menu
Partilhar

Pata do gato inchada - Causas e tratamentos

 
Por Laura García Ortiz, Veterinária especializada em medicina felina. 28 fevereiro 2022
Pata do gato inchada - Causas e tratamentos

Ver fichas de  Gatos

"Meu gato está mancando e com a pata inchada, o que está acontecendo?" é uma pergunta comum entre tutores de felinos e, por isso, falaremos sobre as principais causas desta questão. Pode ser que, por vezes, nossos pequenos felinos sofram inchaço em alguma de suas patas por um processo inflamatório, infeccioso, tumoral, alérgico ou traumático. Isso ocorre, no entanto, principalmente como resultado de diferentes doenças ou agentes infecciosos que podem provocar incômodo, claudicação ou lambidas nas patas afetadas dos gatos, além de causar alterações em seu comportamento devido ao desconforto.

Se este é o seu caso e você quer saber os motivos para a pata do gato inchada, continue lendo este artigo do PeritoAnimal para descobrir as principais causas e tratamentos desta condição.

Também lhe pode interessar: Gato mancando: causas, sintomas e tratamentos

Pododermatite plasmocitária felina

Iniciamos este artigo para explicar a pata do gato inchada falando de uma doença chamada pododermatite de células plasmáticas, uma patologia cuja etiologia não está bem determinada, mas que se imagina ter uma origem imunomediada pela existência de hipergamaglobulinemia, uma afecção dos linfócitos e depósito de complexos imunes (antígeno-anticorpo) com resposta ao tratamento com glicocorticoides. Deve haver, no entanto, mais fatores associados à sua origem, pois também responde ao tratamento cirúrgico sem o uso de imunossupressores como os glicocorticoides.

Os gatos com pododermatite felina apresentam um amolecimento e inchaço das almofadas das patas associados à dor. É possível observar também a pata vermelha nos gatos afetados, podendo apresentar hemorragia, ulceração, edema, desconforto, lambidas na área afetada e claudicação.

Tratamento

Se esta doença não for tratada, podem surgir infecções secundárias e tanta dor nos gatos afetados que a pata inteira pode inchar e se sensibilizar ao toque. Esta doença é muitas vezes associada à amiloidose renal ou estomatite de células plasmáticas.

O tratamento deve incluir antibióticos como a doxicilina, glicocorticoides como a prednisolona e, em casos mais avançados, a remoção cirúrgica das ulcerações.

Pata do gato inchada - Causas e tratamentos - Pododermatite plasmocitária felina
Imagem: affinity-petcare.com

Artrite

Outra causa para a pata do gato inchada é a artrite, uma infecção ou inflamação de uma articulação devido a causas infecciosas ou não infecciosas. Quando várias articulações são afetadas chamamos de "poliartrites", que não é a mesma coisa que a artrose, e consiste em uma doença degenerativa das articulações, crônica e permanente.

As causas da artrite em gatos são variadas, podendo ser resultado de feridas causadas por mordidas em brigas ou por acidentes, assim como por questões autoimunes ou reumatoides, infecções virais (leucemia e imunodeficiência felina), artrose, infecções bacterianas, quedas, esmagamentos ou distensões.

Os gatos com artrite podem apresentar os seguintes sintomas clínicos:

  • Inflamação da articulação que provoca um inchaço da pata afetada.
  • Redução ou perda da mobilidade da área afetada.
  • Redução na atividade física e movimento.
  • Dores articulares.
  • Crepitação das articulações.
  • Depressão.
  • Atrofia muscular.
  • Maior tempo dedicado ao descanso.
  • Aumento da temperatura na área da articulação afetada.
  • Claudicações.
  • Vermelhidão da pata afetada.

Tratamento

O tratamento da artrite felina deve incluir anti-inflamatórios nos esteroides (AINEs) para reduzir a inflamação e a dor das articulações, melhorando a sintomatologia do gato afetado. É possível utilizar também suplementos que ajudem a articulação, como a glucosaminia e a condroitina. Nos casos mais graves de artrite, a cirurgia pode ser contemplada como última opção.

Pata do gato inchada - Causas e tratamentos - Artrite
Imagem: zooplus.es

Tumores ósseos

As patas do gato inchadas muitas vezes podem estar relacionadas a algum tumor ósseo de algum dos ossos das extremidades. Os quatro principais tumores ósseos são o osteossarcoma, o fibrossarcoma, o condrossarcoma e o hemangiossarcoma, sendo o primeiro deles o mais comum.

Estes tumores podem ser primários se surgem diretamente do osso, ou secundários se produzidos por metástase de outros tumores como o mieloma múltiplo da medula óssea ou o carcinoma de células transicionais da bexiga. Felizmente, os tumores ósseos nos gatos são menos agressivos que nos cães, e normalmente não são tumores primários.

Tratamento

Os gatos com tumor ósseo nas patas podem ficar tão debilitados que chegam a fraturar o osso, causando muita dor e claudicações, o que faz com que o gato evite apoiar o peso sobre a pata inchada. Os osteossarcomas primários podem produzir metástase nos pulmões e nódulos linfáticos, mas nem sempre, então o tratamento dependerá da localização delas: se localizadas apenas no osso, podem requerer a amputação do membro; em outros casos, será preciso recorrer ao uso de quimioterapia e radioterapia.

Traumatismo

As quedas de grandes alturas, os acidentes, atropelamentos, esmagamentos e as brigas entre gatos podem causar feridas profundas e superficiais nas patas, fazendo com que aumentem de tamanho e inchem devido ao processo inflamatório causado. Além disso, com este tipo de traumatismo as patas podem também se fraturar ou sofrer um entorce, o que aumentará ainda mais a inflamação, o desconforto e a dor no gato, que apresentará claudificação e rejeição do movimento ou agressividade ao tentar tocar na extremidade afetada.

Em outras ocasiões, especialmente por feridas em brigas, podem surgir infecções bacterianas que produzem abscessos ou acúmulo de pus que causam um volume que deverá ser drenado e tratado com antibióticos, e deve-se evitar que se espalhe, pelo risco de chegar ao sangue e causar sepse.

Tratamento

Se a pata do gato está inchada devido a um traumatismo, o tratamento médico será feito através do uso de analgésicos e anti-inflamatório, como os anti-inflamatórios não esteroides (AINEs), bem como o repouso e, se houver infecção secundária, o uso de antibióticos e limpeza da ferida.

Pata do gato inchada - Causas e tratamentos - Traumatismo

Edema

Podemos estar diante de uma pata do gato inchada devido a um acúmulo de fluido causado por um edema periférico, que consiste em um acúmulo de líquido tecidual excessivo dentro da cavidade entre tecidos ou órgãos do animal, chamado "interstício". Este transtorno pode ser causado, por exemplo, por insuficiência cardíaca congestiva direita, uma insuficiência renal ou em casos de hipernatremia (aumento do sódio).

A olho nu, pode parecer que o gato não apoia o peso sobre a pata mas não se queixa porque estes animais, em muitas ocasiões, sabem dissimular muito bem a dor. No entanto, dependendo especialmente da parte da pata afetada, pode ser muito irritante.

Tratamento

Neste caso da almofada da pata do gato inchada, o que você pode dar ao seu gato se estiver com a pata inchada? O tratamento deve basear-se no tratamento da causa que produz o inchaço e, se necessário, aplicar diuréticos para facilitar a eliminação do acúmulo de líquido.

Pata do gato inchada - Causas e tratamentos - Edema

Reação alérgica à picada de um inseto

Se o gato está mancando e com a pata inchada, isso pode ser consequência de uma picada. Insetos como aranhas, escorpiões ou abelhas podem picar os gatos em suas patas ou em qualquer outra parte do corpo, o que faz com que aumentem de tamanho, inchando devido a uma reação alérgica à picada destes insetos.

Quando uma aranha pouco perigosa os pica, por exemplo, é causada uma leve dormência e vermelhidão da pele com inchaço da área, que pode fazer com que os gatos lambam a pata em excesso, podendo causar um abscesso. Se a aranha for perigosa, como a aranha violinista, a área se enrijecerá e afundará, mas, conforme passarem as horas, poderemos observar a pata roxa do gato e áreas pálidas escurecendo, bem como crostas escuras que desenvolverão uma úlcera.

No caso da viúva negra, podem aparecer sintomas sistêmicos que, em 85% dos casos, culminam na morte do gato afetado. O tratamento consiste de um antídoto específico no caso da picada da viúva negra e de suporte para controlar a sintomatologia de outros tipos de picadas de aranhas em gatos.

No caso de picadas de abelhas, a pata inchada estará irritada, dolorida e inflamada e, além disso, pode causar uma reação alérgica geral com alterações no ritmo cardíaco e respiratório, chegando até a bloquear as vias respiratórias com desfalecimento e língua azulada. O tratamento deve incluir terapia com anti-histamínicos além de extração do ferrão.

No caso do inchaço da pata por picada de um escorpião, os gatos terão uma dor muito manifesta, com inquietação e lambida constante da pata afetada, além de outros sintomas que podem ser muito graves, como paralisia do diafragma, dificuldades na deglutição ou colapso cardiovascular, pulmonar e neurológico, entre outros. O tratamento incluirá antídotos se o escorpião for venenoso, além de fluidoterapia, analgésicos e anti-histamínicos.

Agora que você já sabe as diferentes causas para a pata do gato inchada, não perca este outro artigo em que te mostramos como ensinar o gato a dar a pata.

Pata do gato inchada - Causas e tratamentos - Reação alérgica à picada de um inseto
Imagem: animalrevista.com

Este artigo é meramente informativo, no PeritoAnimal.com.br não temos capacidade para receitar tratamentos veterinários nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Sugerimos-lhe que leve o seu animal de estimação ao veterinário no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Pata do gato inchada - Causas e tratamentos, recomendamos-lhe que entre na nossa seção de Outros problemas de saúde.

Bibliografia
  • L. Gruchouskei, A. M. Viott, R. Santana, F.F. Giraldes, R. A. Tostes. (2012). Pododermatite plasmocitària felina. Disponível em: <https://revistas.ufpr.br/veterinary/article/viewFile/24367/18564>. Acesso em 28 de fevereiro de 2022.
  • Aybar, V.; Casamián, D.; Cerón, J. J.; Clemente, F.; Fatjó, J.; Lloret, A.; Luján, A.; Novellas, R.; Pérez, D.; Silva, S.; Smith, K.; Tegles, F.; Vega, J.; Zanna, G. (2018). Manual Clínico de Medicina Felina. Ed.SM Publishing LTD. Sheffield, UK.

Escrever comentário

Adicione uma imagen
Clique para adicionar uma foto relacionada com o comentário
O que lhe pareceu o artigo?
Pata do gato inchada - Causas e tratamentos
Imagem: affinity-petcare.com
Imagem: zooplus.es
Imagem: animalrevista.com
1 de 6
Pata do gato inchada - Causas e tratamentos

Voltar ao topo da página