Partilhar

Como escolher um bom veterinário? 10 Dicas!

Por Mariana Castanheira, Médica Veterinária. Atualizado: 1 março 2018
Como escolher um bom veterinário? 10 Dicas!

Os cuidados veterinários são obrigatórios na vida do seu pet. Seja ele um felino, um cachorro, papagaio, coelho, iguana... A partir do momento em que inserimos na nossa família um novo membro, seja de que espécie for, devemos dar para ele todas as condições que necessita para viver feliz ao nosso lado. As visitas periódicas ao médico veterinário são um dos pontos chaves na saúde de qualquer animal.

Cada espécie necessita de cuidados específicos que podem incluir desparasitação, vacinação ou apenas visitas periódicas como medicina preventiva para assegurar que tudo está bem. Muitos tutores procuram o médico veterinário apenas quando o animal adoece. Não cometa esse erro. Mesmo antes de adotar um animal você deve procurar um médico veterinário!

Quase todos os tutores nos colocam esta dúvida: Como escolher um bom médico veterinário? O PeritoAnimal vai responder a essa pergunta indicando 10 dicas para encontrar um bom profissional.

Também lhe pode interessar: Dicas para escolher seu animal de estimação

Legalização da clínica

Este é sem dúvida o ponto número 1! Infelizmente, existem muitos "falsos veterinários" e clínicas que não estão legalizadas. É papel da justiça detectar estes casos de fraude mas todos os tutores devem estar atentos e conscientes que estes casos existem e podem estar mais perto do que você pensa.

Apenas um médico veterinário tem a formação e prática necessárias para realizar atos médicos com animais. Não leve o seu cachorro para ser vacinado pelo trabalhador da Petshop, nem naquele seu vizinho que consegue arranjar "vacinas mais baratas". O barato sai caro e a saúde do seu animal não tem preço!

Recentemente, em Portugal, o Bastonário da ordem dos médicos veterinários, Jorge Cid, alertou para o facto de existirem dezenas de queixas sobre falsos veterinários nesse país, o que coloca em risco não só a vida dos animais como a saúde pública em geral. Se você reside em Portugal, deve saber que qualquer atestado ou vacina passados por um médico veterinário devem ter uma vinheta que é emitida pela Ordem.

No Brasil têm existido também vários casos de falsos veterinários denunciados. Estes são alguns dos motivos que fizeram os clientes desconfiar:

  • Vacinas aplicadas sem selo e data de aplicação
  • Vinhetas das vacinas impressas diretamente do computador
  • Todos os medicamentos doados sem qualquer prescrição médica
  • Anúncio de serviços na internet
  • Preços demasiado abaixo da média
Como escolher um bom veterinário? 10 Dicas! - Legalização da clínica

Localização

A questão da localização da clínica ou hospital veterinário é relativa. Idealmente, uma clínica perto de sua casa é o mais indicado, para evitar o estresse de viajar com o animal e o tempo que demora a chegar até à clínica em caso de urgência. Porém, conduzir alguns quilômetros extras pode valer a pena para receber serviços de melhor qualidade. Você terá sempre de avaliar os prós e os contras.

Muitas clínicas têm serviço ao domicílio! Se você tem um animal com problemas de locomoção ou que estressa muito em viagens, esta pode ser uma excelente opção.

Visite as instalações

Você pode solicitar diretamente na clínica, antes de ir com o seu pet, para visitar as instalações. A maioria das clínicas irão mostrar sem problemas para você a instalação (claro que não deve esperar uma visita guiada por todo o hospital, principalmente se é um dia atarefado e se não marcou antes). Com certeza que irão explicar para você todas as condições que a clínica possui. Aproveite para perguntar quais os serviços de emergência disponíveis, quantos veterinários trabalham na clínica, quais as especialidades dos veterinários, se tem raio X na clínica ou se terá de fazer em outras se necessário.

Por que é importante perguntar sobre as condições? Quanto mais equipamentos possuir a clínica melhor para o seu pet. Será muito mais cômodo realizar exames complementares na própria clínica do que ter de se deslocar quando realmente existir uma urgência. Porém, a maioria das clínicas quando não possuem determinado serviço têm acordos com outras instalações. Este não é um fator determinante mas é importante ser considerado assim como todos os outros que referimos.

Esta primeira abordagem, sem o seu pet, permite que você também se aperceba de imediato do ambiente que se vive na clínica. Você se sente bem tratado? Todos são simpáticos e felizes no local de trabalho? Estes pontos são tão importantes como as qualificações e serviços da clínica. Se tudo correr bem, você seguirá longos anos nesse local e é fundamental que você se sinta bem tratado!

Como escolher um bom veterinário? 10 Dicas! - Visite as instalações

Personalidade

Como acabamos de referir, a simpatia e a maneira como o tratam como cliente deve ser valorizado. Tenha em consideração a personalidade do médico veterinário. É muito importante que você goste da maneira de estar do seu médico veterinário, tanto consigo como com o seu pet. Só assim você terá total confiança nele um dia que algo aconteça com o seu pequeno e precise de deixar ele na clínica.

Mais do que um veterinário que "saiba tudo", você quer um veterinário humilde! Todos os veterinários, por mais anos de experiência que tenham, têm as suas limitações. Um bom veterinário sabe reconhecer as limitações dele e quando um caso requer mais do que os conhecimentos dele, será o primeiro a sugerir que você procure um especialista. Ou seja, um bom veterinário não é necessariamente aquele que rapidamente diagnostica o problema cardíaco complexo do seu animal, mas sim o que reconhece que o melhor é recomendar um colega especialista em cardiologia para acompanhar um caso que ele sozinho não está sendo capaz de resolver!

Especialidade

A especialidade do veterinário é essencial. Cada vez mais a medicina veterinária caminha no sentido da especialização, tal como a medicina humana. Antes de pensar em especialização em termos cardiologia, neurologia, etc, pense no animal em questão.

Se você tem um réptil, não será a melhor escolha levar ele num veterinário de cavalos. Procure um veterinário especialista no seu animal. Hoje em dia já existem clínicas exclusivas de animais exóticos, clínicas exclusivas para felinos, etc. Algumas clínicas oferecem serviços para vários animais distintos. Você deve garantir que o seu pet recebe atenção de um especialista nesse animal!

Os médicos veterinários sempre estão estudando e se atualizando. Consulte no site da sua clínica as informações sobre o seu veterinário. Você pode ainda procurar pelo seu veterinário no CFMV e ver os cursos e credenciais dele.

Se o seu pet tem um problema específico, como demos o exemplo anterior, de cardiologia, será benéfico consultar um especialista nessa área. Claro que o preço de um especialista será provavelmente mais elevado, mas existe melhor investimento do que a saúde do seu pet?

Como escolher um bom veterinário? 10 Dicas! - Especialidade

Urgências 24 horas

O serviço de atendimento 24 horas é importante porque nunca se sabe quando o seu animal vai precisar de atendimento imediato. Se a sua clínica de eleição não tem, peça para o seu veterinário um contacto de outra para caso precise. Tal como os outros fatores, não deve excluir uma clínica se ela não tiver este serviço mas é essencial que esteja preparado e tenha um número sempre à mão para alguma hora de aflição!

Preço

O preço não deveria ser um fator determinante na escolha de um veterinário. É extremamente complicado comparar preços de serviços médicos porque na prática variam muito. Uma clínica pode até oferecer preços mais baratos na vacinação e ser mais cara quando é necessário internar de urgência, por exemplo.

Para além disso, pagar 30 reais pelo serviço de um profissional menos competente que um que cobra 60 vale mesmo a pena? A saúde do seu animal não tem preço! Isto não significa que um veterinário que cobre menos seja pior profissional do que um que cobra mais. Cada caso é um caso e por essa razão o que você deve priorizar é a qualidade! A maioria dos veterinários irá sempre apresentar um orçamento antes de avançar com qualquer tratamento. Infelizmente, nem todas as pessoas têm condições econômicas para financiar alguns tratamentos e os médicos veterinários lidam com essa realidade diariamente.

Algumas questões que são importantes fazer à clinica neste sentido são:

  • Que métodos de pagamento aceitam?
  • Aceitam crédito?
Como escolher um bom veterinário? 10 Dicas! - Preço

Outros serviços

Outros serviços que a clínica disponha podem ser um bônus! Atualmente muitas clínicas já contam com profissionais especializados em banhos, cortes de pelo e unhas. Algumas até possuem serviço de hotel associado e adestradores!

Algumas clínicas de felinos, por exemplo, já possuem as chamadas "kitty classes" que promovem a sociabilização dos gatos filhotes!

Seja um bom cliente!

Se você deseja ser bem tratado pelo seu veterinário, deve também ser um bom cliente! Ser um bom cliente, não implica apenas ser um bom tutor do seu animal. Você deve promover e incentivar um bom relacionamento com o seu veterinário. Afinal de contas, é nas mãos dele que você vai deixar o seu melhor amigo!

Escute atentamente todos os conselhos e dicas do seu veterinário. Se ele está dizendo alguma coisa é porque é importante que você oiça e o aplique! Por vezes, o médico veterinário está dizendo muita informação ao mesmo tempo e você tem dificuldade em acompanhar... fale isso para ele! Um bom veterinário não terá nenhum problema em abrandar o ritmo da informação ou mesmo escrever para você! Não tenha vergonha de perguntar as vezes que forem precisas para ficar esclarecido!

Não espere do veterinário o que não esperaria de um mecânico revisando o seu carro. Isto é, você não diria ao seu mecânico para dar só uma olhadinha no seu carro sem pagar não é? Pois é, o veterinário também tem contas para pagar, também tem uma família e os equipamentos e fármacos não se pagam sozinhos. Se você tem problemas econômicos, fale abertamente com o seu médico veterinário. A maioria dos veterinários tem opções e formas mais acessíveis de pagamento para pessoas com menos condições econômicas.

Valorize o trabalho do seu veterinário e a opinião dele. Se o seu veterinário prescreveu determinado tratamento, não fale para ele que o remédio caseiro do seu vizinho deve ser melhor! O seu veterinário está a fazer tudo o que sabe e a dar o melhor dele para salvar o seu melhor amigo.

Respeite o horário da clínica e utilize o serviço de urgências apenas quando realmente se trata de uma. Ser acordado às 5 da manhã para vacinar um cachorro não é uma urgência. Os médicos veterinários também são humanos e precisam de descansar para estarem a 100% para cuidarem bem dos nossos melhores amigos!

Como escolher um bom veterinário? 10 Dicas! - Seja um bom cliente!

O mais importante de tudo - Confiança!

O mais importante de tudo é confiar no médico veterinário. Esta confiança deve ser recíproca e, para isso, não minta em nenhuma circunstância ao seu médico veterinário. Você deve lembrar que é a saúde do seu pet que está em risco. Ele não tem como falar e você é a voz dele! Todos os pormenores que você contar podem ser úteis para chegar a um correto diagnóstico e definir o tratamento que vai curar o seu pet.

Se você já encontrou um veterinário em quem confia totalmente a saúde do seu melhor amigo, não o largue mais! Se por outro lado, não está satisfeito com o atendimento ou apenas procura uma segunda opinião, não hesite! Tal como na medicina humana, não existe nenhum problema em procurar uma segunda e terceira opinião sobre o caso do seu animal!

Como escolher um bom veterinário? 10 Dicas! - O mais importante de tudo - Confiança!

Se deseja ler mais artigos parecidos a Como escolher um bom veterinário? 10 Dicas!, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de O que precisa saber.

Escrever comentário sobre Como escolher um bom veterinário? 10 Dicas!

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Julia
Mudei de cidade e quero escolher um novo veterinário e este artigo ajudou-me muito! Existem tantas clínicas veterinárias que não sabia como escolher. Vou pedir para visitar uma que está próxima de minha casa e diz que tem serviço de 24 horas.

Como escolher um bom veterinário? 10 Dicas!
1 de 7
Como escolher um bom veterinário? 10 Dicas!

Voltar ao topo da página