Partilhar
Partilhar em:

Comandos básicos para cachorros

Comandos básicos para cachorros

Ver fichas de  Cachorros

Adestrar um cachorro representa mais do que ensinar um par de truques que nos fazem rir, uma vez que a educação estimula a mente do cachorro e facilita a convivência e o seu comportamento em público.

É importante ter paciência e começar a trabalhar neste projeto o quanto antes, pois promove a vossa a união e melhora a qualidade de vida de ambos. No entanto, é possível que surja a dúvida de "por onde começar", pois o adestramento canino engloba todo um novo mundo para aqueles que acabam de decidir adotar um cachorro pela primeira vez. Se é o seu caso, no PeritoAnimal recomendamos que comece por levar o seu companheiro ao veterinário, o desparasite e vacine segundo as suas indicações. Depois pode começar a ensinar-lhe a fazer as suas necessidades no local certo e começar com os comandos básicos para cachorros. Não os conhece? Continue lendo e descubra-os!

1. Senta!

A primeira coisa que deve ensinar a um cachorro é a sentar. É o comando mais fácil de ensinar e, para ele, é algo natural, pelo que não será trabalhoso aprender essa ação. Se conseguir fazer com que o cachorro se sente e entenda que essa é a posição para pedir comida, sair à rua ou simplesmente quando quer que você faça algo, será muito melhor para os dois. Isso acontece porque, dessa forma, ele não vai fazê-lo com saltos. Para conseguir ensinar isso, siga esses passos:

  1. Pegue uma guloseima ou prêmio para o seu cachorro. Deixe que ele a cheire e, de seguida, guarde dentro do pulso fechado.
  2. Coloque-se à frente do cachorro enquanto ele está atento e espera receber a guloseima.
  3. Diga: "[Nome], senta!" ou "sit!". Use a palavra que preferir.
  4. Com a atenção do cachorro focada na sua mão, comece a seguir uma linha imaginária até a parte de trás do cachorro, passando por cima da cabeça.

De início, o cachorro pode não compreender. Pode tentar girar ou dar a volta, mas continue tentando até que ele se sente. Uma vez que ele o faça, ofereça a guloseima enquanto lhe diz "muito bem!", "bom menino!" ou qualquer outra frase positiva da sua preferência.

Pode escolher a palavra que quiser para lhe ensinar o comando, só deve ter em conta que os cachorros têm tendência a recordar as palavras fáceis com maior facilidade. Uma vez selecionado comando, use sempre a mesma expressão. Se o tutor diz "senta" em um dia e, no dia seguinte, diz "sit", o cachorro não vai interiorizar o comando e não vai prestar atenção.

2. Fica!

O cachorro deve aprender a estar quieto em um sítio, especialmente quando você tem visitas, o leva a passear pela rua ou simplesmente deseja que ele fique longe de algo ou alguém. Essa é a melhor forma de conseguir esses resultados de forma eficaz. O que pode fazer para que ele fique parado? Siga esses passos:

  1. Quando o cachorro estiver sentado, procure ficar posicionado perto dele, do lado esquerdo ou do lado direito (escolha um dos lados). Coloque a coleira e diga "[Nome], fica!" enquanto coloca sua mão aberta perto dele. Aguarde alguns segundos e, se ele ficar quieto, volte a dizer "Muito bem!" ou "Bom menino!", além de o recompensar com uma guloseima ou com carinhos.
  2. Repita o processo anterior até que consiga ficar quieto mais de dez segundos. Continue a recompensá-lo sempre no início, depois pode ir alternando entre uma recompensa ou um simples "Bom menino!".
  3. Quando conseguir que o seu cachorro fique quieto, diga o comando e procure se afastar um pouco. Se ele for atrás de você, volte a se aproximar e repita o comando. Volte a se afastar uns metros, chame o cachorro e ofereça uma recompensa.
  4. Aumente a distância gradativamente até que o cachorro fique praticamente quieto a uma distância superior a 10 metros, mesmo que outra pessoa o chame. Não esqueça de sempre o chamar no final e dizer "vem aqui!" ou algo parecido para que ele saiba quando tem de se movimentar.

3. Deita!

Assim como sentar, conseguir que o cachorro se deite é uma das ações mais fáceis de ensinar. Além disso, esse é um processo lógico, uma vez que já pode dizer "fica", depois "senta" e, posteriormente, "deita". O cachorro vai associar a ação ao comando rapidamente e, no futuro, vai fazê-lo de forma quase automática.

  1. Se coloque em frente ao seu cachorro e diga "senta". Enquanto ele se senta, diga "deita" e aponte para o chão. Se não obtiver reação, pressione um pouco a cabeça do cachorro para baixo, enquanto usa a outra mão para bater no chão. Outra opção bem mais fácil ñe esconder um prêmio na sua mão e baixar a mão com a guloseima até ao chão (sem a soltar). Automaticamente, o cachorro vai seguir o prêmio e deitar.
  2. Quando ele deitar, ofereça a guloseima e diga "bom menino!", além de oferecer uns carinhos para reforçar a atitude positiva.

Se usar o truque de esconder o prêmio em sua mão, pouco a pouco deve ir removendo a guloseima para que aprenda a deitar sem ela.

4. Vem aqui!

Ninguém quer que o seu cachorro fuja, não preste atenção ou não venha quando o tutor chama. Por isso, a chamada é o quarto comando básico na hora de adestrar um cachorro. Se não conseguir que ele vá até você, dificilmente pode ensiná-lo a sentar, deitar ou ficar.

  1. Coloque um prêmio sob os seus pés e grite "vem aqui!" ao seu cachorro sem que ele se tenha apercebido da recompensa. No início ele não vai compreender, mas quando você assinalar o pedaço de comida ou guloseima, ele virá rapidamente. Quando ele chegar, diga "bom menino!" e peça para ele sentar.
  2. Vá em outro lugar e repita a mesma ação, desta vez sem recompensa. Se ele não o fizer, volte a colocar a guloseima sob os seus pés até que o cachorro associe o "vem aqui" com a chamada.
  3. Aumente a distância cada vez mais até que consiga que o cachorro obedeça, mesmo a muitos metros. Se ele associar que a recompensa está esperando, não duvidará em correr até você quando o chamar.

Não se esqueça de recompensar o cachorro cada vez que ele cumprir a ordem, o reforço positivo é a melhor forma de educar um cão.

5. Junto!

Os puxões de trela são o problema mais comum quando o tutor passeia o cachorro. Pode conseguir que venha, que sente e que se deite, mas quando retomar a marcha a única coisa que ele vai fazer é puxar a trela para correr, cheirar ou tentar apanhar qualquer coisa. Esse é comando mais complicado desse mini-guia de adestramento, mas com paciência você pode consegui-lo.

  1. Comece a caminhar com o seu cachorro pela rua e, quando ele começar a puxar a trela, diga "senta!". Diga para ele se sentar na mesma posição (direita ou esquerda) que utiliza quando diz "fica!".
  2. Volte a repetir a ordem "fica!" e aja como se fosse começar a andar. Se não ficar quieto, volte a repetir o comando até que ele obedeça. QUando conseguir, diga "vamos!" e só aí retome a marcha.
  3. Quando voltarem a caminhar, diga "junto!" e assinale o lado que escolheu para que ele fique quieto. Se ele ignorar o comando ou se afastar mais, diga "não!" e volte a repetir a ordem anterior até que venha e se sente, que é o que ele vai fazer automaticamente.
  4. Nunca o castigue por não vir nem o repreenda de nenhuma forma. O cachorro deve associar o ato de parar e não puxar com algo bom, pelo que você deve premiá-lo de cada vez que ele vier e ficar quieto.

Você deve ser paciente para ensinar os comandos básicos ao seu cachorro, mas não o procure fazer em dois dias. O adestramento básico vai tornar os passeios mais cômodos e fazer com que as visitas não tenham de "sofrer" o carinho extra do seu pet. Se tem qualquer dúvida ou quer acrescentar alguma técnica especial que conhece para qualquer um desses pontos, deixe sua questão nos comentários.

Outros comandos para cachorros mais avançados

Embora os comandos referidos antes sejam os básicos que todos os donos de cães devem conhecer para iniciar a educação do cachorro corretamente, existem outros de nível mais avançado que podemos começar a praticar uma vez interiorizadas os primeiros.

  • "Trás" - Este comando utiliza-se na obediência canina para recolher, o recebimento de algum objeto. Por exemplo, se queremos ensinar o nosso cachorro a trazer a bola, ou qualquer outro brinquedos, será fundamental educá-lo para que aprenda tanto o comando "busca" como "trás" e "solta".
  • "Salta" - Em especial para aqueles cachorros que irão praticar Agility, o comando "salta" irá permitir-lhes saltar o muro, a cerca, etc, quando o seu dono indicar.
  • "Em frente" - Este comando pode se utilizar com dois objetivos diferentes, como comando para indicar que o cachorro corra para a frente ou, como comando de liberação para que o cachorro entenda que já pode deixar o trabalho que estava fazendo.
  • "Busca" - Como referimos, com este comando o nosso cachorro aprenderá a rastrear um objeto que lançamos ou escondemos em algum lugar de casa. Com a primeira opção vamos conseguir manter o nosso cachorro ativo, entretido e, sobretudo, libre de tensões, estresse e energia acumulada. Com a segundo, conseguimos estimular a sua mente e o seu olfato.
  • "Solta" - Com este comando o nosso cachorro irá devolver-nos o objeto encontrado e que nos trouxe. Embora possa parecer que com "busca" e "trás" é suficiente, educar o cachorro a soltar a bola, por exemplo, evitará que nós mesmos tenhamos de lhe tirar a bola da sua boca e irá permitir-nos ter um companheiro mais calmo.

O reforço positivo

Tal como referimos em cada um dos comandos básicos para cachorros, o reforço positivo é sempre a chave para conseguir que os interiorizem e desfrutem enquanto brincam conosco. Nunca deve praticar castigos que provoquem no cachorro danos físicos ou psicológicos. Desta forma, deverá dizer um "Não" quando lhe quiser mostrar que deve corrigir o seu comportamento e, um "Muito bem" ou "Lindo menino" cada vez que o merecer. Além disso, lembramos que não se recomenda abusar das sessões de treinamento, visto que apenas conseguirá desenvolver estresse no seu cão.

Deve ter paciência para ensinar os comandos básicos ao seu cachorro, pois não irá fazer tudo em dois dias. Este treinamento básico fará com que os passeios sejam mais cômodos e as visitas não tenham de sofrer com o carinho extra do seu cachorro. Se tiver qualquer dúvida ou quiser adicionar alguma técnica especial que conhece para qualquer um dos pontos, deixe-nos a sua sugestão nos comentários.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Comandos básicos para cachorros, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Educação básica.

Comentários (0)

Escrever comentário sobre Comandos básicos para cachorros

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Comandos básicos para cachorros
1 de 7
Comandos básicos para cachorros