Partilhar

Como saber se meu gato tem verme

 
Por Aline Kitamura Prata, Estudante de Medicina Veterinária. Atualizado: 18 abril 2019
Como saber se meu gato tem verme

Ver fichas de  Gatos

Por mais que mantenhamos nosso gato sempre dentro de casa, e não deixando-o ter acesso à rua, parasitas e vermes podem encontrar outras formas de infectarem os gatos. Gatos contraem vermes facilmente, e uma das principais formas de transmissão são as pulgas que transmitem vermes popularmente conhecidos como solitária ou lombriga, são da mesma família e gênero da Tênia (Taenia), e chamado de Dipylidium. Outras formas comuns de transmissão são o contato com fezes infectadas, ou por meio do leite, caso a mãe não tenha sido devidamente tratada antes ou durante a gestação, sendo os vermes mais comuns destas formas os Ancilóstomos e os Ascarídeos.

Devido a isto, mesmo que seu gato não tenha acesso à rua, é importante desparasitá-lo e vermifugá-lo periodicamente. O PeritoAnimal preparou este artigo para te ajudar em como saber se meu gato está com verme.

Também lhe pode interessar: Nomes para papagaios

Como identificar vermes em gatos

Alguns gatos, mesmo com vermes, nem sempre apresentam alguma doença. Porém, como estes parasitas se alimentam dos nutrientes que o animal ingere, o que obviamente não é algo muito saudável para o gato, sempre há alguns indícios de que algo não anda bem no organismo deste animal. Todavia, alguns sinais e sintomas podem demorar a aparecer, por isso é importante vermifugar o gato periodicamente, sempre com a orientação de um médico veterinário.

Caso você desconfie que seu gato esteja com verme, alguns indícios podem te ajudar a identificar o problema. Por isso o PeritoAnimal preparou uma listagem com sintomas e dicas que você poderá informar ao médico veterinário.

  1. Verifique as fezes do animal: Grande parte dos vermes de importância veterinária que infectam gatos domésticos parasitam o intestino, portanto, alteração nas fezes é um dos primeiros sintomas que você poderá encontrar. Caso a alimentação do seu gato não tenha sofrido alteração, porém as fezes passaram a ter coloração bem escura, atente-se para isso, e informe ao veterinário, pois pode ser que seja sangue, o que pode indicar que seja um verme que parasita o intestino delgado dos animais. Fezes pastosas e diarreia persistente podem ser indicativos de que o intestino do animal está altamente infestado por vermes, e deve-se ter cuidado redobrado com filhotes de gatos, já que estes desidratam relativamente mais rápido do que adultos.
  2. Examine as gengivas do gato: O gato deve sempre estar com as gengivas rosadas e coradas, gengivas brancas e despigmentadas geralmente são sintomas de anemia em um gato com verminose.
  3. Abdômen inchado: Um gato infestado de vermes tende a ficar com o abdômen bastante inchado, o que popularmente chamamos de "coxinha", pois o tórax fino e a barriga grande lembra a silhueta de uma coxinha. Isso é bastante comum em filhotes cuja mãe não foi vermifugada antes do parto, transmitindo os vermes aos filhotes.
  4. Gato magro: A perda de peso é um sintoma bastante comum de verminoses, já que os parasitas se alimentam das proteínas e nutrientes que o gato ingere, ou do sangue do animal. Como as lesões intestinais também dificultam a absorção do alimento, o gato começa a perder peso.
  5. Alterações na pelagem: Infecções parasitárias podem refletir por todo o organismo do animal, e também no pelo do gato, já que ocorre a má absorção intestinal de nutrientes, a pelagem do gato também pode vir a ficar fosca, quebradiça e seca, como nossos cabelos quando há deficiência de vitaminas. Uma pelagem bagunçada geralmente é devido ao gato não estar se lambendo, o que também é um sintoma de que ele não está bem. Ao examinar a pelagem, procure por pulgas, pois caso ele tenha é um forte indício de que pode estar com vermes, também.
  6. Vômitos: Apesar de não ser muito comum nas verminoses, pode ser um sintoma de problema de saúde e o gato necessitará de uma avaliação veterinária.
  7. Alterações no apetite: Como ocorre o desvio de nutrientes do animal para o parasita, a tendência é que o apetite do gato aumente, já que ele realmente sente mais fome, no caso da Tênia. Já outros parasitas podem fazer com que o apetite do gato diminua, mesmo com o desvio de nutrientes, o que pode piorar o quadro do animal, portanto é necessário ficar atento a este sintoma.
  8. Alterações no comportamento: Outro sintoma de verminoses pode ser a letargia, quando o gato apresenta-se mais sonolento e sem energia, o que deve ser relatado ao médico veterinário, já que o tutor é a pessoa mais capacitada para perceber alterações no comportamento dos seus animais de estimação.
  9. Investigue o ambiente do gato: Verifique a caminha em que o gato dorme e as caixas de areia, caso ele esteja com vermes possivelmente você encontrará ovos de parasita. Atente-se ao fato de que os ovos dos Ancilóstomos e Ascarídeos são invisíveis a olho nu, sendo possível de serem constatados apenas por meio de um exame de fezes junto a um microscópio. Porém, caso você observe pequenas larvas, semelhantes a um grão de arroz, é um forte indício de que o gato está infectado com Dipylidium, a Tênia.

Como tratar Tênia em gatos

A tênia, também conhecida como lombriga ou solitária, é um verme bastante comum que infecta gatos. Recebe o nome de Dipylidium e é transmitida por pulgas. Portanto, caso o animal apresente pulgas, muito provavelmente está infectado com este parasita, também. Devido a isto, além de um antipulgas, o gato também precisará ser tratado com vermífugos específicos.

Para que seu gato não seja contaminado com Dipylidium novamente, é importante deixá-lo sempre livre de pulgas. Siga estas dicas do PeritoAnimal sobre Como eliminar as pulgas dos gatos.

Verme branco saindo do gato

Este verme branco que sai do gato são na verdade segmentos da Tênia (Dipylidium) que está infectando o gato. Pode chegar a atingir até 20 centímetros de comprimento e alimenta-se de sangue, possui coloração esbranquiçada e seus segmentos, que são liberados nas fezes, se assemelham a larvas de coloração branca parecidas com um grão de arroz. Muitas vezes, é possível observar estes segmentos, que recebem o nome de proglotes, na região do ânus do animal e nas fezes frescas do gato. No ambiente, não são resistentes, então secam adquirindo aparência de grãozinhos de arroz ou gergelim.

É importante ficar atento, e apesar de ser raro, este verme pode infectar seres humanos, sendo considerado uma zoonose.

Vermífugo para tênia em gatos

Muitos dos vermífugos para gatos possuem amplo espectro, o que significa, que tratam os vermes mais comuns que infectam gatos, incluindo o Dipylidium, a tênia.
Porém, toda medicação incluindo vermífugos pode ser prescrita apenas por um médico veterinário, já que o tratamento pode variar dependendo do tamanho da infestação e sintomas que o animal apresentar.

Remédio para verme de gatos

O remédio para verme, também chamado de vermífugo, para o seu gato dependerá de qual verme está causando o problema. De forma que o tratamento que o médico veterinário irá lhe passar será baseado nos sintomas que o seu gato apresentar. Porém, existem também alguns remédios caseiros para verme de gato que podem ajudar no tratamento.

Para descobrir com qual verme seu gato está infectado, será necessário um exame de fezes, também conhecido como exame copro parasitológico, já que os ovos da maioria dos vermes só são visíveis com o auxílio de um microscópio.

Remédio caseiro para gato com verme

Se for constatado que o seu gato está com verme, alguns remédios caseiros podem funcionar, como sementes de abóbora, por suas propriedades laxantes, ou tomilho seco. Atente-se ao detalhe de que, caso o gato esteja com diarreia, não é uma boa ideia tratá-lo com sementes de abóbora, já que isto pode piorar o quadro de desidratação.

O ideal é sempre consultar um médico veterinário, já que o tratamento para vermes com remédios caseiros nunca é 100% garantido que irá funcionar.

Caso queira saber mais sobre a vermifugação em gatos, o PeritoAnimal preparou um guia completo em Vermífugo para Gatos - Guia Completo!

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Como saber se meu gato tem verme, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Desparasitação e vermífugos .

Escrever comentário sobre Como saber se meu gato tem verme

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Como saber se meu gato tem verme
Como saber se meu gato tem verme

Voltar ao topo da página