uma sala texturas e objetos diferentes, como plástico bolha, um metro quadrado de grama falsificada ou uma escada no chão. Em seguida, você deve espalhar prêmios para o gato ou esfregá-los com catnip. O gato experimentará novas texturas e formas, enquanto descobre.

Exploração olfativa

Tente esconder em uma caixa, semifechada, diferentes ervas aromáticas, sempre prestando atenção para evitar plantas tóxicas para gatos. Alguns exemplos bons para utilizar incluem catnip, valeriana ou áloe vera. O seu bichano desfrutará um ótimo momento descobrindo coisas novas.

Túneis e prêmios escondidos

Em qualquer loja específica para animal de estimação (e até mesmo para crianças) pode oferecer túneis que o seu gato vai adorar. Esconda dentro do túnel um prêmio ou uma planta que possa atraí-lo para estimular a sua curiosidade. Se você não sabe o que usar, descubra: 10 cheiros que os gatos adoram.

Jogos para gatos online

Outro jogo interessante para o seu gato pode ser acessado no próximo vídeo, basta colocar um Ipad no chão e deixar seu felino "caçar" os peixes na tela:

Jogos com gato: porque meu gato n√£o brinca sozinho

Muitas pessoas confundem o enriquecimento ambiental para gatos com deixar todos os brinquedos disponíveis para o gato. Esse é um grande erro. Deve saber que os gatos mostram grande interesse em novos objetos, substâncias e cheiros, então, após uma única sessão de jogos e sem a estimulação que você pode fornecer, um objeto estático não lhes causa nenhuma curiosidade, então eles deixam de brincar sozinhos, mesmo quando se trata de brinquedos interativos ou aqueles que se movem sozinhos.

Pode ser muito interessante ter uma caixa com os brinquedos do gato e retirar apenas um ou dois por dia, para mostrar interesse neles. Se o objetivo é brincar com gatos, você precisa investir tempo para surpreendê-lo com brinquedos e socializar mas, se pelo contrário, o objetivo é se divertir na ausência do tutor, você pode esfregar os brinquedos para gatos com catnip, para que os seus sentidos sejam despertados.

Como brincar com gatos - Jogos com gato: porque meu gato n√£o brinca sozinho

Brincadeiras para gatos: filhotes, jovens e adultos

As brincadeiras para gatos devem ser adaptadas a cada etapa da vida do gato, por isso, mostraremos algumas curiosidades que você deve saber na hora de brincar com gatos:

Brincar com gatos filhote

Os gatinhos são especialmente brincalhões e fáceis de motivar e, a menos que tenham sofrido uma experiência muito traumática, em geral, eles apreciam enormemente o jogo com os seus humanos, ficando satisfeitos com praticamente qualquer novo brinquedo. É muito importante estimulá-los nesta etapa, ainda que nunca de forma excessiva, pois, isso favorecerá um comportamento mais positivo e um melhor bem-estar, além de predispor o animal a ser brincalhão em todas as etapas de sua vida.

Brincar com gatos adultos

Nem todos os gatos brincam na idade adulta. Se eles não aprenderam a caçar, ou até mesmo o comportamento de jogo em seu estágio de socialização, pode acontecer deles não saberem como jogar corretamente. Alguns nem sequer brincaram em toda a vida, pois foram separados rapidamente da mãe e dos irmãos, além do fato de que os humanos com quem conviviam não os motivavam. Portanto, se você adotou um gato adulto e não consegue fazê-lo brincar, pode estar diante desse caso.

Como brincar com gatos adultos que não me conhecem? Este é, sem dúvida, um caso muito complicado e leva tempo, dedicação e uso de todas as ferramentas possíveis. Combinando catnip, brinquedos e movimentos, podemos fazer o gato mostrar interesse pelo jogo. Em casos graves, como uma síndrome de privação sensorial, pode acontecer do gato nunca se predispor a brincar.

Brincar com gatos idosos

Você já se perguntou até que idade os gatos jogam? A maioria dos donos não sabe que muitos gatos brincam até a velhice, embora, obviamente não sejam tão ativos como um filhote de gato ou um felino adulto. Nestes casos, você deve adaptar o jogo considerando as limitações do próprio gato, sempre tentando motivá-lo a continuar exercitando e estimulando a sua mente.

Brincar com gatos: por quanto tempo?

Um estudo publicado pela Universities Federation for Animal Welfare com 165 gatos de abrigo [1] mostraram uma melhoria significativa do bem-estar e redução do estresse naqueles indivíduos que estavam em um ambiente enriquecido com um sistema baseado na manipulação de reforço positivo e onde priorizava-se a consistência, a oportunidade de relacionar e favorecer as condutas de jogos naturais do felino em 69 a 76% dos casos.

Então, quanto tempo devem ser as brincadeiras para gatos por dia? É importante notar que as necessidades variam de acordo com cada indivíduo e, embora seja verdade que o jogo pode melhorar os níveis de estresse e ansiedade no gato, um estudo do livro Animal Behaviour destaca os efeitos negativos do excesso de estimulação, o que aumentariam notavelmente as situações estressantes e que nem sempre seriam um indicador de bem-estar, como no caso dos gatos que foram privados de estimulação por muito tempo.

Portanto, o jogo deve ser sempre favorecido progressivamente e adaptado ao indivíduo e às suas necessidades específicas de jogo, diversão e redução do estresse. Contudo, em média, você pode definir o tempo de brincadeira diário em cerca de 30 minutos.

Como brincar com gatos - Brincar com gatos: por quanto tempo?

Como saber se o gato est√° brincando ou atacando

Especialmente quando você se deparar com um problema de agressividade no gato, pode ser difícil diferenciar as condutas próprias de brincadeiras para gatos e aquelas que são efetivamente parte de uma agressão contra você. Como explicamos anteriormente, a agressão pode ser uma consequência da falta de brincadeira, o que faz com que o animal redirecione o comportamento de caça para nós, embora também possa ser devido à energia acumulada que o felino não foi capaz de canalizar adequadamente.

No entanto, se o gato é agressivo além dos momentos de brincadeira, podemos suspeitar que esse comportamento se deve a outro motivo como a falta de socialização, um trauma ou uma experiência ruim, devido à própria genética do gato e até mesmo por um fator orgânico, isto é, por dores ou por apresentar algum problema hormonal, entre outros.

Diante de qualquer um desses problemas, o mais aconselhável é realizar um exame veterinário que descarte qualquer patologia e, nos casos que apresentam um comportamento sério, considere ir a um etologista ou educador felino.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Como brincar com gatos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Jogos e diversão.

Referências
  1. Gourkow, N. Fraser D. Disponível em: The effect of housing and handling practices on the welfare, behaviour and selection of domestic cats (Felis sylvestris catus) by adopters in an animal shelter - Animal Welfare, Volume 15, Number 4, November 2006, pp. 371-377(7)
  2. Suzanne, D.E. Held. Marek Spinka. Disponível em: Animal play and animal welfare - Animal Behaviour Volume 81, Issue 5, May 2011, Pages 891-899

Escrever coment√°rio sobre Como brincar com gatos

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o coment√°rio
O que lhe pareceu o artigo?

Como brincar com gatos
1 de 5
Como brincar com gatos

Voltar ao topo da p√°gina