Partilhar

Os gatos são carinhosos?

 
Por Jungla Luque, Etóloga e adestradora canina. 17 junho 2020
Os gatos são carinhosos?

Ver fichas de  Gatos

Os gatos têm fama de serem animais bastante independentes e desapegados com as pessoas, mas quão verdadeira é essa afirmação? A verdade é que a grande maioria das pessoas que viveram com gatos ao longo de suas vidas negam categoricamente que seus gatos não sejam carinhosos, ou pelo menos, sabem que alguns gatos são mais carinhosos que outros.

Conhecer o seu animal de estimação é de vital importância para interagir positivamente com ele e viver em harmonia, sem mal-entendidos ou falsas expectativas, que podem ser realmente prejudiciais ao seu peludo. Por esse motivo, se você estiver interessado em saber se os gatos são carinhosos, leia este artigo do PeritoAnimal no qual te contamos como os gatos amam e manifestam carinho.

Também lhe pode interessar: O que são animais silvestres

Os gatos amam seus tutores

Quando comparamos um cachorro a um gato, é óbvia a maneira esmagadora como os cães demonstram afeição em comparação aos gatos. Parece que os cachorros não conseguem esconder sua alegria quando nos veem: abanam as caudas, pulam de um lado para o outro, nos lambem... Os gatos, por outro lado, parecem animais mais introvertidos, que não fazem grandes festas quando mostram sua afeição, mas isso não significa que eles não te amam ou que os gatos não tenham sentimentos.

A principal diferença que existe entre um cachorro e um gato é a maneira como eles aprenderam a se relacionar conosco ao longo do tempo, e uma vez que os cães foram domesticados há mais tempo, eles se distanciaram de seus ancestrais, lobos, para se adaptarem a nós, tornando-se muito mais expressivos e conquistando os corações de muitos.

Por outro lado, a maneira como os gatos se comportam e se expressam é muito mais instintiva, e não evoluiu tanto com o contato humano. Isso não quer dizer que os gatos não amam seus donos, e sim que sua maneira de expressar isso não evoluiu de acordo conosco e, portanto, nós humanos é que nos adaptamos a eles.

Para o seu gato, você é a figura de referência e apego, já que oferece cuidados e proteção, da mesma maneira que a mãe dele. Por esse motivo, os gatos criados desde a infância com as pessoas costumam se expressar como filhotes para mostrar suas necessidades. Daí a crença de que os gatos são animais egoístas, mas nada está mais longe da realidade, pois esse fato nada mais faz do que refletir o quanto seu gato confia em você e o quanto você é importante para ele.

Como os gatos expressam carinho?

Os gatos também têm sua própria maneira de expressar suas emoções em relação a nós, e algumas podem ser sinais muito claros de afeto, enquanto outras são um pouco mais sutis. Compreender o seu gato é fundamental para poder se dar bem com ele, então vamos ver as várias maneiras de expressar carinho que os gatos têm:

  • Ronronar: sem dúvida, este é o principal meio que os gatos têm para expressar que se sentem felizes e à vontade. Por esse motivo, quando você está com seu gato, ele é incapaz de não ronronar.
  • Se esfregar contra você: quando um gato se esfrega contra uma pessoa ou objeto, seja com a cabeça, com a lateral do corpo, etc., ele está deixando seu cheiro. Eles fazem isso porque querem se certificar de deixar claro para outros gatos que se trata de sua família e seu território. Portanto, se esfregar contra você ou outras pessoas mostra pertencimento ao grupo e aceitação.
  • Te lamber: a limpeza mútua faz parte do comportamento habitual em gatos que pertencem ao mesmo grupo. É a maneira que eles têm de deixar seu cheiro característico e cuidar uns dos outros.
  • Te seguir por todo lado: é comum que um gato que tenha um apego profundo ao seu guardião humano o siga constantemente por todos os cômodos da casa. Em alguns casos, alguns proprietários até comentam o quanto ficam surpresos porque seus gatos os chamam quando se trancam no banheiro.
  • Te olhar fixamente: um gato olhando fixamente para o outro pode significar uma agressão, mas caso o seu gato te olhe fixa e placidamente, é o contrário, pois ele não se sente ameaçado por você e está curioso sobre o que você está fazendo. Além disso, ele pode estar tentando chamar sua atenção.
  • Ele vem te cumprimentar quando você chega em casa: não é estranho que seu gato venha te receber em casa quando você chega, pois sente sua falta quando você não está lá.
  • Te mostrar a barriga: quando seu gato te mostra a barriga, geralmente é porque ele quer que você lhe dê atenção, mas também é uma indicação clara de que ele confia em você, porque a barriga é uma área muito vulnerável para ele.
  • Dormir com você e/ou em cima de você: quando um gato dorme profundamente com seu tutor/a, ele o faz porque se sente confortável e a salvo de ameaças ao seu lado, uma vez que ao dormir, fica completamente desprotegido.
  • Miar para você: quando um gato quer chamar atenção para conseguir algo de você, geralmente recorre ao miado. Ele não faz isso só porque quer que você encha a tigela de comida, também pode querer que você passe algum tempo com ele, acariciando ou brincando, por exemplo.
  • Te traz "presentes": embora possa não ser a demonstração de amor mais agradável para os proprietários, sem dúvida a intenção é o que conta, já que é comum que os gatos tragam suas presas recentemente caçadas (insetos, ratos, aves...) para seus proprietários como uma oferta.

Você também pode se interessar por este outro artigo sobre os 10 sinais que mostram que seu gato te ama.

Os gatos são carinhosos? - Como os gatos expressam carinho?

Raças de gatos carinhosos

Da mesma maneira que as pessoas, cada indivíduo é um mundo. Por esse motivo, não podemos cair na expectativa de que todos os gatos se comportem da mesma maneira e sejam igualmente amorosos. Haverá alguns mais amigáveis ​​e expressivos, e outros que preferem mostrar seu carinho à distância e aos poucos. Agora, dois fatores principais influenciam se um gato é mais ou menos carinhoso: sua genética e o ambiente.

Entendemos como genética a predisposição biológica inata no animal. Em muitos casos, isso é determinado pela raça (ou raças, se for mestiço), pois existem raças conhecidas por serem muito carinhosas devido à maneira como foram selecionadas com o passar do tempo por sua personalidade, como:

Por ambiente, queremos dizer a maneira como o animal foi criado, ou seja, seu ambiente e aprendizado. Por esse motivo, um gato que, quando filhote, foi devidamente socializado e manteve contato com as pessoas, será muito mais manso e carinhoso do que aquele que não cresceu em um ambiente familiar. Da mesma forma, um gato que teve experiências passadas ruins, ou cujos tutores não sabem muito bem como se relacionar adequadamente com ele (por exemplo, se são excessivamente carinhosos e não respeitam seu espaço individual), será mais relutante ao contato e arisco em geral.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Os gatos são carinhosos?, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de O que precisa saber.

Bibliografia
  • Kristyn R. Vitale,Alexandra C. Behnke,Monique A.R. Udell (2019). Attachment bonds between domestic cats and humans. Current Biology, vol 29,(18), 864-865. DOI: https://doi.org/10.1016/j.cub.2019.08.036

Escrever comentário sobre Os gatos são carinhosos?

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?

Os gatos são carinhosos?
1 de 2
Os gatos são carinhosos?

Voltar ao topo da página