Partilhar

Linguagem corporal dos gatos

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 31 outubro 2018
Linguagem corporal dos gatos

Ver fichas de  Gatos

Os gatos são animais reservados, não são tão impulsivos nem expressivos como os cachorros, escondem muito bem as suas emoções e ao serem também tão contidos nos seus movimentos elegantes e nos atos que têm conosco, temos que estar atentos para ver o significado de cada ação ou movimento realizado por eles. Além disso, quando estão doentes é difícil para nós descobrir isso, porque escondem-no muito bem.

Por isso, neste artigo do PeritoAnimal vamos lhe dar algumas dicas para que saiba traduzir a linguagem corporal dos gatos.

Também lhe pode interessar: Interpretar a linguagem corporal dos cães

Regras básicas da linguagem corporal

Embora estejamos falando de gatos, a cauda também é um símbolo de expressão neles e não apenas nos cachorros quando a mexem porque estão excitados quando nos veem ou quando a escondem quando se sentem incomodados. Um gato também usa a cauda para se expressar:

  • Cauda levantada: Símbolo de felicidade
  • Cauda eriçada: Símbolo de medo ou de ataque
  • Cauda baixa: Símbolo de preocupação

Como vê no desenho acima a cauda indica muitos estados emocionais. Além disso, os gatos também mostram as suas emoções com outros movimentos, por exemplo, como todos sabemos eles saúdam-nos e demonstram carinho esfregando-se contra nós. Por outro lado, se querem a nossa atenção ficarão bem visíveis na nossa mesa ou computador, porque se um gato quer ser visto e quer atenção não vai parar porque há um teclado no meio.

Também podemos identificar os seus pequenos beliscões como demonstrações de carinho absoluto e quando se deitam sobre as costas no solo estão nos dando a sua confiança. E não podemos deixar de lado os movimentos do rosto do gato que também nos dão algumas dicas.

O rosto número 1 é o natural, o segundo com as orelhas eretas é uma demonstração de raiva, o terceiro com as orelhas para os lados é agressividade e o quarto com olhos entreabertos é felicidade.

Linguagem corporal dos gatos - Regras básicas da linguagem corporal

Lendas na linguagem felina

Recentemente a especialista em comportamento animal Nicky Trevorrow publicou através da organização britânica "Cats Protection" um vídeo ensinando o que significam os movimentos dos gatos, dando ênfase especial a tudo aquilo que dávamos como certo e que não é assim.

Entre outras coisas como referimos acima, a cauda levantada em forma vertical é um saúdo e um símbolo de bem-estar que o nosso felino nos mostra e que cerca de 3/4 partes dos 1100 inquiridos desconheciam. Por outro lado, o gato deitar-se de barriga para cima não significa que o gato quer que lhe acaricie a barriga, algo que não gosta e, está apenas dizendo que lhe dá a sua confiança e desfrutará de uma carícia na cabeça. Outros descobrimentos são os que faziam referência ao ronronar que nem sempre expressa felicidade, pois às vezes pode querer significar dor. O mesmo acontece quando o gato lambe a boca, isso nem sempre significa que o gato está com fome, pode querer significar que está estressado. Estes descobrimentos são bastante interessantes para entendermos melhor o nosso felino.

Matriz do estado do gato

Como pode ver na imagem, podemos catalogar o nível de agressividade ou alerta do gato dependendo da sua posição corporal. Na seguinte matriz pode-se ver como a imagem no canto superior direito é a posição de mais alerta que o gato tem e a do canto superior esquerdo é a posição mais relaxada e natural. No outro eixo da matriz temos as posições do gato relacionadas com o medo.

Se o seu gato se comporta de forma estranha e tem uma linguagem corporal anormal, não hesite em contar-nos o seu comportamento embaixo nos comentários.

Linguagem corporal dos gatos - Matriz do estado do gato

Se deseja ler mais artigos parecidos a Linguagem corporal dos gatos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Escrever comentário sobre Linguagem corporal dos gatos

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
33 comentários
A sua avaliação:
Cristina
Penso em adotar um gato preto q sempre eu quis e estou tendo oportunidade de adotar, Estou c pouco receio por ter 4 caes tbm adotados. São 3 fêmeas e 1 macho porte médio SRD. Como devo proceder nos primeiros dias. Me ensinem pfv, preciso q se respeitem e aceitem meu bombomzinho! Já escolhi o nome, será Lennon! Adorei tds os artigos q abri e faltam mais p ler. Conto c vcs! Hj q deu p saber melhor pq decidi e em arriscar e querer estar c ele também. Ele chegará amanhã ou sábado.🙂🤔
Luísa Savala (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Cristina! Que legal! Temos certeza que com paciência e muito amor, os seus bichinhos vão formar uma linda família.
Esse artigo pode te ajudar: https://www.peritoanimal.com.br/conselhos-para-um-cachorro-e-um-gato-se-darem-bem-21158.html
A sua avaliação:
Quitéria
Excelente matéria. Parabéns!
Jimi Hendrix foi resgatado com aproximadamente 3 meses de idade, é um frajolinha. Vivia sozinho na rua, tão minúsculo, magro, faminto. Dei abrigo, cuidei, castrei e já lindo e saudável coloquei à adoção (como faço com os outros resgatados ) mas ninguém
o quis, sou grata por isso. Hoje tem 1 ano. Se tornou um gato medroso e fujao (por causa dele telei a casa toda ) é rejeitado por todos os outros gatos da casa. Amo todos, mas é a Jimi que dou mais atenção, talves seja por ter um comportamento que só eu entendo... é agitado e faz xixi por todos os lugares da casa ,até já demarcou território em mim ...😁 Faz tratamento pra que isso melhore, faz uso de calmante, não vejo muita melhora ... será que alguém o entenderia caso fosse adotado?..e na dúvida desistí da adoção e preferí ficar com ele. Vivemos felizes mas queria muito que ele mudasse seu comportamento 🤗❤
Antonia
Eu tenho uma pergunta,sabe eu tenho um gato de estimação e ele persegue eu e meus irmãos por todo lado,e ele não gosta de sair ele só que ficar perseguindo eu hahha mais tudo que ele quer e so carinho ele as vezes deixa de comer quando ver meus irmãos e eu ahhahah pq ele vem pra perto e fiqua lebemdo os nossos pés e mãos ahhaa ops:eu crio ele desde que ele era um bebézinho hahahaha vocês poderia dizer pq ele faz isso
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Antonia! Ele faz isso porque vos considera parte do grupo social dele, da família dele e isso são demonstrações de carinho da parte dele.
Jefferson
Boa matéria. Minha gata tem 20 anos, de uns tempos para cá ela começou a mudar muito, é cada vez mais vezes é mais alto, enquanto está acordada parece q existe uma gritaria em minha casa. Ela ronda a casa, para em algum comodo, mia, vai pra outro e mia, volta até mim e faz ações repetidas (me olha, mia, sobe nos móveis, mia, sai e faz tudo dinovo), parece q vive num loop até cansar e durmir. Não consigo encontrar uma explicação com os vets, acho a ela sente falta dos meus avós q foram morar longe, mas o estranho é o excesso d miados e cada vez mais altos, acho q ela já teria acostumado a não te los por perto. Se souberem d algo parecido, me falem o q fizeram. ABS.
A sua avaliação:
Rafael Alves cardoso
Meu gato fica se esfregando no meus pés quando eu estou andando uo sentado
A sua avaliação:
Maiara
Olá, parabéns pelo artigo, ele me ajudou, mas ainda tenho dúvidas, você pode me ajudar, caso saiba como proceder?
Tenho um gato que teve 3 ninhadas, na primeira ficamos com 2 irmãos gêmeos pretos, na segunda ficamos com uma gatinha que já castramos e na terceira ficamos com apenas 1 gatinho. Ou seja, temos o pai, mais três filhos machos e uma filha fêmea.
Quando morava num apartamento menor, eles sempre se davam bem, viviam juntos numa boa, depois que nos mudamos para um lugar maior, o pai e os irmãos gêmeos ficaram territorialistas, sendo que os irmãos gêmeos vivem brigando feio, sempre começa após o gêmeo ( que mesmo tendo caixinhas de sobra para cada um, continua defecando fora da caixa em uma esquina) se senta de postura ereta e rabo baixo, fica encarando o outro gêmeo que está na defensiva e o ataca.
Não sei o que fazer, eles não podem estar no mesmo ambiente, e o irmão que não pode defecar na caixinha, insiste em perseguir e apenas ficar encarando o irmão gêmeo, ele não ataca, mas fica alí encarando até o irmão atacar ele. Desde já agradeço pela atenção!
Obs dos gatinhos em geral: Eles tem 6 caixinhas,ordenadas lado á lado. Eles tem 2 reservatórios desses grandes de ração e água, que ficam há uns 60cm de distância entre um e outro.
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Maiara! Um dos meus primeiros conselhos seria colocar as caixinhas de areia em lugares diferentes. Outro conselho seria a utilização de feromonas sintéticas como da marca feliway em difusor. Também é importante que seja descartado junto de um médico veterinário, que a agressividade não tenha origem em nenhum problema físico de um animal. Caso a situação não melhore, aconselho que visite um médico veterinário especialista em comportamento animal.
Wagner
O gato esta andando conforme o quadro acima, na postura da segunda linha e segunda posição da esquerda para direita e miando diferente. Não anda totalmente em pé e nem deitado ele anda no meio termo como se estivesse abaixado, mas se chamado vem andando normal, pula e come normalmente.
O que pode ser? Att: Wagner Gomes.
Flavia
Minha gatinha vive levantando a cabeça pra mim como se estivesse perguntando: —O que foi? —O que vc quer? O que pode ser? Obrigada.
A sua avaliação:
Thiago
Tenho um gato de 7 meses. Ele é bem carinhoso, pois me recepciona quando chego, amassa pãozinho e costuma dormir na minha cabeça.
Mas desde os dois meses, quando o adotei, ele sempre mordeu bastante, tanto as mãos, quanto pernas, apesar de eu não utilizar a mão como forma de brincadeira.
Atualmente, eu tenho repetido enfaticamente a palavra NÃO, utilizado um spray de água ou o separando de mim em outro cômodo. Ele reclama um pouco, tornando a parar logo em seguida. Mas quando o retiro do "castigo", ele volta a morder dessa forma. Como está crescendo, as mordidas e arranhões passam a doer, pois seus dentes já são os definitivos e estão grandes.
Tenho percebido que as orelhas dele ficam abaixadas e inclinadas pra trás, e ele fica na posição arcada, de lado pra mim, com a cauda baixa.
A castração já está agendada, mas não creio que irá fazer muita diferença.
Há alguma medida de reforço positivo, preferencialmente, que eu possa fazer para ele parar de brincar de morder assim?
Anna Mello
Boa noite.
O meu gato tem 5anos, está agora a noite correndo meio abaixado e depois fica no banheiro. Está comendo. Será que é dor ou medo?
Desde já obrigada.
Mariana Castanheira (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Anna Mello! Ele vai mais vezes no banheiro que o habitual?

Linguagem corporal dos gatos
1 de 3
Linguagem corporal dos gatos

Voltar ao topo da página