Partilhar

Por que meu gato me morde e me chuta?

Por Jungla Luque, Etóloga e adestradora canina. 22 maio 2020
Por que meu gato me morde e me chuta?

Ver fichas de  Gatos

Qualquer pessoa que já tenha vivido com um gato sabe o quanto ele é extremamente afetuoso e bom companheiro. Contudo, apesar disso, certamente não é a primeira vez que você está acariciando seu gato em silêncio e ele começa a te morder, agarrando sua mão com força com suas garras e te chutando furiosamente, como se fosse uma briga.

Esta situação cria muita confusão em muitos tutores, e dá argumentos a favor daquelas pessoas que acreditam que os gatos são animais pouco carinhosos. No entanto, como você verá neste artigo do PeritoAnimal, existe uma explicação para "por que meu gato me morde e me chuta?", e entender esse comportamento será de vital importância para uma coexistência harmoniosa com o seu peludo.

Também lhe pode interessar: Porque meu gato me morde

Por que meu gato me morde e me chuta?

Morder, além de chutar, faz parte do comportamento natural do gato desde filhote. Este comportamento, que os filhotes exercem brincando, serve como um treinamento para quando são adultos e têm que caçar e se defender. Portanto, durante esta etapa, não é nem mais nem menos que uma brincadeira e, portanto, não é um comportamento agressivo, como também explicamos no artigo Por que meu gato me morde?

Mas o que acontece quando este comportamento se prolonga por muito tempo? Não é incomum ver gatos domésticos brincarem ou exibirem este comportamento mesmo que não sejam filhotes, pois a brincadeira proporciona-lhes um estímulo necessário semelhante ao que obteriam com a caça na natureza. De certa forma, os gatos domésticos que foram criados com humanos desde pequenos retêm muitos dos comportamentos de um filhotes, como brincar ou pedir comida da mesma forma que pediriam à mãe deles.

No entanto, quando o gato morde e chuta dolorosamente e sem aviso, é certamente preocupante, pois muitos proprietários se perguntam se seus gatos não gostam deles ou se eles são agressivos. A verdade é que, na maioria das vezes, estamos enfrentando um problema de aprendizagem.

Ou seja, quando este comportamento se torna problemático, normalmente acontece porque a forma de agir com o seu gato quando ele era filhote não foi a mais apropriada, não foi ensinado a inibir a mordida, podendo até ter sido incitado a brincar desta forma, porque sendo um filhote, é engraçado. Contudo, agora que o gato é adulto, as mordidas e chutes que costumavam ser engraçadas e inofensivas se tornaram um problema. Além disso, muitas vezes um factor agravante é o fato de o gato ter sido separado prematuramente da mãe e dos irmãos porque, graças à interacção com estes, o filhote aprende a não morder desproporcionadamente, ao perceber gradualmente que está machucando.

Por que meu gato me morde e me chuta? - Por que meu gato me morde e me chuta?

Meu gato me morde e me chuta quando faço carinho

Em alguns casos, você pode estar acariciando o seu gato de forma relaxada e, sem aviso prévio, ele se incomoda e começa a te atacar com raiva, mordendo e arranhando você com as patas traseiras. Nesta situação inesperada, o seu gato pode ter ficado chateado, pois você cruzou a linha quanto ao que ele pode e não pode tolerar. Ou seja, é possível que seu gato estivesse tranquilo e que, de repente, você tenha tocado alguma parte do seu corpo que ele não gosta, como a barriga, uma vez que é uma área muito vulnerável para eles. Vale a pena notar que se o seu gato nunca teve esse comportamento antes quando você tocou uma área do corpo dele, mas agora você notou que ele fica particularmente agressivo, isso pode significar que ele está sentindo dor (assim como se você notar outro comportamento estranho ou mudanças de hábito). Nesse caso, é aconselhável levá-lo ao veterinário.

Também não é incomum que, se o seu felino se encontra tranquilo e quer ficar sozinho, fique incomodado se você lhe toca. Por isso é importante entender a linguagem corporal dos gatos, pois ele provavelmente já deu sinais de que quer ser deixado em paz. Caso contrário, se você não respeitar os limites dele, o conflito pode começar.

Gato agressivo

Normalmente, os gatos não são agressivos. Quando estamos lidando com um gato que morde, chuta e machuca, dificilmente isso significa que ele é agressivo. Como vimos, muitas vezes isso acontece por falta de educação adequada ou compreensão sobre o assunto.

No entanto, o comportamento agressivo pode ser devido ao medo, especialmente se o seu gato não foi devidamente socializado com as pessoas desde pequeno e não está familiarizado com carinho. O medo também tem uma forte predisposição genética, que pode ser fomentada pelo ambiente em que ele cresceu e suas experiências, como por exemplo, se já experimentou dor por contato humano (ao ser abraçado ou acariciado em alguma zona sensível).

Finalmente, não seria incomum para um gato comportar-se agressivamente com apenas um indivíduo na casa por ter tido experiências negativas com essa pessoa, ou porque o felino está agarrado apenas ao seu cuidador e tem medo dos outros.

Se você sente que o comportamento do seu gato mudou, você pode conferir este outro artigo do PeritoAnimal sobre Gato agressivo - causas e soluções.

Por que meu gato me morde e me chuta? - Gato agressivo

O que fazer quando o gato te morde e te chuta

Independentemente de qualquer situação apresentada neste artigo, você deve entender que o gato não realiza a agressão com malícia. Ou seja, caso tenha feito uma má aprendizagem, ele demonstra essa atitude porque não sabe que te machuca. E se a agressão for feita porque ele está com raiva ou com medo de você, ele faz isso com a intenção de você se afastar dele, e ele provavelmente irá embora se ele não estiver encurralado. Portanto, devemos insistir em NUNCA repreender ou castigar fisicamente o seu gato, porque além de ser cruel, só vai fazer com que ele tenha medo de você, agravando seriamente o problema.

1. Fique quieto.

Se o seu gato te morder e te chutar com as patas de trás, você deve ser paciente e permanecer completamente imóvel. No entanto, qualquer movimento que você fizer só vai deixá-lo mais empolgado e convidá-lo a continuar brincando ou aceitar isso como uma ameaça se ele estiver com medo.

2. Não fale com ele

Além disso, será contraditório você falar com ele, porque ele pode tomar isso como algo positivo, quanto mais acariciá-lo. Neste caso, o melhor a fazer é reagir dizendo um "ai" e parar o jogo, desta forma ele aprenderá que, cada vez que morder com força, a diversão acabou, e aprenderá a brincar de uma forma mais proporcional como aprenderia com sua mãe e seus irmãos cachorrinhos, porque quando eles brincam um com o outro e mordem com muita força, eles reagem rapidamente mostrando dor e indo embora.

É necessário indicar que não é recomendável brincar com o gato com as mãos, porque ele tem de estar todo o tempo medindo as ações dele. Por esta razão, você deve oferecer aos seus gatos brinquedos com os quais possa realizar este comportamento à vontade e gastar a energia dele, como animais de pelúcia ou varas, para que ele não se sinta mais tentado a fazê-lo com você. Aqui está um artigo sobre os melhores brinquedos para gatos.

3. Compreender o seu gato

Se o seu gato morde e chuta quando porque não suporta ser acariciado, porque prefere ficar sozinho ou porque tem medo de você, é importante que o tutor saiba interpretar a linguagem corporal dele para que possa identificar quando ele está mais ou menos receptivo. Se você começar por conhecer os limites dele e evitar excessos, você já terá dado um passo muito importante, pois muitos gatos no longo prazo podem se tornar realmente brutos e relutantes ao contato humano se não soubermos entendê-los e se os tratarmos, literalmente, como bichos de pelúcia.

4. Deixa que ele se aproxime de você, não o contrário.

Em seguida, você terá que mudar sua maneira habitual de interagir com ele. Então, para começar a construir confiança, deixe o seu gato iniciar a interação com você, para que você saiba que quando ele se aproxima de você por vontade própria, ela está realmente interessado lhe dê atenção. Você pode até tentar motivá-lo com uma recompensa, trabalhando no reforço positivo em gatos, pois ele associará o prêmio a algo positivo e deixará de lado qualquer experiência negativa que ela possa ter tido no passado.

5. Acaricia apenas a cabeça e as costas

Finalmente, quando acariciar o seu gato, você deve fazê-lo sempre suavemente e lentamente, evitando as áreas que não gostam de ser tocadas, tais como a barriga ou as pernas. De preferência, acaricie o topo da cabeça dele e gradualmente (à medida que você vê que seu gato não se importa com o contato humano) se mova em direção às costas, pois é aqui que a maioria dos gatos gosta de ser acariciado.

Neste outro artigo do PeritoAnimal, nós explicamos com mais detalhes como fazer massagem no gato.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Por que meu gato me morde e me chuta?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Problemas de comportamento.

Vídeos relacionados com Por que meu gato me morde e me chuta?

1 de 3
Vídeos relacionados com Por que meu gato me morde e me chuta?

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
3 comentários
A sua avaliação:
Rita
Minha gata era de rua,é castrada e tenho ela a uns 6 anos, sempre carinhosa, comilona que só ela, de uns 15 dias para cá não come praticamente nada e passa o dia na rua, quando vem para casa não quer ficar na cama comigo como sempre fazia, aceita que eu faça carinho mas não fica muito tempo perto e já faz 5 dias que não aparece em casa, fica sempre na casa da vizinha( a vizinha não mora ali, vem de vez enquando) espio por cima do muro e ela está ali, emagreceu mas aparentemente parece não ter nenhum ferimento, não sei o que pensar e fazer mais 😔😔😔
Administrador PeritoAnimal
Oi! Apenas um veterinário pode fazer um exame físico do seu pet para chegar a um diagnóstico e recomendar o tratamento adequado para o caso. Recomendamos que você consulte um profissional o quanto antes.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
A sua avaliação:
Eliane
Muito boa a reportagem. Tenho um gato que não aceita pessoas estranhas aqui em casa. Bufa e quer se avançar. Até comigo quando estou fazendo carinho, quer me morder. Outras vezes é muito carinhoso comigo. Consigo controlar, falando com ele, sendo enérgica quando vejo que ele vai morder, daí ele para. Já tive mais de 20 gatos e é o primeiro assim. Parece cruza com gato do mato. Tenho mais 3 gatos.
A sua avaliação:
Cauane
Olá, peguei um gatinho recentemente ele tem 3 meses, ele vive escondido debaixo da cama e não sabemos oque fazer para ele parar de ir para debaixo da cama.

Por que meu gato me morde e me chuta?
1 de 3
Por que meu gato me morde e me chuta?

Voltar ao topo da página