Partilhar

Porque minha cadela ataca minha outra cadela?

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. 9 janeiro 2017
Porque minha cadela ataca minha outra cadela?

Ver fichas de  Cachorros

Pode acontecer que uma das suas cadelas nunca tenha procurado brigar e que, até há pouco tempo, tenha sido muito pacífica. No entanto, nos últimos dias começa a rosnar até ao ponto de atacar a sua outra cadela. Embora seja um motivo de preocupação, isto é mais comum do que pensa, e é uma situação que tem algumas explicações com raiz na biologia e psicologia animal. Parte da solução é reconhecer que você é o macho/fêmea alfa da matilha em casa. Tem a autoridade de fazer as regras, especialmente a que diz "aqui não há brigas", e de as fazer cumprir para todos os membros da família.

É sempre mais sábio e seguro prevenir uma briga que tentar parar uma que iniciou. Continue lendo este artigo do PeritoAnimal para conseguir resposta à pergunta: porque sua cadela ataca sua outra cadela? Vamos ajudá-lo a entender o comportamento do seu pet e dar-lhe possíveis soluções para evitar ou, pelo menos, diminuir os ataques.

A líder da matilha

São poucas as brigas que começam sem motivo, embora este se encontre dentro da mente da sua cadela e como ser humano você não consegue entendê-lo. Se observar o comportamento da sua cadela, ela sempre se preparará para discutir e depois atacar, em uma questão de segundos. Um rosnado interno, seguido de um rosnado externo e um olhar com desprezo é apenas o começo. Este é o momento de cortar com a energia negativa e errada. No entanto, por que isto acontece?

Os cachorros, embora nobres, leais e de grande coração, têm os seus momentos e podem brigar por muitas razões: mau humor, brincadeiras que acabam mal, algo que lhes dói, a comida, os brinquedos ou simplesmente não se dão bem com outros cachorros, entre outros motivos. Mas, dos motivos mais comuns, especialmente se forem do mesmo sexo, são as brigas que se geram para ganhar e manter o estado dentro da matilha.

A natureza dos cachorros funciona por hierarquias, pelo que sempre haverá um cachorro com uma autoridade superior e um líder da matilha. Enquanto cada membro conhecer o seu lugar, seguir as regras e se mantiver no seu sítio "moral", estará tudo em ordem. Se algum dos cachorros tentar se revelar, então aí vêm os problemas. O que pode estar acontecendo (e embora não pareça) é que há uma luta interna de posições entre as suas duas cadelas, uma delas (a que ataca) tente manter a sua posição, enquanto que a outra ou quer subir de "cargo" ou parece um pouco rebelde à cadela que a vai atacar.

Também se deve ter em conta que muitos dos ataques ocorrem quando o companheiro humano está presente. Este é um claro resultado da competição que há entre as cadelas para conseguir a atenção do líder da matilha, neste caso, você. Lembre-se que para os seus cães você é o líder do grupo familiar.

Porque minha cadela ataca minha outra cadela? - A líder da matilha

As hormonas desestabilizam

Lutar contra a própria natureza é uma tarefa difícil. Como mencionamos no início do artigo, pode ser que a sua cadela nem sempre tenha tentado atacar a outra cadela e o que acontece neste momento é que está atravessando uma fase difícil. As cadelas (tal como as pessoas) têm períodos de agressividade que alternam com períodos de maior tranquilidade. É importante saber quando se iniciam esses períodos, pois se os ataques aumentarem e piorarem podem chegar a causar grandes brigas onde o dano pode ser grave. Estamos falando do cio nas cadelas.

Nem sempre acontece, mas algumas cadelas mudam de caráter depois da chegada do seu primeiro cio. As mudanças hormonais e físicas afetam o humor e a personalidade da sua cadela. Optando sempre pela prevenção, o melhor que pode fazer para evitar os ataques e que uma cadela mude de caráter é esterilizá-la antes de entrar no processo do cio.

Se o tema for apenas hormonal, a esterilização pode conseguir que a atitude de dominação diminua, e inclusive desapareça. Este é um caso de luta de poderes, com a diferença que os poderes são ver quem se encontra mais irritável e sensível.

Porque minha cadela ataca minha outra cadela? - As hormonas desestabilizam

Como evitar que a sua cadela ataque sua outra cadela?

Adiantar-se ao comportamento futuro da sua cadela enquanto está pensando em atacar, é a chave mais eficaz. Quando vir que rosna ou tem algum comportamento errado, nem que seja mínimo, corrija-a com uma voz firme e profunda. Não tenha medo de parecer um pouco duro, a intenção é que entenda que esse tipo de comportamento não será permitido. Não opte pela violência física nem o castigo, porque apenas conseguirá piorar a situação. Com um "Não" firme entenderá que a sua atitude não é a correta. Além disso, preste atenção aos seguintes conselhos se a sua cadela atacar a outra cadela:

  • Se acontecer o ataque e você entrar tarde, não sabendo quem o iniciou, corrija as duas cadelas por igual. Embora uma das cadelas seja a que está causando problemas, o treinamento fica igual para todos os cães da matilha.
  • Ao mínimo som agressivo que a sua cadela emitir, peça-lhe que se sente, fique à sua frente, entre ela e a outra cadela e centre a sua atenção em si.
  • Ajuda muito entender a personalidade e raça da sua cadela. Existem alguns animais que simplesmente não se dão bem não têm o que chamamos de "química natural". Algumas raças são de caráter menos sociável que outras e algumas são de caráter problemático. Nestes casos, deverá separá-los de cômodos até fazer uma reabilitação de caráter e a cadela que propicia os ataques diminua a atitude agressiva.
  • Apesar dos ataques poderem piorar e não parar, nunca considere se livrar de uma das cadelas. Familiarize-se e apoie-se no sistema de separação por horas. É um pouco complicado e não tão agradável mas sempre será melhor que abandonar ou separar-se de uma das suas cadelas. Uma cadela passa uma parte do dia em um lugar enquanto que a outra é afastada, pode ser no jardim ou em outra parte da casa. Depois mudam de posição. Neste caso tente não deixar sozinhas nenhuma das duas, toda a família deverá dividir e alternar a sua atenção. Esta deve ser a última opção no caso de não obter nenhum tipo de resultado positivo, visto que a separação poderia desenvolver ciúmes em alguma das cadelas se não se levar a cabo corretamente.
  • Recorra a um etólogo. Se não conseguir evitar que a sua cadela ataque a sua outra cadela, será melhor consultar um profissional que o guie e corrija a situação.
Porque minha cadela ataca minha outra cadela? - Como evitar que a sua cadela ataque sua outra cadela?

Se deseja ler mais artigos parecidos a Porque minha cadela ataca minha outra cadela?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas de comportamento.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
47 comentários
A sua avaliação:
Iris
Tenho 2 cadelas uma pinscher de 5 anos e uma pitbull com rottweiler de 3 meses, as duas no começo se deram bem, mas sempre com ciúmes da parte da pinscher e esses dias as duas começaram a se estranhar, ficam brigando sempre, eu tenho medo de quando a pitbull crescer Quando ela tiverem brigando e não estiver ninguém na hora matar a pequena. Qual a dica que vcs podem me dar?
A sua avaliação:
Maria Eduarda
muito bom, me ajudou muito com o problea das minhas cadelas
A sua avaliação:
Tiago filipe
Boa tarde tenho 2 cadelas mae e filha sempre estiveram juntas no mesmo canil agora a filha ficou no cio e tive ca um cao junto com ela . Passado 4 dias fui levar o cao e trouxe novamente a mae e agora elas brigam ,mordem se . O que devo fazer ?
joao
nossa, tive exatamente esse problema. Vou tentar seguir essas dicas
A sua avaliação:
Flaviane
Oi. Tenho 2 cachorras elas foram criadas juntas a diferença de idade dela e de mês.
Não tem nem um ano de vida. Umas delas entrou no cio e a outra não. Sendo que são portes diferente um é pequena e outra é grande. A que entrou no cio foi a pequena e a grande não. Ouvir um estranhamento entre elas uma briga. Separei a tempo de se machucar gravimente, mas uma perdeu a confiança na outra. Tenho também um cachorro mais velho que é doido pra pegar ela e eu não deixo. Ela fica presa na casinha e a outra fica do lado de fora amarrada. A noite eu solto uma de cada vez. Mas as duas acabam ficando juntas sendo uma presa e a outra solta. Não se estranharam ficou numa boa mas fiquei comendo de deixa as duas soltas. E hoje ouve um princípio de brigar e separei rápido. Mas agora não sei mas o que fazer pra que as duas fiquem bem pra poder ficar soltas juntas. Elas não são castradas.
O que eu faço agora pra amizade delas não terminar em briga toda vez que elas estiverem soltas. E pra dar um pouco de paz.

A sua avaliação:
Fernanda
Eu tenho 2 cachorras que estão comigo dês de filhotes ,elas tem 5 anos e são castradas . Mas elas brigam demais ,de até sair sangue , não aguento mais essa situação. Pois sempre tem uma que sai mais machucada . Por mais que eu tente corrigir ela quando rosna pra outra cachorra,ela não respeita e mesmo assim fica cercando a outra . Está muito difícil!!
A sua avaliação:
Liliane
Tenho 2 cachorras da mesma idade srd. Uma eu peguei bebê que é que passa mais tempo comigo até dorme comigo quando chego do meu trabalho, eu trabalho à noite. A outra peguei em uma ong. Faz 2 anos que convivem muti bem, cada uma tem seu cocho de comida e dormiam juntas à noite na lavanderia. Ontem quando cheguei em casa pela manhã , elas tinham brigado a menos que tem uma dentadura privilegiada machucou a maior fazendo dois cortes no rosto e um no olho. Separei elas pra eu vir trabalhar. Como faço pra elas não brigarem na minha ausência??
Luana
Minha cadela ataca meu cachorro, e é como descrito na matéria, parece que tem ciúmes e quando meu cachorro chega perto de algum humano, a cadela vem e ataca ele.
A maioria das vezes começa com rosnados dela, e mesmo que eu fale não, ou tente chamar a atenção dela, ela não me escuta, o foco é todo no cachorro.
Pedro
Tenho duas cadelas, uma tem 4 meses e a outra tem 5 anos. A Mais velha fica meio que querendo abusar da mais nova, montando em cima dela, ou lambendo as partes íntimas da mesma, sendo que a mais nova não gosta. Teve um dia em que a mais velha ficou correndo atrás da mais nova, que fugia chorando e latindo, quando eu fui ver as duas, a mais velha estava se tremendo, e não nenhuma marca de briga. Acho que foi uma tentativa de abuso da parte da cadela mais velha.
O que eu posso fazer pra não se ter mais esse problema???
Mariana
Tinha 3 cadelas (vira lata) adotadas, infelizmente a de 1 ano matou a de 7 anos por ciúmes ano passado e agora a que tinha um ano (ela tem dois anos agora) começou a estranhar a outra cachorra de 6 anos já separei brigas delas e a última briga que teve se eu não separo a mais nova teria matado a de 6 anos, recentemente pegamos outro cachorro dessa vez macho ele já tem 9 meses tenho medo da de 2 anos tentar atacá-lo pois ela é muito ciumenta, a minha família tá querendo desfazer da cachorra agressiva, mais eu não quero é esta um impasse pois penso que deve ter um jeito de ensiná-la e não abandonar, o que eu faço???
Luísa Savala
Oi Mariana! O mais indicado é buscar ajuda de um profissional especialista em comportamento canino.
De qualquer forma, temos um artigo sobre cão agressivo que pode te ajudar: https://www.peritoanimal.com.br/cao-agressivo-causas-e-tratamento-6100.html
A equipe do PeritoAnimal deseja boa sorte e rápidas melhoras!
Cristina silva
Tenho duas cadelas srd a mais velha adotei com 1 mês e até os 6 anos era a única da casa então adotei uma outra A mais velha sempre rosnava para a filhote que fugia mas o tempo passou e a filhote cresceu e ficou maior então passaram a brigar mesmo geralmente por comida ou mesmo espaço Hoje estão com 6 e 13 anos e as brigas embora não frequentes continuam

Porque minha cadela ataca minha outra cadela?
1 de 4
Porque minha cadela ataca minha outra cadela?

Voltar ao topo da página