Partilhar

Ajudar uma gata no cio

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 7 novembro 2018
Ajudar uma gata no cio

Ver fichas de  Cachorros

O cio felino é um processo normal da reprodução dos gatos, embora para muitos donos possa resultar em uma experiência difícil de suportar, pelos comportamentos incômodos que tanto as gatas como os gatos manifestam.

O cio nos gatos ocorre com o único objetivo de procriar e reproduzir a espécie, pelo que se não deseja ter uma ninhada de gatos, o melhor é aprender a ajudar uma gata no cio. Para isso, neste artigo do PeritoAnimal vamos lhe dar alguns conselhos para saber lidar com esta situação.

Também lhe pode interessar: Dias férteis de uma cadela no cio

Caraterísticas do cio

O cio, também chamado de estro, é simplesmente o período fértil do animal, que ocorre quando alcança a maturidade sexual. Normalmente esta etapa da sua vida chega entre o primeiro ano e o quinto, mas também há casos muito frequentes de gatas no cio com apenas quatro meses. No entanto, com essa idade não se recomenda o acasalamento, pois o corpo da gata ainda não se encontra suficientemente maturo para conceber e podem surgir complicações.

O cio das gatas inicia nas épocas do ano em que há mais luz solar, precisando de umas doze horas de luz diariamente, pelo que a data variará dependendo do país em que vive. O ciclo ocorre três vezes por ano, tendo uma duração variável consoante as condições climatéricas, entre cinco dias até duas semanas. Passado este tempo, a gata perde interesse em acasalar e os machos deixarão de andar atrás dela.

Ajudar uma gata no cio - Caraterísticas do cio

Sintomas do cio nas gatas

Quem tem uma gata em casa, sabe o quão desesperante pode chegar a ser quando entram no período do cio, pois os sintomas ou sinais disto, pode causar ao dono dores de cabeça. Perante estes sinais saberá que a sua gata está no cio:

  • Precisa de muito mais atenção e mimos que o habitual. O cio deixa as gatas mais sensíveis, por isso nestes dias irá demonstrar um afeto intenso.
  • Comportamento agitado. É normal que durante estes dias esteja muito mais inquieta, pelo que distraí-la será mais complicado.
  • Ao contrário dos cachorros, são raras as vezes em que ocorrem descargas vaginais ou inchaço da vulva, embora possam ocorrer casos raros em que segreguem um pouco de mucosa. No entanto, é recomendável consultar um veterinário para saber se essa segregação é sinal de alguma doença, como cálculos renais.
  • Adotam uma postura particular: inclinam o corpo, levantam a parte de trás, inclinam a cauda e deixam os genitais expostos.
  • Especialmente quando não podem sair de casa, dão miados e gritos estridentes para atrair os machos.
  • Rebolam no piso, dando voltas.
  • Se vive em uma casa ou apartamento em que não lhe permite sair à rua, tentará por todos os meios uma forma de fugir, e quererá inclusive convencê-lo de que a deixa sair para se encontrar com todos os seus pretendentes.
  • O ronronar aumenta.
  • Esfrega a sua cabeça e pescoço contra tudo o que chame a atenção, especialmente superfícies suaves.
  • Lambe a zona genital mais do que o habitual (lembre-se que quando não estão no cio fazem-no como parte da sua rotina de higiene).
  • Deixa o seu cheiro urinando de uma forma caraterística nos cantos da casa, ao invés de urinar agachada como é habitual nela, irá fazê-lo com a cauda para cima e fazendo um movimento um pouco vibratório.
Ajudar uma gata no cio - Sintomas do cio nas gatas

O que fazer para ajudar a sua gata durante o cio?

Apesar da única forma de evitar por completo o período do cio seja com a esterilização, vamos dar-lhe alguns conselhos para que você e a sua gata possam ultrapassar os dias do cio com mais tranquilidade:

  • Dê-lhe mais atenção. Ofereça à gata carícias, abraços e mimos para acalmar a sua ansiedade de estímulos. Também pode escovar o seu pelo.
  • Brinque com ela. O entretenimento fará esquecê-la por momentos o cio e deixará esgotada. Invente jogos que impliquem atividade física, como aqueles em que deva correr, perseguir e saltar.
  • Feche as janelas de casa, especialmente as dos cômodos onde a gata passa mais tempo, para evitar machos intrusos.
  • Sob qualquer circunstância deve deixar a sua gata sair de casa, pois o mais provável é que quando voltar ela esteja prenha.
  • Não a deixe convencê-lo. Se nunca teve uma gata no cio, irá ficar surpreendido com o quão persuasiva pode chegar a ser para a deixar sair de casa. Não se deixe enganar.
  • Evite a tudo o custo o contato com gatos machos.
  • Consulte o seu veterinário sobre o melhor momento e o método mais adequado para esterilizar a gata. Não lhe recomendamos que lhe administre anticonceptivos orais nem injetados, pois diversos estudos demonstraram que aumentam as chances da gata desenvolver uma mastite ou sofrer de câncer. A esterilização é o método mais recomendável.
  • A crença de que é necessário deixá-las ter pelo menos uma ninhada para evitar doenças é um mito. Qualquer isco derivado de um útero inativo é descartado com a esterilização.
  • Se a gata ficou prenha, procure casas que possa ficar com os filhotes, nunca os abandone na rua.

Estes são os conselhos que temos para ajudar a gata a atravessar o período do cio sem ficar grávida. Lembre-se sempre de consultar com o veterinário outras medidas possíveis.

Se já se questionou porque os gatos fazem tanto barulho quando cruzam, leia o nosso artigo que responde a essa pergunta!

Ajudar uma gata no cio - O que fazer para ajudar a sua gata durante o cio?

Se deseja ler mais artigos parecidos a Ajudar uma gata no cio, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Cio.

Escrever comentário sobre Ajudar uma gata no cio

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
35 comentários
A sua avaliação:
Katarine Carvalho
A minha gata tem hérnia diafragmática e diz os veterinários que não podemos castra-la sem fazer a cirurgia. Bom, acontece que moro no segundo andar de um prédio e na mesma coluna, no 1 e 3 andar tem gato macho, ou seja, estamos no meio de dois machos. A minha gata está entrando no cio a cada 10 dias, dá para imaginar? Como ela não tem peso para fazer a cirurgia da hérnia diafragmática, queria alguma dica de como acalma-la. Tendo em vista que nesse período ela nem brinca.
A sua avaliação:
Geovana
Alguém me ajuda?
Eu adotei uma gata pretinha de abandono e ela já está com 10 meses e eu ia castra-la mais por conta do valor ainda nao tenho condições de pagar entao eu estou aguardando seu primeiro cio mais até agora nada devo me preocupar?
Katarine
Se ela fica em casa e não tem contato com outros gatos, o cio não deve aparecer.
A sua avaliação:
Ana Helena
Muito bom e interessante. E as gatas no cio ficam sem apetite?
A sua avaliação:
Fabio Luis Rodrigues
Estou com um gato (macho) nesta situação a mais de 3 meses. Não sei o que fazer pois está atrapalhando os vizinhos. Tenho medo que maltratem ele. Queria um medicamento para resolver
Katarine
Em hipótese alguma você deve dar medicamentos. Você precisa castra-lo!
A sua avaliação:
Maria Eduarda Dias
minha gata esta no cio , queria saber se ela pode sentir dores como colica ... isso é possivel ??
Paula
Socorro! Adotei uma gatinha de rua, mandei castrar, porém, agora depois de 6 meses entrou no cio.... um escândalo! O que devo fazer? É normal gotas castradas entrar no cio? Por favor, ajude-me!
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Paula! Você deve levar a sua gatinha em um médico veterinário de confiança o mais rápido possível pois pode se tratar de alguma doença.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
Gil
Olá. Dar banho na gata quando está no sio, ajudar ela relaxar?
Monique
Minha gata tem 2 anos, preciso castrar, mas ela não sai do cio. Está há 4 meses no cio, Isso mesmo, Achei que tinha terminado, mas ficou uma semana tranquila e voltou tudo... será que posso dar uma injeção para cortar e poder castrar Não to aguentando mais, fazendo xixi em tudo... fora o incomodo que e pra ela tadinha... 4 meses,,,
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Monique! O mais indicado é você buscar ajuda de um médico veterinário o quanto antes.
A equipe do Perito Animal deseja rápidas melhoras!
Zilá
Resgatei uma gatinha das ruas, foi castrada e continua com sintomas caracteristicos de Cio. Levei no VT ela fêz um Ultrason e nada foi visualizado nenhum resquício de ovário. Neste caso qual seria o procedimento do Veterinário. Deve-se fazer uma círurgia exploratória mesmo sem a confirmação no diagnóstico de a Síndrome do Ovário Remanescente? Por favor me ajudem preciso saber o que fazer. obrigada desde já
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Zilá! Sem ver a sua gatinha não conseguimos dar nenhum diagnóstico. Recomendamos que você volte à veterinária para que ela possa dar um diagnóstico com precisão.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
A sua avaliação:
Angela
e assim. a minha gata esta com o cio. e esta sempre a miar muito alto. o eu posso fazer para tirar o cio da gata?

Ajudar uma gata no cio
1 de 4
Ajudar uma gata no cio

Voltar ao topo da página