Partilhar

Uveíte em cães: causas e tratamentos

Uveíte em cães: causas e tratamentos

Ver fichas de  Cachorros

Os olhos dos cachorros são suscetíveis a diversas doenças. Qualquer mudança que você observar na forma, coloração ou secreção, é um indicativo para consulta imediata. Por isso, se você notar alguns dos sinais que vamos mencionar nesse artigo ou outros sintomas de alerta, não hesite em procurar o veterinário de confiança.

Se você quiser saber mais sobre uma das doenças oftalmológicas dos cachorros, continue lendo este artigo do PeritoAnimal no qual vamos explicar sobre a uveíte em cães, as causas e tratamento.

O que é a úvea?

Para entender melhor o que é a uveíte em cães é essencial esclarecer como é a anatomia do olho do cachorro. Sendo assim, a úvea ou túnica vascular é a camada média do olho, sendo que a externa é a fibrosa (córnea e esclera) e a interna é formada pela retina. É formada por três estruturas que, da frente para trás, são: a íris, o corpo ciliar (parte anterior) e a coróide (parte posterior).

A úvea é uma estrutura que fornece vascularização ao globo ocular, muitas doenças sistêmicas podem afetar o olho por via sanguínea. Quando qualquer uma das estruturas que compõem esta túnica fica inflamada, por qualquer motivo, ocorre a chamada uveíte.

Sintomas da uveíte em cães e diagnóstico

O cachorro com uveíte apresentará sintomas gerais, como decaimento e anorexia. Também apresentará sintomas específicos como os seguintes:

  • Blefarospasmo, fechamento das pálpebras devido à dor;
  • Epífora, lacrimejamento excessivo;
  • Hifema, sangue dentro do olho;
  • Fotofobia;
  • Edema da córnea, olho azul/cinza.

Além disso, a uveíte em cães pode se apresentar uni ou bilateralmente (e quando afeta os dois olhos pode sugerir uma possível causa sistêmica).

Por outro lado, é necessária uma colaboração entre o tutor do animal e o veterinário para um diagnóstico correto da uveíte em cachorros. Por parte do tutor, ele deverá explicar todas as mudanças que observou nos olhos de seu cachorro e outros sintomas relevantes. Com esses dados, o veterinário poderá realizar uma anamnese correta, juntamente com os exames complementares.

Entre os exames que o veterinário irá realizar para o diagnóstico, estão os seguintes:

  • Exploração ocular completa com oftalmoscópio;
  • Lâmpada de fenda, tonometria e ultrassom ocular. Para realizar esses exames, você provavelmente terá que procurar um veterinário oftalmologista pois esses não são testes de rotina e o veterinário pode não ter essas ferramentas;
  • Coloração corneal;
  • Exames gerais como de sangue, exames sorológicos referentes às doenças infecciosas, radiografia e ecografia também podem ser necessários.

Causas da uveíte em cachorros

Como dissemos, a uveíte é a inflamação de qualquer uma das estruturas que formam a úvea, devido a um dano endógeno ou exógeno. Começando pelas primeiras, as causas endógenas ou intraoculares podem ser:

  • Inflamatórias: a uveíte é provocada devido à reação inflamatória gerada, por exemplo, por cataratas;
  • Infecciosas: doenças infecciosas como a leucemia felina, cinomose, leishmaniose e etc., podem provocar uveíte. Podem ser de origem viral, bacteriana, parasitária ou até mesmo fúngica;
  • Neoplasias oculares;
  • Imunomediadas: determinadas raças, como as nórdicas.

As causas exógenas ou extra oculares podem ser:

  • Traumatismos: acidentes ou golpes;
  • Medicamentos;
  • Metabólicas: doenças endócrinas;
  • Hipertensão arterial: em casos de insuficiência renal, pode ocorrer uma hipertensão arterial que pode gerar uveíte;
  • Infecções sistêmicas, como as piometras (infecções do útero) também podem provocar uveíte em cães;
  • Idiopática: quando a causa não pode ser determinada.

Tratamentos para uveíte em cães

O tratamento realizado para a uveíte em cachorros é a combinação de medicamentos adequados de acordo com o tipo de uveíte do seu companheiro peludo. O tratamento precoce é muito importante, não deixe o tempo passar aguardando soluções espontâneas. Um erro comum é ver o olho avermelhado do cachorro e limpá-lo em casa, pensando que se trata de uma simples conjuntivite.

É muito importante estabelecer o tratamento para a uveíte em cães o mais rápido possível, pois é uma doença grave e o descontrole pode levar a complicações como cegueira, glaucoma, catarata, perda ocular, dor crônica, entre outros, podendo chegar até à perda do olho.

Entre os medicamentos receitados pelo veterinário, estão:

  • Anti-inflamatório sistêmico;
  • Anti-inflamatório tópico (colírio, pomada, etc.);
  • Medicamentos cicloplégicos para inibir a dor;
  • Antibiótico tópico em caso de úlceras e infecção;
  • Medicamentos imunossupressores em caso de uveíte imunomediada;
  • Eliminar a causa primária, se existir (piometra, infecção, etc.).

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Uveíte em cães: causas e tratamentos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas oculares.

Vídeos relacionados com Uveíte em cães: causas e tratamentos

1 de 3
Vídeos relacionados com Uveíte em cães: causas e tratamentos

Escrever comentário sobre Uveíte em cães: causas e tratamentos

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
A sua avaliação:
Jaqueline
Minha cachorra depois que fez a cirurgia de piometra apareceu com sintomas de uveite, porem me parece que nao doi e nao a incomoda, ela faz tudo normal. Em meio essa pandemia nao tenho condiçoes NENHUMA de levar ela ao veterinario muito menos comprar remedios caros, se fosse possivel me indicar algum medicamento ou colirio que nao seja CARO e eficaz, eu agradeço imensamente eu estou DESESPERADA COM MEDO DE AGRAVAR!! Eu tenho medo de comprar algum colirio e so piorar, oque eu faço??
Nídia do Carmo (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi! Apenas um veterinário pode fazer um exame físico do seu pet para chegar a um diagnóstico e recomendar o tratamento adequado para o caso. Recomendamos que você consulte um profissional o quanto antes. Aqui você encontrará alguns veterinários gratuitos e de custos baixos: https://www.peritoanimal.com.br/veterinario-gratuito-locais-de-atendimento-gratis-e-com-precos-baixos-23144.html
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
A sua avaliação:
Zenilda Costa
Bom dia,podem por favor me indicar um colírio para o meu Boxer,que tem muita remela,o veterinário fica muito longe da minha casa,ele está um pouco idoso
Jaqueline
Moça voce conseguiu resolver o problema do seu cachorro? Poderia me dizer qual colirio usou? Estou desesperada

Uveíte em cães: causas e tratamentos
Uveíte em cães: causas e tratamentos

Voltar ao topo da página