Partilhar

Linguagem corporal dos gatos

Linguagem corporal dos gatos

Ver fichas de  Gatos

Os gatos são animais reservados, não são tão impulsivos nem expressivos como os cachorros, escondem muito bem as suas emoções e ao serem também tão contidos nos seus movimentos elegantes e nos atos que têm conosco, temos que estar atentos para ver o significado de cada ação ou movimento realizado por eles. Além disso, quando estão doentes é difícil para nós descobrir isso, porque escondem-no muito bem.

Por isso, neste artigo do PeritoAnimal vamos lhe dar algumas dicas para que saiba traduzir a linguagem corporal dos gatos.

Também lhe pode interessar: Interpretar a linguagem corporal dos cães

Regras básicas da linguagem corporal

Embora estejamos falando de gatos, a cauda também é um símbolo de expressão neles e não apenas nos cachorros quando a mexem porque estão excitados quando nos veem ou quando a escondem quando se sentem incomodados. Um gato também usa a cauda para se expressar:

  • Cauda levantada: Símbolo de felicidade
  • Cauda eriçada: Símbolo de medo ou de ataque
  • Cauda baixa: Símbolo de preocupação

Como vê no desenho acima a cauda indica muitos estados emocionais. Além disso, os gatos também mostram as suas emoções com outros movimentos, por exemplo, como todos sabemos eles saúdam-nos e demonstram carinho esfregando-se contra nós. Por outro lado, se querem a nossa atenção ficarão bem visíveis na nossa mesa ou computador, porque se um gato quer ser visto e quer atenção não vai parar porque há um teclado no meio.

Também podemos identificar os seus pequenos beliscões como demonstrações de carinho absoluto e quando se deitam sobre as costas no solo estão nos dando a sua confiança. E não podemos deixar de lado os movimentos do rosto do gato que também nos dão algumas dicas.

O rosto número 1 é o natural, o segundo com as orelhas eretas é uma demonstração de raiva, o terceiro com as orelhas para os lados é agressividade e o quarto com olhos entreabertos é felicidade.

Regras básicas da linguagem corporal

Lendas na linguagem felina

Recentemente a especialista em comportamento animal Nicky Trevorrow publicou através da organização britânica "Cats Protection" um vídeo ensinando o que significam os movimentos dos gatos, dando ênfase especial a tudo aquilo que dávamos como certo e que não é assim.

Entre outras coisas como referimos acima, a cauda levantada em forma vertical é um saúdo e um símbolo de bem-estar que o nosso felino nos mostra e que cerca de 3/4 partes dos 1100 inquiridos desconheciam. Por outro lado, o gato deitar-se de barriga para cima não significa que o gato quer que lhe acaricie a barriga, algo que não gosta e, está apenas dizendo que lhe dá a sua confiança e desfrutará de uma carícia na cabeça. Outros descobrimentos são os que faziam referência ao ronronar que nem sempre expressa felicidade, pois às vezes pode querer significar dor. O mesmo acontece quando o gato lambe a boca, isso nem sempre significa que o gato está com fome, pode querer significar que está estressado. Estes descobrimentos são bastante interessantes para entendermos melhor o nosso felino.

Matriz do estado do gato

Como pode ver na imagem, podemos catalogar o nível de agressividade ou alerta do gato dependendo da sua posição corporal. Na seguinte matriz pode-se ver como a imagem no canto superior direito é a posição de mais alerta que o gato tem e a do canto superior esquerdo é a posição mais relaxada e natural. No outro eixo da matriz temos as posições do gato relacionadas com o medo.

Se o seu gato se comporta de forma estranha e tem uma linguagem corporal anormal, não hesite em contar-nos o seu comportamento embaixo nos comentários.

Matriz do estado do gato

Se deseja ler mais artigos parecidos a Linguagem corporal dos gatos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Escrever comentário sobre Linguagem corporal dos gatos

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
9 comentários
Anna Mello
Boa noite.
O meu gato tem 5anos, está agora a noite correndo meio abaixado e depois fica no banheiro. Está comendo. Será que é dor ou medo?
Desde já obrigada.
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Anna Mello! Ele vai mais vezes no banheiro que o habitual?
Andreia
Ola tenho um gato, o Niko que tem quase 3anos. Sempre viveu na casa da minha mae onde tinha outra gata mais velha. Ele nunca estava so no minimo ficava com a gata. Desde outubro de 2017 que o gato vive comigo. Mudou de pais veio de aviao... aqui o gato passa mais tempo ja que nao tenho outrdl animais. A questao é que o niko é super mimado carinhoso sempre foi e agora mais ainda comigo. Mas sinto que depende muito de mim :( o que me deixa triste por assim custa-me deixa-lo muitas horas só.
Tive de ir busca-lo a minha mae porque ele mordia muitas vezes a gata dela...desde pequeno que o fazia creio por ciumes. A gata acabou por ter um abcesso causado por uma dessas mordidas e essa foi a razao de o trazer comigo. Sei que ele apesar de ser meu gato era mais apegado a minha mae visto que a procurava mais e era el que lhe dava. Comida e limpava a areia.
Penso : sera melhor adoptat mais outro gato? Ele so brinca quando o estimulo para isso. De resto sempre atras raramente fica longe de mim.
E é um gato que mia muito!
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Andreia! Adotar um gato poderia ser uma solução para ele não passar tanto tempo sozinho. Se o decidir fazer, é importante que a introdução seja muito gradual e progressiva. Veja o nosso artigo sobre essa matéria https://www.peritoanimal.com.br/como-acostumar-um-gato-com-outro-filhote-22413.html
A sua avaliação:
Marina
Meu gato anda muito estressado, e as vezes viajamos, e colocamos ele na caixinha de transporte, ele fica com a boca aberta, é normal?
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Marina! Se ele fica com a boca aberta e muito ofegante é sinal que ele está muito estressado. Alguns gatos reagem muito mal às viagens, ficando muito nervosos. Um conselho que podemos dar é deixar a transportadora aberta em casa, com petiscos dentro que ele goste, para que ele comece a associar a caixa a algo positivo e lhe custe menos nas viagens.
A sua avaliação:
Niedja Costa
meu gato sofreu muito na vida: quando pequeno foi deixado sozinho muitas vezes com uma rottwiller que "brincava" com ele de um modo que machucada bastante; depois acabamos vendendo a cadela e nos mudamos e meu tio que passou a morar conosco tinha uma mania que toda vez que via ele apertava até ele começar a miar desesperadamente, como se não bastasse com o passar do tempo ele acabou pegando uma doença chamada esporotricose (eu acho :/) tudo isso resultou em hoje em dia, após melhorar da doença, o gato não gostar de ser tirado do chão, correr quase sempre que vou falar com ele, ter rejeição a cachorros (maior que o normal) e estar sempre desconfiado se quando alguém se aproxima dele é para levar pra o veterinário ou ser tratado da doença (o medo da pra entender... ele sentia muita dor). Então, minha pergunta é: será que posso me aproximar mais do meu gato e de algum modo fazer ele confiar mais em mim?
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Niedja! A melhor maneira é conquistar ele pouco a pouco. Acima de tudo usando o reforço positivo com petiscos que ele goste sempre que ele se aproximar de você. Para além disso, o uso de feromonas sintéticas em casa podem ajudar, como por exemplo da marca Feliway em difusor que você pode comprar em petshops. Para além disso, leia este artigo com algumas dicas: https://www.peritoanimal.com.br/acalmar-um-gato-nervoso-21507.html
A sua avaliação:
Nathan
Tenho o meu gato desde que era filhote.
E hoje em dia ele é mt agressivo, sempre que eu ou outras pessoas tentam acariciar sua cabeça e tenta morder ou arranhar. '-'
Luciana Ribeiro mariano
Oi! Gostei muito do post. Tenho um gato amarelo, de 7 anos. Às vezes não entendo o comportamento dele. Ele não é muito carinhoso, as vezes gosta de receber carinho, mas parece uma "pessoa seca". O que mais me deixa intrigada, é que as vezes, do nada, ele me ataca! Estou distaida e quando menos espero, ele me mete o dente ou a unha kkkkkk queria entender esse comportamento.
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Luciana! Leia este nosso artigo com os diferentes motivos porque por vezes os gatos atacam: https://www.peritoanimal.com.br/porque-meu-gato-me-morde-20720.html
A sua avaliação:
Helder Roupeta de Sousa
A partir de que idade se deve fazer exames de rotina. Seja macho ou fêmea, é igual para ambos?
Isabella Emilly
Ola! Encontrei uma gata numa mata na universidade, mas ela nao socializa de jeito nenhum, colocamos dentro de casa damos carinho e ela ate retribui mas se a soltarmos ela age como se fossemos completos estranhos e agressivamente inclusive, se abrirmos a porta ela foge, nao sabemos mais como fazer para socializa-la. Pode me ajudar?
Vanessa Lopes (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Isabella! Nesses artigos poderá encontrar dicas úteis para socializar a gata, num as dicas são para filhotes e no outro para gatos adultos:
https://www.peritoanimal.com.br/socializar-um-gato-adulto-20990.html
https://www.peritoanimal.com.br/socializar-um-gato-filhote-21622.html
Espero que sejam úteis! Obrigada pelo seu comentário :)
Isabella Emilly
Esses artigos sao otimos, foram uteis. Mas nao se encaixa no caso dela, infelizmente, creio que ela tenha sido separada da mae muito nova, demorei muito para conseguir pegar, quando ela esta perto de mim e docil carinhosa e ate morde e faz aquela `massagem` como se estivesse amamentando...mas se abrir espaco para ela, foge e age como se nunca tivesse nos visto, se escondendo e sendo agressiva, nao fica em casa, pula o muro e vai pra fora, so volta se tiver fome. Estou mantendo na coleira e de noite dorme comigo, mas pela manha ja eh outra gata...preciso de ajuda...
Vanessa Lopes (Editor/a de PeritoAnimal)
Estou entendendo, nesse caso é um pouco mais complicado, tem que tentar que ela não fuja de casa. Algo que pode ajudar a melhorar esse comportamento é castrar a gata. E como ela está agindo de maneira agressiva, talvez essas dicas possam ajudar: https://www.peritoanimal.com.br/gato-agressivo-causas-e-solucoes-21337.html
Rosana Barini dos santos
Adorei a reportagem. Tenho gatos e sempre procuro textos p entende los melhor
Vanessa Lopes (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Rosana :) Que bom saber que as informações foram do seu agrado! Muito obrigada pela partilha da foto dos seus gatinhos, são uma ternura ;) Continue acompanhando as nossas dicas!

Linguagem corporal dos gatos
1 de 3
Linguagem corporal dos gatos
Voltar ao topo da página