Partilhar

Cachorro pode comer beterraba?

 
Por Eduarda Piamore. 22 agosto 2019
Cachorro pode comer beterraba?

Ver fichas de  Cachorros

A beterraba (Beta vulgaris) é uma raiz comestível que faz parte da alimentação de várias culturas, inclusive da brasileira, e vem ganhando cada mais prestígio como suplemento alimentar por oferecer ótimos conteúdos de vitaminas, minerais, fibras e antioxidantes naturais.

Com a crescente conscientização sobre os benefícios do consumo regular de beterraba para a saúde humana, também são cada vez mais os tutores que se perguntam se cachorro pode comer beterraba para aproveitar todas essas qualidades nutricionais. Nesse novo artigo do PeritoAnimal, falaremos sobre os benefícios e as precauções de dar beterraba para cachorro.

Também lhe pode interessar: Cachorro pode comer mel?

Composição nutricional da beterraba

Para saber se cachorro pode comer beterraba, primeiro você precisa conhecer as propriedades nutricionais desse alimento. Segundo o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), 100 gramos de beterraba crua possuem os seguintes nutrientes:

  • Energia total/Calorias: 43kcal;
  • Proteínas: 1.6g;
  • Gorduras totais: 0.17g;
  • Carboidratos: 9.56g;
  • Fibras: 2.8g;
  • Açúcares: 6.76g;
  • Água: 87.5g;
  • Cálcio: 16mg;
  • Ferro: 0.8mg;
  • Fósforo: 40mg;
  • Magnésio: 26mg;
  • Potássio: 325mg;
  • Sódio: 78mg;
  • Zinco: 0.75mg;
  • Vitamina A: 2mg;
  • Vitamina B2: 0.04mg;
  • Vitamina B3: 0.33mg;
  • Vitamina B6: 0.07mg;
  • Folato (Vitamina B9): 109µg
  • Vitamina C: 4.9mg;
  • Vitamina E: 0.04mg;
  • Vitamina K: 0.2µg.

Como é possível identificar na tabela nutricional acima, a beterraba possui vitaminas e minerais que ajudam a fortalecer o sistema imunológico e a prevenir a maioria das doenças comuns nos cachorros. Além disso, é rica em vitamina A e em betacarotenos, que são grandes aliados de uma boa visão e da saúde da pele dos cães, ajudando a combater problemas dermatológicos, como as alergias e dermatites caninas.

O importante conteúdo de ferro e de folato (vitamina B9) faz com que a beterraba seja um ótimo suplemento alimentar para cachorros com anemia e para os filhotes, já que esses nutrientes são indispensáveis para a formação da hemoglobina e das hemácias, bem como para a correta oxigenação de todos os tecidos e órgãos do organismo canino.

As beterrabas também oferecem uma elevada concentração de antioxidantes naturais, como a vitamina C e os lipo carotenos, que combatem a ação dos radicais livres no organismo do cachorro e os danos celulares que dela derivam. Esse efeito antioxidante é especialmente benéfico para os cachorros idosos, já que colaboram com a prevenção dos sintomas de velhice e ajudam a manter um metabolismo estável.

Também é importante destacar o aporte de fibras e de água que esse vegetal oferece à alimentação do cachorro, favorecendo o trânsito intestinal e prevenindo os casos de indigestão e prisão de ventre. A quantidade de líquidos presentes na beterraba também ajuda a manter os peludos bem hidratados, evitando problemas urinários, e possui efeito depurativo, contribuindo para a eliminação de toxinas do organismo canino.

Beterraba para cachorro: benefícios

A beterraba não é um dos alimentos proibidos para os cães e, além disso, possui nutrientes que ajudam a fortalecer o sistema imunológico dos peludos, colaborando na prevenção de várias doenças comuns nos cachorros. Porém, é importante ter algumas precauções na hora de oferecer beterraba para cachorro, pois um excesso poderia prejudicar o bem-estar do seu melhor amigo.

Primeiro, você precisa considerar que as verduras, os legumes e as frutas não devem ser a base da dieta dos cachorros, pois não possuem todos os nutrientes essenciais que o organismo canino necessita. Embora os cachorros sejam onívoros e consigam digerir vários tipos de alimentos, precisam consumir uma boa concentração de proteínas e ácidos graxos (as famosas ‘gorduras boas’).

As carnes continuam as fontes biologicamente mais apropriadas desses nutrientes essenciais e devem estar presentes na alimentação dos cães. Logo, não é adequado oferecer somente beterraba e outros vegetais ao seu peludo, pois isso poderia causar déficits nutricionais e aumentar o risco de afecções complexas, como a anemia.

Além disso, é fundamental saber que a beterraba é rica em oxalatos, que são compostos minerais que, quando consumidos excessivamente, costumam se acumular no trato urinário dos cães, podendo causar a formação de cálculos ou pedras nos rins ou na bexiga. Como também é rica em fibras, a beterraba poderia causar diarreias ou mal estar estomacal nos peludos. Portanto, é fundamental que os cachorros consumam beterraba moderadamente, somente como um petisco ou snack natural.

Cachorro com diabetes pode comer beterraba?

Agora que você já sabe que cachorro pode comer beterraba, pode estar se perguntando se cachorro com diabetes pode comer beterraba. Antes de oferecer beterraba para cachorro com diabetes, outra coisa que você precisa saber é que esse legume possui um índice relativamente alto de açúcares, embora tenha poucas calorias e gorduras. Mesmo o açúcar natural não sendo prejudicial como o refinado, um consumo excessivo ou desequilibrado poderia terminar elevando o nível de glicose na corrente sanguínea dos cachorros. Por isso, cachorro com diabetes pode comer beterraba, mas sempre em porções bem pequenas e de forma eventual.

Cachorro filhote pode comer beterraba?

Muitos tutores se perguntam se os cachorros filhotes podem comer beterraba e, a resposta é: sim, mas com muita moderação e somente quando já tenham desmamado e possam começar a provar alimentos sólidos. Se é a primeira vez que você dará beterraba para cachorro filhote, o ideal é oferecer um pedaço bem pequeno e esperar para ver a reação do organismo do filhote. Desta forma, você garante que esse vegetal não fará mal ao seu melhor amigo.

Independente da idade do seu cachorro, uma ótima ideia é utilizar a beterraba como um reforço positivo durante as aulas de adestramento, para recompensar o esforço e estimular que seu cachorro assimile rapidamente comandos básicos de obediência canina, tarefas e truques.

Como preparar beterraba para cachorro

Agora que você já sabe que cachorro pode comer beterraba e que pode ser um ótimo suprimento nutricional, falta entender como preparar esse legume para o seu melhor amigo. Assim como nós, cachorro pode comer beterraba crua ou cozida e você poderá descobrir como o seu pet prefere comer esse vegetal.

Para aproveitar 100% dos nutrientes da beterraba, o ideal seria oferecê-la crua e ralada ao seu cachorro. Porém, você também poderá cozinhar a beterraba na água sem sal ou cortá-la bem fina e levar ao forno para preparar uns snacks saudáveis. Também é possível incorporar a beterraba em várias receitas caseiras, como biscoitos ou bolos para cachorro.

O ideal é sempre consultar um veterinário antes de começar a incorporar a beterraba na nutrição do seu cão. O profissional te ajudará a saber se esse vegetal é apropriado para o organismo do seu melhor amigo e a verificar qual é a melhor forma e a quantidade correta para aproveitar todas as propriedades nutricionais da beterraba para cachorro.

Beterraba muda a cor da urina do cachorro

Sim, a beterraba possui corantes naturais que podem alterar a coloração da urina e das fezes dos cachorros, principalmente se é consumida de forma regular. Não se assuste se seu cãozinho comer beterraba e fizer coco ou xixi um pouco avermelhados ou rosados.

Porém, se você observar outras alterações na consistência, cor, odor ou presença de sangue nas fezes ou na urina do seu cachorro, recomendamos levá-lo ao veterinário imediatamente. Além disso, você pode ver mais informações sobre os tipos de fezes dos cachorros e seus significados nesse artigo do PeritoAnimal.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Cachorro pode comer beterraba?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Dietas caseiras.

Bibliografia

Vídeos de Cachorro pode comer beterraba?

1 de 3
Vídeos de Cachorro pode comer beterraba?

Escrever comentário sobre Cachorro pode comer beterraba?

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Cachorro pode comer beterraba?
Cachorro pode comer beterraba?

Voltar ao topo da página