menu
Partilhar

Surdez em cães - Causas, sintomas e tratamento

 
Por Equipe editorial do PeritoAnimal. 3 novembro 2021
Surdez em cães - Causas, sintomas e tratamento

Ver fichas de  Cachorros

A audição do cachorro é muito mais desenvolvida que o dos seres humanos, com uma capacidade que chega a 60.000 Hz, enquanto o homem só é capaz de perceber sons a 20.000 Hz. Apesar de seu sentido de audição privilegiado, existe a possibilidade de um cachorro ficar surdo em algum momento de sua vida, o que causa grande preocupação em seus companheiros humanos.

A primeira coisa a fazer é descobrir a causa do problema e se é reversível ou não. Caso a surdez do cachorro não tenha solução, não se preocupe: ele continua sendo um cão como qualquer outro. Ainda vai sentir o mesmo carinho de sempre por você, e se for um filhote, pode ser treinado sem problemas, assim como um cão que ouve bem. Descubra neste artigo do PeritoAnimal sobre a surdez em cães, suas causas, sintomas e tratamento, bem como tudo o que você precisa saber para que você e um cachorro surdo continuem a viver em harmonia.

Meu cachorro é surdo?

Ao contrário da crença popular, não é verdade que cachorros surdos sejam mais violentos, mais ariscos ou mais complicados de conviver em casa. Obviamente, essa condição exigirá alguns cuidados extras, mas nada que fuja do controle.

Dizemos que um cachorro é surdo quando ele demonstra ser incapaz de ouvir o que se passa à sua volta, um problema que pode ser adquirido (como consequência de doenças, distúrbios, etc.) ou ocorrer de forma congênita (desde o nascimento). A surdez pode ser total, caso em que o cão não ouve absolutamente nada, ou parcial, quando ainda percebe alguns sons, principalmente os mais altos. Da mesma forma, pode ser unilateral (afetando apenas um ouvido) ou bilateral (afetando ambos os ouvidos).

A surdez não se manifesta externamente, ou seja, não há nada na aparência do cão que revela a existência de um problema na audição do cachorro. Isso porque a orelha, que é o órgão externo desse importante sentido, não tem relação com o que acontece dentro, no ouvido médio e no ouvido interno do cachorro.

Quando um som é produzido, o cão o percebe graças às vibrações que gera ao ricochetear nos elementos na área exterior, e são essas ondas que passam individualmente por cada orelha e por cada ouvido médio até chegar ao interno, onde a audição ocorre. Quando há surdez, essas vibrações não são mais percebidas.

Surdez em cães - Causas, sintomas e tratamento - Meu cachorro é surdo?

Por que o cachorro fica surdo?

Dependendo da causa, a surdez pode ou não ser reversível. Além disso, nos casos em que é possível curá-la, é fundamental detectar o problema a tempo, já que muitas vezes pode se complicar.

Uma das causas que podem deixar um cachorro surdo é a idade avançada. Assim como no caso do ser humano, o corpo dos cães se deteriora com o passar dos anos, e a perda gradual da capacidade auditiva é um dos elementos que são evidenciados pela passagem do tempo.

Quando a surdez ocorre em um cachorro jovem, os fatores mais comuns costumam ser os seguintes:

  • Uma infecção no canal auditivo ou traumatismo na cabeça também são causas da surdez. A otite, a presença de ácaros, um corpo estranho introduzido na cavidade, entre outros fatores, podem desencadear esse tipo de surdez. Geralmente é reversível, mas para isso é necessário agir rapidamente para não prejudicar a audição do cachorro.
  • A cinomose, uma doença comum em cães e outros mamíferos, pode deixar uma surdez irreversível como uma sequela após a cura.
  • O acúmulo excessivo de cera impede a audição adequada, pois o tampão bloqueia o canal que percebe os estímulos externos. Naturalmente, isso é causado por um excesso de produção de cera que pode ocorrer em alguns cães ou, ainda, por falta de higiene de um tutor descuidado. Tanto neste caso como no caso de feridas e infecções, o problema no ouvido afeta o equilíbrio do cachorro.
  • A presença de um tumor, cancerígeno ou não, no aparelho auditivo ou mesmo no cérebro, afeta as funções do ouvido, causando a deterioração da audição do cachorro e consequente surdez.
  • Alguns medicamentos têm como possível efeito colateral a redução da audição do cão. É o caso de certos antibióticos, da quimioterapia, alguns medicamentos usados ​​para tratar infecções de ouvido e até mesmo certos produtos de limpeza domésticos que podem ser transportados pelo ar até o ouvido.
  • A exposição contínua a ruídos altos, sejam graves ou agudos, danifica os nervos do ouvido.

Contudo, a hereditariedade costuma ser a principal causa para tornar um cachorro surdo. Está relacionada à falta de pigmentação, razão pela qual afeta muitos cães brancos. Por quê? Isso não significa que os cães de cor naturalmente clara sejam surdos, mas que esta condição afeta os cães que, ao contrário do padrão em sua raça, são brancos devido à falta de pigmentação. Quando isso acontece, o interior da orelha também sofre essa despigmentação, com a qual os nervos internos se deterioram quando o filhote tem apenas algumas semanas de vida. Esta particularidade não é perceptível externamente.

No que diz respeito à herança, algumas raças têm maior probabilidade de que o cachorro fique surdo. É o caso do dálmata, bull terrier, são bernardo, cocker, jack Rrussell, entre outras.

Sintomas de um cachorro surdo

Quando o problema é causado por uma infecção, ácaros, otites, etc., é possível observar alguns sintomas, como sacudir a cabeça frequentemente, crostas na parte externa da orelha, cera negra, perda de equilíbrio e dores evidentes.

Nos demais casos, é mais fácil notar mudanças no comportamento do cachorro surdo do que sintomas físicos. Se ele for adulto, você notará que aos poucos ele parece ignorar suas chamadas ou ordens, mas isso ocorre simplesmente porque não consegue te ouvir. Da mesma forma, é provável que comece a dormir um número maior de horas porque, em geral, o cão acorda ao mesmo tempo que o resto da família, mas neste caso será incapaz de perceber os típicos ruídos matinais.

Um cachorro surdo pode dar a impressão de ser desobediente e não se interessar por brincadeiras ou pela interação com seus humanos, mas a realidade é que ele não percebe os chamados que está recebendo. Além disso, nos casos de surdez unilateral você verá que, diante de um som, o cão vira a cabeça em diferentes direções para tentar detectar sua origem.

A surdez também pode ocorrer em filhotes, e ser evidenciada em brincadeiras que parecem agressivas para o ser humano, pois quando o filhote morde com força, não ouve os alertas de dor que o humano ou um irmão da ninhada dá. Da mesma forma, o filhote não responderá aos chamados de sua mãe para comer, nem aos ruídos presentes em casa.

Surdez em cães - Causas, sintomas e tratamento - Sintomas de um cachorro surdo

Como saber se seu cachorro é surdo

Se você suspeita que o cachorro é surdo, pode realizar alguns testes simples em casa para determinar seu grau de reação aos sons. Quando o cachorro estiver de costas para você, faça um som que não produza vibração, como ligar a televisão, colocar o recipiente de comida no chão ou sacudir algo que faça barulho. Se o cachorro não reagir, deve-se considerar a possibilidade de surdez e proceder à determinação das suas causas juntamente com um veterinário. Se, por outro lado, se mostrar desorientado procurando o som, pode ser um caso de surdez unilateral e até mesmo reversível.

De maneira profissional, existe um teste para determinar a surdez em cães, chamado de BAER (Brainstem Auditory Evoked Response), que pode ser aplicado por um veterinário. O teste consiste na colocação de uma série de eletrodos na cabeça do cão, acompanhados de fones de ouvido nas orelhas. Diante de estímulos sonoros enviados para os fones de ouvido, o veterinário estuda o nível de resposta do cérebro do cão. A única desvantagem é que é um exame caro e nem todos os veterinários são treinados para realizá-lo.

Contudo, observando os sinais que mencionamos na seção anterior e com a orientação correta do veterinário, vocês serão capazes de descobrir qual é o problema. Radiografias do ouvido, observação das orelhas e um estudo da história clínica do animal, entre outros, fazem parte das análises pertinentes para descobrir se um cachorro é surdo.

Tem como adestrar cachorro surdo?

Sim, é possível adestrá-lo por meio de treinamento visual, com luzes, linguagem corporal e outros objetos.

Existe algum tratamento para a surdez em cães?

Isso vai depender do fator que desencadeou a surdez do cachorro. Quando a surdez ocorre devido a uma infecção, como uma otite, é possível que a audição se recupere, desde que a doença seja tratada a tempo. A negligência prolongada pode prejudicar a audição do cão para sempre.

Da mesma forma, quando a surdez é decorrente de um entupimento por cera de ouvido, uma limpeza adequada será suficiente para que retorne ao normal. Depois de fazer isso, recomendamos que você preste atenção à higiene do cachorro em todos os seus aspectos, especialmente à limpeza das orelhas, que deve ser realizada uma vez por semana ou a cada quinze dias no máximo.

Nos demais casos, o resultado final para melhorar a audição do cachorro varia, assim como os tratamentos que podem ser utilizados. A única coisa certa é que, uma vez que a surdez tenha sido declarada irreversível, não há remédio ou tratamento que possa curá-la, nem será necessário administrar nenhum medicamento extra ao cão.

O que fazer com um cão surdo?

Um cachorro surdo precisa de compreensão e muito amor, além de paciência. Quando se aproximar dele, por exemplo, sempre tente fazer isso de frente, para não assustá-lo. Se a audição não atrofiar completamente, chame o cachorro com palmas ou algum outro som grave, até que ele se acostume a responder a esse som.

Fora de casa, é fundamental ser extremamente cuidadoso, pois o cachorro não conseguirá detectar sons que o avisem da aproximação de perigos. Sempre que você sair para passear, coloque-o na coleira e não o deixe solto em locais pouco seguros, lotados ou onde ele possa correr e fugir. Por outro lado, você pode treinar seu cão da mesma forma que faria com um cachorro ouvinte, mas em vez de dar comandos por meio do som, use sinais e gestos com as mãos.

Como forma de prevenção, recomendamos também que coloque uma coleira com uma etiqueta que não só indique o nome do cão e os seus dados de contato, mas também inclua a informação de se que se trata de um cachorro surdo. Uma outra opção é adicionar um sino à coleira para que seja mais fácil saber onde ele está o tempo todo.

Portanto, trate o cachorro surdo com muito carinho e paciência, brinque com ele e nunca deixe de dar o amor que ele tanto merece.

Agora que você já sabe tudo sobre os problemas de audição do cachorro, recomendamos também a leitura deste outro artigo sobre os cuidados com cães cegos.

Surdez em cães - Causas, sintomas e tratamento - Existe algum tratamento para a surdez em cães?

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Surdez em cães - Causas, sintomas e tratamento, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Outros problemas de saúde.

Bibliografia
  • American Kennel Club. How to train a deaf dog. Disponível em: <https://www.akc.org/expert-advice/advice/how-to-train-a-deaf-dog/>. Acesso em 27 de outubro de 2021.
  • Battersea. Deaf dog care and training. Disponível em: <https://www.battersea.org.uk/pet-advice/dog-advice/deaf-dog-care-and-training>. Acesso em 27 de outubro de 2021.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Surdez em cães - Causas, sintomas e tratamento
1 de 4
Surdez em cães - Causas, sintomas e tratamento

Voltar ao topo da página