Partilhar

Como saber se meu gato tem febre

 
Por Aline Kitamura Prata, Estudante de Medicina Veterinária. 7 dezembro 2017
Como saber se meu gato tem febre

Ver fichas de  Gatos

Da mesma forma que nós humanos, nossos gatinhos também sofrem de gripes, resfriados e mal-estar que fazem com que apresentem alterações em sua temperatura corporal na forma de febre.

Muitas pessoas acreditam que quando o gato está com o nariz seco e quente, ou se estiver com a língua quente é porque está com febre, no entanto, é necessário ficar atento às diferenças entre gatos, cães e nós humanos. Para saber mais a respeito do que fazer quando o seu gato estiver com febre continue com o PeritoAnimal.

Também lhe pode interessar: Como saber se o meu gato tem toxoplasmose

Como saber se um gato está doente

Gatos costumam ser animais tranquilos, que dormem até 18 horas por dia, sendo que muitas vezes levam uma vida pacata e sem maiores preocupações, apenas brincam, comem, usam a caixa de areia e dormem. Às vezes, isso pode nos levar a percepção errada de que o gato está apenas dormindo ou descansando se não conhecermos sua personalidade, portanto, se conhecer a rotina e personalidade do seu gato é possível perceber prontamente quando algo não está bem com ele logo nos primeiros sinais.

Como gatos são caçadores natos, faz parte de sua natureza como predadores não demonstrarem quando estão doentes, pois isto na natureza é visto como um sinal de fraqueza, principalmente se há outros gatos que compartilham do mesmo ambiente. Devido a isto, é importante que você mantenha seu gato seguro em casa, e sem acesso à rua, de forma que você possa controlar e prestar atenção em seus hábitos e rotinas.

Quando um gato está doente, da mesma forma que nós humanos, eles podem apresentar indisposição, fadiga, falta de apetite, e estes são, geralmente os primeiros sinais de alguma doença que podem passar desapercebidos, caso o tutor não esteja habituado com o comportamento do felino. Portanto, se você notar qualquer alteração, por menor que seja, fique alerta.

Alterações comportamentais que podem ser indicativas de que a saúde do gato não anda bem vão desde urina e fezes fora da caixa de areia, bem como o cheiro, cor e consistência delas, mudanças na rotina do felino, como por exemplo um gato ativo e que passou a dormir o dia todo, falta de apetite bem como o excesso de apetite, um miado diferente, frequência respiratória alterada, temperatura, etc. São todos sinais que se não forem investigados mais a fundo podem vir a se tornarem parte de um problema maior.

Para ler mais a respeito sobre como saber se o seu gato está doente, veja o nosso artigo acerca desse assunto.

A febre em gatos

Primeiramente, a fim de saber se um gato está com febre ou não, é necessário saber qual a temperatura corporal normal de um gato saudável, pois ela é diferente da dos humanos. Em gatos, a temperatura varia entre 38,5° a 39,5°, em geral, lembrando que essa temperatura corporal pode sofrer pequenas variações de acordo com o período do dia e ainda em dias muito quentes ou frios.

A febre, na verdade, é uma proteção do próprio corpo em resposta a um agente infeccioso, seja ele uma bactéria, fungo ou vírus, ou até mesmo a um corpo estranho. E, quando este agente infeccioso escapa ao controle, é sinal de problema.

Gato com tremores no corpo

Pode ainda, apresentar febres acompanhadas de tremores no corpo e vômitos, que podem ser indícios de situações mais graves como intoxicações, lesões traumáticas, doenças como pancreatite, lúpus, leucemia felina ou câncer.

Sinais clínicos que seu animal pode apresentar quando estiver com febre são falta de apetite, sonolência, fadiga, apatia, ou seja, quando o gato não quer interagir com ninguém, levantar ou sequer brincar. Em casos que a febre estiver muito alta, ainda podem sofrer com a respiração acelerada da mesma forma que a aceleração nos batimentos cardíacos, e tremores e calafrios pelo corpo.

Como medir a temperatura do meu gato

O único modo de averiguar se o gato está realmente com febre é aferindo sua temperatura retal por meio de um termômetro digital. Desta forma, o termômetro será inserido no reto do gato, da forma adequada e utilizando as devidas recomendações para que a temperatura seja aferida corretamente. Neste passo-a-passo do PeritoAnimal, nós lhe ensinamos como medir corretamente a temperatura do seu gato.

Se você estiver inseguro quanto a realizar este procedimento em casa, porém suspeitar que seu gato esteja com febre e se ainda apresentar outros sinais clínicos, leve-o imediatamente ao veterinário, pois a aferição da temperatura retal, por ser um pouco mais delicada requer um tanto de prática.

Como saber se meu gato tem febre - Como medir a temperatura do meu gato
Imagem: drsfostersmith.com

Orelhas quentes nos gatos

Outra opção para se ter em casa é o termômetro auricular, sendo que há termômetros do tipo auricular desenvolvidos especialmente para gatos, tendo em vista que seu canal auditivo é um pouco mais longo, por isto, a haste é mais longa do que o termômetro auricular utilizado em humanos. Basta inserir a haste no pavilhão auditivo do gato, aguardar cerca de 2 minutos, e verificar a temperatura que aparece no visor. Contudo, é importante notar que se o gato estiver com otite, que é uma inflamação na orelha, além de o gato dificultar a medição da temperatura devido ao incômodo que a otite causa, ela também ocasiona orelhas quentes nos gatos, e que não necessariamente signifique que o gato esteja com febre.

Como baixar a febre a gatinhos

Como a febre é uma proteção natural do corpo, sua causa está diretamente relacionada com aquilo que a provoca. Portanto, a febre é um sintoma de algo mais grave, e não a doença em si, devendo ser tratada a causa de base para que o gato fique bem.

Jamais automedique seu gato, pois além da grande maioria de anti-térmicos serem tóxicos aos gatos, apenas o especialista saberá diagnosticar corretamente o que o seu gato tem, a fim de lhe prescrever o melhor tratamento. Sem contar ainda, que o uso indevido de medicamentos pode mascarar os sintomas da doença, dificultando o diagnóstico.

Durante o tratamento veterinário, o que você pode fazer em casa, é monitorar para que a febre não torne a subir, e se o animal continua a apresentar outros sintomas. Se verificar alteração na temperatura além do normal entre em contato com o veterinário.

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Como saber se meu gato tem febre, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Outros problemas de saúde.

Escrever comentário sobre Como saber se meu gato tem febre

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Como saber se meu gato tem febre
Imagem: drsfostersmith.com
1 de 2
Como saber se meu gato tem febre

Voltar ao topo da página