Partilhar

A febre em gatos - Causas e sintomas

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 19 dezembro 2017
A febre em gatos - Causas e sintomas

Ver fichas de  Gatos

A temperatura corporal normal de um gato deve estar entre os 38 e os 39,5ºC, quando esta aumenta considera-se que o felino tem febre e, por isso, a sua saúde está sendo prejudicada. Independentemente da causa que a estiver provocando, a febre é sempre um sinal de que o animal está sofrendo algum tipo de doença ou problema de saúde, pelo que identificá-la o quanto antes é fundamental para detetar o foco e iniciar o melhor tratamento rapidamente.

Tenha em conta que as causas podem ser desde problemas leves até doenças de caráter mais grave que podem, inclusive, acabar com a vida do seu gato. É por isso que saber reconhecer os sintomas e levar o felino ao veterinário é fundamental. Para o ajudar, neste artigo do PeritoAnimal explicamos-lhe tudo sobre a febre em gatos, as causas, sintomas, tratamento e prevenção.

Também lhe pode interessar: A capivara como animal de estimação

Quais são as causas da febre

No geral, tanto em cachorros como em gatos, a febre ocorre quando o sistema imunitário do animal se ativa devido à presença de alguma anomalia concreta no organismo. Visto que nem todos os problemas de saúde a provocam, de seguida vamos lhe mostrar as causas mais comuns que costumam desenvolver febre no gato:

  • Tumores, que costumam afetar mais os gatos idosos que os jovens
  • Doenças virais ou bacterianas, como a cinomose ou a leucemia
  • Infecções virais, bacterianas ou fúngicas de caráter mais leve
  • Gripe e resfriado comum
  • Pancreatite
  • Lúpus
  • Ingestão de medicamentos como efeito secundário

Embora estes sejam os motivos mais comuns que costumam desenvolver febre, tenha presente que este não é o único sintoma que apresentam, pelo que é fundamental que preste atenção ao comportamento geral do seu gato para identificar a causa e iniciar o melhor tratamento. Em especial se se tratar de um tumor, cinomose ou leucemia, deverá agir com rapidez, pois estas doenças têm uma taxa de mortalidade muito elevada.

Sintomas da febre em gatos

Para dar resposta a uma das perguntas mais frequentes de donos de felinos, como saber se um gato tem febre, é imprescindível verificar todos os detalhes do seu comportamento. Um gato com febre apresentará vários os todos os seguintes sintomas:

  • Nariz seco. Embora este fato possa não ser conclusivo nem definitivo, pode ser uma pista se observarmos que o nosso gato apresenta outros sintomas para além deste. Assim como os cachorros, os gatos costumam ter o nariz úmido a todo o momento, quando desenvolvem um quadro de febre, costuma secar.
  • Perda de apetite. O mau estado geral que está passando o seu corpo leva-o a não querer comer como normalmente.
  • Diminuição do consumo de água. Os gatos não costumam ser animais que costumem beber grandes quantidades de água, pelo que reduzi-las pode resultar em graves consequências.
  • Apatia, falta de energia. Em especial se o seu felino é um animal muito mexido e energético, vê-lo sem vontade de brincar, correr ou saltar é um claro indício de que algo está acontecendo.
  • Pelo contrário e em função da doença que causar a febre, o gato pode mostrar-se inquieto e angustiado.
  • Falta de higiene pessoal. Os gatos são animais bastante limpos, descuidar da sua higiene não é próprio deles e indica-nos que a sua saúde não se encontra em perfeitas condições.
  • Nos casos mais graves, o gato pode sofrer de calafrios, tremores ou uma respiração acelerada.

A maioria das doenças ou problemas de saúde que causam febre no felino, costumam desenvolver outros sintomas como diarreia, vômitos, espirros e tosse.

A febre em gatos - Causas e sintomas - Sintomas da febre em gatos

Como medir a temperatura ao meu gato

Se observarmos que o nosso felino apresenta algum ou todos os sintomas anteriores, chegou a hora de lhe medir a temperatura corporal, pois esta é a única forma de confirmar que realmente tem febre. Para isso, deverá reunir todos os utensílios necessários:

  • Termômetro digital retal que poderá comprar em qualquer clínica veterinária.
  • Vaselina ou qualquer outro lubrificante.
  • Um pano ou toalha limpa.

Quando tiver tudo pronto, siga estes passos para medir a temperatura do seu gato:

  1. Limpe bem o termômetro e cubra a ponta com um pouco de vaselina ou outro lubrificante.
  2. Se puder, peça a outra pessoa que agarre o gato pela zona das patas de trás, assim será mais fácil para si continuar.
  3. Levante com cuidado a cauda do seu gato e introduz a ponta do termômetro no seu reto.
  4. Quando vir que o termômetro digital para, retire-o e confira a temperatura indicada. Não se esqueça de premiar o seu pet pelo bom comportamento. Limpe o termômetro.

Como referimos no início, a temperatura normal deve oscilar entre os 38 e os 39ºC, em gatos adultos, e os 39,5ºC em filhotes. Se o seu felino superar estes valores, consideramos que tem febre e deverá tentar reduzi-la o quanto antes. No caso de superar os 41ºC deverá consultar o veterinário rapidamente para que seja ele a examiná-lo e a determinar a causa.

Leia o nosso artigo completo sobre como saber se meu gato tem febre.

A febre em gatos - Causas e sintomas - Como medir a temperatura ao meu gato

Medidas para baixar a febre do meu gato

O tratamento para a febre em gatos está diretamente relacionado com a causa que a provoca. Se, por exemplo, aparecer como um efeito secundário ao consumo de um determinado medicamento, deverá consultar o veterinário para saber o que fazer, mas nunca deverá decidir por si mesmo interromper um tratamento médico. Se a causa é uma doença de caráter grave, como a cinomose, leucemia ou câncer, o especialista iniciará o melhor tratamento para acabar com essa condição. Para infecções bacterinas ou virais menores, o veterinário pode receitar antibióticos. Lembre-se que não deve automedicar o seu gato, alguns medicamentos para o consumo humano são tóxicos para ele e irá apenas piorar o seu estado.

Nos casos mais leves, como um resfriado comum, poderá tomar algumas medidas e remédios caseiros para reduzir a febre do seu felino:

  • Como um dos sintomas da febre é a diminuição de água, a primeira coisa que deve fazer é hidratar o seu gato. Se não quiser beber, pegue em uma seringa e proporcione-lhe você mesmo a quantidade de líquido que precisa, sempre com cuidado e lentamente, não queremos que se engasgue. A água deve estar fresca.
  • O mesmo acontece com a alimentação. Para evitar a desnutrição, deve incentivar o seu felino a comer proporcionando-lhe comida que cubra as suas necessidades nutricionais e que seja, por sua vez, apetecível. Para isso, opte por uma dieta úmida, uma vez recuperado poderá voltar a combiná-la com ração seca. Se a febre vier acompanhada de vômitos ou diarreia, o melhor será consultar o veterinário para saber que alimentação lhe deverá proporcionar.
  • Procure um local em sua casa livre de umidades e quente para colocar a cama do seu gato. O seu gato deve sentir-se o mais confortável possível para favorecer a sua recuperação.
  • As compressas úmidas são as suas grandes aliadas para reduzir a febre do seu gato. Terá que as umedecer em água fria, colocá-las sobre a sua testa e deixá-las atuar durante alguns minutos. Depois retire-as e aplique-as sobre as suas patas e a zona do abdômen e virilha da mesma forma. Seque bem as zonas úmidas e repita este processo duas vezes por dia.

Se passadas 48 horas a febre não baixar, deverá ir com o seu gato ao veterinário rapidamente. É possível que não se tenha dado conta de outros sintomas e esteja desenvolvendo alguma doença de caráter grave que precise de tratamento médico. Lembre-se que deve ser sempre um especialista a examinar o seu pet, diagnosticar a causa e a receitar o melhor tratamento.

A febre em gatos - Causas e sintomas - Medidas para baixar a febre do meu gato

A prevenção, o melhor tratamento

Tal como temos visto ao longo do artigo, a febre é um sintoma de outra condição que pode ser grave ou leve. Por isso, o melhor tratamento é sempre a prevenção. Para prevenir o aparecimento de doenças, infecções e outros problemas de saúde, é imprescindível seguir o calendário de vacinas obrigatórias, realizar as consultar de rotina no veterinário e proporcionar ao nosso gato todos os cuidados básicos que precisa, tais como uma correta alimentação, brinquedos para liberar a energia acumulada, arranhadores, escovar o seu pelo para evitar a criação de bolas de pelo, uma cama confortável para dormir e uma caixa de areia para fazer as suas necessidades.

A febre em gatos - Causas e sintomas - A prevenção, o melhor tratamento

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a A febre em gatos - Causas e sintomas, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Doenças infecciosas.

Escrever comentário sobre A febre em gatos - Causas e sintomas

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
Isabel
Sua gatinha melhorou??
A sua avaliação:
Cleusa Cavalcante
Olá,boa noite
Minha gatinha está tendo febre de 41 graus desde o dia 27 de dezembro.Não está comendo e nem bebendo,não brinca.Só fica amuada no canto.Já levei ao veterinário,ele examinou e disse que era uma secreção no ouvido e receitou medicamento para lavar o canal auditivo e outro para pingar.(epiotic e nathalene).mas ela não está respondendo ao tratamento e continua sem comer e sem beber por conta própria,estou dando água com a seringa para ela não se desidratar e comia petiscos para pêlos ,só que não quer mais também.Não sei mais o que fazer.Ela não está com diarréia nem vômitos.Está com constipação intestinal mesmo antes de adoecer,não sei mais o que faço.Ontem dia 31 percebi que seus olhos estavam amarelados.Hoje amanheceu um pouco menos. Ela pode estar com alguma doença mais grave que o veterinário não soube diagnosticar no dia que a levei para ele examiná-la?

A febre em gatos - Causas e sintomas
1 de 5
A febre em gatos - Causas e sintomas

Voltar ao topo da página