Partilhar
Partilhar em:

10 cheiros que os cachorros não gostam

10 cheiros que os cachorros não gostam

Ver fichas de  Cachorros

O sentido de olfato dos cachorros é completamente diferente ao dos humanos, pelo que não é de estranhar que tenhamos gostos diferentes na hora de decidir que fragrâncias nos parecem agradáveis e que aromas consideramos insuportáveis. Para nós, o cheiro da urina e das fezes fazem parte dos aromas que mais rejeição nos causam, no entanto para os cães são odores que lhes proporcionam informação de grande interesse para eles.

Muitos dos cheiros que os cachorros não gostam se encontram em nossa casa e, podemos inclusive levá-los conosco, causando no nosso companheiro peludo incômodos no nariz e uma situação desagradável. Se quer conhecê-los e descobrir que fragrâncias repudiam os cães, continue lendo este artigo do PeritoAnimal e comece a tomar medidas.

Também lhe pode interessar: 10 cheiros que os gatos odeiam

O olfato do cachorro

O olfato é o sentido mais desenvolvido dos cães, tendo entre 150 e 300 milhões de células olfativas, valores que comparados com os 5 milhões de células que apresentam os humanos são exorbitantes. Desta forma, são capazes de identificar cada uma das partículas que se encontram no ar ou objetos, e determinar onde se encontram os cheiros percebidos exatamente. Por este motivo, são muitos os cães utilizados para a busca de pessoas desaparecidas durante uma catástrofe, detecção de substâncias estupefacientes ou, inclusive, diagnóstico de doenças como o câncer.

Por outro lado, os cães são animais com uma grande memória olfativa. Isto quer dizer que, tal como nós somos capazes de reconhecer uma pessoa pela sua imagem, os cachorros reconhecem-nos através do nosso cheiro. Por isso, é fundamental deixar que um cão desconhecido nos cheire antes de o acariciar, ou não dificultar dois cães que se cheiram entre eles.

Ao contarem com um olfato tão sensível, não é de estranhar que os cachorros fiquem excitados cada vez que saem à rua, pois é todo um mundo de cheiros que percebem e querem descobrir. Além disso, também não nos deve surpreender o fato de se mostrarem resistentes a certos aromas que para nós são agradáveis, visto que eles percebem esse cheiro com mais intensidade. Para você conhecer os cheiros que os cachorros odeiam, de seguida mostramos-lhe uma lista completa.

Cheiro a cítrico, horrível para os cães

O cheiro a cítricos é um dos aromas mais apreciados por nós, e a sua fragrância é capaz de durar horas em nossa casa. Por isso, temos o hábito de comprar produtos que tenham este aroma e encher cada um dos cômodos de casa com eles com o objetivo de oferecer um cheiro que dure e nos dê uma sensação de frescura. No entanto, para os nossos companheiros peludos é diferente, sendo este um dos cheiros que os cachorros não gostam.

Lembre-se que os cães têm o sentido de olfato 40 vezes mais desenvolvido que nós. Desta forma, se para si o cheiro a cítricos já é intenso, imagine como o seu cachorro o deve perceber. Trata-se de um aroma tão forte, que pode chegar a causar irritação nas vias respiratórias do animal, causando uma sensação incômoda e insuportável.

As frutas cítricas como o limão, a laranja ou a toranja têm cheiros que os cães não suportam, mas as fragrâncias que mais odeiam são as dos óleos essenciais deste tipo de frutas. Os óleos são produtos concentrados que emitem um odor muito mais intenso que a fruta em si e, por conseguinte, o animal percebe um cheiro mais forte que o do alimento. Desta forma, se pretende utilizar um cheiro cítrico para evitar que o seu cão urine em uma determinada zona de casa, recomendamos que utilize as frutas naturais e evite colocar ao seu alcance os óleos. O objetivo desta técnica é evitar que o animal se aproxime desse espaço em concreto, não lhe oferecer-lhe uma convivência desagradável.

Vinagre

O vinagre é outro dos remédios caseiros para evitar que os cachorros urinem em casa porque também faz parte dos cheiros que odeiam. Tal como acontece com os cítricos, o aroma deste produto é tão forte que é insuportável para os cães. No entanto, o vinagre de maçã tem grandes benefícios para os cachorros, pelo que privá-los a 100% dele também não é aconselhável. Devemos aprender a utilizá-lo e saber quanto deve aplicar para que seja o menos incômodo possível para o animal.

O vinagre de maçã é bastante eficaz para evitar que o cachorro cheire mal. No entanto, visto que se trata de um dos odores que os cachorros não gostam, devemos misturá-lo com o seu xampu habitual e reduzir, assim, a sua fragrância. Não aplique esta solução na zona da cabeça e certifique-se de enxaguar bem.

Pimenta

A pimenta é um alimento que deve o seu picante a uma série de compostos químicos naturais denominados capsaicinas, composição que produz um cheiro muito desagradável para os cachorros. Cheirar de forma direta este alimento pode causar no animal irritação das vias respiratórias, coceira no nariz e espirros constantes. Por isso, é imprescindível conhecer os alimentos proibidos para os cachorros e evitar que se aproximem deles.

Álcool, em todas as suas versões

O álcool antiséptico é um cheiro que os cachorros não suportam, pelo que aplicá-lo sobre a sua pele está totalmente desaconselhado. No caso de ferida, o mais recomendável é limpá-lo apenas com água e consultar o veterinário para que seja ele a indicar como a deve desinfetar.

Dependendo dos graus que o álcool contiver, será mais ou menos incômodo para o animal. No entanto, isso não quer dizer que o álcool usado como gel antibacteriano não seja um dos cheiros que os cachorros odeiam, visto que o seu olfato sensível também é capaz de o detetar e determinar que não gosta dele.

Por outro lado, as bebidas alcoólicas também são desagradáveis para os cães, especialmente aquelas com um maior grau de álcool.

Esmaltes de unhas, insuportáveis para eles

Embora para muitas pessoas o cheiro dos esmaltes de unhas seja agradável, os cachorros odeiam-no. Ao estarem compostos por um número tão elevado de compostos químicos, entre os quais se destacam o formaldeído, a nitrocelulose, álcool isopropílico e o acetato, a fragrância dos esmaltes é realmente desagradável para os cães, causando espirros e coceira no nariz do seu amigo de quatro patas.

Por outro lado, os removedores de esmalte também fazem parte da lista de cheiros que os cachorros não gostam devido aos seus compostos químicos, sendo a acetona o mais incômodo para eles. Desta forma, recomendamos que opte por removedores de esmaltes sem acetona e aplique todos estes produtos cosméticos longe dos cães.

Cloro, amoníaco e outros produtos de limpeza

Gostamos dos produtos de limpeza com cheiros frescos, intensos e perfumados, e acabamos por os comprar esquecendo-nos que os nossos amigos peludos os odeiam. Tanto o cloro como o amoníaco são produtos que não só têm cheiros fortes que os cachorros odeiam, como também são altamente nocivos para eles. Inalá-los de forma direta pode causar irritação nas vias respiratórias e esófago. Além disso, o amoníaco produz um aroma muito idêntico ao da urina dos cães, pelo que podem relacioná-o com a presença de outro animal em casa e manter-se em posição de alerta.

Apesar dos produtos mencionados serem os mais incômodos para os cachorros, todos os produtos de limpeza com cheiros fortes, como a água sanitária, têm cheiros desagradáveis para eles. Além disso, lembre-se que eles odeiam os aromas cítricos, pelo que todos os produtos com essas fragrâncias causarão rejeição no seu companheiro peludo. Tente limpar a casa enquanto outro membro da família leva o cachorro a passear para evitar converter esta tarefa em uma experiência desagradável para ele.

Bolas de naftalina

A naftalina utiliza-se, no geral, como pesticida devido ao seu grau de toxicidade. Precisamente os compostos químicos que a formam para ser um produto tão tóxico, não só causam um cheiro desagradável para o cão como também a convertem em uma das coisas que podem matar o seu cachorro. A ingestão de apenas uma bola pode causar danos graves no fígado e no sistema nervoso central do animal, gerando vômitos, diarreia e convulsões. O consumo de mais de uma pode levá-lo à morte.

Perfumes, sem exceção

Já notou que depois de colocar perfume, se tentar abraçar o seu cachorro, ele o rejeita? O seu fiel companheira odeia os cheiros dos perfumes, sem qualquer exceção. Ao se tratarem de produtos feitos com uma infinidade de compostos químicos, os aromas que desprendem são insuportáveis para eles. No entanto, o motivo que leva os perfumes a se converterem em um dos cheiros que os cachorros odeiam não é apenas este, a mesma razão que nos leva a adorar os perfumes a eles causa-lhes o efeito contrário. Desta forma, assim como nós percebemos o quão agradável é o perfume trazer um aroma diferente à nossa pele, os cachorros não gostam porque atua como um substituo do nosso cheiro corporal. Lembre-se que os cães reconhecem-nos pelo nosso cheiro, se o mascararmos com outro diferente não é de estranhar que odeiem essa fragrância desagradável que os impede de nos identificar.

E os perfumes para cães? Também são cheiros que não suportam. No entanto, e sempre que sejam de qualidade, ao se tratarem de produtos feitos para eles não são prejudiciais e podemos aplicá-los com moderação. Isto quer dizer que não se recomenda perfumar o animal todos os dias, será suficiente a quantidade de perfume que o cabeleireiro canino aplicar sobre ele durante a sua visita ao centro de beleza.

O seu cachorro odeia outros cheiros?

Tal como acontece com os humanos, os animais têm gosto próprio e, por isso, é possível que nem todos os cheiros mencionados sejam desagradáveis para ele. Não se trata de uma ciência exata, e pode acontecer que um cão seja capaz de suportar o aroma de uma laranja, enquanto outro odeie por completo. No que diz respeito aos cheiros a cítricos, os que os animais costumam odiar são os óleos essenciais de limão, de laranja, de toranja, etc, mais que a fruta em si. Se reparar nos cheiros que os cachorros não suportam eles são, geralmente, de produtos químicos criados pelo ser humano, mais que por elementos naturais como os alimentos. Desta forma, se o seu companheiro odeia um cheiro que não se encontra nesta lista, deixe um comentário e conte-nos tudo!

Se deseja ler mais artigos parecidos a 10 cheiros que os cachorros não gostam, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Comentários (3)

Escrever comentário sobre 10 cheiros que os cachorros não gostam

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
3 comentários
Maria Aparecida C Gonçalves
Meucachorro lhasaapsi faz xixi nos sofas e almofadas e camas da casa.Nunca consigo ver no ato .Faço uma mistura de alcool e vingre e esfrego com um pano limpo. Não adianta Às vezes leva dias para fazer de novo no mesmo local.Mas meu sof´´a está horrivel. O que faço ?
Matheus
Meu cachorro fica pegando cascalhos que poem nas plantas oque eu posso fazer ? Ja borrifei pinenta coloquei limao mas mao funciona oque faco ?
Vanessa Lopes (Editor de PeritoAnimal)
Oi Matheus! Se esses produtos não resultaram, experimente outros que mencionamos no artigo como vinagre ou álcool. E se alguma vez pegar seu cachorro fazendo isso, diga-lhe um não firme e afaste-o do local. Não deve repreender o cachorro se não o pegar no momento, pois se o fizer ele não vai perceber porque o está repreendendo. Espero que seja útil! Obrigada pelo seu comentário e boa sorte ;)
A sua avaliação:
Bruna
meu cachorro odeia cheiro de esmalte e acetona, mas quando ele cheira ele fica, tipo, meio doido, ele fica arranhando o chao, fica latindo, e parece que ele gosta de ficar cheirando, mas faz cara feia, como se ele estivesse bebado, alguem sabe por que isso acontece
Vanessa Lopes (Editor de PeritoAnimal)
Oi Bruna! É normal que o seu cachorro não goste desses cheiros, pois afinal são produtos são compostos por vários compostos químicos que desagradam ao seu bichinho, podendo até causar-lhe espirros e coceira no nariz. Por isso, tente manter sempre afastados estes produtos dele. Muito obrigada pelo seu comentário!

10 cheiros que os cachorros não gostam
1 de 11
10 cheiros que os cachorros não gostam