Partilhar

Com que frequência devo desparasitar o meu gato?

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 6 novembro 2018
Com que frequência devo desparasitar o meu gato?

Ver fichas de  Gatos

Dentro dos cuidados a ter com os nossos gatos encontra-se o calendário de vacinas e as desparasitações anuais. Muitas vezes lembramo-nos das primeiras mas os parasitas ficam esquecidos facilmente. A desparasitação serve para eliminar do sistema digestivo ou do pelo do nosso animal os diferentes hóspedes indesejáveis que tentam se colonizar.

Neste artigo do PeritoAnimal vamos esclarecer para você uma dúvida que costuma ser muito frequente nos donos dos felinos, que é relativa a frequência da desparasitação em gatos. Continue lendo e descubra a resposta e os nossos conselhos.

É importante desparasitar o meu gato?

Os gatos são animais muito limpos, mas contra parasitas ninguém se salva. Devemos protegê-los tanto interna como externamente. Nunca se recomenda esperar que tenha parasitas para começar com o tratamento. Lembre-se que é sempre melhor prevenir do que curar.

Primeiro deve se lembrar que há parasitas internos como vermos intestinais e parasitas externos como pulgas e carrapatos. Lembre-se de observar bem o seu animal diariamente e, perante qualquer dúvida, consulte o veterinário para o seu diagnóstico. É importante seguir de perto as recomendações do médico e respeitar o calendário que nos recomenda.

Com que frequência devo desparasitar o meu gato? - É importante desparasitar o meu gato?

Desparasitação de filhotes de gatos

A partir das 6 semanas de vida, o nosso pequeno felino já está em condições de ser desparasitado. Há calendários que indicam que devemos fazer 3 tomas até cumprir os 3 meses de vida, por isso deve dar 1 toma a cada 2 semanas.

Normalmente para facilitar o processo escolhem-se produtos em gotas. Os filhotes são muito vulneráveis aos parasitas internos nesta etapa da sua vida, podendo causar-lhes graves problemas de saúde. Mas isto fica ao critério do veterinário segundo a origem do nosso animal e que exposição tem a estes pequenos hóspedes ocasionais.

A nível externo, para o proteger dos ataques de pulgas e carrapatos, que são os que mais inquietam o nosso pequeno felino encontramos vários produtos:

  • Pipetas: ideais para os que têm acesso ao exterior como terraços ou jardins. Pode aplicar até 1 por mês (seguindo sempre as indicações do produto).
  • Sprays: são mais econômicos mas menos eficientes e com riscos de os ingerir e causar-lhes danos internos desnecessários. Também podem aparecer alergias cutâneas nasais.
  • Coleiras: são eficazes para gatos de interior mas devemos habituá-lo de pequeno para não causar incômodos no seu corpo.
Com que frequência devo desparasitar o meu gato? - Desparasitação de filhotes de gatos

Desparasitação de gatos adultos

Como referimos no ponto anterior, até aos 3 meses de vida o nosso gatinho estará protegido, depois devemos continuar com o calendário na sua fase adulta.

O normal é que na consulta veterinária encontre donos que acreditam que como o seu gato não sai de casa, e vive sozinho, não está exposto a estes fenômenos. Mas isto não é correto, nós podemos ser portadores de parasitas que afetem o nosso animal. Por isso, devemos seguir o calendário proposto pelo veterinário.

  • Recomenda-se que, internamente se façam no mínimo 2 desparasitações anuais, com gotas ou comprimidos. Sempre segunda a recomendação do veterinário. Leia o nosso guia completo sobre o vermífugo para gatos.
  • No caso dos parasitas externos, as pulgas são as mais comuns e os carrapatos em animais que são de exterior. Mas os produtos recomendados são os mesmos citados anteriormente (coleiras, pipetas e spray) e a repetição deverá ser de acordo com cada produto escolhido.
Com que frequência devo desparasitar o meu gato? - Desparasitação de gatos adultos

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Com que frequência devo desparasitar o meu gato?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Desparasitação e vermífugos .

Escrever comentário sobre Com que frequência devo desparasitar o meu gato?

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
3 comentários
A sua avaliação:
sara
ola, eu castrei o meu gato ja foi dois meses, e ele ainda faz muito diarreia, perde algum pelo que nao era costume, e normal? ou devo me preocupar e leva lo a um verterinario?
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Sara! Recomendamos que você busque ajuda de um médico veterinário de confiança o quanto antes.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
A sua avaliação:
Sara
Olá. A veterinária manda fazer nos meus gatinhos uma desparasitação interna e externa de 3 em 3 meses será que é mesmo necessária está frequência, não tendo eles contacto nenhum com o exterior.
A sua avaliação:
Sueli Pereira Amanço
Meu gato, está perdendo muito pelos, apesar de estar muito saudável, come bem .xixi e cocô está normal, não existe falhas mas encontro grande quantidade de pêlos dentro de casa!!!estou dando a ele junto com sua ração habitual,uma outra ração inferior, porque meu sobrinho trouxe de uma gata que tinha aparecido da rua e depois sumiu, será que pode ser isso?
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Sueli! Sim, essa é uma das possíveis causas. De qualquer forma, sem examinar o gato e fazer algumas provas complementares, não posso dizer qual seja o diagnóstico. Volte a dar-lhe apenas a ração anterior e caso o problema não se resolva, você deve consultar o seu médico veterinário de confiança.

Com que frequência devo desparasitar o meu gato?
1 de 4
Com que frequência devo desparasitar o meu gato?

Voltar ao topo da página