Partilhar

Linguagem corporal dos gatos

Por Vanessa Lopes, Redatora do PeritoAnimal. Atualizado: 31 outubro 2018
Linguagem corporal dos gatos

Ver fichas de  Gatos

Os gatos são animais reservados, não são tão impulsivos nem expressivos como os cachorros, escondem muito bem as suas emoções e ao serem também tão contidos nos seus movimentos elegantes e nos atos que têm conosco, temos que estar atentos para ver o significado de cada ação ou movimento realizado por eles. Além disso, quando estão doentes é difícil para nós descobrir isso, porque escondem-no muito bem.

Por isso, neste artigo do PeritoAnimal vamos lhe dar algumas dicas para que saiba traduzir a linguagem corporal dos gatos.

Também lhe pode interessar: Interpretar a linguagem corporal dos cães

Regras básicas da linguagem corporal

Embora estejamos falando de gatos, a cauda também é um símbolo de expressão neles e não apenas nos cachorros quando a mexem porque estão excitados quando nos veem ou quando a escondem quando se sentem incomodados. Um gato também usa a cauda para se expressar:

  • Cauda levantada: Símbolo de felicidade
  • Cauda eriçada: Símbolo de medo ou de ataque
  • Cauda baixa: Símbolo de preocupação

Como vê no desenho acima a cauda indica muitos estados emocionais. Além disso, os gatos também mostram as suas emoções com outros movimentos, por exemplo, como todos sabemos eles saúdam-nos e demonstram carinho esfregando-se contra nós. Por outro lado, se querem a nossa atenção ficarão bem visíveis na nossa mesa ou computador, porque se um gato quer ser visto e quer atenção não vai parar porque há um teclado no meio.

Também podemos identificar os seus pequenos beliscões como demonstrações de carinho absoluto e quando se deitam sobre as costas no solo estão nos dando a sua confiança. E não podemos deixar de lado os movimentos do rosto do gato que também nos dão algumas dicas.

O rosto número 1 é o natural, o segundo com as orelhas eretas é uma demonstração de raiva, o terceiro com as orelhas para os lados é agressividade e o quarto com olhos entreabertos é felicidade.

Linguagem corporal dos gatos - Regras básicas da linguagem corporal

Lendas na linguagem felina

Recentemente a especialista em comportamento animal Nicky Trevorrow publicou através da organização britânica "Cats Protection" um vídeo ensinando o que significam os movimentos dos gatos, dando ênfase especial a tudo aquilo que dávamos como certo e que não é assim.

Entre outras coisas como referimos acima, a cauda levantada em forma vertical é um saúdo e um símbolo de bem-estar que o nosso felino nos mostra e que cerca de 3/4 partes dos 1100 inquiridos desconheciam. Por outro lado, o gato deitar-se de barriga para cima não significa que o gato quer que lhe acaricie a barriga, algo que não gosta e, está apenas dizendo que lhe dá a sua confiança e desfrutará de uma carícia na cabeça. Outros descobrimentos são os que faziam referência ao ronronar que nem sempre expressa felicidade, pois às vezes pode querer significar dor. O mesmo acontece quando o gato lambe a boca, isso nem sempre significa que o gato está com fome, pode querer significar que está estressado. Estes descobrimentos são bastante interessantes para entendermos melhor o nosso felino.

Matriz do estado do gato

Como pode ver na imagem, podemos catalogar o nível de agressividade ou alerta do gato dependendo da sua posição corporal. Na seguinte matriz pode-se ver como a imagem no canto superior direito é a posição de mais alerta que o gato tem e a do canto superior esquerdo é a posição mais relaxada e natural. No outro eixo da matriz temos as posições do gato relacionadas com o medo.

Se o seu gato se comporta de forma estranha e tem uma linguagem corporal anormal, não hesite em contar-nos o seu comportamento embaixo nos comentários.

Linguagem corporal dos gatos - Matriz do estado do gato

Se deseja ler mais artigos parecidos a Linguagem corporal dos gatos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Curiosidades do mundo animal.

Escrever comentário sobre Linguagem corporal dos gatos

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
47 comentários
A sua avaliação:
josemir
Muito interessante pessoal
A sua avaliação:
Rafaele Santos
Muito bom, amei as informações!! Parabéns!!
A sua avaliação:
Claudia Almeida
Aprendendo o Idioma Felino você poderá finalmente entender o que seu gato estava tentado dizer a você esse tempo todo e também poderá dizer a ele exatamente o quanto ele significa para você!
A sua avaliação:
Cati Santos
Tem algum email? preciso de ajuda com a reapresentação de duas gatas, estou com dificuldades e gostaria de obter alguma ajuda profissional.
Obrigada
A sua avaliação:
Alicia
Adotei uma gatinha de 45 dias, a mulher havia falado que ela tinha desmamado, mas pelo jeito não era bem verdade, a gatinha mal come e está com diarréia pois eu dei um pouco de leite de vaca com metade água para ela, já faz 4 dias desde que ela tomou, mas ainda está com diarréia, começou a ficar muito desanimada e dorme muito, me acorda todas as madrugadas e eu nem sei por que, eu deixo a ração no pote dela, mas ela come muito pouco, sempre deixo água e ela até que bebe normalmente, nós brincamos bastante antes de dormir então eu não sei o que fazer, pedi para minha mãe levar ela no veterinário, mas ela não quis pois é caro, vocês podem me ajudar?
Nídia do Carmo (Editor/a de PeritoAnimal)
Oi Alicia! A sua gatinha foi desmamada prematuramente. A partir das 4 semanas, e de forma progressiva, devemos motivar o nosso gato a começar o desmame. Para isso, ofereça pequenas porções de comida mole e suave, como a comida úmida que vem preparada em pedacinhos de carne ou peixe assim como os patês. Você pode encontrar latas para filhotes nos supermercados.

Durante esta etapa ainda dependem muito da sua mãe, e só a partir das 8 semanas de vida é que irão começar a se alimentar de forma regular com este tipo de alimento, isso é o normal, mas o melhor é que você teste o mais rápido possível.

Quando o gato fizer dois meses de vida, deve começar a oferecer diversas porções diárias de alimento, combinando a comida úmida e o alimento seco. Para se certificar que podem inferi-lo, pode demolhar a ração em um caldo de peixe sem sal, que lhe dará sabor, nutrição extra e faz com que a possam comer sem dificuldade.

Finalmente, por volta das 12 semanas, a mãe deve continuar amamentando os filhotes mas é o momento apropriado para que comecem a comer por sua conta, sendo completamente desmamados Neste momento estamos seguros de que o nosso gato não irá sofrer nenhuma carência nutricional.
A sua avaliação:
Socorrinha Fontes
Olá, gostaria de saber porque o meu gato mia de madrugada e me acorda. Agradeço a resposta e amo muito vocês do Perito Animal!
Luísa Savala
Oi Socorrinha! Temos um artigo sobre o tema que pode te ajudar, confira: https://www.peritoanimal.com.br/gato-me-acorda-de-madrugada-por-que-22572.html
De qualquer forma, se esse comportamento permanecer recomendamos que você busque ajuda de um profissional especialista em comportamento felino.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
Jessica Brenda
O meu gato gosta de brincar mordendo a minha mão ou perna, e isso muitas vezes machuca. O que posso fazer para ele parar? Ele tem 3 meses
Luísa Savala
Oi Jessica! Entenda porque os gatos mordem os tutores e saiba o que fazer em cada situação nesse artigo do PeritoAnimal: https://www.peritoanimal.com.br/porque-os-gatos-mordem-os-tutores-20424.html
É muito importante ser paciente e ter constância na educação.
De qualquer forma, se o comportamento do seu gato não mudar, recomendamos que você busque ajuda de um profissional especialista em comportamento felino.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
A sua avaliação:
s c
Meu gatinho está dormindo/cochilando há dois dias meio de barriga para baixo, em especial ele separa as pernas traseiras e se deita assim às vezes. A parte da frente do corpo nem sempre está nessa posição, mas de lado, etc., e assim ele fica. Também parece meio desanimadinho, não brinca com ânimo, come - mas pouco. O que pode ser?
Pfav., me responda tb pelo email.
Luísa Savala
Oi SC! Sem ver o seu gatinho não conseguimos passar nenhum diagnóstico, no entanto, recomendamos que você busque um médico veterinário o quanto antes.
A equipe do PeritoAnimal deseja rápidas melhoras!
S c
Muito grata!
A sua avaliação:
Cristina
Penso em adotar um gato preto q sempre eu quis e estou tendo oportunidade de adotar, Estou c pouco receio por ter 4 caes tbm adotados. São 3 fêmeas e 1 macho porte médio SRD. Como devo proceder nos primeiros dias. Me ensinem pfv, preciso q se respeitem e aceitem meu bombomzinho! Já escolhi o nome, será Lennon! Adorei tds os artigos q abri e faltam mais p ler. Conto c vcs! Hj q deu p saber melhor pq decidi e em arriscar e querer estar c ele também. Ele chegará amanhã ou sábado.🙂🤔
Luísa Savala
Oi Cristina! Que legal! Temos certeza que com paciência e muito amor, os seus bichinhos vão formar uma linda família.
Esse artigo pode te ajudar: https://www.peritoanimal.com.br/conselhos-para-um-cachorro-e-um-gato-se-darem-bem-21158.html
A sua avaliação:
Quitéria
Excelente matéria. Parabéns!
Jimi Hendrix foi resgatado com aproximadamente 3 meses de idade, é um frajolinha. Vivia sozinho na rua, tão minúsculo, magro, faminto. Dei abrigo, cuidei, castrei e já lindo e saudável coloquei à adoção (como faço com os outros resgatados ) mas ninguém
o quis, sou grata por isso. Hoje tem 1 ano. Se tornou um gato medroso e fujao (por causa dele telei a casa toda ) é rejeitado por todos os outros gatos da casa. Amo todos, mas é a Jimi que dou mais atenção, talves seja por ter um comportamento que só eu entendo... é agitado e faz xixi por todos os lugares da casa ,até já demarcou território em mim ...😁 Faz tratamento pra que isso melhore, faz uso de calmante, não vejo muita melhora ... será que alguém o entenderia caso fosse adotado?..e na dúvida desistí da adoção e preferí ficar com ele. Vivemos felizes mas queria muito que ele mudasse seu comportamento 🤗❤

Linguagem corporal dos gatos
1 de 3
Linguagem corporal dos gatos

Voltar ao topo da página